Os 17 melhores livros de gestão para cargos de liderança

Os melhores livros de gestão

    Não importa a sua área de atuação. Se você é um empreendedor ou exerce um cargo de liderança, você precisa devorar os livros de gestão.

    São inúmeras as opções de títulos e autores renomados que vão conduzir você a um patamar mais elevado de administração, desenvolvendo estratégias e habilidades que são extremamente poderosas no mundo dos negócios.

    Existem muitas novidades interessantíssimas mas, acredite, vários clássicos continuam ensinando gerações após gerações, com muito sucesso.

    O clássico “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, por exemplo, já bateu a casa dos 50 milhões de cópias. Outros estão há anos na lista dos mais vendidos da Amazon.com – o campeão mundial de venda online.

    Esse sucesso não veio por acaso. Pelo contrário, é sinal evidente de muita qualidade. Por isso, esses best-sellers devem ser lidos, entendidos e praticados.

    Os livros de gestão imperdíveis

    A Arte da Guerra – Sun Tzu

    Não importa se você é o dono do negócio, investidor ou funcionário – gestor ou não. Todo mundo deve ler esse clássico escrito no século IV a.C. O general chinês Sun Tzu, um estrategista de mão cheia, deixou essa preciosidade que pode ser muito importante para todos nós, nas grandes e pequenas batalhas do cotidiano. A regra de ouro dos vencedores, segundo ele, é investir em planejamento. Ou seja, aquele que desenha planos antes da batalha sempre vence o adversário que não se preparou.

    Blink: A decisão num Piscar de Olhos – Malcolm Gladwell

    Esse é um dos  livros de gestão  que está há mais de seis anos na lista dos mais vendidos da Amazon.com. Gladwell prova que nossa intuição é capaz de cortar todas as informações irrelevantes e concentrar-se apenas nos fatores-chaves. Por outro lado, a intuição também é afetada por todos os tipos de fatores inconscientes, como preconceitos, que podem levar a uma decisão equivocada.

    Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas – Dale Carnegie

    Escrito em 1936, esse clássico na arte do relacionamento é um dos livros mais lidos de todos os tempos e já vendeu mais de 50 milhões de cópias em todo mundo. Carnegie afirma que o sucesso financeiro de uma empresa não depende de know-how. Segundo ele, 85% são frutos da nossa capacidade de comunicação, liderança e de promover o entusiasmo das equipes. Esse best-seller tem lugar garantido na lista dos melhores livros de gestão.

    Drive: A Surpreendente História sobre Aquilo que nos Motiva – Daniel H. Pink

    O segredo da motivação e da alta performance no trabalho e nos negócios não está nas recompensas financeiras, mas baseia-se em três pilares: a necessidade humana de controlar o seu destino, a necessidade de nos tornarmos melhores nas coisas que nos interessam; e fazer algo que tenha um significado para nós e também para o resto do mundo. Essa obra é resultado de 40 anos de estudos sobre motivação.

    Empresas Feitas para Vencer – Jim Collins

    Cada empresa que já alcançou o sucesso chegou lá avaliando e aceitando sua situação atual, mesmo que ela seja ruim. Collins descobriu que essas empresas não tinham necessariamente condições muito boas ou ruins. Algumas eram piores, outras melhores, mas as bem-sucedidas foram as que avaliaram e aceitaram suas circunstâncias. Essa obra foi considerada pelo Time Magazine um dos livros de negócios mais importantes de todos os tempos.

    Faça Acontecer: Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar – Sheryl Sandberg

    Os homens ainda ocupam a vasta maioria das posições de liderança, tanto nos setores públicos quanto privados. Isso significa que as vozes femininas não estão sendo ouvidas de forma igualitária nas tomadas de decisões. Sandberg, o braço direito de Mark Zuckerberg no Facebook e uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo, segundo a Forbes, explora os principais motivos pelos quais essa distorção ainda ocorre e oferece dicas práticas para mulheres que querem usar todo o seu potencial e conquistar o mundo.

    Fora de Série – Malcolm Gladwell

    Como tornar-se uma pessoa realmente fora de série? Gladwell pesquisou a história de grandes personalidades bem sucedidas, como Bill Gates, os Beatles e Mozart, para provar que ninguém ‘se faz sozinho’. O autor concluiu ainda que para alcançar o nível de excelência em qualquer atividade e se tornar alguém altamente bem-sucedido, são necessárias nada menos do que 10 mil horas de prática. É claro que essa obra está entre os melhores livros de gestão.

    O Gestor Eficaz – Peter Drucker

    Drucker é considerado o pai da administração moderna e autor de mais de 30 livros e vários best-sellers. O Gestor Eficaz é um deles. Aqui, o autor sintetiza décadas de pensamentos e experiências, num manual prático para gestores que querem ter desempenhos acima da média. O autor parte de dois pressupostos: que o principal objetivo do gerente é ser eficaz e que eficácia é algo que pode e deve ser aprendido e aperfeiçoado. Imperdível.

    O gerente – Minuto – Ken Blanchard e Spencer Johnson

    Esse é mais um dos clássicos livros de gestão que você precisa ler e entender. É uma fábula de negócios concisa que revela como utilizar três ferramentas indispensáveis para o sucesso nos negócios: os objetivos-minuto, os elogios-minuto e as repreensões-minuto. Essas “abordagens de um minuto” simples mas eficientes, segundo os autores, resultam em aumento da produtividade e satisfação da equipe.

    High Output Management – Andrew S. Grove

    Adaptando as inovações que fizeram da Intel um case de sucesso, essa obra destaca três ensinamentos: quais as técnicas e indicadores você pode usar para tornar o recrutamento corporativo tão preciso e mensurável quanto a fabricação; como transformar seus subordinados e colegas em membros de uma equipe altamente produtiva; e como motivar essa equipe a atingir o melhor desempenho de cada vez. Isso vale para qualquer pessoas, cujo trabalho é fazer com que um grupo de outras pessoas produza algo de valor.

    Originais – Adam Grant

    Esse best-seller, destaque entre os melhores livros de gestão, explora como as pessoas originais vêem o mundo de forma diferente, criam negócios inovadores e atraem outros para o seu sucesso. Além disso, o livro desmistifica muitas crenças que existem em torno das mentes criativas, destacando que quanto mais familiarizado você estiver com um domínio, menos criativo será. Grant destaca, ainda, que o sucesso de uma área não garante sucesso em outra e que a arrogância muitas vezes ofusca a perspectiva.

    Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes: Lições Poderosas para a Transformação Pessoal – Stephen R. Covey

    Se você realmente quer mudar seu destino, você precisa mudar seus hábitos e seu caráter, trabalhando “de dentro para fora.” A partir do momento em que você muda drasticamente a si mesmo, você pode começar a transformar o mundo ao seu redor. Para mudar sua vida, você tem que enfrentar a você mesmo. Publicado em 1989, essa é mais uma fascinante obra na lista dos melhores livros de gestão, com todos os passos para alcançar a eficiência mental, espiritual, emocional e social.

    Os Cinco Desafios das Equipes – Patrick Lencioni

    Essa é uma fábula sobre uma mulher que se torna presidente de uma empresa famosa no Vale do Silício. De cara, ela encontra uma equipe que não dá resultados e não consegue virar a mesa. Ao longo da trama, Lencioni revela as cinco disfunções que estão no cerne do problema. Ela constrói um modelo altamente eficaz, com etapas executáveis, ​​que podem ser usadas ​​para superar esses obstáculos tão comuns e montar uma equipe coesa e eficaz.

    Peter Drucker: Melhores Práticas – William A. Cohen

    Cohen foi o primeiro aluno graduado em um doutorado feito por Peter Drucker. Nesse livro, ele detalha como as práticas mais efetivas de gestão adotadas pelo administrador ajudaram empresas, como a General Eletrics, a chegarem ao sucesso. Essa obra, que figura entre os melhores livros de gestão, é uma coletânea das práticas de Drucker, com orientações de como e quando aplicá-las.

    Rápido e Devagar – Daniel Kahneman

    Nossas atividades mentais são controladas por dois sistemas diferentes – o intuitivo e o racional. O sistema intuitivo é rápido e produz respostas quase instantâneas. Já o segundo é programado para pensar, analisar, avaliar e, então, responder. É normal acreditar que nossas decisões são direcionadas pelo sistema racional. Mas a verdade é que o sistema intuitivo, que é praticamente involuntário, é a base para a maioria das nossas decisões, mesmo aquelas que tomamos utilizando o sistema racional.

    Receita Previsível – Aaron Ross

    Nesse livro, você encontra a estratégia para tornar seu time de vendas capaz de gerar mais leads, previsibilidade e, com isso, atingir suas metas, sempre. A ideia é adotar um novo processo de prospecção ativa que é diferente daquele baseado em cold calls (ligações de telemarketing). Para Aaron, o novo cliente não quer receber cold calls e está mais resistente do que nunca. Essa obra recebeu o apelido de “bíblia de vendas do Vale do Silício”.

    Transformação Digital: – David L. Rogers

    As tecnologias digitais mudaram a maneira como as empresas se comunicam com os clientes. Hoje, a relação é interativa e de mão dupla. As críticas dos clientes os tornam muito mais influentes que a propaganda e as celebridades, transformando a sua participação dinâmica e determinante para o sucesso das empresas. A obra detalha os “Cinco Domínios da Transformação Digital” que são: clientes, competição, dados, inovação e valor.

    Certamente você conhece outras obras fantásticas que podem enriquecer ainda mais a nossa lista dos melhores livros de gestão. Compartilhe conosco a sua opinião.

    Esperamos que tenha gostado bastante do post e que as informações sejam repassadas para  seus amigos e suas equipes de trabalho.

    Boa leitura!

    Esse artigo foi escrito pela equipe de conteúdo do 12Min, a plataforma que seleciona, lê e resume os mais importantes livros de não ficção, transformando-os em microbooks e audiobooks. Baixe agora o app na Play Store ou na App Store e bons aprendizados!

    Além de se informar, um bom profissional também deve sempre buscar a qualidade em cada uma de suas tarefas. Falamos sobre isso na nossa coluna Humanware e conversamos com vários especialistas para explicar melhor o que é o método. Confira o artigo sobre singletasking.

    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

    Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

    Ir para site em Português ->