Afinal, quanto custa contratar um influenciador? Saiba agora!

Saber quanto custa contratar um influenciador é importante, pois deve fazer parte do planejamento de marketing de uma agência. Neste post, mostramos a você quais são os benefícios desse tipo de parceria e como achar o influenciador mais apropriado para cada campanha.

quanto custa contratar um influenciador

    Para ter sucesso, uma agência precisa investir fortemente em marketing. Esse é o caminho para atrair novos clientes e fidelizar aqueles que já estão na base. Portanto, os meios de comunicação mais alinhados à realidade de seu público devem ser inseridos no planejamento financeiro, o que inclui influenciadores. Mas quanto custa contratar um influenciador?

    Antes de falarmos sobre isso, é importante lembrarmos que, durante muitos anos, empresas e agências se mantiveram focadas na publicidade tradicional: anúncios em televisão, rádio, jornal, revista e outdoor, entre outros tipos. No século 21, essas mídias passaram a dividir espaço com o digital.

    Assim, sites, blogs, redes sociais, podcasts, vídeos, conteúdos interativos e afins agora compõem a estratégia de marketing de muitas corporações. Mas o mundo online trouxe um questionamento às pessoas: entre uma marca que me diz ser boa e uma pessoa que me recomenda tal marca por ser boa de verdade, o que vale mais?

    Assim, surgiram os influenciadores digitais. A partir de seus canais na internet, essas pessoas conseguem atingir grandes audiências dispostas a ouvir o que elas têm a dizer e recomendar, o que acaba abrindo possibilidades para os negócios. 

    Neste artigo, falamos sobre esse tema por meio dos tópicos a seguir:

    Vamos lá!

    Quais as vantagens de se contratar um influenciador digital?

    Vejamos os principais benefícios de se ter um influenciador como aliado na promoção das suas ofertas. 

    Audiência engajada

    Dedicar tempo e esforço para fazer ações de Marketing Digital e ter pouco resultado é bem frustrante. Afinal, nem sempre as pessoas conhecem a sua marca, o que requer mais trabalho para construir credibilidade.

    Logo, essa é uma vantagem dos influenciadores: a audiência é engajada e disposta a seguir as dicas que eles trazem, aumentando os resultados.

    Maior alcance

    Quem faz parceria com influenciadores costuma ver um crescimento expressivo na divulgação combinada. Se a ideia for gerar mais tráfego ao seu site, mais seguidores em redes sociais ou mais vendas, certamente, esse impacto será visto após a divulgação do influenciador.

    Contudo, é importante lembrar que esse “boom” pode ocorrer com maior força nos primeiros dias em que sua marca é divulgada, e não de forma perene.

    Público segmentado

    Outro benefício é saber precisamente qual público acompanha o influenciador, pois é o mesmo a ser impactado pela promoção da sua marca.

    Assim, é possível checar previamente se ele tem o perfil ideal para consumir os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa.

    Resultados mensurados

    Como dissemos no começo deste artigo, agências e empresas costumavam investir unicamente na publicidade tradicional; hoje, elas o fazem de forma simultânea às ações digitais. 

    Ao contrário dos veículos tradicionais, os resultados dos influenciadores são mensuráveis. Isso, porque, como as plataformas utilizadas são online, eles podem passar a quantidade de pessoas atingidas pela ação que promoveu a sua marca.

    Valor negociável

    Se uma palavra-chave tem um determinado custo por clique (CPC), esse é o valor que você precisará pagar para armar a sua campanha de Google Ads. É inegociável.

    Não é assim que acontece com um influenciador. Apesar de cada um ter uma tabela de valores, esses profissionais costumam ser mais flexíveis para fechar um preço que beneficie os dois lados. Aliás, é sobre isso que falaremos agora.

    Quanto custa contratar um influenciador?

    Como dissemos, não existe uma tabela fixa no mercado de influenciadores, mas, em média, a contratação desse tipo de serviço varia conforme os perfis e valores abaixo:

    • 5 mil a 10 mil seguidores: US$ 100 — US$ 500;
    • 10 mil a 25 mil seguidores: US$ 500 — US$ 800;
    • 25 mil a 50 mil seguidores: US$ 800 — US$ 1.500;
    • 50 mil a 100 mil seguidores: US$ 1.500 — US$ 2.000;
    • 100 mil a 250 mil seguidores: US$ 2.000 — US$ 6.000;
    • 250 mil a 1 milhão de seguidores: US$ 6.000 — US$ 10.000;
    • 1 milhão ou mais de seguidores: a partir de US$ 10.000.

    Mas o que determina esses preços?

    Antes de fechar contrato com uma pessoa influente, é preciso considerar certos pontos para saber se o preço ofertado faz sentido.

    O primeiro é a plataforma em que a divulgação será feita, pois os valores podem ser diferentes de acordo com o canal escolhido. Por mais criativa que seja, uma divulgação no Facebook ou Twitter costuma ser menor que no YouTube, por exemplo.

    O número de seguidores é outro ponto que precisa ser analisado, porém, sem deixar de lado o engajamento que o influenciador tem com eles. Afinal, você não quer que o seu produto ou serviço seja oferecido a perfis fake, que só fazem número, não é mesmo?

    Por fim, fechar a negociação diretamente com o influenciador ou com uma agência que cuida da imagem pública dele também traz diferença no preço, pois a empresa certamente cobra um valor adicional por essa intermediação.

    Quais as áreas que mais contratam influenciadores hoje?

    Na realidade, são diversas as áreas que contam com os serviços de influenciadores, desde empresas que trabalham com a oferta de produtos que possam ser adquiridos em apenas um clique até aquelas que contam com serviços mais complexos.

    Por isso, em plataformas como Instagram e YouTube, você consegue ver pessoas que têm milhões de seguidores promovendo desde cursos de inglês até ferramentas para gestão financeira pessoal ou corporativa.

    Como encontrar o influenciador ideal para sua agência?

    Para contratar o influenciador certo, é preciso conferir qual usa um meio que se comunica melhor com o seu público. Por mais que alguns sejam mais populares — e fazê-los falar sobre a sua marca seja tentador (e caro) —, essa pode não ser a melhor estratégia.

    É por isso que alguns negócios acabam chamando os microinfluenciadores. E não por eles cobrarem preços mais baratos, mas, sim, por terem um público qualificado e que se adéqua bem ao produto que você vende.

    Aliás, essa é outra característica das áreas que contratam influenciadores: a maioria das empresas oferece produtos em vez de serviços. Afinal, ao ser impactado pela dica de alguém influente, o público tende a querer conferir a oferta na hora. Quando se trata de um produto disponível para compra online, as chances de as vendas aumentarem são grandes. 

    Caso se esteja falando de um serviço que requeira o contato de um consultor comercial, não significa que a venda não ocorrerá, mas o prospect provavelmente perderá um pouco da empolgação que tinha quando o influenciador passou a indicação.

    Ao seguir as dicas que trouxemos neste artigo e entendendo quanto custa contratar um influenciador, você poderá fazê-lo da forma correta. Lembramos, contudo, que esse é um processo que deve ser otimizado constantemente, a exemplo de outros que fazem parte da sua gestão. 

    Por falar nisso, confira, agora, o artigo que escrevemos sobre como melhorar o planejamento de processos dentro da sua agência!

    Compartilhe
    Ivan de Souza Rock author vector
    Editor-chefe internacional da Rock Content e consultor de marketing digital, fascinado por marketing de conteúdo e admirador da cultura japonesa.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!