Tutoriais de produto: como apresentar suas soluções para o público?

Tutoriais de produto são ferramentas de vendas bastante poderosas que você precisa começar a usar em sua estratégia. Vale a pena entender melhor como eles funcionam para adequá-los às suas necessidades.

Tutoriais de produto

    Uma estratégia de marketing de sucesso precisa fazer com que os clientes sintam a experiência de usar seu produto. Seja por meio de conteúdo interativo, seja com tutoriais de produto, os seus diferenciais têm que se destacar.

    Só que isso pode ser um grande desafio. Você já comprou um produto sem saber exatamente como ele funciona? Se sim, sabe que não é uma experiência divertida.

    Para ajudar você a criar os seus próprios tutoriais de produto para aumentar suas vendas, criamos este artigo especial com os seguintes tópicos:

    Então, vamos começar com uma breve definição!

    O que são tutoriais de produto?

    Tutoriais de produto mostram como utilizar os ativos da sua empresa. Eles também podem retratar serviços, soluções digitais, entre outros. O objetivo principal é demonstrar aos clientes atuais e futuros o valor do que você está vendendo.

    No entanto, não pode ser apenas uma explicação simples, já que ela precisa ser fácil de entender. Portanto, algumas estratégias podem ajudar a tornar seu conteúdo educativo e atraente, como verá mais adiante, neste artigo.

    Observe que você pode fazer o básico para conquistar um cliente, mas se fizer um trabalho realmente bom, manterá um público fiel. Portanto, não ignore o poder dessa ferramenta. Quer saber por quê?

    Quais são os benefícios dos tutoriais de produto?

    Quanto mais seus produtos se destacam, mais sua empresa cresce. Vivemos a época do Marketing Digital, em que os especialistas entendem a importância das informações para garantir uma compra.

    De acordo com o Think With Google, 80% das pessoas acessam vídeos e sites de busca quando pesquisam produtos na internet. Não é à toa que um único tutorial de produto pode ser o diferencial que fecha um negócio.

    A transformação digital tem preparado o terreno para um nível mais alto de concorrência. É nesse cenário que organizações sem estratégia de Marketing Digital perdem espaço, independentemente de suas lutas para se manter relevantes.

    Os seus clientes têm acesso a uma ampla variedade de informações sobre inúmeras empresas, sem falar em preços. Um tutorial de produto leva seu marketing a outro nível de atuação, pois representa mais do que uma explicação de como seus ativos funcionam.

    Pense em uma solução totalmente nova, como um software corporativo. A sua empresa precisa de um, mas você não sabe exatamente quais são as opções, quais são as melhores, como elas funcionam, entre outras questões. Então, você faz uma pesquisa rápida no YouTube.

    Sem dúvida, você tenderá a comprar exatamente a marca que viu nos tutoriais em vídeo. Afinal, você acabou de conhecer essa marca. Além disso, mesmo os produtos que você já conhece podem trazer dúvidas inesperadas.

    No momento em que o desenvolvedor oferece as respostas que você está procurando, ele chama sua atenção e mostra que se importa com suas necessidades. Em resumo, tutoriais de produto:

    • ajudam a explicar seus produtos;
    • reduzem as solicitações de atendimento ao cliente;
    • estimulam a confiança em sua marca;
    • tornam sua empresa uma autoridade nesse assunto.

    Então, vamos falar sobre como desenvolver o seu próprio tutorial de produto.

    Como criar tutoriais de produtos?

    Quando se trata de desenvolver uma estratégia a partir do zero, os insights não têm preço. Então, aqui estão alguns que ajudarão você a fazer excelentes tutoriais de produto.

    Conheça o seu interlocutor, defina um canal

    Em primeiro lugar, você precisa saber com quem está falando para encontrar o canal de comunicação mais adequado para o seu conteúdo. Lembre-se: seus tutoriais devem considerar os seus clientes, não o produto. Eles precisam ser educados levando em conta o que precisam.

    Portanto, para fazer isso, você deve criar uma buyer persona. Com base nesse perfil semi-fictício, escolher o canal certo será mais fácil: blogs, YouTube e Instagram são as opções mais populares e eficazes.

    Mostre o processo passo a passo

    Cada produto tem suas peculiaridades, então, é melhor começar com o básico. Seu público pode estar um pouco familiarizado com seus ativos, mas você precisa abranger os iniciantes também.

    Se seus ativos são físicos, é absolutamente relevante fazer o unboxing, mostrando exatamente por qual experiência o cliente passará. Divida as etapas em tarefas menores, para que cada momento fique claro.

    Essa costuma ser uma boa estratégia para explicar coisas relativamente complexas. Quando se trata de eletrônicos e brinquedos de várias peças, por exemplo, vídeos separados são muito úteis.

    Primeiro, você mostra como fazê-lo funcionar (ligando, encaixando peças, entre outros). Depois, como usá-lo, seus recursos, e assim por diante. Lembre-se de iniciar a jornada na tela do menu principal, voltando sempre que precisar mostrar um novo recurso.

    Vá além da usabilidade

    O que torna as coisas ainda melhores do que apenas explicar como usar seu produto? Um atendimento humanizado. Afinal, aprender sozinho costuma ser um processo exaustivo.

    Portanto, obtenha os endereços de e-mail dos clientes e seja receptivo: diga olá, apresente a sua empresa e envie dicas, explicações, materiais extras, entre outros. Em resumo, estreite laços e crie um relacionamento.

    Essa é uma boa oportunidade para desenvolver a sua estratégia de Marketing de Conteúdo. Quanto mais humana for sua abordagem, mais valorizado seu cliente se sentirá. Isso significa que suas chances de fechar o negócio são maiores.

    Deixe as coisas mais divertidas

    Ser sério não significa ser chato, como prova o Canva. O site tem a aba Aprender, com diferentes tutoriais para uma boa quantidade de recursos que a plataforma oferece. Dê uma olhada:

    canva learn

    Com um único clique, encontramos nosso caminho para a página de conteúdo, onde podemos escolher o que queremos aprender:

    canva learn

    Veja que todos os vídeos são curtos e dinâmicos, com dicas escritas e uma lógica passo a passo, como você pode assistir, a seguir:

    Além disso, podemos fazer o processo sozinhos. Assim que você fizer o login, o Canva leva você a uma rápida jornada de criação de seu próprio design, escolhendo o modelo, o que você deseja criar, entre outros.

    Observe que a estética desempenha um papel principal aqui. A marca precisa mostrar sua identidade em seus vídeos, mas certifique-se de que eles sejam educativos, fáceis de entender e agradáveis ​​aos olhos e ouvidos.

    Você gostou da estratégia do Canva? Então, vamos falar sobre alguns outros casos que você deve tomar como referência.

    Como as empresas de sucesso já estão fazendo isso?

    Algumas das campanhas de marketing mais bem-sucedidas sabem usar os tutoriais de produto para fazer mais do que apenas demonstrar seus ativos: eles criam diferenciais, ampliam as possibilidades. Quer conferir alguns exemplos? Veja, a seguir!

    Absolut

    Como um tutorial pode beneficiar um produto simples, como a vodka? Tornando-se parte de algo maior ou especial. A Absolut oferece uma ampla gama de interessantes tutoriais em vídeo com receitas de drinks. Confira:

    O tutorial nos mostra como podemos misturar ingredientes para criar nossas bebidas favoritas, usando ferramentas básicas de bartending.

    PlayStation VR

    A realidade virtual costuma estar entre as tendências de tecnologia não apenas para aplicativos de negócios, mas também, para entretenimento. O PlayStation VR é um bom exemplo e seu tutorial em vídeo é incrível.

    As principais lições, aqui, são o ritmo, que parece em câmera lenta, e as cenas de ação, inseridas de maneira inteligente. O primeiro ajuda os usuários a seguir as instruções enquanto assistem ao tutorial (caso já tenham comprado o aparelho).

    O segundo oferece uma amostra da experiência impressionante que os usuários obtêm. Veja, abaixo, e preste atenção a esses dois fatores. É assim que o PlayStation motiva os clientes com benefícios durante todo o vídeo.

    Grammarly

    Isso é o que chamamos de exemplo de vídeo explicativo. O Grammarly precisa de pouco mais de um minuto para mostrar como usar o seu produto. A mágica, aqui, é que eles estão realmente mostrando como a plataforma pode transformar o cliente em um redator melhor.

    Confira:

    Observe que todo o vídeo é apenas uma captura de tela, o que significa que você não precisa de um grande orçamento para gravar. Aqui está uma lição final: lembre-se de que você pode combinar quatro tipos de mídia para criar seu tutorial. Isso inclui:

    • demonstração (no Pinterest, Instagram etc.);
    • tutorial em vídeo (no site do produto);
    • lição detalhada (um vídeo mais longo no YouTube);
    • explicação via email (com instruções escritas e visuais).

    Ao fazer isso, você fornecerá uma camada extra para sua estratégia de marketing, explorando os benefícios de seus ativos para chamar a atenção do público. Portanto, coloque esses insights para trabalhar a seu favor e crie um tutorial de produto encantador!

    Então, que tal ir além do básico e desenvolver uma estratégia melhor? Confira tudo o que você precisa saber para trabalhar com marketing em vídeo.

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!