SEO: O Guia Definitivo

Aumente as chances de ser encontrado

É praticamente impossível trabalhar com internet sem ouvir falar da sigla SEO (Search Engine Optimization). Um termo que em português significa otimização para motores de busca e que diz respeito as estratégias usadas para ranquear um site dentro de mecanismos de busca como o Yahoo, o Bing e, claro, o mais famoso de todos: o Google.

Desde a metade dos anos 90 já se falava sobre o assunto. Só que naquele tempo, os mecanismos não buscavam seu site automaticamente pela rede. Quando alguém criava uma nova página, era preciso enviar o link para o sistema para que ele colocasse sua URL dentro da biblioteca de resultados.

Hoje é muito mais fácil ser encontrado pelos mecanismos de busca, mas a briga para conseguir uma boa posição nessas buscas está cada vez mais complicada. Mas nada como um bom guia definitivo para entender como conquistar essas posições e como funcionam as buscas do Google, não é mesmo? Então vem com a gente para saber mais sobre tudo isso.

seo
psicologia-de-busca
Parte 1

Psicologia de busca

Quer saber como funciona um mecanismo de busca? Então, primeiro dê um passo atrás e entenda como as pessoas decidem fazer suas buscas.

Ainda que os bilhões de usuários da web realizem bilhões de pesquisas diariamente na rede, podemos classificar essas buscas em três tipos: navegacional, informacional e transacional.

  • Navegacional: é aquela que você faz por meio de um site específico (como “Facebook”ou “Rockcontent”);
  • Informacional: essa é a que acontece quando o usuário está atrás de uma informação bem específica (do tipo “como fazer um bolo de chocolate” ou “como consertar uma tomada”);
  • Transacional: aqui, como o nome sugere, a busca é feita por meio de algo que possa levar a uma transação na web (por exemplo: “comprar iPhone 6” ou “enviar encomenda pelo correio”).

Sabendo qual é a intenção por trás de um determinado tipo de busca, fica mais fácil criar o conteúdo para aquele usuário e até escolher as melhores palavras-chave para otimizar seu resultado no Google.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor sobre a busca no Google:

palavras-chave
Parte 2

Palavras-chave

Assim como o SEO não é nenhuma novidade no mundo, o uso de palavras-chave para categorizar assuntos e identificar ideias também não é. Só para se ter ideia, em 1900 o alemão Michel Bréal (considerado um dos pais da semântica moderna) já estudava esse assunto em seu Ensaio de Semântica, um dos primeiros livros que mostraram como poderíamos agrupar grandes volumes de ideias em torno de uma palavra que resumisse tudo.

E, é com essa ideia de palavras-chave que o Yahoo e o Google funcionam desde o começo.

Ao ler todo o conteúdo de cada uma das páginas do seu site ou blog, o mecanismo identifica qual é o tema principal, classifica a palavra-chave e, assim,joga aquela página para concorrer com outras sobre o mesmo tema na internet.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor a importância das palavras-chave:

como-o-google-enxerga-um-site
Parte 3

Como o Google enxerga um site

Por trás daquela simples página branca com a logo da empresa e a área de busca acontecem algumas etapas. Primeiro, o Googlebot – o robô de rastreamento e indexação do Google – chega até uma página que já estava antes em seu banco de dados. A partir disso, ele vê se aquela página sofreu alguma alteração desde a última vez que passou por ali e segue os links presentes naquela página.

Se a página tiver sido alterada, ele entende que aquele conteúdo está sendo atualizado. E, isso é bom para o dono daquela página porque o Google valoriza sites que buscam oferecer sempre informações relevantes.

Quanto aos links, se o Googlebot encontrar o caminho para uma nova página que ele nunca viu antes o que ele faz é colocar aquele link em seu banco de dados e mesmo que aquela página não tenha nenhum conteúdo, o Google sabe que ela existe.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o funcionamento do Google:

fatores-de-rankeamento
Parte 4

Fatores de rankeamento

Ainda não é conhecida a fórmula como o Google funciona, no entanto, o que não faltam são estudos e testes que apontam alguns dos principais fatores que influenciam no rankeamento de um site dentro dos resultados de busca.

O problema é que não são poucos esse fatores e, por isso, listar todos por aqui levaria um bom tempo, mas podemos indicar os cincos mais importantes:

Quantidade de links internos e externos direcionando para o seu endereço;
Boa colocação da palavra-chave no conteúdo;
Autoridade do domínio (quantidade e qualidade de links para o seu site);
Atualização constante de conteúdo;
Experiência do usuário (quanto tempo as pessoas passam navegando em suas páginas).

Esses conteúdos vão te ajudar a saber mais sobre os fatores de rankeamento do Google:

fatores-de-rankeamento-on-page-e-off-page
Parte 5

Fatores de rankeamento on page e off page

Reparou que alguns dos principais fatores de rankeamento do Google tem a ver com ações de dentro e de fora do seu site? Pois, esses fatores são os que chamamos de on page (na página) ou off page (fora da página).

Funciona assim: quando você otimiza muito bem as suas páginas (usando corretamente o título, subtítulo, palavras-chave, links internos, etc), você aumenta as chances de ter um bom SEO on page. Quando outro site, um comentário ou até posts nas redes sociais apontam para o seu endereço, isso é um SEO off page, já que ele vem de fora do seu endereço.

E, nunca é tarde para lembrar que não adianta focar em apenas uma dessas estratégias de rankeamento, é preciso focar nos dois tipos.

Esses conteúdos vão te ajudar a saber mais sobre os fatores de rankeamento do Google:

pesquisa-de-palavras-chave
Parte 6

Pesquisa de palavras-chave

Sabe uma coisa que funciona tanto para o rankeamento on quanto off page? Uma boa palavra-chave.

Pense o seguinte: quando você tem um conteúdo que tanto as pessoas quanto os robôs do Google estão achando, fica fácil subir no ranking do buscador. Por isso, é importantíssimo fazer um bom planejamento (e pesquisa) de palavras-chave. Dessa forma, você descobre como o seu público-alvo procura por um determinado conteúdo online, quais palavras-chave tem mais concorrência na web e quais tem menos, criando assim uma chance maior para a sua marca dentro da rede.

Agora, se você quiser uma dica de ouro sobre pesquisa de palavras-chave, aí vai: Google Keyword Planner. Com essa ferramenta esperta do Google você descobre qual o volume de buscas na web de uma determinada palavra-chave.

Esses conteúdos vão te ajudar a fazer as melhores pesquisas por palavras-chave:

link-building
Parte 7

Link Building

Então está tudo legal em suas páginas: você configurou o conteúdo direitinho, com as melhores palavras-chave e tudo mais, mas como fazer com que outros sites façam referência ao seu? Bem, querido leitor, é aí que entra o Link Building.

Como o próprio nome sugere, Link Building nada mais é do que a produção de links (externos) para o seu site. Uma técnica que envolve muita pesquisa, planejamento e, claro, um bom social com os donos de outros sites da internet.

Mas nada como alguns exemplos para deixar tudo mais fácil, certo? Então vamos lá!

Quando falamos sobre pesquisa e planejamento, falamos sobre a arte de deixar bem a vista do usuário os botões de compartilhamento de conteúdo nas redes sociais e até de encontrar alguns sites onde você pode pagar para inserir um link para o seu endereço.

Já no quesito “social com os donos de outros sites”, o lance é fazer a boa e velha troca de links da internet, no qual, você coloca um link para o site de outra empresa e ela coloca para o seu. Às vezes, também pode ocorrer um guest post, no qual, você convida alguém de outra marca para escrever no seu blog e essa pessoa te convida para escrever no dela. Tudo isso com os devidos links de cada domínio.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender mais sobre Link Building:

marketing-de-conteudo-e-seo
Parte 8

Marketing de Conteúdo e SEO

Como você pôde ver, falamos bastante sobre conteúdo neste guia de SEO, mas não é por acaso.
Hoje em dia, as pessoas tem consumido cada vez mais conteúdo na internet (de textos, imagens até vídeos) e, como na web não existe aquela ideia de interrupção, – como acontece nos comerciais da TV ou do rádio – as marcas estão aprendendo que para chamar a atenção desses consumidores, agora é preciso criar conteúdo relevante para eles, por meio do marketing de conteúdo.

Nesse tipo de marketing você cria conteúdo relevante para o usuário, chama a atenção dele para um problema (que ele às vezes nem sabia que tinha) e depois, entrega a solução transformando o visitante de um blog em cliente. Para que tudo isso dê certo, é preciso que esse conteúdo seja, antes de mais nada, buscável. E, por isso existe uma relação entre a estratégia de marketing de conteúdo e o SEO.

É necessário também levar em conta a experiência do usuário. Mais do que um bom conteúdo, você precisa oferecer algo a mais que irá ajudar a aumentar o tempo de permanência do usuário na página. A aparência de seu blog, com a disposição de imagens, formato do texto, posicionamento de menus de forma bem planejada também são importantes para atrair e reter essa atenção, entre outros pontos que precisam ser levados em conta.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor a importância do Marketing de Conteúdo para o SEO:

seo-para-wordpress-yoast
Parte 9

SEO para WordPress: Yoast

Quer começar a criar logo o seu blog e arrasar no marketing de conteúdo e no SEO? Então vá direto para o WordPress. Presente em quase metade dos blogs mais acessados da web, o WordPress é um dos melhores e mais populares sistemas de gerenciamento de conteúdo da internet. E, com tanta popularidade assim na rede, não é de se admirar que ele já tenha tantos plugins que facilitam ainda mais o seu uso.

Portanto, quando o assunto é otimização para os mecanismos de busca, nenhum plugin é melhor que o Yoast, uma ferramenta que ajuda o usuário a deixar suas páginas e conteúdos ainda mais preparados para os fatores de rankeamento do Google.

Esses conteúdos vão te ajudar a entender melhor o funcionamento dos plugins de SEO para WordPress (como o Yoast):

como-aprender-mais-sobre-seo
Parte 10

Como aprender mais sobre SEO

Ficou afim de aprender mais sobre SEO depois de todo esse guia? Bem, então nada melhor do que conferir alguns dos conteúdos que nós já produzimos sobre o assunto aqui mesmo no blog da Rock Content!

Esses conteúdos vão te ajudar a aprender um pouco mais sobre SEO: