Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 30 de setembro de 2020. | Atualizado em 30 de setembro de 2020


oEmbed é um formato que permite uma representação incorporada de um URL em sites de terceiros. A API simples permite que um site exiba conteúdo como fotos ou vídeos quando um usuário posta um link para esse recurso, sem ter que analisar o recurso diretamente.

Os usuários do WordPress podem incorporar links de forma automática às páginas por meio do oEmbed, desde a versão 2.9. Essa capacidade de conexão direta com o Flickr, YouTube e até com arquivos MP3 sem demandar a adição de códigos ou a instalação de plugins facilita a vida de proprietários de sites que sabem a importância de criar conteúdos mais atraentes e dinâmicos para o público.

Antes do oEmbed, era necessário encontrar o arquivo a ser incorporado, localizar ou solicitar o código de incorporação para o provedor, colar na versão HTML da postagem para somente depois conseguir visualizar adequadamente o resultado na página.

Com o oEmbed esse processo foi facilitado, basta adicionar a URL do conteúdo no editor de texto (ou visual) do CMS. O WordPress tem suporte para vários tipos de arquivo digitais —YouTube, Flickr, Vimeo, SlideShare, Twitter, Instagram, Facebook, Rdio, SoundCloud, Spotify, Vine, entre outros.

Há uma lista de sites aceitos na página do Codex para incorporações do WordPress. Para os demais, que ainda não são suportados, basta executar o procedimento padrão — por meio de uma requisição HTTP para o provedor do serviço —, ou recorrer aos plugins como Disable Embeds,Lazy Load for Videos, Embedly, Wistia WordPress Plugin, Advanced Custom Fields: oEmbed Field, entre outros.

O WordPress busca criar recursos para facilitar a vida de seus usuários mas essa capacidade de incorporação será eliminada para o Facebook e o Instagram a partir de 24 de outubro na versão futura do CMS com a futura mudança de API do Facebook.

Powered by Rock Convert

Uma solução alternativa sugerida pela equipe do WordPress aos proprietários de sites é a habilitação do módulo Shortcode de incorporação do Jetpack no CMS. A empresa Jetpack pretende enviar a atualização em sua versão 9.0 antes do prazo de desabilitação do recurso oEmbed para as duas redes sociais mais usadas da Internet.

Esse módulo de atualização que já está em uma versão de testes no GitHub visa fornecer uma transição menos traumática para os usuários do WordPress que já estavam acostumados a fazer incorporações para o Facebook e o Instagram de forma automática e que, de alguma forma, poderiam ser afetados negativamente por essa mudança.

Entretanto, algumas ações já foram sugeridas caso os usuários tenham problemas:

  • as postagens mais antigas quando editadas no Gutenberg, independentemente se foram atualizadas ou tiveram suas alterações salvas, não terão mais suas incorporações armazenadas em cache e, por isso, deixarão de ser exibidas;
  • as postagens mais antigas visualizadas por meio do Editor Clássico do WordPress, desde que não sejam salvas novamente, terão as incorporações funcionando corretamente;
  • a atualização do conteúdo da postagem inibirá o funcionamento de qualquer incorporação, a menos que o usuário tenha uma ferramenta que atenue o processo (como a do Jetpack) instalada.

Embora o módulo Jetpack seja recomendado pela própria equipe do WP, os usuários do CMS auto-hospedados podem buscar outras opções, como os plugins de oEmbed que destacamos anteriormente.

Mas se você quiser conhecer um pouco mais sobre o Jetpack, um dos plugins mais famosos do WordPress que amplia as funcionalidades e a facilidade de gerenciamento do CMS em hospedagens gerenciadas, confira o artigo que selecionamos para você!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *