Saiba quais são os 9 maiores empreendedores brasileiros e se inspire com suas histórias

O empreendedorismo transforma. E conhecer empreendedores de sucesso, saber como eles chegaram aonde estão hoje e como suas jornadas começaram, ajuda nesse processo. É isso que você vai ver neste artigo: 9 maiores empreendedores brasileiros e suas histórias.

Maiores empreendedores brasileiros

    Poucas coisas inspiram mais do que conhecer histórias de sucesso, ver pessoas que já trilharam esse caminho e saíram vitoriosas. 

    O fato é que muita gente sonha com a ideia de ser empreendedor, mas colocar a mão na massa e fazer as coisas acontecerem é algo bem diferente.

    Me diz uma coisa:

    Você já viu seu sonho de empreender ser interrompido por sentimentos negativos, como insegurança, medo de falhar e a ideia de que não é bom o suficiente?

    Pois é, muita gente enfrenta esse tipo de pensamento. Para espantar o medo, conheça 8 dos maiores empreendedores brasileiros, e saiba como eles chegaram aonde estão hoje.

    Vamos começar!

    1. Roberto Justus

    Um dos nomes mais reconhecidos do Brasil quando se fala em empreendedorismo, Roberto Justus é o rosto do programa O Aprendiz.

    Publicitário de formação e presidente do grupo NewComm — uma holding de agências de publicidade de grande peso — por vários anos, ele também fez carreira como apresentador depois do Aprendiz.

    Hoje, Justus é um dos grandes inspiradores do público empreendedor, e sua influência já fez com que ele alcançasse o status de celebridade.

    2. Alexandre Costa

    A trajetória empreendedora do Alexandre Costa começou aos 17 anos, quando começou a vender ovos de páscoa e trufas de chocolate artesanais pelas ruas do bairro em que morava.

    Mas, antes disso, ele já havia trabalhado em um posto de gasolina e ajudava sua mãe a vender cosméticos. Com o faro empreendedor e a paixão por chocolates, o caminho natural do Alexandre foi criar a Cacau Show.

    A empresa se tornou a maior rede de chocolates finos do mundo, e seu fundador também alcançou o status de celebridade por aparecer em programas bem-conceituados de gastronomia, como o Masterchef Brasil.

    3. Flávio Augusto da Silva

    O carioca Flávio Augusto da Silva hoje é famoso por ser dono de um time de futebol nos EUA, o Orlando City. 

    Mas foi em 1995, aos 23 anos de idade, que o rapaz de origem humilde lançou a primeira unidade da sua própria escola de inglês, a Wise Up. 

    O interessante é que ele usava fichas para vender por meio de um telefone público e nem sabia falar inglês. Só depois de abrir a centésima unidade da escola ele começou a aprender o idioma.

    O que o levou ao sucesso estrondoso e o colocou no hall dos maiores empreendedores brasileiros foi, sem dúvida, sua habilidade incrível de vender.

    4. Luiza Helena Trajano

    Considerada pela revista Forbes uma das 3 mulheres mais poderosas do Brasil, a dona do Magazine Luíza também é figura indispensável nas listas de maiores empreendedores do Brasil.

    Não foi ela que fundou a loja que leva seu nome. Na verdade, ela começou a trabalhar ainda aos 12 anos de idade como balconista numa unidade da loja. Depois de passar por todos os setores da loja e progredir na carreira, ela assumiu a presidência do grupo 2008

    5. Luiz Antônio Seabra

    Talvez você nunca tenha ouvido falar no nome de Luiz Antônio Seabra, mas eu duvido que na sua casa nunca entrou um produto da marca dele, a Natura.

    A carreira do Luiz Antônio também começou cedo, logo aos 15 anos, quando entrou em uma multinacional, a Remington Rand. De lá, saiu para entrar num pequeno laboratório, de onde a Natura viria a existir.

    O propósito de criar produtos que respeitassem o meio ambiente se mantém até hoje, e a empresa dá aula de transformação digital com sustentabilidade.

    6. Silvio Santos

    O que falar de um dos nomes mais poderosos do entretenimento brasileiro? O dono do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), é também conhecido como “o homem do Baú”, em referência a um de seus produtos mais famosos.

    Senor Abravanel, que adotou o nome artístico de Silvio Santos, é um dos casos mais emblemáticos do empreendedorismo brasileiro. 

    Começou aos 14 anos vendendo capas de título de eleitor na rua, se tornou locutor de rádio e mais tarde conseguiu fazer carreira como apresentador.

    Como se não fosse o bastante, Sílvio resolveu abrir seu próprio canal de televisão em 1981, além de muitos outros empreendimentos ao longo dos anos.

    Você pode se interessar por esses outros conteúdos sobre empreendedorismo que separamos para você
    Empreendedorismo digital: o que é e como criar um negócio online
    Confira as 10 melhores séries da Netflix para empreendedores
    Effectuation: o que é e como aplicá-lo no seu negócio
    Modelo de negócio: tudo o que você precisa saber para elaborar o seu (GUIA) – Rock Content

    7. Jorge Paulo Lemann

    Formado em economia em Harvard, dá para dizer que Jorge Paulo Lemann já veio de uma família boa. Mas isso não é, nem de longe, o único motivo do seu sucesso como empreendedor.

    Afinal, quantas pessoas formadas em Harvard conseguem encabeçar por 6 anos seguidos a lista dos homens mais ricos do Brasil, segundo a Forbes? 

    Além de ser acionista em algumas das maiores empresas do mundo, como Inbev, Kraft Heinz e Burger King, ele dedica parte do seu tempo e recursos para incentivar a educação e o empreendedorismo de alto impacto em suas fundações.

    8. Dulce Pugliese

    Você pode não ouvir muito o seu nome por aí, mas com certeza já ouviu sobre a Amil, empresa de assistência médica criada por ela e seu ex-marido em 1978.

    Ela iniciou a sua carreira como médica pediatra e, juntamente com Edson Bueno, deu início a um sistema de carteira de segurados, que um dia viria a ser a grande oportunidade de suas vidas.

    Sempre determinada a aprender ainda mais sobre o negócio e explorar as possibilidades internacionais da empresa, Dulce retornou aos estudos e se tornou PhD em administração pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

    Hoje, ela é a 25° pessoa mais rica do Brasil com cerca de 2,2 bilhões e performa no ranking mundial da Forbes em 1103°.

    9. Romero Rodrigues

    Sabe aqueles comparadores de preços que todos nós usamos hoje em dia antes de comprar alguma coisa pela internet? O Romero Rodrigues foi o responsável por tornar isso uma febre no Brasil.

    Ele é um dos criadores do Buscapé Company, grupo que realizou mais de 15 aquisições de concorrentes desde seu lançamento e se tornou referência nacional em comparação de preços.

    Mas o sucesso não veio na primeira vez: foi só na quinta tentativa de negócio, e ainda com algumas alterações no meio do caminho, que o Buscapé veio a existir.

    Hoje, Romero se dedica a Redpoint Ventures, um fundo de capital para startups no qual ele investe e ajuda novos empreendimentos ambiciosos.

    Se uma coisa fica clara ao analisar o perfil dos maiores empreendedores brasileiros, é: sem trabalho constante e bom planejamento, nada acontece. Não se trata de ter uma condição privilegiada na hora de começar, mas de fazer o que é preciso para transformar uma ideia em negócio lucrativo.

    E se você precisa de ajuda até na parte da ideia, não pode deixar de ver o artigo que preparamos com 15 melhores ideias de empreendedorismo para 2019!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!