Como gravar vídeos em casa como um profissional? Listamos 7 dicas

Gravar um vídeo profissionalmente não é um processo complicado, mas é preciso atenção em relação aos equipamentos e alguns conceitos técnicos.

Como gravar vídeos em casa

Hoje em dia, o vídeo é uma das principais formas de produção e consumo de conteúdo, e essa não é uma informação retirada de qualquer lugar. Plataformas especializadas em vídeo, como o YouTube, são bastante populares e atraem muitos usuários. Para se ter uma ideia, entre os anos de 2018 e 2019, a plataforma cresceu cerca de 53%.

O TikTok, outra plataforma com foco em vídeos curtos, já é a quarta rede social com 1,5 bilhões de usuários. Esses números comprovam o alto alcance e preferência desse tipo de conteúdo na internet, o que também representa uma boa oportunidade para quem deseja entrar nesse meio.

No entanto, para se destacar e até trabalhar como videomaker é preciso entender esse mercado, saber algumas estratégias de divulgação e como gravar vídeos de qualidade. Neste texto, vamos explicar o que você precisa saber sobre a criação desse conteúdo. Confira!

Como gravar vídeos em casa como um profissional?

De fato, gravar vídeos não é um processo tão complicado, inclusive todos os celulares atualmente possuem câmeras que produzem vídeos em alta resolução. No entanto, toda essa facilidade também afetou o consumo. Com tanta gente fazendo a mesma coisa, o padrão de qualidade é crescente, e os vídeos mais bem produzidos são, em sua maioria, os mais vistos. Pensando nisso, separamos as principais etapas para que a sua produção seja impecável. Entenda!

1. Faça o planejamento da sua pré-produção

A primeira etapa de qualquer conteúdo, seja vídeo, texto ou áudio, é o planejamento. No caso do audiovisual, o planejamento da pré-produção deve conter alguns direcionamentos que envolvem desde pensar no assunto tratado, até definir a data de gravação, locação e materiais utilizados. 

Todas essas etapas podem ser inseridas no que chamamos de briefing, um documento para organizar os dados do projeto. Mesmo que seja só você a gravar, é importante desenvolver o briefing para te ajudar a ter mais foco. Na elaboração, pode-se colocar, além das informações principais, o público-alvo e algumas especificações mais técnicas, como a resolução e o formato.

2. Escolha o ambiente com cuidado

Uma parte importante para gravar o seu vídeo de forma profissional é pensar na locação. É preciso que essa escolha seja feita previamente e que você estude bem as possibilidades de enquadramentos, ângulos e o fundo para as suas cenas. Se estiver com dúvidas, faça testes, pequenas gravações ou tire fotos de você no local da mesma forma que estaria no vídeo.

Caso seja uma locação externa, aproveite para confirmar a possibilidade de gravação. Também tenha atenção à iluminação e ao áudio para não ter problemas quando for produzir o vídeo.

3. Procure uma boa iluminação

Nós falamos brevemente sobre iluminação no tópico anterior, mas esse assunto é muito importante para uma produção de vídeo e merece ser tratado com mais profundidade. Você já deve ter visto que todos os influenciadores do YouTube têm algum tipo de kit de iluminação (lâmpadas de LED, guarda-chuvas, anéis de luz etc.).

Esses materiais são fundamentais para obter maior nitidez, além de proporcionar o brilho necessário independentemente do lugar usado para filmar. Entretanto, muitos desses equipamentos são caros, então a nossa dica é que, inicialmente, procure por lugares bem iluminados.

Se estiver gravando em sua casa, posicione-se em frente à janela e opte por momentos em que há bastante incidência do sol. Tenha cuidado apenas com a claridade excessiva, coloque lençóis claros sobre a janela para estabilizar a luminosidade e, por fim, faça testes até encontrar a configuração correta.

4. Saiba como posicionar a câmera

Optar pelo formato na horizontal ou na vertical pode parecer uma escolha fácil, mas é preciso cuidado. Tenha atenção à plataforma para a qual você está produzindo conteúdo em vídeo. Por exemplo, apesar de o YouTube aceitar vídeos na vertical, o seu padrão é horizontal. Por outro lado, TikTok e Reels já são espaços em que o padrão é vertical.

O ideal é que você analise, primeiramente, qual é o seu objetivo com aquele conteúdo e onde ele será postado. Muitas pessoas produzem vídeos no TikTok para postá-los também no YouTube, por isso gravam na vertical. Por outro lado, se o seu tipo de público usa mais o celular, então é melhor que não seja na horizontal.

Para quem for realizar as gravações no smartphone, verifique as configurações da resolução. Full HD (1080p) é um bom início, já que garante uma boa imagem e não é um formato tão pesado.

5. Crie o seu roteiro de vídeo

O roteiro é uma parte fundamental para qualquer produção, até mesmo para podcasts. Afinal, é nele que estão os direcionamentos das cenas e também o que será falado durante o storytelling para vídeo

Além disso, informações descritivas importantes como local, trilha sonora e posições da câmera também estão nesse documento. Por isso, o seu conteúdo deve ser bem escrito, claro e com as orientações organizadas para que você não se perca na hora que tiver produzindo o vídeo.

6. Instigue o usuário com as legendas

A maioria das plataformas de vídeo tem por padrão que a reprodução seja sem som. Esse é um detalhe no qual você deve prestar atenção, já que muitas pessoas preferem deixar assim por comodidade. 

Então, é importante usar legendas em seus conteúdos para facilitar a vida de seus usuários. Além disso, essa também é uma questão de acessibilidade, afinal, pessoas surdas poderão acompanhar os seus vídeos sem problemas.

7. Analise as informações com vídeos analytics

Por fim, nossa última dica é para quando os seus vídeos já estiverem postados e você der início à etapa de acompanhamento e análise das reações do público sobre o seu conteúdo. Existem ferramentas específicas que ajudam a ter uma dimensão sobre como os seus vídeos são consumidos. Aqui, vamos falar sobre o vídeo analytics, ferramentas que proporcionam uma análise dos dados de suas produções.

Basicamente, são plataformas completas que permitem analisar o público, a retenção, o nível de conversão e o engajamento. Todos esses são dados importantes para entender se o seu conteúdo é atrativo e se está obtendo sucesso.

Ao longo deste texto, apresentamos as principais dicas para que você saiba como gravar vídeos profissionalmente. Não se esqueça da necessidade de planejar bem o seu conteúdo, avalie a locação, iluminação e desenvolva um roteiro de vídeo claro e objetivo.

Este texto foi útil para você? Quer continuar aprendendo sobre produção de vídeo? Então, baixe agora o nosso dossiê do audiovisual!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Redator freelancer, quanto vale a sua palavra?

alt Renato Ribeiro
nov 19, 18 | Leitura: 5min

O que 17 craques do futebol podem ensinar sobre carreira

alt Renato Ribeiro
jul 9, 18 | Leitura: 28min

Inglês para produtores de conteúdo: como aprender rapidamente?

alt Redator Rock Content
maio 17, 17 | Leitura: 5min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.