Conheça 7 tendências de email marketing para 2022

Com uma longevidade comparada a outras estratégias para atração, o e-mail marketing é uma poderosa ferramenta para a conversão.

Conheça 8 tendências de email marketing para 2022

Ao contrário do que muita gente acha, as mensagens eletrônicas ou e-mails ainda têm um grande poder de conversão para o marketing digital. Aliás, elas são uma das melhores maneiras de criar aquele vínculo com os clientes e conseguir o tão sonhado engajamento.

Contudo, por ser um meio de comunicação tão antigo na internet, é inegável que ele já passou por dezenas de transformações. Sim, nós ainda precisamos escrever ou, pelo menos, planejar parte do conteúdo das mensagens. Mas há diversas tendências de e-mail marketing para o próximo ano que prometem potencializar como esse canal opera.

Neste texto, vamos falar quais são e o que esperar para o ano que vem. Confira!

As 8 Tendências de email marketing para 2022

Acredite: as pessoas nunca pararam de fazer contas de e-mail, mesmo com WhatsApp ou redes sociais com suas DMs — as mensagens eletrônicas resistem. E olha que muita gente já decretou a sua morte, porém, não é o que os dados dizem. 

De acordo com a pesquisa do site Statista, em 2020, o número de contas de e-mail chegou a 4 bilhões em todo mundo. A previsão é que até 2025 seja de 4,6 bilhões. Sendo assim, faz todo o sentido que a cada ano surjam mais e mais novidades para esse canal.

Aqui, você saberá quais são as principais! Continue!  

1. Inteligência Artificial e uso de dados

Parece até clichê dizer que a Inteligência Artificial veio para ficar, mas, de fato, essa é uma verdade que a cada ano se torna mais e mais parte da realidade. Quando se trata de e-mail marketing, o que podemos esperar é muito mais automatização de muitos processos tradicionais. 

Especialmente, no tratamento de dados, ela ajudará a traçar um perfil de comportamento mais personalizado com informações sobre o que chamou a atenção do público e a previsão do comportamento a partir de análise de condutas anteriores.  

Além disso, poderá auxiliar com: 

  • análise profunda do conteúdo;
  • segmentação da lista;
  • criação de linhas de assunto;
  • quando os usuários preferem receber e-mails e outras rotinas.

2. Conteúdo gerado pelo usuário

Quando falamos de tráfego orgânico e conversão, o conteúdo tem um papel crucial nessa conta. Mas não qualquer um: aquele gerado pelos próprios usuários consegue fazer milagres.

As pessoas se importam com feedbacks. Quando estamos comprando um produto ou um serviço, a forma mais comprovada de saber a eficácia é por meio das experiências dos outros. Por isso, quando alguém faz um comentário de uma forma positiva, esse é o melhor material que uma empresa pode ter.

Nesse sentido, e-mails que incluem as avaliações dos clientes, pesquisas com o público ou até fotografias das pessoas utilizando o produto é uma tendência poderosa para o ano de 2022.  

3. Acessibilidade

Para os próximos anos, será crucial que as mensagens sejam compreendidas por todas as pessoas. Independentemente do local onde moram, do nível de instrução ou dispositivo utilizado, o conteúdo deve chegar e também ser entendido.

Hoje em dia, há muitas coisas que podem ser feitas para tornar o conteúdo mais acessível. Desde produzir textos mais fáceis de ler, até colocar infográficos, imagens e pensar em cores e fontes que tornem a mensagem melhor.

4. Omnichannel

Fundamentalmente, o Omnichannel significa utilizar de forma simultânea ou interligada vários canais de comunicação. O foco, claro, é se aproximar do cliente de forma efetiva. Pense: quando se trata de transmissão, as empresas precisam estar em todos os lugares — isso parece uma exigência absurda, mas, pelo menos no digital, isso é o mínimo. 

Em 2022, não haverá desculpas para não proporcionar diferentes formas de contato. Pegando o princípio do Omnichannel, será preciso fornecer uma experiência em que os canais estejam interligados, mesmo que as suas estratégias de alcance sejam diferentes.

5. Boletins informativos e dicas de outros conteúdos

Os boletins informativos têm um papel grande na geração de valor para o usuário. Eles ajudam a fortalecer a ideia de que a empresa é relevante, além de reforçar um gatilho mental importantíssimo: a autoridade. 

Nesse sentido, a estratégia é organizar os e-mails pensando em como gerar o máximo de valor para os seus leads. Utilizar notícias, atualizações sobre o setor e dicas é uma ótima maneira de fazer isso.

6. LGPD no e-mail marketing

Já percebemos em 2020 os impactos da LGPD na forma como utilizamos a internet. Atualmente, é impossível que você entre em qualquer site e não se depare com uma mensagem perguntando se concorda com as políticas de dados.

De fato, com a quantidade de escândalos relacionados ao uso de nossas informações e, consequentemente, da aprovação de leis de segurança como a LGPD, a maneira como os dados são administrados pelas empresas mudou.

Isso afeta diretamente a própria configuração do e-mail marketing, afinal, agora, o cliente deve ter total autonomia para permitir a coleta, armazenamento e uso de suas informações. As empresas precisam estar preparadas para justificar qualquer uso dos dados para enviar e-mails, assim como estar ciente que isso só poderá ser legitimado via consentimento.

7. Hiperpersonalização

A ideia principal do e-mail marketing atual é a personalização. É muito importante que as mensagens passem a ideia ao leitor de: “opa, esse assunto é realmente o que eu passo no dia a dia”. Uma tendência bem diferente do que era nos primórdios — uma série de spams e conteúdo em massa sem nenhum significado verdadeiro.

O que podemos esperar para 2022 é justamente um investimento maior na personalização, com curadorias de e-mails relevantes para o consumidor, tanto por que tratam das suas necessidades quanto dos seus interesses. Como? A Inteligência Artificial terá um papel importante nisso, ajudando na captura dos dados e na segmentação para que seja mais fácil fazer uma curadoria das mensagens.

8. E-mails interativos e animações

Imagine mais do que ser um leitor passivo em uma mensagem eletrônica, você poderá interagir com o conteúdo? Isso mesmo, layout, interface, tudo operando para tornar a experiência muito mais interessante, quase como uma conversa real.

A AMP (Accelerated Mobile Pages) é essa estratégia que proporcionará aos e-mails uma roupagem mais interativa. Digamos que, em vez de um texto com alguns GIFs engraçados, você terá a possibilidade de responder enquetes, navegar por um catálogo, agendar diretamente da mensagem, entre outras facilidades.

Hoje, você acompanhou as principais tendências de e-mail marketing que prometem ser o guia para boa parte das estratégias do próximo ano. Vale lembrar que esse é um canal fundamental para a conversão e para consolidar a relação entre a empresa e o cliente. Por isso, conhecer todas as técnicas é a melhor forma de dominá-lo.

Então, aprenda mais sobre a produção de conteúdo para e-mail marketing. Baixe agora o nosso e-book sobre o assunto!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail
Briefing

Camila Ferreira

Copyeditor

Thiago Murça

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Coluna freela: de Letras para o Marketing

alt Camila Morais
set 25, 20 | Leitura: 9min

Como escrever em qualquer lugar com 9 dicas

alt Renato Ribeiro
set 4, 18 | Leitura: 5min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.