9 coisas que todo redator freelancer precisa saber para viver

redator-freelancer-trabalhando

Somos todos escritores. Só que uns escrevem, outros não. Foi o que disse uma vez o saudoso e talentoso autor português José Saramago. E se uns escrevem, outros não, muitos desses resolveram fazer da escrita um ofício e se tornaram poetas, letristas, redatores dos mais diversos tipos e estilos. Nessa toada, alguns desses muitos abraçaram o título de redator freelancer e resolveram surfar nessa gigantesca onda do marketing de conteúdo, webwriting, blog posts e outros desses termos já familiares para todos vocês.

Mas nem só de texto vive um redator. Aliás, é importante dizer que sem uma boa estrutura (física e emocional), fica difícil levar uma vida entre as palavras sem atrapalhar a produtividade. Para entregar materiais cada vez mais ricos e relevantes, conviver tranquilamente com deadlines — e honrá-los — e fazer um dinheirinho com esse trabalho, são necessárias algumas coisas, desde um bom notebook até uma saída com os amigos. Quer saber quais são algumas delas? Então chega mais!

Computador

Sim. É óbvio. Um computador é um item obrigatório na vida de um redator freelancer, seja um mais velhinho ou um foguete, portátil ou não. O importante é que ele possua um bom editor de texto e uma conexão à internet. Claro que um notebook vai te dar muito mais mobilidade e liberdade para levar seu trabalho onde quiser (e precisar). A visita na casa da tia, a viagem pra praia, a mudança de cidade, o passeio na praça, não importa. Com um bom computador por perto, dá para adiantar o seu lado.

Organização

Mais do que obrigatório, é um item especialmente valioso para quem trabalha como freelancer (redator ou não). Somente com uma boa organização fica possível administrar as tarefas, clientes, demandas e prazos. Mantenha os arquivos do seu computador categorizados, separe-os por data, tema, versões, etc. Se você for da turma analógica, mantenha um controle também por escrito, em algum caderno ou agenda, por exemplo.

Disciplina

Aproveitando o gancho do item acima, a disciplina pode ser alcançada exatamente através da organização. Se você mantiver uma agenda ou calendário sempre atualizado sobre seus prazos e demandas, ficará mais tranquilo conseguir cumpri-los. Portanto, estruture sua rotina de trabalho, divida seu dia ou sua semana para conseguir ter momentos de produtividade total. Encare o freela como um trabalho regular, com horários, intervalos e regras.

Vale lembrar que a disciplina é vital para a sobrevivência de um redator freelancer, pois ela influencia diretamente na sua reputação diante do seu empregador/cliente. O atraso constante nas entregas faz com que a confiança no seu trabalho diminua progressivamente e, eventualmente, eles podem parar de contatar você.

Planejamento (inclusive financeiro)

Parece repetição da mesma ladainha, mas não custa insistir: planeje-se. Não basta só manter a agenda em dia e cumprir seus compromissos. Um freela precisa lidar com imprevistos, novos pedidos e demandas, prazos alterados, urgências, etc. Com um planejamento bem estruturado da rotina, dá pra encaixar melhor as surpresas que surgirem no caminho.

Já para as finanças, essa prática se faz ainda mais importante. Vida de freela, como todo mundo sabe, não tem salário e nem quinto dia útil. A renda depende da demanda — e da sua entrega do serviço —, por isso, anote os valores que você tem pra receber e, quando eles entrarem na conta, calcule e planeje seus gastos para não ficar na mão.

Curiosidade sempre

Um redator freelancer precisa escrever sobre os mais variados temas — mesmo que ele não entenda nada sobre aquilo. É sempre necessários fazer pesquisas, ler sobre o tema e aprender um pouquinho antes de começar a redigir. Mas bom mesmo é ir além. Mantenha-se curioso! Leia sobre assuntos diferentes, converse com gente nova, busque se atualizar, seja sobre a família real britânica ou o ecossistema de Madagascar. Uma mente curiosa se mantém ativa, criativa e sempre bem alimentada — e no mundo da escrita, isso vale ouro.

Todo redator precisa de paciência de sobra

Nem todo cliente é legal, nem toda tarefa é interessante e nem sempre é fácil lidar com tudo isso. Por isso, tenha abertura para as críticas do cliente, seja paciente com os pedidos de alterações e mantenha-se tranquilo ao longo do processo. Além disso, nem todo mundo vai te pagar em dia — e quem é escolado nessa vida de freela, já sabe bem disso —, por isso, use o seu planejamento financeiro para segurar a onda e prepare-se para aquela enroladinha básica.

Uma playlist arrasadora

A música é sempre uma incentivadora do astral. Para ficar na fossa, para limpar a casa ou para focar no trabalho, uma boa playlist faz toda a diferença no processo. Escolha as melhores, compile em uma listinha e leve o fone de ouvido para onde for!

Um bom travesseiro

Porque nem só de trabalho vive o homem. A hora do descanso é sagrada e contribui significativamente com a sua produtividade, afinal, com corpo e cabeça descansados, pensamos mais claramente e temos mais energia para fazer nossas atividades. Mesmo que a rotina de um freelancer não inclua horários normais de sono, quando chegar a hora de dormir (mesmo que seja de dia), aposte no conforto total. Relaxe, esvazie a mente, não pense nos deadlines e descanse. MESMO.

Agora, sem desculpas e mãos à obra! Com as ferramentas certas, dá para levar a vida de redator freelancer cada vez melhor. Quer complementar nossa listinha? Mande um comentário pra gente!

redator-freelancer

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Você não precisa ser um gênio para escrever

alt Murillo Leal
out 10, 18 | Leitura: 2min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.