Inbound Marketing: O Guia Definitivo

Transforme desconhecidos em clientes e promotores da sua marca

O mundo do marketing mudou muito nos últimos 10 anos.

E vai mudar mais ainda na próxima década. O marketing eficaz vai se parecer cada vez menos com um alerta (que distrai) e mais com um ímã (que atrai).

Os consumidores querem cada vez mais se informar e cada vez menos serem interrompidos. Quem souber produzir conteúdo e arranjar formas de entregá-lo vai atrair mais público, fechar mais negócios e conquistar mais fãs. Muito em breve, essa forma de fazer marketing não será mais um diferencial, mas questão de sobrevivência.

inbound-marketing
inbound-marketing-icone
Parte 1

O que é o Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é a maneira mais eficaz de fazer negócios no mundo online.

Baseado no conceito de atração, a ideia aqui é puxar o foco dos usuários de um blog, aplicativo, site ou das redes sociais para o conteúdo de uma marca que ofereça algo realmente útil para aquela pessoa e não apenas uma interrupção, como acontece com a publicidade tradicional.

Mas porque isso é tão interessante para uma empresa? Ora, bem simples: ao atrair os usuários por meio de conteúdo você consegue construir a confiança da sua marca, facilita a venda, tem mais chances de manter o consumir ao seu lado no futuro e ainda dá aquela turbinada no branding da sua empresa no mercado.

Entendeu porque ela é a melhor maneira de fazer negócio na web?

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o Inbound Marketing:

inbound-vs-outbound-icone
Parte 2

Inbound Marketing x Outbound Marketing

Se o Inbound Marketing é a maneira mais eficaz de fazer negócios no mundo online, onde fica o Marketing tradicional nessa história? O Outbound Marketing? Será que ele não vale mais a pena?

De acordo com uma pesquisa realizada em abril de 2016 pela Nielsen/IBOPE, pelo menos 7 em cada 10 pessoas disseram que preferem assistir o conteúdo em vídeo sob demanda (como o da Netflix), do que o da TV aberta ou até mesmo a cabo. Já uma outra pesquisa mostrou que o brasileiro passa em média 4h59m de olho no que acontece na internet, um tempo muito superior ao gasto com revistas ou jornais impressos.

Os números acima provam que o Outbound Marketing, dentro do modelo tradicional de Marketing, realmente não anda valendo mais tanto a pena assim. Mas ainda existe, sim, um lugar onde ele pode trazer bons resultados: justamente na web.

Quando implementado junto com um planejamento de Inbound, o Outbound Marketing pode servir para dar mais velocidade ao ROI, encontrar mais facilmente o público-alvo e até mesmo agilizar a validação de premissas.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o Outbound Marketing:

poder-conteudo-icone
Parte 3

O poder do (bom) conteúdo

Se você é do tipo que só acredita vendo, talvez esteja querendo saber sobre algum caso de empresa que tenha se dado bem ou investido nesse tal Inbound Marketing. Pois, se for esse o caso, nós temos. E, não apenas um só caso.

Para começar podemos falar do caso da gigante Red Bull que transformou todo seu site em um verdadeiro portal de conteúdo sobre esportes radicais e lifestyle. Vale também mencionar os perfis da americana GoPro no Youtube e no Instagram, que apostam na publicação de conteúdo que é muitas das vezes criado pelos próprios consumidores.

Veja só o que já publicamos sobre casos de sucesso de Inbound Marketing:

atracao-inbound-marketing-icone
Parte 4

As etapas do Inbound Marketing: Parte 1 – Atração

Agora é a hora de entender um pouco mais sobre a primeira das 4 etapas do Inbound: a da atração. Aquele momento em que você irá criar o conteúdo que as pessoas irão amar.

Pense o seguinte: sem um conteúdo de atração você não terá visitantes, leads ou clientes. Por isso, essa etapa deve ser feita com um bom planejamento e muito cuidado, afinal, seu tráfego orgânico é sua principal métrica nesse ponto.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor como atrair visitantes para sua empresa:

geracao-leads-inbound-icone
Parte 5

As etapas do Inbound Marketing: Parte 2 – Transformando visitantes em leads

Se você já atraiu visitantes para o seu site, é hora de conseguir informações sobre eles e converter esses visitantes em leads. Mas o que são leads?

As leads são aquelas pessoas que demonstraram interesse por algo oferecido pela sua empresa e se propuseram a entregar alguma forma de contato (email ou telefone, por exemplo) em troca de um download ou acesso exclusivo a algum conteúdo.

É bom lembrar que ter informação sobre seus visitantes é algo muito valioso para você – com isso em mãos você consegue entrar em contato e falar mais sobre sua empresa e serviço.

Para conquistar leads, você pode oferecer conteúdos mais profundos do que blog posts, como ebooks ou webinars. E lembre-se sempre de oferecer conteúdo de valor para sua persona!

Alguns conteúdos que te ajudarão a gerar leads para sua empresa:

conversao-lead-cliente-icone
Parte 6

As etapas do Inbound Marketing: Parte 3 – Convertendo Leads em clientes

Se você chegou até aqui está fazendo um bom trabalho. Chegar ao ponto do fechamento significa que você atraiu e converteu suas leads qualificadas e agora precisa transformá-las em clientes. E como fazer isso?

Primeiro é bom entender o tipo de lead.

Veja o seguinte: o usuário passou por todas as etapas do Inbound Marketing até aqui ou ele entrou em contato com sua empresa porque viu o telefone ou email na internet? Note que a resposta dessa pergunta pode indicar se aquele lead já foi “aquecido” pelo seu funil de vendas – e por isso pode ter um maior conhecimento sobre o seu problema (e sobre a sua empresa) – ou não.

Ou ponto importante: integre ainda mais, nesse momento, as equipes de venda e de marketing. Tenha em mente que as marcas que contam com o conceito de vendarketing (vendas + marketing) costumeiramente tem um resultado melhor do que aquelas que não têm.

Por fim, mostre o valor do seu produto ou serviço. Deixe bem claro para aquele lead porque que a sua empresa tem a melhor saída para os seus problemas. E aí, para isso, não tenha vergonha de usar números, pesquisas de mercado e até selos de qualidade que embasem essa ideia.

Alguns conteúdos que te ajudarão a converter mais leads em clientes:

fidelizar-clientes-inbound-icone
Parte 7

As etapas do Inbound Marketing: Parte 4 – Encante e fidelize os clientes

O principal objetivo do Inbound Marketing é oferecer conteúdo de valor para os usuários, sejam eles visitantes, leads ou clientes.

Essa fase da fidelização é especial. É aqui que você ganha o cliente! Mesmo que ele já tenha adquirido seu produto, não caia na besteira de abandoná-lo e perdê-lo para o concorrente.

Empresas relevantes continuam se envolvendo, encantando e transformando sua lista de clientes em fãs e divulgadores de seu negócio.

Ah, e não se esqueça que adquirir um novo cliente custa mais do que manter clientes existentes!

Alguns conteúdos que te ajudarão a encantar e fidelizar seus clientes:

seo-inbound-icone
Parte 8

Inbound Marketing no longo prazo: SEO

Antes de continuar com o nosso guia sobre Inbound precisamos dar um aviso por aqui: como você viu, esse tipo de marketing é bem mais eficiente do que o Outbound Marketing. No entanto, isso não quer dizer que sua empresa verá resultados da noite para o dia.

Boa parte das estratégias de marketing digital envolvem a indexação e o bom rankeamento do conteúdo dentro de sites de busca como o Google, o que não acontece tão rapidamente como gostaríamos.

No entanto, é possível impulsionar nossas páginas para que elas se saem melhor nos resultados do que as dos concorrentes. Isso, graças ao SEO, o Search Engine Optimization.

Não sabe o que é isso? SEO é uma otimização feita para os mecanismos de busca. Na prática, o SEO vai fazer com que as páginas do seu site apareçam nos resultados do Google. No entanto, repetimos: nada disso acontece em curto prazo.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o valor SEO para sua estratégia de Inbound:

metricas-icone
Parte 9

Métricas de Sucesso do Inbound Marketing

Peter Drucker, um dos maiores consultores de administração que já passaram pelo mundo, uma vez disse que “o que não pode ser medido não pode ser administrado”. E ele tinha razão. Muita razão!

Por isso, tão importante quanto ter uma boa ação de Inbound Marketing é saber o que precisa ser medido com essa ação.

É preciso acompanhar vários pontos, como: quantos leads estão sendo gerados? Quanto está sendo gasto com a aquisição de cada cliente? Qual está sendo o seu ROI (Return on Investment, ou Retorno Sobre Investimento)? Qual a sua taxa de conversão de visitantes em leads? Quanto tempo o usuário fica em média em uma determinada página do seu blog?

Essas são apenas algumas das métricas de sucesso que você precisa ficar de olho em uma estratégia de Inbound. Mas, para saber mais sobre isso, exitem outros conteúdos que podem te dar uma mãozinha.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor sobre as métricas de sucesso do Inbound Marketing: