Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 17 de abril de 2020. | Atualizado em 28 de abril de 2020


Graças à internet, é mais fácil manter contato com seu público, mas também exige algumas precauções. O spam, por exemplo, é um problema que deve ser tratado desde o começo sendo ideal ter um plugin como o Akismet para lidar com ele.

Com ferramentas como fóruns, blogs e redes sociais, é possível criar uma comunidade com seus clientes em qualquer espaço. Porém, nesses mesmos lugares, especialmente no seu site WordPress, você precisa tomar precauções para evitar o spam.

Para quem não sabe, spam é quando um mesmo usuário, que pode ser uma pessoa ou um robô, envia mensagens repetidas para o mesmo canal, sobrecarregando o servidor ou apenas tornando as interações mais difíceis. Para lidar com isso, é necessário utilizar ferramentas anti-spam, como é o caso do Akismet.

Neste artigo, você verá:

  • O que é o Akismet?
  • Quais são suas principais vantagens?
  • Verificação automática de spam
  • Histórico de comentários capturados
  • Detecção de links maliciosos
  • Eliminação de spam
  • Como configurar o Akismet?
  • Faça o download do plugin
  • Assine o Akismet e obtenha uma chave API
  • Valide a chave e acompanhe as estatísticas

Continue a leitura e veja como este plugin pode ajudar a evitar spam no seu site.

O que é o Akismet?

Como já mencionamos, o Akismet é um plugin para WordPress que tem como função identificar comentários que se qualificam como spam e removê-los do seu site. Ele funciona como um filtro primário para todo o conteúdo que os usuários trazem, usando alguns padrões e diretrizes estabelecidos por você para identificar quais comentários devem ser removidos.

Considerando que a ocorrência de spam pode deixar um site praticamente inutilizável, é fundamental que você use esses recursos a seu favor. Haverá alguns casos que não são spam de verdade, mas esses podem ser moderados manualmente.

Quais são suas principais vantagens?

O controle de spam pode ser feito por uma pessoa da moderação do seu site, mas há algumas coisas que o Akismet pode fazer melhor e de maneira mais eficiente. Veja aqui alguns dos principais exemplos.

Verificação automática de spam

Para poder controlar o spam manualmente, uma pessoa teria que ler cada comentário, verificar sua frequência, deletar as mensagens e decidir se o usuário será bloqueado. Multiplique isso por todos os usuários e você terá meses de trabalho.

Com o uso do plugin, essa verificação pode ser feita automaticamente, com base em alguns critérios. O resultado é que você consegue dar conta de um número bem maior em menos tempo.

Histórico de comentários capturados

Outro ponto que já mencionamos é que, mesmo com o melhor sistema, pode ser que alguns comentário sejam marcados como spam, mesmo sendo apenas comentários normais. E você precisa verificar esses casos quando eles ocorrerem.

Com o Akismet, você também pode acompanhar os comentários que são bloqueados e decidir quando eles devem ser “perdoados”. Isso é muito útil para usuários recorrentes que, muito provavelmente, já possuem algum privilégio dentro do seu site.

Powered by Rock Convert

Detecção de links maliciosos

Robôs de spam quase sempre são usados com a intenção de espalhar códigos maliciosos, geralmente guiando os usuários para links que fazem o download de vírus ou que roubam seus dados. E ter esse tipo de ameaça em seu site é péssimo para seu público.

Uma das funções do Akismet é encontrar esses links e imediatamente remover a postagem, mesmo que ela não se encaixe no padrão de spam. Isso quase sempre poupa seu público de cair em vários golpes e torna a página mais segura.

Eliminação de mensagens spam

Mesmo depois de serem bloqueadas, as mensagens marcadas como spam ainda ficam registradas no servidor do site, ocupando parte do espaço em disco. Isso não é muito se forem apenas uma ou duas mensagens, mas spams geralmente envolvem dezenas ou mesmo centenas de comentários.

Para evitar que esses dados comecem a ocupar espaço demais em disco, o próximo passo é justamente deletar essas mensagens. É algo relativamente simples, mas que também pode ser automatizado nesse plugin. Por exemplo, mensagens que tenham sido arquivadas por mais de uma semana sempre são apagadas automaticamente para liberar espaço.

Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
👉 
Rock Stage: a solução completa em performance, conversão e segurança no seu WordPress
👉 
Entenda quais são os passos para a criação de um site profissional
👉 
Conheça os 10 melhores sites de domínio

Como configurar o Akismet?

Agora que você entende a importância de ter um plugin anti-spam e suas funcionalidades, o próximo passo é saber como utilizá-lo em seu site de forma efetiva. Para ajudar com isso, listamos aqui alguns passos para configurar o Akismet. Confira.

Faça o download do plugin

Você provavelmente já sabe como instalar um plugin no WordPress. Nesse caso, o processo é o mesmo: vá até a aba de pesquisa de plugins do seu dashboard, entre com o nome “Akismet” no campo de busca e clique em download. Em alguns minutos, você fará a instalação do plugin e ele estará pronto, sem dificuldades ou complicações.

Assine o Akismet e obtenha uma chave API

O Akismet é um plugin pago, ou seja, você precisa de uma licença para poder utilizá-lo. Para isso, você deve visitar o site do Akismet e clicar em “Conseguir chave para WordPress”.

Em seguida, você deve escolher um dos planos disponíveis e realizar o pagamento. O site pedirá a autenticação do seu site WordPress e depois enviará seu código API para liberar o uso do plugin.

Valide a chave e acompanhe as estatísticas

Com a chave em mãos, volte ao seu dashboard, entre em “Plugins” e depois em “Configurar Akismet”. Basta copiar o código e confirmar. Se tudo estiver em ordem, você terá uma mensagem de confirmação e o plugin estará completamente liberado para seu uso, de acordo com o plano de assinatura escolhido.

Agora que você entende melhor a importância de ter uma ferramenta anti-spam em seu site WordPress e quais são as funções do Akismet, é hora de começar a usá-lo para proteger seu site, seja ele um fórum, blog ou qualquer outro tipo.

Se você não utiliza o WordPress, mas ainda quer criar um blog, veja nosso artigo sobre a plataforma Blogger e como usá-la para montar seu site gratuito.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *