Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 18 de maio de 2018. | Atualizado em 18 de março de 2020


Muita gente sente que o dia tem poucas horas para tantas demandas. É um pensamento normal, mas que pode estar ligado à má gestão de tempo. Organização, foco e disciplina são fundamentais! Quando relacionados a bons hábitos, a produtividade pode melhorar.

Quem nunca perdeu um prazo, que atire a primeira pedra, não é mesmo? A dificuldade em realizar uma gestão de tempo que torne a rotina mais produtiva é um dos principais alvos de preocupação dos gestores. Imprevistos acontecem e erros humanos também! Até aí, ok! Mas fazer desses atrasos um hábito é um tiro no pé, que pode gerar muitos transtornos imediatos e futuros.

Além de um layout perfeito, seu cliente também quer pontualidade! Então, a busca por ferramentas que auxiliem na estratégia de distribuição das tarefas e na gestão do tempo (como o timesheet), deve ser prática obrigatória em qualquer gestão. Mas por onde começar? Por que ela é tão importante? Quais técnicas aplicar para que ela funcione bem? Todas essas questões estão respondidas nesse artigo!

O que é gestão de tempo?

Gestão de tempo é o processo de organizar e planejar como dividir seu tempo entre atividades diferentes. Uma boa gestão de tempo te permite trabalhar e estudar de maneira mais inteligente, para que você faça mais em menos tempo, mesmo em situações de prazos curtos.

Gerenciar seu tempo requer, entretanto, uma mudança importante no foco de atividades para resultados: estar ocupado não é a mesma coisa que ser eficiente. Ironicamente, o oposto está mais perto de ser verdadeiro.

Passar o dia todo num frenesi de atividades geralmente dá menos resultados, já que você está dividindo sua atenção entre muitas tarefas ao mesmo tempo.

Por que realizar a gestão de tempo?

A gestão de tempo deve ser feita para que não haja mais procrastinação e nem abandono de tarefas. E, mais do que isso, para que tudo seja executado com tranquilidade e qualidade. Afinal, fazer as coisas com aquele “senso de obrigação” não é nada positivo, concorda? Quando o tempo é bem organizado, a produtividade é uma consequência, assim como a disposição dos colaboradores. Por outro lado, outros benefícios também estão agregados. Veja os principais a seguir!

Menos desperdício de tempo

Quando se sabe exatamente o que deve ser feito, sobra menos tempo para a ociosidade. Você pode, por exemplo, organizar seu tempo em blocos de 15 minutos, que é suficiente para começar algo e curto o bastante para que o dia fique bem dividido.

Em uma reunião, por exemplo, calcule o seguinte prazo: tolerância de 15 minutos para que ela comece e o término com 15 minutos de antecedência. Esses intervalos serão essenciais para que você converse, comente algo, se despeça e faça network, mas não atrapalharão em nada seu objetivo central.

Redução do estresse

Ter um tempo administrado corretamente evita inúmeras situações de estresse. Até porque não é novidade que qualquer coisa que sai do plano inicial acarreta preocupação e muita irritação. Sem a correria para cumprir prazos e a possibilidade de impasses de última hora, você tem menos retrabalho, menos erros e, então, menos estresse.

Aumento da produtividade

Com a gestão correta de tempo, é possível aumentar significativamente a produtividade. Isso porque a equipe se esforça menos e passa a ter maior disciplina para planejar e organizar todas as suas atividades, as quais rendem bem mais. Dessa forma, sobra tempo para se dedicar a algumas atividades extras, dar início com antecedência a algum projeto e, até mesmo, descansar e fazer um brainstorming.

Brainstorming

Cumprimento de prazos

O cumprimento de prazos é algo essencial para uma agência de comunicação. A gestão de tempo ajuda, e muito, a fazer com que tudo aconteça no momento certo e, por vezes, até mesmo antes do esperado. Por sua vez, isso deixa o cliente muito mais satisfeito e permite que a agência se dedique a outras atividades. O tempo bem distribuído é o segredo para que as atividades essenciais sejam sempre priorizadas.

Afinal, quais estratégias podem auxiliar na gestão de tempo da sua agência?

Saber onde estão alocadas as demandas atuais da agência, qual a prioridade de entrega dos trabalhos e qual é o perfil produtivo de cada colaborador, são dados que trarão o embasamento necessário para a tomada de decisão. Para seu conhecimento, selecionamos 6 dicas para um controle de tempo eficiente na sua agência. Vamos lá?

Organize as demandas que chegam

A organização é a palavra de ordem quando o objetivo é lidar com a constante falta de tempo na agência. Mais importante do que adotar ferramentas que auxiliem na gestão de tarefas no decorrer do dia, é colocar a casa em ordem, começando pelo próprio atendimento. Mas como fazer isso?

  • O primeiro passo é instruir o seu atendimento a sinalizar, juntamente como o briefing, o prazo solicitado pelo cliente, e a sequência ideal para criação das peças;
  • Paralelamente, faça com que os alertas de Jobs novos cheguem rapidamente ao tráfego da agência;
  • Oriente o tráfego a alocar as tarefas mais adequadas ao tempo disponível em cada pauta, levando em consideração o tipo de criação e o perfil dos profissionais;
  • Faça um esboço de calendário, com todas as tarefas já distribuídas para que você avalie possíveis tarefas com períodos conflitantes ou sobrecarga de peças em algum dos funcionários.

Reduza o número de reuniões

Dedicar longos períodos do dia em reuniões é uma prática quase obrigatória em agências de comunicação. Mas será que elas são, assim, tão eficazes?

Por mais que seja praticamente impossível abolir de vez as reuniões na agência, otimizá-las e aproveitar ao máximo o tempo disponível é fundamental. Pensando nisso, existem algumas práticas que podem ser empregadas para tornar esses momentos mais produtivos para você e para sua equipe. Confira algumas dicas:

  • Pense duas vezes antes de fazer uma reunião: será que é mesmo necessário marcar uma reunião? Com o auxílio da tecnologia, muitas reuniões podem ser reduzidas a simples envios de e-mail. Assim, você e sua equipe poderão dedicar o tempo em tarefas mais estratégicas.
  • Defina objetivos e metas: antes de reunir o time em prol da resolução de um problema ou mesmo para captar novas ideias para um determinado projeto, é indispensável que você delimite os objetivos desse encontro. Dessa forma, você evita que o bate-papo exceda o limite proposto e que o foco do tema central seja perdido.
  • Faça uma pauta com os temas que serão abordados: essa dica segue a mesma ideia da anterior, só que aqui você deve documentar os temas que serão abordados na reunião. Pensando nisso, tente estimar um tempo para cada assunto, levando em consideração os objetivos listados anteriormente.

Saiba delegar

Saber delegar tarefas para toda a equipe é fundamental para segmentar o trabalho do publicitário que agora se vê na função de gestor, com novas responsabilidades para dar conta e decisões importantes para tomar.

Nesse sentido, distribuir as atividades é mais que uma forma de tirar o peso de inúmeras tarefas que se acumulam durante o dia, mas sobretudo um método extremamente eficaz para depositar confiança no time, reconhecendo suas habilidades e abrindo um leque para novas ideias.

Faça pausas

Sabe aqueles momentos em que lidar com as diversas abas abertas no computador se torna um verdadeiro sacrifício? E os temidos bloqueios criativos, então? Lidar com essas situações pode até parecer uma tarefa difícil, mas acredite, existe uma luz no fim do túnel: fazer pausas.

Uma técnica muito utilizada é a Getting Things Done. Ela foi criada para aqueles momentos em que é difícil saber por qual tarefa começar. O primeiro passo é anotar absolutamente todas as atividades que você precisa fazer durante o dia ou ao longo semana. No final do dia, é hora de rever o que você anotou e planejar as próximas atividades que possuem certa similaridade, organizando-as por níveis de prioridade.

Baixar Modelo de Briefing

Mantenha uma rotina

Conseguir se organizar em meio a tantas demandas exige planejamento. Nesse sentido, é recomendado que você mantenha uma rotina para não deixar nenhuma tarefa importante de lado.

Sabemos que não é fácil se desviar daqueles jobs que surgem de última hora, mas quando você gerencia o tempo de maneira eficiente, fica fácil dar conta das atividades rotineiras e, ao mesmo tempo, atender às demandas urgentes.

A dica é: crie um cronograma com as atividades de rotina, dessa forma você conseguirá se organizar melhor e nenhuma tarefa deixará de ser feita.

Evite a procrastinação

Que a procrastinação é inimiga número um da produtividade nós já sabemos. Normalmente, esse período de limbo produtivo é ativado quando temos que executar tarefas mais complicadas e não tão prazerosas assim.

Mas cá para nós, dificilmente todas as atividades que surgirão durante o dia serão totalmente compatíveis com nossas preferências, não é mesmo? Portanto, não há outra saída: ou lidamos com esse vilão de uma vez por todas ou o deixamos dominar a rotina.

Sendo assim, procure listar a importância das tarefas a serem realizadas, bem como os resultados de cada uma delas a curto, médio e longo prazo. Outra dica simples e funcional é dividir uma única atividade em pequenas tarefas e se preciso, delegá-las para o colaborador responsável. Por fim, não hesite em pedir ajuda caso necessário!

Implante o timesheet

Já falamos aqui no blog sobre a importância do timesheet para a produtividade da equipe e o quanto essa ferramenta facilita a gestão da agência como um todo, uma vez que as decisões são tomadas com base em dados seguros. Sabemos o quanto a rotina das agências é corrida e que os clientes estão cada vez mais exigentes e dispostos a solicitar quantas alterações forem necessárias para chegar ao resultado pretendido.

É aqui que o timesheet faz toda a diferença, pois ele garante que as entregas não ultrapassem o tempo estimado, dando um maior direcionamento nas tarefas prioritárias. Assim, é garantia que o cliente receba a tarefa no prazo combinado. Além disso, o timesheet realiza a contagem das horas de trabalho em tempo real, ajudando a minimizar atrasos e a acompanhar todo o processo de produção com mais facilidade.

Priorize tarefas urgentes

É bem provável que você esteja pensando: “Mas todas as demandas são urgentes!” disso não temos dúvidas, afinal, são inúmeras contas atendidas diariamente e o tempo faz questão de correr de forma proporcional à quantidade de entregas, não é? No entanto, o importante aqui é saber administrá-las de modo que nenhuma demanda seja deixada de lado. Dessa forma, procure fazer uma lista das tarefas que precisam ser finalizadas naquele dia.

Perceba que nem tudo que precisa ser terminado no mesmo momento consome, necessariamente, mais horas do que aquilo que não é tão urgente. Ou seja, ao finalizar essas tarefas, você vai ter tempo livre para dar conta dos jobs que estão ‘’na fila’’. Procure fazer dessa prática uma atividade de rotina, de preferência assim que chegar na agência. O cafezinho de cada dia pode esperar!

Avalie os resultados

E finalmente chegamos à última, mas não menos importante dica: a avaliação de resultados. Para que todas as práticas de gestão de tempo sejam válidas, é preciso fazer um comparativo de produtividade para identificar em que momento seus Jobs atrasam e se existe algum funcionário com uma curva de desempenho inadequada. 

Outra forma de analisar a produtividade da agência é emitindo relatórios detalhados de jobs. Só assim você conseguirá acompanhar o rendimento dos Jobs e categorizá-los por prioridade, por cliente, pelo fee mensal, entre outros.

Utilize técnicas de gestão de tempo

Algumas técnicas facilitam bastante o seu controle de gestão de tempo e o envolvimento de toda a equipe nessa proposta. É muito importante saber um pouco a respeito dessas possibilidades para encontrar aquela que mais se encaixa no método de trabalho de sua agência.

Com toda certeza, a implementação de alguma delas terá o funcionamento esperado para contribuir com o melhor uso do tempo e para entregas mais certeiras.

Pomodoro

A técnica Pomodoro consiste em trabalhar por um determinado tempo e fazer breves intervalos. Na prática, essa metodologia diz que devemos trabalhar por 25 minutos (sem interrupções) e fazer uma pausa de 5 minutos. Ao completar 4 ciclos, é recomendada uma pausa de 30 minutos.

GTD

O método GTD parte do princípio de que é normal esquecer uma coisa ou outra, mas isso é algo que pode ser facilmente evitado. Assim, a melhor forma é tirar planos e ideias da mente e registrá-los em agendas, cadernos ou computadores.

O segredo, nesse caso, é fazer listas por meio de uma classificação de prioridades e contextos. A ideia é seguir a ordem, sem deixar as tarefas menos prioritárias para outro momento, e fazer tudo conforme o organizado.

Kanban

A metodologia Kanban, por sua vez, usa cartões e post-its em um quadro para indicar e acompanhar o fluxo de produção da agência. É uma maneira mais visual e prática, com recursos acessíveis, de ver as tarefas que podem ser executadas e as etapas de seu andamento.

Na medida em que os processos internos caminharem, elas podem ser alteradas. Vale também colocar o status de cada etapa, além do da tarefa geral, e o nome de cada responsável por desenvolvê-la.

Matriz GUT

A sigla GUT significa Gravidade, Urgência e Tendência. Essa é uma ferramenta muito utilizada para priorizar a resolução de problemas. Nela, cada questão é classificada por uma ótica diferente: da gravidade (do problema), da urgência (de resolução dele) e da tendência (de piorar com rapidez ou de forma lenta).

Ela pode ser montada em forma de gráfico e atualizada de acordo com a execução dos planos de ação e solução. Nesse caso, é essencial identificar também os prazos e os responsáveis por cada um dos problemas.

Organize o ambiente de trabalho

Trabalhar em um ambiente desorganizado apenas atrapalha sua gestão de tempo. Se você não consegue encontrar seus próprios materiais de trabalho e documentos importantes em cima da mesa, já vai perder minutos valiosos para procurá-los.

Portanto, é relevante se dedicar a manter um local tranquilo e clean para fazer suas atividades. Na medida do possível, evite também objetos que tragam distrações — o que acontece bastante se o local tem decorações muito chamativas e interativas. Logo, reserve isso para o tempo livre.

Permita intervalos na rotina

De nada adianta uma rotina sem qualquer intervalo. Por vezes, apenas uma pausa é capaz de clarear a mente e permitir que novas oportunidades e soluções surjam. Vale fazer uma pausa para o café, um passeio rápido na parte externa da agência ou uma troca de ideias com um colega. Relaxar muitas vezes é a chave para que uma atividade traga mais resultados.

Como você pode ver, gerir bem o tempo da agência, assim como em qualquer empresa, faz toda a diferença: tanto para colaboradores, que serão mais produtivos e se dedicarão a suas atividades com maior motivação, quanto para os clientes, que receberão sempre trabalhos de qualidade ímpar e dentro do prazo esperado.

A agência, por sua vez, só tem a ganhar com isso. Afinal, o retorno financeiro será muito maior e permitirá novos investimentos e inovações para que o mercado continue a se interessar por tudo o que ela oferece.

Quais as causas do aproveitamento ruim do tempo?

Muitos fatores têm impacto direto na forma como o tempo é aproveitado. Se você consegue identificá-los, basta usar as ferramentas certas para solucionar, como essas que você viu até aqui. Veja a seguir o que pode ser a origem da sua dificuldade de administrar bem as horas do seu dia!

Falta de organização

Se você não se organiza, fica difícil conseguir cumprir com tudo. São muitas informações e compromissos, e uma hora a sua cabeça não dará conta de tudo. Use a agenda do seu smartphone, anote em post-its ou em planilhas. O importante é organizar tudo, distribuindo as demandas ao longo das horas do dia.

Procrastinação

Procrastinação tem impacto direto na sua produtividade. Deixar para depois nunca é uma boa ideia. Quanto mais você enrola, mais tempo gasta fazendo, geralmente, pouca coisa interessante. Seja dinâmico e dedique-se às tarefas, sem perder tempo. Isso vai otimizar seu dia e o resultado vai deixá-lo muito orgulhoso de si próprio!

Falta de foco

A falta de foco, muitas vezes, acontece na ânsia de querer resolver tudo, especialmente em dias mais cheios. Por mais que as intenções sejam boas, você não é multi-task! Dedique-se a uma tarefa de cada vez, com foco e concentração total. Geralmente, 80% do dia de um gerente, por exemplo, é gasto com coisas superficiais por causa da falta de foco. Esse é um indicador que você precisa afastar!

Agora que você já sabe como efetuar uma gestão de tempo inteligente na sua agência, que tal ter um documento com um esquema para os colaboradores utilizarem diariamente para preenchimento do tempo gasto em cada job? Faça o download da nossa planilha de timesheet e controle melhor o tempo na agência!

Baixe a planilha de Timesheet!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

24 respostas para “Conheça os 172 principais fatores de rankeamento do Google em 2020”

  1. Gestão Mídias Sociais MBA disse:

    I liked !

  2. […] Google e ver os resultados. Mas esse método tem vários problemas. Um deles, como sabemos, é que o Google não é igual para todo mundo. O segundo problema: apenas usando o Google, é difícil comparar o seu site com os concorrentes, […]

  3. […] para derrotar os adversários do Google. A otimização no algorítimo era voltada para diminuir o rankeamento de sites que desrespeitavam as regras do Google, e que com práticas ilícitas (chamadas de black hat) […]

  4. […] pela comunidade de “Mobilegeddon”) a Google realizou alterações significativas em seu modo de rankeamento de sites. A partir dessa data, as páginas que não disponibilizarem uma navegação amigável para […]

  5. […] E se você ainda fica um pouco perdido sobre quais métodos ou utilitários poderia usar para melhorar a eficácia de seu programa de marketing on-line, saiba que há boas soluções disponibilizadas na própria Internet. O Google, por exemplo, traz muitos recursos que as empresas não devem ignorar ou perder de vista. E a maioria deles de forma gratuita. Por acaso você sabia disto? Pois descubra algumas propriedades que vão ajudá-lo a melhorar a posição de sua empresa e como r… […]

  6. […] para motores de busca – visa potencializar e melhorar o posicionamento de um site no rankeamento das pesquisas no Google e outros sites […]

  7. […] nas primeiras posições nos mecanismos de buscas da internet. É exatamente para proporcionar boas colocações nos rankeamentos que investir em SEO (Search Engine Optimization) é tão importante. Em um primeiro momento as […]

  8. […] Lembre se que nem sempre você deve tratar como uma regra máxima tudo aquilo que o Google diz a respeito de SEO, mas de qualquer forma é importante saber qual é a posição pública do Google é em relação às estratégias que você deseja empregar para estar bem posicionado nos rankings de busca. […]

  9. […] Mas não se preocupe. Com as ferramentas do Google Search Console, você pode deixar seu site tinindo. Vai melhorar a velocidade com que as páginas carregam, conseguirá entender melhor de onde vem o tráfego, identificará defeitos na pintura do HTML, recauchutará a lataria dos links, turbinará a linkagem interna e também poderá acelerar o SEO, melhorando o ranqueamento de suas páginas. […]

  10. […] marketing digital é quase um clichê falar da importância do seu site estar bem posicionado nos rankings das ferramentas de busca, como o Google. Afinal, você tem um conteúdo (ou produto) e precisa que ele seja visto e […]

  11. […] seu público alvo é a sua colocação nos mecanismos de buscas. Portanto, se é do seu interesse melhorar o seu posicionamento no ranking dos principais mecanismos de busca será necessário investir em uma ferramenta chamada SEO Pessoal. Com ela você poderá atingir […]

  12. […] conteúdo para elas utilizando táticas de SEO é o que pode fazer com que seu site tenha um melhor rankeamento nos mecanismos de busca, fazendo com que seus clientes o encontrem mais […]

  13. […] Ledo engano, e qualquer pessoa que tenha um blog e entenda o mínimo de SEO sabe disso. Uma URL bem estruturada é um dos fatores preponderantes para que os motores de busca melhorem a qualificação de um site diante do rankeamento. […]

  14. […] SEO, em mais de uma maneira. Com este post pretendemos te mostrar como trabalhar os vídeos de modo a se destacar nos rankeamentos de busca. […]

  15. […] em termos de SEO. O próprio Google dá dicas valiosas sobre o que e não fazer para que seu site obtenha bons resultados em seu buscador e em cima disso muitas pessoas criam seus websites achando que seu projeto vai deslanchar […]

  16. […] será automaticamente o que alavancará suas métricas. O importante é que você saiba que o Google gosta de artigos que procuram explicar por completo um tópico ao invés de apenas falar superficialmente sobre os […]

  17. […] de conteúdo vai muito além do que simplesmente postar artigos em um blog. São necessárias ações de otimização para mecanismos de busca, compartilhamento em redes sociais, estudos sobre a área, […]

  18. Mihail Tipa disse:

    Excelente artigo. Dicas muito boas. Nos já usamos algumas destas coisas citadas neste blog no nosso site http://www.dezireimoveis.co…, mas ainda falta muito para ser feito. Obrigado pelas dicas.

  19. Sergio Antonio Meneghetti disse:

    Excelentes dicas! Grato pelo trabalho. Prosperidade!!!$$$

  20. Renan disse:

    Ótimas dicas, conteúdo de extrema qualidade apontei o seu artigo no meu blog http://renansouza.com/
    Obrigado por ter ajudado.

  21. Meninas vips disse:

    Parabéns pelo texto e conteudo do site, estou sempre online vendo as novidades, irei indicar para a redação do site para dar destaque para o seu site, muito bom parabéns. quero fazer meu site subir http://www.scortvips.com.br/

  22. Rock Content disse:

    Ei Jefferson. O mercado de SEO ainda é relativamente novo no Brasil. Especialmente o SEO de qualidade.
    Essas coisas ainda acontecem, mas a cada dia ficará mais difícil de se deparar com esse tipo de coisa. O Google pensa na experiência dos usuários.

    Por exemplo, se você procurar palavras-chave relevantes no mercado de marketing digital, dificilmente encontrará resultados que não são de blogs de qualidade como o marketingdeconteudo.com, resultados digitais ou viver de blog, por exemplo.

    Quando os conteúdos de qualidade começarem a ganhar força nos demais mercados, esse tipo de site tende a perder o seu espaço.

  23. Rock Content disse:

    Que bom que gostou João! Espero que te ajude bastante!

  24. Andre Mousinho disse:

    Que bom que gostou Sergio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *