Quem são as pessoas multipotenciais e como desenvolver a multipotencialidade na sua carreira

Pessoas multipotenciais possuem várias habilidades, e não se satisfazem em fazer apenas uma coisa. Isso porque possuem uma grande vontade de explorar diversas áreas do conhecimento. Saiba mais como identificar esse potencial em você e como desenvolvê-lo para avançar na carreira!

pessoas multipotenciais
Estratégias de Conteúdo com Patrícia Moura

Você já ouviu falar de pessoas multipotenciais? Trata-se daqueles indivíduos que gostam de aprender coisas novas todos os dias, são naturalmente curiosas e têm grande facilidade de entregar as suas tarefas do dia a dia. 

Muitos profissionais de marketing são multipotenciais e, na história, temos vários ícones com várias habilidades, como Leonardo da Vinci, que era cientista, inventor, anatomista, matemático, engenheiro, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. Ufa! Um currículo e tanto, não é mesmo?

Estamos cercados de profissionais multipotenciais e até você pode ser uma dessas pessoas, sabia? Para te ajudar a saber tudo sobre esse assunto, preparamos este artigo. Nele, você vai conferir:

    O que é a multipotencialidade?

    Partindo do exemplo do Leonardo Da Vinci, é possível entender como pessoas multipotenciais aqueles indivíduos que possuem várias habilidades, e não se satisfazem em fazer apenas uma coisa.

    Isso porque possuem uma grande vontade de explorar diversas áreas do conhecimento, são curiosas e também são capazes de fazer várias coisas ao mesmo tempo.

    Pessoas multipotenciais transformam as suas habilidades em novos trabalhos, são empreendedores e assimilam novos conhecimentos de forma bastante rápida. São empreendedores por natureza e, por isso, são capazes de se adaptar de forma bastante rápida às mudanças que ocorrem ao seu redor.

    Possuem uma inteligência emocional bastante aflorada, com pensamento estratégico rápido e também agem com resiliência no seu dia a dia. Por isso, fica fácil entender que esse perfil também figura entre os líderes de empresas.

    Em uma palestra esclarecedora, a escritora e artista Emilie Wapnick descreve o tipo de pessoa que ela chama de “multipotenciais”. Acompanhe!

    Quem é o profissional multipotencial?

    O profissional multipotencial pode atuar em diversas áreas, de acordo com as suas afinidades. Pode parecer difícil de acreditar, mas por muitos anos (quem sabe séculos) as pessoas multipotenciais foram reprimidas no ambiente de trabalho.

    Muito dessa realidade foi impulsionada pela cultura de que uma pessoa poderia ter apenas um ofício e, caso se dedicasse com afinco e exclusividade, seria bem-sucedido.

    Assim, o famoso “o que você quer ser quando crescer” acompanha as gerações até os tempos atuais, como se houvesse apenas uma coisa que deveríamos fazer como adultos. 

    Esse cenário vem mudando com o ingresso da geração Y no mercado de trabalho. Além de permanecerem menos tempo no emprego, eles também ousam circular por outras profissões, algo bem difícil de entender para os seus antepassados.

    Apesar de um multipotencial não ser melhor que outros profissionais que se especializam em uma única área, eles são muito importantes dentro das empresas, podendo colaborar de forma bastante significativa para os projetos aos quais fazem parte.

    Você se identifica como uma pessoa multipotencial?

    Se você se identificou com os relatos até aqui, é bem provável que você seja uma pessoa multipotencial. Além disso, caso se identifique com as questões abaixo, as chances de você ter vários talentos e ser capaz de executá-los é bem grande. Acompanhe!

    • Você não se conforma de fazer sempre a mesma coisa. Gosta de ter um dia a dia dinâmico e contribuir com as suas habilidades para a entrega de diferentes projetos e desafios.
    • É apaixonado por novos projetos e desafios, tendo uma verdadeira paixão por eles. No entanto, é bem provável que se canse de algo tão fácil e rápido quanto ficou instigado por isso.
    • Você se sente diferente das outras pessoas e possui certa dificuldade em visualizar seu futuro.

    É comum as pessoas multipotenciais trocarem bastante de emprego ao longo da vida, pois querem experimentar de “tudo um pouco”.

    Como a maioria dos multipotenciais possui um emocional bem equilibrado, isso não é necessariamente um problema para eles, mas ainda pode não ser tão bem-visto pelas empresas mais tradicionais, e é por isso que eles se dão muito bem em áreas de inovação, como as startups.

    Por lá, o espírito empreendedor e a paixão por tudo o que eles fazem se tornam grandes diferenciais.

    Como desenvolver a multipotencialidade?

    Ser multipotencial está longe de ser algo ruim. No marketing digital, por exemplo, é possível usar a criatividade para atuar na criação, no planejamento e até mesmo no webdesign.

    Assim, da estratégia à execução, é possível ajudar a sua empresa a gerar mais leads.

    Para ajudar você a desenvolver a sua multipotencialidade, confira as dicas abaixo!

    Libere os bloqueios

    No modelo de ensino tradicional, as pessoas são preparadas para passar no vestibular e ter apenas uma profissão. Esse era o conceito de profissional de sucesso até bem pouco tempo atrás.

    No entanto, principalmente com o advento da transformação digital e as novas formas de trabalho, é possível se aventurar por várias áreas. Para isso, você deve liberar os bloqueios mentais. 

    Você não precisa ser só uma coisa, desde que você queira fazer outras atividades no seu dia a dia.

    É claro que saber administrar tempo e recursos é importante, mas você não precisa atuar em somente uma área.

    Saiba que, mesmo sem uma formação específica para as áreas que você tem interesse, é possível, sim, fazer excelentes entregas, desde que você se dedique a conhecê-las.

    Invista no autoconhecimento

    Saber se você é uma pessoa multipotencial requer compreender a si mesmo. Essa pode não ser uma tarefa fácil para muitas pessoas e, por isso, é indicado fazer algumas perguntas.

    • Quais são meus valores fundamentais?
    • O que eu naturalmente gasto mais tempo fazendo do que uma pessoa comum? 
    • Quais atividades aumentam minha energia?
    • O que eu realmente gosto de fazer? (não tenha medo de fazer uma grande lista)
    • O que eu não gosto de fazer? 
    • Que tipo de atividades drenam minha energia?
    • Como eu posso contribuir com o mundo com o meu trabalho?
    • Quão bem meus interesses estão alinhados com o que eu sei e quero fazer?

    Diante das suas respostas, fica mais fácil ter uma visão mais ampla de quais interesses valem a pena investir.

    Você não precisa transformar cada paixão em uma carreira

    Apesar de ter muitas habilidades, não é necessário investir em todas elas para torná-las uma profissão, certo? Pode parecer confuso, principalmente se você for uma pessoa ambiciosa. Mas, a verdade é que você pode transformar muitos dos seus talentos em hobbies. 

    Com isso, vai sobrar mais disposição para se dedicar a outras atividades que você se identifique mais, ou mesmo que sejam mais lucrativas. Isso também não significa que você tenha de abandonar aquilo que você gosta. Procure o equilíbrio entre as atividades e tudo ficará bem!

    Continue aprendendo novas coisas todos os dias

    Na sociedade contemporânea, ter várias habilidades pode ser um grande diferencial, se você souber usá-los, é claro. O fato é que a curiosidade por aprender pode ser usada a seu favor, por exemplo, para criar campanhas de marketing de grande sucesso.

    Para isso, você pode usar as suas habilidades para, por exemplo, criar conteúdos de alto valor e gerar uma experiência única para as suas personas, o que aumenta as chances de transformar leads em vendas.

    Além disso, você ainda pode contar com os recursos tecnológicos para otimizar as suas tarefas, e dessa forma, sobra mais tempo para você identificar outras oportunidades de aprendizado e colocá-las em prática, seja na área de marketing ou setores correlatos. 

    O importante é você se sentir bem e ter a certeza de que está contribuindo para o crescimento da sua carreira e também da empresa para a qual trabalha.

    Aceite o fato de que você nunca saberá tudo

    Tem um ditado popular que “quando deixamos de aprender a gente emburrece”, e faz certo sentido, não é mesmo? Isso porque, quando você acha que já sabe tudo, tende a se acomodar, e isso é a pior coisa que você pode fazer pela sua carreira, ainda mais no segmento do marketing digital.

    Um exemplo é que as ferramentas e algoritmos das plataformas de redes sociais mudam o tempo todo. Nesse cenário, você até pode ser muito bom para planejar e executar campanhas, mas se não continuar aprendendo, vai se tornar um profissional defasado.

    Isso também vale para as outras áreas do conhecimento. O mundo está cada vez mais digital e tecnológico, e acompanhar as tendências e mudanças é fundamental para que você tenha sucesso na sua carreira.

    Mas, lembre-se de não ser muito exigente consigo mesmo. Isso pode acarretar vários problemas emocionais, como estresse e a Síndrome de Burnout, o que vai afastar você das suas funções.

    Monitore e priorize seu tempo

    Quem possui muitas habilidades e energia para colocá-las em prática pode ter dificuldade para encaixar a sua agenda em apenas 24 horas.

    Por isso, é muito importante saber priorizar as tarefas e equilibrá-las, senão, você vai acabar não fazendo as atividades com a excelência que poderia, ou mesmo ganhar uma estafa mental.

    Para fazer um planejamento da sua agenda, é importante você descobrir o que, de fato, é importante para você. Faça uma classificação das coisas mais importantes e divida o tempo entre elas. A organização aqui é fundamental para manter uma rotina produtiva e também saudável.

    Viu como pessoas multipotenciais também podem fazer parte do mercado de trabalho, podendo contribuir de forma efetiva para o sucesso de uma empresa?

    Ao se conhecer e estabelecer as suas prioridades, fica mais fácil direcionar o foco para aquelas atividades que podem dar o melhor retorno, tanto a nível financeiro quanto de satisfação pessoal.

    Se você gostou deste artigo sobre pessoas multipotenciais, confira também o que é gestão de carreira e qual a sua importância para o desenvolvimento profissional!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!