Por Raphael Pires

Publicado em 10 de novembro de 2019. | Atualizado em 18 de março de 2020


Leia o post e saiba quais são os benefícios de realizar análises de desempenho individual com o time da sua agência. Aproveite!

benefícios de analisar o desempenho individual

O capital humano é um dos bens mais valiosos de uma agência e, por isso, precisa ser acompanhado. Para quem faz gestão empresarial, a avaliação do desempenho individual dos colaboradores é uma tarefa que requer ferramentas para ser mensurada.

Como é feita a análise do desempenho dos funcionários na sua agência? Se ainda tem dúvidas de como proceder, quais os tipos de avaliação utilizar e quais são as principais vantagens da prática, este post é para você. Confira mais sobre o assunto e tenha uma boa leitura!

A importância do desempenho individual

Para começar, é preciso que a importância do tema esteja alinhada entre gestores e colaboradores. Avaliar o desempenho da equipe é uma atividade ampla, estratégica, capaz de impactar os resultados.

É por meio do acompanhamento do trabalho, do desenvolvimento de competências e da identificação das dificuldades que a equipe cresce e, com ela, a empresa.

Vale ressaltar que a intenção de avaliar a performance do funcionário não deve ser exclusivamente para apontar erros e reprimir atitudes. Os objetivos da análise de desempenho individual vão além, conforme serão apresentados no decorrer deste artigo.

Até aqui, ficou evidente para você que avaliar o desempenho individual é fundamental para administrar o time da agência? O engajamento de quem trabalha em um ambiente preocupado com as suas habilidades, seus potenciais e desafios costuma ser diferenciado e positivo.

Kit de produtividade Este material completo vai alavancar os resultados da sua agência!

Baixando nosso material você terá acesso a planilhas, vídeos, guias e ebooks para aumentar a produtividade da sua agência

O objetivo de analisar o desempenho individual

Diante da importância apresentada no tópico acima, você deve ter percebido algumas pistas sobre qual é o objetivo de analisar o desempenho da sua equipe, certo? Agências que priorizam a avaliação dos colaboradores, geralmente, têm definido o que se pretende com as informações mapeadas na análise.

Para acompanhar individualmente ou de forma coletiva o trabalho em andamento, ou para descobrir potenciais, o objetivo da análise deve ser direcionado para oportunidades de melhoria e crescimento.

Os tipos de análises de desempenho individual

Existem metodologias que são utilizadas no meio corporativo para avaliar a equipe e o desenvolvimento profissional do colaborador. Cada método tem determinado foco e pode ser utilizado de forma isolada ou aplicado mais de um, conforme os objetivos e os recursos da empresa. Acompanhe os principais tipos de análises de desempenho individual.

Autoavaliação

É realizada em duas fases. Na primeira, o funcionário identifica seus pontos fortes e fracos, habilidades e desafios. Após, na segunda fase, os apontamentos são discutidos com o gestor para que sejam melhorados.

A autocrítica e a percepção do seu próprio comportamento faz com que o colaborador tenha comprometimento com o seu crescimento.

Avaliação 360 graus

O nome da metodologia entrega a forma como a análise é realizada, ou seja, por todos os ângulos! Isso significa que a avaliação 360 graus do colaborador é feita com a participação das pessoas que fazem parte da rotina de trabalho dele, sejam colegas, sejam gestores, o próprio funcionário e, até mesmo, clientes e fornecedores.

Avaliação por competências

Para utilizar esse tipo de análise, é essencial considerar três fatores: conhecimento, habilidade e atitude. Assim, o funcionário identifica quais competências ele tem, quais estão em desenvolvimento e aquelas que precisam ser desenvolvidas. Com isso, é traçado um plano  de ação com o gestor para potencializar o que foi mapeado.

Resultados

A avaliação do desempenho pelos resultados é feita de acordo com um período específico e com a quantidade de entregas ou tarefas executadas. Totalmente embasada em números, a metodologia coloca “na ponta do lápis” os resultados atingidos pelo funcionário. 

Conversão de vendas e o nível de satisfação dos clientes são bons parâmetros para avaliar os resultados.

Escala gráfica

O método é simples e consiste em fazer um documento no qual os quesitos que serão avaliados (como produtividade, assiduidade e comprometimento) sejam apresentados e relacionados com notas que demonstram a intensidade de cada um deles. 

Os itens podem ser avaliados em uma escala numérica (de 0 a 10, por exemplo) ou ainda por conceitos (de excelente a ruim).

Como deve ser realizada a análise de desempenho individual

Independente do tipo de análise escolhida, algumas considerações são essenciais para que a avaliação do desempenho individual seja feita corretamente e de acordo com o cenário da empresa e do colaborador. Veja quais são elas.

Momento certo

Não basta avaliar o desempenho apenas para cumprir obrigatoriedades e orientações de recursos humanos. É necessário analisar também o momento certo para que não haja interferências que não agregam, como a falta de recursos para executar as atividades.

Ferramentas adequadas

É importante pensar nas ferramentas que serão utilizadas para analisar a performance dos colaboradores. Formulários, softwares e técnicas de gestão de pessoas colaboram para que o desempenho seja medido e melhorias sejam identificadas.

Periodicidade mantida

Definir a frequência da análise e respeitá-la é essencial para ter sucesso na avaliação de desempenho de cada colaborador. Algumas empresas apostam em um acompanhamento mensal e em reuniões semanais para que atualizações sejam compartilhadas entre o gestor e o funcionário.

Os principais benefícios de analisar o desempenho individual

Depois de conhecer a importância, o objetivo e os tipos de análises de desempenho individual, assim como os fatores que precisam ser considerados para realizar a avaliação, chegou a hora de você saber quais são as principais vantagens da prática. Acompanhe!

Potencial

Uma das principais vantagens de analisar o desempenho do time da sua empresa é identificar o potencial de cada colaborador. Durante as avaliações, é possível mapear atividades que o funcionário tem interesse e aptidão e incentivar o desenvolvimento delas.

Ainda, o estímulo para crescer dentro da empresa é um dos fatores que contribuem para a baixa rotatividade da equipe.

Produtividade

A produtividade do funcionário pode ser medida por meio das avaliações de performance. Com isso, o gestor consegue direcionar a equipe para que atue com mais intensidade em determinada tarefa, assim como eliminar atividades sem retorno ou valor para a empresa.

Participação

Gestores que avaliam os funcionários conseguem promover o comprometimento deles para lidar com o fluxo de trabalho e os desafios encontrados no dia a dia. A participação deles se torna mais ativa para solucionar problemas e atingir os objetivos da empresa.

Acompanhar o desempenho individual é um caminho bastante promissor para a gestão do negócio. Quem pretende desenvolver habilidades e competências no time, precisa contar com ferramentas que facilitam a implementação dessa prática.

Que tal começar agora mesmo a organizar a avaliação de seus funcionários? Entre em contato com a iClips e conheça o software de gestão que vai ajudar a mensurar a performance da sua empresa.

Fale com um consultor

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *