Landing Pages: O Guia Definitivo

Invista em conversão

A grande indexação de páginas do Google foi feita em 1998. O resultado foi de aproximadamente 26 milhões de páginas. Dez anos depois, em 2008, ele repetiu o processo encontrando dessa vez quase 1 trilhão de páginas na rede e, como essa última pesquisa já faz quase uma década, podemos esperar que esse número tenha até dobrado de lá para cá.

Nesse meio, existem diversos tipos de páginas informativas de blogs com promoções de produtos: chamadas landing pages. Elas são bastante utilizadas por quem deseja começar a criar ou converter leads em clientes.

O que essas páginas têm de tão especial assim? Quais são as diferenças delas para as outras páginas?

landing-pages
o-que-sao-landing-pages
Parte 1

O que são Landing Pages

Se traduzirmos para o português, landing page significará algo como “página de aterrissagem”. Ou seja, é aquela página onde um usuário “aterrissa”, seja depois de ter clicado em um banner ou ter sido direcionado por algum botão de ação dentro do site.

E, com essa características, as landing pages acabam tendo duas finalidades principais:

  • Gerar leads: quando a página fornece algum tipo de formulário onde o visitante preenche com seus dados em troca de algum material rico;
  • Levar o visitante para o momento da compra: quando aquele usuário já demonstrou interesse a respeito de algum produto e passa por aqui para saber um pouco mais sobre a oferta antes de fechar a compra.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o que são as landing pages:

como-landing-pages-podem-encaixar
Parte 2

Como as Landing Pages se encaixam na sua estratégia de Marketing Digital

Na maioria das vezes as landing pages são usadas na web para direcionar o tráfego vindo de anúncios como do Adwords ou de alguma campanha nas redes sociais, afinal, como essas telas são desenhas para ter o maior número de conversão possível, nada melhor do que utilizá-las nesses casos.

No entanto, existem outras maneiras dessas páginas trazerem resultados para o seu negócio. Por exemplo, você pode usá-la para dar mais detalhes a respeito de um produto ou serviço para os usuários. É possível também utilizá-las como se fossem um micro site para falar sobre o lançamento de um novo produto ou serviço premium;

Vai colocar algum produto em pré-venda? Então as landing pages podem servir para capturar os e-mails dos interessados em saber quando ele estará disponível.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender como encaixar a landing page dentro da sua estratégia de Marketing Digital:

objetivos-de-landing-pages
Parte 3

Objetivos de Landing Pages

Conversão. Provavelmente você percebeu que essa é a palavra-chave quando o assunto são landing pages, certo? E, não é por menos, afinal, esse é o grande objetivo desse tipo página.

Ao contrário das outras páginas do seu site, o design das landing pages é feito para que o usuário tome pouquíssimas decisões ali dentro, sem muitos elementos, para que continue adiante dentro do funil de vendas.

Aqui, a ideia não é apresentar um leque de opções com um tipo de navegação mais elaborada, o que interessa é encaminhar o visitante apenas para um tipo de saída. Algo que claramente traz excelentes benefícios para aqueles negócios que sabem aproveitar essas características. Mas, vamos falar melhor sobre esses benefícios e sobre o design das landing pages daqui a pouco.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor quais são os objetivos das landing pages:

beneficios-de-landing-pages
Parte 4

Benefícios de Landing Pages

O primeiro benefício que fica bem claro quando trabalhamos com landing pages dentro de uma estratégia de marketing digital é o aumento da taxa de conversão, mas esse não é o único.

Com esse tipo de página também é possível realizar testes A/B – que iremos explicar melhor mais tarde-, afim de encontrar a melhor maneira de impulsionar as vendas de um produto e até mesmo observar qual o comportamento dos usuários vindos de diferentes tipos de anúncio.

Tudo isso, claro, com ajuda de um bom design.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor quais são os benefícios das landing pages:

como-fazer-um-design-de-landing-page-que-converte
Parte 5

Como fazer um design de Landing Page que converte

Bem, já que o assunto agora é design, que tal se a gente fizesse uma espécie de lista com o que não pode faltar em uma boa landing page?

  • Chamada direta
    O usuário não pode ficar em dúvida por aqui! Se a ideia é que ele faça o download de um ebook ou compre algum produto, isso tem que ficar bem claro já no título da página<. Utilizando de preferência, verbos no imperativo, que o direcionem para essa ação.
  • Menu
    Não utilize o mesmo menu do site em sua landing page. Lembre-se que a única saída dessa tela deve ser através do botão de ação, então quanto menos distração, melhor.
  • Botão de ação (CTA)
    Ter um botão de ação bem chamativo é uma das regras de ouro das landing pages. Por isso, nada de criar aqueles links convencionais com apenas um tracinho em baixo. Estude quais são as melhores cores, capriche no tamanho e faça testes.
  • Formulário
    As ações dentro de uma landing page devem ser tomadas rapidamente, por isso, nada de criar formulários com uma dezena de campos. Facilite a vida do seu possível lead ou cliente. Pergunte apenas o essencial e aproveite a opção de preenchimento automático para evitar o retrabalho do usuário.
  • Benefícios
    Não esqueça de destacar o valor do seu produto ou serviço. Um texto atrativo, com a presença de imagens e vídeos relacionados a oferta, ajudam a chamar a atenção do usuário. E, é super válido oferecer provas sociais, com comentários de clientes que já se beneficiaram com essa oferta ou o número de downloads já realizados.
  • SEO
    A sua landing page também precisa de um bom posicionamento no Google, então fique atento ao título, conteúdo, palavras-chave, alt text das imagens (descrição das imagens) e quanto ao design responsivo. Tudo isso, afeta o rankeamento de sua landing page e a experiência do usuário nela.
  • Página de agradecimento
    Ao fazer o download da oferta oferecida em sua landing page, direcione a lead para uma página de agradecimento. Com ela é possível reforçar o valor e até mesmo aumentar as chances de quem baixou, realmente utilizar o material. Além disso, com ela é possível ter uma oportunidade para oferecer uma nova oferta que pode ajudar a levar a persona para a próxima fase do funil.

Quer saber mais dicas? Então esses conteúdos vão te ajudar a fazer o melhor design de landing pages:

como-otimizar-a-conversa%cc%83o-das-suas-landing-pages
Parte 6

Como otimizar a conversão das suas Landing Pages

Se existem pontos que não podem faltar no design de uma landing page, também existem outros que podem ajudar a otimizar ainda mais os resultados dessas páginas. Um deles são os bullet points, um tipo de recurso que ajuda a separar o texto em partes e melhorar a escanabilidade do conteúdo.

Os espaços em branco – tão temidos por algumas pessoas – também ajudam bastante na otimização das landing pages, afinal, são eles os responsáveis por dar mais foco no que realmente pode interessar naquela página. Tenha em mente que quanto mais elementos você tem na tela, maior é a briga por atenção, por isso, esses espaços ajudam o usuário a ver apenas aquilo que interessa.

Quer mais uma dica de como otimizar a conversão das landing pages? Então utilize mensagens que passem um certo senso de urgência para o leitor, assim ele fica ainda mais tentado a tomar uma decisão mais rápida por ali.

Esses conteúdos vão te ajudar a melhorar a conversão das suas landing pages:

caracteristicas-de-landing-pages-que-convertem
Parte 7

Características de landing pages que convertem

Quando observamos os estudos de caso de empresas que se deram bem com o uso de landing pages em suas estratégias de marketing digital, costumeiramente encontramos algumas características em comum entre elas.

Algumas dessas características são:

Uma boa hierarquia de informação
Todos os dados ali são mostrados de uma maneira que é fácil de ser compreendida. Não restam dúvidas sobre os benefícios de um produto ou serviço e como fazer para adquiri-lo;

Simplicidade
Outro ponto crucial que podemos observar nas landing pages que realmente convertem. Não existem fotos, textos ou depoimentos demais por aqui. Tudo está na medida certa para ajudar o usuário e não para confundi-lo;

Indicador de progresso
Essa é outra característica presente nas landing pages que funcionam e não é à toa. Sentimos prazer quando terminamos uma determinada tarefa – culpa da dopamina que é liberada em nosso organismo. Por isso, quando vemos que estamos prestes a completar algo, ficamos propensos a seguir em frente.

Esses conteúdos vão te mostrar algumas das características que não podem faltar numa landing page matadora:

principais-metricas
Parte 8

Principais métricas

O trabalho com a landing page não termina quando ela vai ao ar. Depois disso, ainda é preciso acompanhar os resultados dessa página e por isso é preciso saber o que exatamente deve ser observado com ela. Algo que depende das métricas planejadas para aquele tipo de tela.

E, nessa fase podemos observar o seguinte:

Tempo do usuário na página
Informa se as pessoas estão passando muito tempo por ali antes de clicar ou até mesmo antes de sair;

Taxa de rejeição
Se a proporção de visitantes que saíram da página sem completar o cadastro está muito alta e até mesmo quais canais estão trazendo mais acessos.

Todas essas são excelentes métricas a serem observadas em sua landing page.

Esses conteúdos vão te mostrar quais são as métricas que você precisa acompanhar em uma Landing Page:

como-fazer-testes-a-b-em-landing-pages-1
Parte 9

Como fazer testes A/B em landing pages

Outro coisa que não pode faltar em uma boa landing page é o teste A/B, afinal, com ele é possível observar o que realmente funciona ou não em uma determinada página. Mas como fazemos esses testes?

Primeiro, é importante lembrar que só se muda uma variável para que seja possível avaliar o que realmente gerou melhores resultados. Variar o tipo de oferta. formatos ou até assuntos, são opções interessantes para descobrir qual apresenta uma conversão maior.

E, utilize ferramentas especializadas ou softwares de automação de marketing que possuem esta funcionalidade, para que você consiga realizar e mensurar seus testes. Lembrando sempre, de pensar sobre a amostragem que será analisada.

Esses conteúdos vão te mostrar quais são as melhores maneiras de se fazer testes A/B em Landing Pages:

ferramentas
Parte 10

Ferramentas para criação de landing pages

Por fim, não podemos deixar de dizer que o que não falta na internet são ferramentas capazes de melhorar ainda mais os resultados da sua landing page – como plugins ou ferramentas de monitoramento. Confira abaixo algumas que podem te ajudar na elaboração de suas landing pages.

Esses conteúdos vão te mostrar quais são as melhores maneiras de se fazer testes A/B em Landing Pages: