Por Raphael Pires

Publicado em 29 de janeiro de 2020. | Atualizado em 16 de abril de 2020


Os influenciadores digitais podem ser uma boa estratégia de aumentar a confiança do seu público com sua marca!

A internet permite a criação de campanhas dos mais diversos tipos e os avanços não param de aparecer. Nos últimos anos, os influenciadores digitais ganharam espaço nas redes sociais — e os corações dos brasileiros.

De acordo com a pesquisa “O Brasil e os influenciadores digitais”, do Ibope Inteligência, 52% dos internautas no país segue pelo menos um influencer. O estudo aponta, ainda, que metade das pessoas conectadas costuma comprar produtos e serviços indicados pelos influenciadores. Além disso, 35% dos usuários de redes sociais já visitaram algum lugar por indicação de uma dessas referências nas redes.

Não é à toa que o título dessas pessoas é o de influenciadores digitais. Suas indicações, realmente, têm a capacidade de formar opiniões, de ditar e transmitir tendências e padrões de consumo. Nesse contexto, sua marca pode se beneficiar muito do marketing de influência, seja para divulgar ou vender pela internet.

Vamos entender, ao longo do artigo, por que os influenciadores digitais têm esse poder sobre os potenciais consumidores da sua marca e como trabalhar com essas autoridades para divulgar seus produtos e serviços. Vamos lá?

O que é o marketing de influência

O marketing de influência é uma estratégia capaz de gerar valor a partir do discurso de produtores de conteúdo considerados autoridades em determinados assuntos. Para se ter uma ideia, conforme aponta um estudo da QualiBest, os influenciadores digitais são a segunda fonte para a tomada de decisões, atrás apenas de amigos e familiares.

Por meio dos influencers, é possível criar uma estratégia de divulgação mais humanizada e direta. Isso porque esses criadores de conteúdo costumam ter um ótimo engajamento com o público por conta da sua aparente relação de proximidade. Eles são capazes de trazer autoridade para uma marca e de ser uma espécie de prova social, mostrando os produtos sendo usados. Esses são poderosos gatilhos mentais para os consumidores e acabam aumentando a aquisição de novos visitantes e a retenção de clientes em sua loja virtual.

Os principais canais em que os influenciadores digitais estão presentes são o Facebook, o YouTube e o Instagram. Entretanto, antes de sair enviando propostas para os influencers, é importante conhecer as diferenças entre o tipos que existem.

Tipos de influenciadores digitais

Top celebs

Os top celebs são aqueles influenciadores com milhões de seguidores, que costumam falar sobre assuntos genéricos. Em geral, parcerias desses influencers com marcas são mais caras e geram menos engajamento. Entretanto, essa estratégia pode ser ótima caso seu negócio tenha orçamento para trabalhar o reconhecimento de marca dessa forma.

Fit celebs

As fit celebs também costumam ter um número elevado de seguidores, mas, como falam com nichos específicos, tendem a gerar mais engajamento do que a categoria anterior. Apesar dos custos mais elevados dessas campanhas, elas podem impactar suas vendas de produtos ou serviços.

Microinfluenciadores digitais

Se você possui ou trabalha com uma marca menor e, portanto, com menos recursos, pode estar pensando que o marketing de influência não cabe em seu orçamento. Todavia, a categoria dos microinfluenciadores digitais também costuma trazer ótimos resultados.

Esses influencers costumam ter entre mil e 10 mil seguidores. Se compararmos esse número com os de top celebs, que chegam a milhões, pode parecer irrelevante. Entretanto, um estudo da agência de influenciadores Markerly aponta que o engajamento — considerando tanto curtidas quanto comentários — em postagens do Instagram costuma diminuir à medida que o número de seguidores de uma conta aumenta:

estudo sobre correspondência de likes e seguidores
estudo sobre correspondência entre comentários e seguidores

Dessa forma, mesmo pagando menos por uma campanha com um microinfluenciador, você pode obter sucesso e atrair mais visitantes para seu site.

O que considerar antes de escolher na hora de escolher influenciadores digitais

Agora que você já conhece quais são os tipos de influenciadores digitais que existem, hora de saber quais outros pontos merecem sua atenção antes de selecionar seus parceiros.

Fit

Um dos fatores mais importantes para decidir com quem trabalhar é o fit entre os conteúdos do influenciador e os produtos ou serviços que sua marca promove. Se você vende roupas com tecidos veganos, faz sentido procurar influencers que demonstrem esse tipo de preocupação em seus perfis, por exemplo.

Canal

Outra questão importante a se considerar é o canal em que os influenciadores são mais ativos. De nada adianta você encontrar um formador de opinião que trate de assuntos interessantes para sua marca que atue no Instagram se seu público consome conteúdo no YouTube e no Facebook?

Por isso — e por muitos outros motivos também! —, é fundamental conhecer a persona do seu negócio. Dessa forma, você saberá exatamente como conversar com seus potenciais clientes.

Formato da parceria

Por fim, é importante entender como será a parceria com o influenciador digital. Pergunte sobre preço, envio de mercadorias e número de publicações. Alguns influencers, normalmente com menos seguidores, aceitam apenas receber produtos para testar. Outros, acertam um valor a partir da porcentagem de vendas que gerarem.

Converse sobre todas as possibilidades e veja qual a melhor para seu negócio. Pare também para ouvir as ideias do influenciador. Às vezes ele pode ter bons insights, uma vez que já conhece bem a rede social que utiliza e seus seguidores.

Como mensurar os resultados do trabalho com influenciadores digitais

Como todo bom trabalho de marketing digital, é importante ficar de olho nos resultados gerados por uma ação. No caso de campanhas com influenciadores ou microinfluenciadores digitais, você pode fazer isso de duas formas — e até mesmo combiná-las:

  • Cupons de desconto personalizados: a maioria das plataformas de e-commerce permite que você crie cupons personalizados. Crie um com o nome do influenciador para que ele divulgue. A partir daí, você consegue ver quantas pessoas utilizaram o cupom por vê-lo nessa ação;
  • URLs parametrizadas: os links da sua loja que o influenciador divulgar podem ser rastreáveis por meio das URLs parametrizadas. Dessa forma, você saberá de onde veio o tráfego do seu site na hora de analisar os dados de navegação.

O trabalho com influenciadores digitais vem ganhando cada vez mais espaço, muito por conta da aceitação por parte do público. As dicas dos influencers são quase como conselhos de amigos, o que aumenta muito o aumento do engajamento e, consequentemente, da sua taxa de conversão.

E então, está pronto para começar sua estratégia com influenciadores digitais?

Este artigo sobre influenciadores digitais foi escrito por Victoria Salemi, editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *