Adobe Illustrator

Adobe Illustrator: dicas e atalhos para a ferramenta de edição

O Adobe Illustrator é um software gráfico focado na edição de imagens vetoriais. Essa ferramenta faz parte do pacote Adobe e pode ser utilizada para a criação de ilustrações, logotipos, tipografias e muito mais!

O Adobe Illustrator é uma das ferramentas necessárias no dia a dia dos times de marketing, sobretudo daqueles que trabalham com a criação das peças visuais.

Embora eles sejam mais utilizados por designers, é importante que os gerentes e outros membros do time também saibam como o programa é operado e, acima de tudo, desmistifiquem a ideia de que tal manuseio é muito difícil e complicado.

Para fazer isso, redigimos este artigo com a finalidade de apresentar o que pode ser feito com o Adobe Illustrator, alguns exemplos práticos para que você possa começar a usá-lo hoje mesmo, e explicar as diferenças que existem entre ele e outros produtos da Adobe.

Vamos lá?

O que é o Adobe Illustrator

O Adobe Illustrator é um software da Adobe cuja principal função é trabalhar ilustrações vetoriais. Ele pode ser usado tanto em computadores que operem com Windows quanto Mac.

Apesar de o programa ter um trial, sua versão full é paga e a aquisição vale a pena para quem precisa constantemente de imagens bem trabalhadas para as suas ações de marketing. O Illustrator CC, última versão do programa, inclusive, dispõe de uma interação entre usuários e designers gráficos.

Se você já usou ou conheceu outros programas da Adobe, usar o Illustrator não será muito difícil, pois seu menu apresenta uma ordem bem parecida com a dos demais softwares. Os primeiros atalhos apresentam justamente as funções de abrir, criar e salvar arquivos.

Por meio do Illustrator, é possível editar, inclusive, objetos tridimensionais e aplicar os mesmos efeitos oferecidos pelo Photoshop. Claro que isso não quer dizer que os dois programas sejam os mesmos, eles têm suas diferenças e falaremos sobre isso mais adiante aqui mesmo neste artigo.

Para usar as ferramentas que o programa traz, você pode ir a parte esquerda, pois todas estão lá. Assim, para criar objetos, efeitos e conteúdos, você (ou o designer designado a usar o Illustrator) poderá encontrar todas as funções necessárias para fazer o trabalho.

Adobe Illustrator

Aliás, na parte superior da tela podem ser vistas as janelas móveis que são assim chamadas porque quem usa o software pode movê-las ou ocultá-las a fim de facilitar a visualização e manuseio do programa durante o trabalho.

O Illustrator CC, ao contrário de sua versão anterior, conta com um suporte maior, além de trazer novas ferramentas envolvendo pincéis, fontes, inserção de arquivos e exportação de CSS.

Veja, a seguir, mais algumas delas.

Como usar o Adobe Illustrator

Para alguns profissionais de marketing, usar softwares como o Illustrator parece complicado. Para acabar com isso, levantamos aqui algumas formas de uso do programa que você precisa saber, seja para manuseio próprio, seja a nível de conhecimento para acompanhar o trabalho do designer.

O primeiro passo é abrir um novo documento. Para isso, basta ir em File e clicar em New Document. Na tela que aparece a seguir, você pode especificar o formato do arquivo, sendo as orientações mais comuns “retrato” ou “paisagem”.

Adobe Illustrator2

No lado esquerdo são exibidas diversas ferramentas de criação e edição de imagem e texto. Ao escolher qualquer uma delas, na parte superior da tela, logo acima do documento, serão mostradas as opções para configurar a ferramenta que você escolheu.

Por exemplo, ao usar texto, você poderá selecionar tamanho, cor e fonte dele.

Para criar elementos visuais, você pode usar a caneta para desenhar. Se preferir formas perfeitas, opte pelo construtor de formas para criar quadrados, triângulos, estrelas, entre outros.

Adobe Illustrator3

Por fim, para preencher o desenho feito no Illustrator, você pode começar trocando as cores dos traços e preenchimento. Para isso, basta clicar em “Windows” no menu e, em seguida, em “Swatches” (ou “amostras”).

Dicas para o uso do Adobe Illustrator

Agora que você já sabe como se usa o programa em nível básico, separamos aqui algumas dicas que podem ajudar você ainda mais.

Organize os seus layers

Ao criar layer no Illustrator, é fundamental que você tenha muita organização, a começar por uma dica essencial: renomeie todos os seus layers.

Para se ter uma ideia do quão importante isto é, veja um exemplo que nada tem a ver com o software: sabe quando um colega não organiza os arquivos em pastas no Google Drive e você fica perdido tentando encontrá-los?

Pois, algo similar ocorre quando você não renomeia os layers no Illustrator, sobretudo quando envia o arquivo ao designer.

Caso o designer precise editar um elemento da imagem, ele precisará dar muitos cliques até encontrá-lo, o que exigirá mais tempo de trabalho.

AI

Incorpore as imagens ao arquivo

Caso você precise enviar ao designer um arquivo feito no Illustrator, imagine que ele não consiga encontrar as imagens porque, na realidade, elas estão no seu computador e não no dele. Acredite, esse é um erro comum.

Por isso, ao criar o arquivo .ai, incorpore as imagens ao arquivo. Para fazer isso, você deve ir em Window e procurar por Links, as imagens inseridas no projeto serão apresentadas. Na parte inferior direita, clique em Embed Images e isso unirá o arquivo e as imagens que nele estão.

Adobe Illustrator5

Faça o alinhamento ao grid

Para fazer isso, basta ir em View e, em seguida, em Show Grid. O programa irá mostrar o grid, porém, seus objetos não estarão alinhados, a não ser que você vá, depois, em Snap to Grid.

Se estiver em dúvida sobre a funcão dos grids, eles servem para ajudar a compor o layout de modo a manter tudo num só padrão de forma harmoniosa. Isso pode ser visto no espaçamento que existe entre os objetos, tamanhos e quantidades de elementos no arquivo.

Por isso, ao contrário do que alguns pensam, o grid não deve ser aplicado somente em logos, mas em tudo.

AI6

Você pode se interessar por esses outros conteúdos sobre as soluções da Adobe!
👉 Como criar um portfólio online com Adobe Behance
👉 Adobe Lightroom: saiba como usar e como aplicar presets
👉 Adobe Color: como usar essa extensão para criar paletas de cores
👉 Adobe Premiere: passo a passo para iniciantes fazerem vídeos incríveis
👉 Adobe After Effects: como usar e as suas principais funcionalidades

Qual é a diferença entre Illustrator, Photoshop e InDesign

Algumas pessoas têm dificuldade em diferenciar os produtos da Adobe e para que cada um serve especificamente. Embora eles se complementem, softwares como o Illustrator, InDesign e Photoshop são bem diferentes.

E como é importante as pessoas que trabalham com marketing saberem o porquê, levantamos aqui e as principais diferenças que existem entre os três.

Qual é a função do Adobe Illustrator?

Como dissemos neste artigo, o Illustrator é um software da Adobe voltado para a criação vetorial. Ele surgiu antes mesmo do Photoshop e foi disponibilizado apenas para o Mac durante os dez primeiros anos.

Nos dias de hoje, o Illustrator se tornou líder de mercado, a ponto de superar o seu principal concorrente, o Corel Draw, por conta da facilidade no uso de vetores.

Enquanto o Photoshop trabalha com imagens, o Illustrator é mais usado para a criação de vetores. Em vez de um mapa alinhado de pixels, ele opera a criação de desenhos por curvas, o que atribui a possibilidade de aumentar ou reduzir a imagem da maneira que bem entender, seja em ilustrações vetoriais, layouts ou em umaidentidade visual.

Qual é a função do Adobe InDesign?

O InDesign é um programa criado para fazer trabalhos de diagramação. Portanto, seu foco é peças gráficas como editoriais, materiais publicitários e apresentações impressas.

Por isso, ele é muito utilizado por profissionais que precisam montar revistas, jornais e até mesmo e-books. O mesmo vale para itens de papelaria usados com fins publicitários como panfletos e cartazes ou mesmo materiais como apostilas e apresentações impressas que precisem de imagens com qualidade muito boa.

Qual é a função do Photoshop?

O Photoshop é conhecido por ser o mais popular programa de criação e edição de imagens profissionais. Apesar de ter começado como um editor básico, suas atualizações têm acrescentado, cada vez mais, novas funções, a ponto de, hoje, permitir até mesmo a manipulação de objetos em 3D.

Como seu foco é nas imagens, o Photoshop é um software muito utilizado por designers, diretores de arte e fotógrafos, pois suas ferramentas permitem até mesmo otimizar fotos originalmente tiradas com baixa qualidade ou inserir elementos nela.

Sabe quando você precisa unir cinco pessoas em uma imagem, mas cada uma está em fotos separadas em ambientes diferentes? Por meio do Photoshop é possível fazer essa junção. Portanto, ele também é usado para criação de outros tipos de montagem como, por exemplo, o seu time reunido com a logo da empresa no fundo.

Assim, ficam claras quais são as diferenças entre os três e para que serve cada software!

Gostou de saber mais sobre estes softwares e quer aprofundar seus conhecimentos sobre o Adobe Photoshop? Então, confira também este artigo para saber mais sobre ele!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo