Marketplace de NFT: os 7 principais que você precisa conhecer!

Os marketplaces de NFT são plataformas online que permitem criar, comprar e vender esse tipo de ativo digital. Os tokens não-fungíveis podem ser imagens, áudios, vídeos, softwares ou qualquer outro conteúdo digital. A sua propriedade e as transações são realizadas em criptomoedas e registradas em blockchain.

marketplace nft

Diversas plataformas de marketplace de NFT estão no centro das negociações de conteúdos digitais. Sem eles, nenhuma das transações que ganharam manchetes em jornais de todo o mundo — como a venda da arte digital do artista Beeple por US$ 69 milhões em 2021 — teriam acontecido.

Só não pense que esses “mercados de NFT” são restritos às grandes personalidades e companhias. Na realidade, eles são espaços extremamente democráticos e permitem que pessoas e empresas de todos os tipos, com pouco ou muito dinheiro, participem dessa nova era da economia e do Marketing Digital.

Neste artigo, analisamos os principais marketplaces da atualidade e todo o processo por trás das negociações de NFTs, e ensinamos também a comprar um NFT na prática. Ao longo da leitura, você perceberá que, embora essa tecnologia seja uma das grandes tendências do futuro, utilizá-la é tão simples quanto fazer uma compra tradicional no e-commerce. Aqui, abordaremos os seguintes tópicos:

    Continue conosco para conferir!

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é NFT e como eles são comercializados?

    Um token não-fungível — originalmente “non-fungible token” — é um ativo digital criado e registrado em uma blockchain, a mesma tecnologia por trás das criptomoedas. As blockchains são uma espécie de livro-razão público e imutável no qual todas as operações de valores com criptoativos são registradas e não podem ser alteradas.

    É a partir daí que surgiu o termo NFT:

    • token: termo designado a qualquer tipo de bem dentro de um ecossistema digital que representa um ativo real;
    • não-fungível: que tem propriedades exclusivas e, por isso, não pode ser trocado ou substituído.

    Em outras palavras, isso significa que os NFTs funcionam como uma espécie de “contrato” que comprova a origem e a propriedade de um item digital, como uma obra de arte ou um livro.

    O que é como funciona um marketplace de NFTs?

    Os marketplaces de NFTs são uma espécie de “shopping center” digital que conecta criadores e vendedores com compradores de tokens. A experiência entregue ao usuário é praticamente a mesma de um marketplace tradicional, exceto pelo fato de os itens comercializados serem todos digitais e as compras serem realizadas em criptomoedas.

    Para acessar os marketplaces, portanto, você vai precisar criar uma carteira digital de criptomoedas, como a Coinbase Wallet e a MetaMask. Além disso, precisará criar uma conta em uma exchange (corretoras especializadas) para converter moeda corrente em criptomoedas.

    Com tudo isso pronto, basta escolher um marketplace para começar a negociar NFTs. Entenda, porém, que a maioria dos tokens são restritos à blockchain na qual foram criados, ou seja, você só poderá transacionar um token da Ethereum dentro dessa mesma rede.

    Quer saber mais sobre o assunto? Confira outros artigos do blog!

    Quais são os principais marketplaces de NFT?

    Agora que você sabe o que são NFTs e como os marketplaces funcionam, é hora de dar uma conferida nas principais plataformas disponíveis atualmente para criar, comprar e vender esses itens. Confira as opções mais interessantes da atualidade a seguir!

    1. OpenSea

    A OpenSea é a grande pioneira desse mercado. O marketplace de NFT foi fundado em 2017 quando nem mesmo os grandes portais de criptomoedas falavam sobre esse tipo de token. Atualmente, o site é considerado a maior plataforma de negociação da categoria.

    A criação de conta e toda a infraestrutura do marketplace é fornecida gratuitamente aos usuários, mas são cobradas taxas de transação para a manutenção da plataforma e da rede Ethereum (gas fee), que é a blockchain utilizada por ele.

    A OpenSea também foi uma das primeiras a oferecer o chamado “lazy minting”, ou “cunhagem preguiçosa”, que permite que os NFTs sejam ofertados gratuitamente até que a sua compra seja confirmada. Nessa modalidade de venda, o marketplace só cria o NFT de fato (ou seja, o registra na blockchain) e cobra a taxa de criação quando alguém o comprar.

    Outro destaque desse marketplace é que ele já permite pagamentos em cartão de crédito por meio da plataforma MoonPay, embora as carteiras digitais continuem sendo necessárias, tanto para registrar o NFT, quanto para quitar taxas.

    Dados principais:

    • blockchain: Ethereum (ETH);
    • pagamento: criptomoeda ou cartão de crédito;
    • taxas: 2,5% por transação + gas fee;
    • lazy minting: disponível.

    2. Coinbase NFT

    A Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos, lançou recentemente o seu marketplace de NFT para todos os usuários. O projeto foi anunciado em outubro de 2021 e abriu uma lista de espera que acumulou mais de 2,5 milhões de pessoas, o que colocou o marketplace entre as plataformas líderes do mercado antes mesmo de ser lançado.

    O site ainda está em fase beta e dá seus primeiros passos, mas já é considerado um dos mais importantes da categoria dada a relevância da companhia fornecedora. Ainda não é possível cunhar (ou criar) NFTs, mas os seus criadores já anunciaram uma parceria com a Mastercard que permitirá a compra por meio de cartões de crédito ou débito.

    Dados principais:

    • blockchain: Ethereum (ETH);
    • pagamento: criptomoeda e cartão de crédito ou débito;
    • taxas: livre por período determinado;
    • lazy minting: não informado.

    3. Binance NFT

    Outro marketplace de NFT que você precisa ficar de olho é o Binance NFT, uma plataforma brasileira fornecida pela Binance, a maior corretora de criptomoedas do país. Sua blockchain exclusiva, a Smart Chain, vem se popularizando rapidamente e foi criada para concorrer diretamente com grandes redes mundiais.

    Apesar de não operar em Ethereum, a principal blockchain para negociação de aplicações descentralizadas do momento, o marketplace oferece suporte para saques e depósitos em múltiplas cadeias (o chamado “multi-chain”). Esse recurso permite que os usuários transfiram NFTs entre as redes Binance Smart Chain e Ethereum.

    Dados principais:

    • blockchain: Smart Chain (BSC);
    • pagamento: criptomoeda (Binance Smart Coin);
    • taxas: 0,005 BNB por cunhagem e 2,5% por transação;
    • lazy minting: não disponível.

    4. Mintable

    O Mintable ficou famoso por abrigar leilões de grandes obras famosas e comercializar tokens de celebridades. Uma delas é o produtor Illmind, vencedor de dois Grammys, que já produziu músicas para artistas como Drake, Travis Scott e Beyoncé.

    Junto à Ripple, uma empresa que disponibiliza um protocolo de pagamento distribuído, representantes da Mintable já declararam publicamente que se preocupam com o impacto ambiental provocado pelo processamento de dados do mercado de NFTs e têm projetos para estimular soluções neutras em emissões de carbono.

    Dados principais:

    • blockchain: Ethereum (ETH) e Ziliqa (ZIL);
    • pagamento: criptomoeda;
    • taxas: 2,5% a 10% por transação;
    • lazy minting: disponível.

    5. Enjin

    A Enjin é o marketplace de NFTs que está na mira de grandes companhias, como a OKEx e a Microsoft. Utiliza uma blockchain exclusiva baseada em Ethereum chamada de JumpNet e realiza transações por meio do seu token, o ENJ. Também já anunciou projetos em Metaverso.

    Sua rede é muito utilizada pra criar itens e ambientes virtuais em NFT para jogos — o que justifica o interesse das corporações citadas — e ganhou destaque em 2021 por ter sido regulamentada no Japão. Foi a primeira criptomoeda para jogos que recebeu amparo legal no país.

    Dados principais:

    • blockchain: JumpNet (baseada em Ethereum);
    • pagamento: criptomoeda;
    • taxas: livre.

    6. Rarible

    O Rarible é um marketplace de NFT que se revela muito atento à segurança das transações de tokens, um tema que já gera muitas discussões na comunidade de criptomoedas. Por meio de uma parceria com a Adobe, a plataforma disponibiliza uma série de recursos para comprovar a autenticidades dos itens.

    Para garantir uma política descentralizada, o Rarible disponibiliza os tokens RARI para usuários que fazem transações na plataforma. Eles são limitados e podem ser usados para opinar na curadoria do marketplace e participar de votações sobre nossos recursos para o ecossistema.

    Dados principais:

    • blockchain: Ethereum (ETH);
    • pagamento: criptomoeda;
    • taxas: cerca de 0,022 ETH por transação;
    • lazy minting: disponível.

    7. Nifty Gateway

    O Nifty Gateway é um marketplace focado na comercialização de obras de arte em NFT. A sua proposta é muito semelhante à de outras plataformas, como o SuperRare. Seu diferencial está na curadoria das artes e dos artistas que se cadastram no site, que é feito por meio de um processo que envolve entrevistas e seleção.

    O Nifty Gateway pretende se tornar uma grande galeria de arte digital e abrigar peças famosas do mundo inteiro. Assim como outros marketplaces desse segmento, existe um sistema de royalties que permite que os NFTs sejam revendidos, sem perder o rastro do arquivo original. A grande vantagem é que os tokens vendidos nesse mercado secundário podem gerar comissões de 5% a 50%.

    Dados principais:

    • blockchain: Ethereum (ETH);
    • pagamento: criptomoeda e cartão de crédito (apenas dos EUA);
    • taxas: 15% por transação;
    • lazy minting: não disponível.

    Como comprar um NFT?

    Comprar um NFT é muito simples, desde que você já tenha uma carteira digital disponível, como explicamos no primeiro tópico. Para fazer isso, é só seguir o passo a passo a seguir. Acompanhe!

    Faça o cadastro em um marketplace de NFTs

    Se ainda não tem conta em um marketplace, vai precisar criá-la. No OpenSea, por exemplo, a única coisa que você precisa fazer é conectar a sua carteira digital para utilizar o site.

    marketplace nft

    Encontre o item desejado no mercado da plataforma

    Uma vez logado, você pode navegar pelo marketplace para descobrir obras e clicar nelas para conferir detalhes. No OpenSea, você pode acessar as coleções clicando em Explore.

    marketplace nft

    Confirme a compra e finalize a transação

    Para comprar o NFT de uma coleção, basta acessar a sua página de venda para comprar (Buy now) ou dar um lance (Make offer). Na mesma página, você também pode conferir o histórico de preços (Price History) e outras ofertas realizadas (Offers).

    marketplace nft

    No OpeanSea, basta prosseguir a transação por meio da sua carteira de criptomoedas ou da sua conta na MoonPay.

    Viu só como é fácil comprar um token em um marketplace de NFT? De forma semelhante, você também pode criar os seus próprios tokens não-fungíveis e vendê-los nessas plataformas. Tudo tão fácil quanto usar um marketplace tradicional.

    O que você deve saber também é que os NFTs vão muito além dos itens colecionáveis. As suas aplicações são inúmeras e várias empresas já apostam nessa tecnologia. Continue no blog e confira 5 vezes que marcas usaram NFTs para criar experiências únicas!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!