Rede de Display

Entenda o que é a Rede de Display do Google e como conseguir os melhores resultados com seus anúncios

A Rede de Display é um conjunto de sites parceiros do Google que se associam para receber publicidade paga em suas páginas por meio do Google Ads. Por meio dela é possível divulgar a sua marca de forma segmentada, auxiliando na captação de um público qualificado.

A web é um ambiente cada vez mais propício para a publicidade de empresas, que podem fazer isso por meio dos anúncios Google. Essa forma de posicionamento é importante para obter visibilidade e, principalmente, captar visitantes em sites e e-commerces. Pensando nisso, a ferramenta fundamental para gerar anúncios certeiros é a Rede de Display do Google.

Ela possibilita que seus produtos estejam em destaque em sites importantes, podendo ser vistos por milhares de pessoas. No entanto, o processo até a divulgação dos anúncios não é tão simples e requer uma estratégia bem posicionada. Somente isso garante a segmentação correta, ou seja, que o público-alvo da sua marca seja impactado por essa publicidade.

Neste post, você conhecerá mais a fundo a Rede de Display do Google e entenderá melhor qual é a sua proposta na exibição de anúncios na web! Veja também como criar campanhas e saiba o que é indispensável para que elas tenham bons resultados.

O que é a Rede de Display do Google?

Com que frequência, ao navegar na web, você encontra publicidade de produtos em sites variados? Provavelmente, o tempo todo! Em geral, essas páginas têm um fluxo diário de visitantes bastante relevante.

Naturalmente, isso garante que os anúncios sejam vistos muitas vezes por diferentes audiências. Essa é justamente a proposta desse tipo de publicidade na internet.

A Rede de Display do Google é composta por milhões de sites que se associam para receber publicidade paga em suas páginas. Com isso, empresas que desejam ter seus produtos divulgados nesses espaços precisam desenvolver anúncios para serem posicionados na Rede de Display.

Para se ter uma noção, no Brasil, 95% dos sites estão associados à Rede de Display, e no mundo essa proporção chega a 80%. Isso significa que, se você utilizar essa forma de anúncio, as chances de seu público visualizar as campanhas é realmente alta.

Na prática, a Rede de Display é o grupo de sites em que suas campanhas de produtos serão veiculadas para ter destaque e alcançar seu público.

Google AdWords

O Google Ads é fundamental quando se trata de veicular anúncios na internet. Ele é a ferramenta necessária para que as campanhas da Rede de Display sejam desenvolvidas. Por lá, você cria os anúncios da maneira que quiser, dentro da estratégia que você criou, fazendo isso de modo detalhado. É justamente a segmentação que faz toda a diferença!

O antigo Google AdWords tem uma série de funcionalidades que tornam esse anúncio ainda mais certeiro quando divulgado na web, o que faz toda a diferença no alcance do seu público. Somente por meio dessa ferramenta é possível desenvolver as campanhas e atingir os milhões de usuários da rede. O uso é gratuito — basta que o usuário acesse a ferramenta online e crie uma conta para a sua empresa.

Qual é a diferença para a Rede de Pesquisa do Google?

Além da Rede de Display, o Google também oferece a Rede de Pesquisa, que é uma forma diferente de veicular anúncios. Essa segunda alternativa é focada apenas em campanhas voltadas à pesquisa nos motores de busca, ou seja, na tradicional pesquisa realizada no Google.

Também pelo AdWords, as campanhas são desenvolvidas para que, ao fazer uma busca, o usuário encontre prioritariamente o seu anúncio no topo dos resultados. Para conseguir isso, é fundamental desenvolver anúncios com palavras-chave relevantes.

Elas são os termos utilizados pelos usuários para realizar as pesquisas na internet. Por exemplo, se você vende tênis de corrida e as buscas mais recorrentes são “tênis para corrida confortável”, essa palavra-chave deve ser utilizada no seu anúncio. Assim, toda vez que houver essa busca no Google, o usuário verá o seu anúncio na Rede de Pesquisa logo entre os primeiros resultados.

Dossiê das Palavras ChavesPowered by Rock Convert

Quais são as categorias de anúncios?

Não pense que a Rede de Display se resume aos banners nas laterais, no topo ou no rodapé das páginas, mostrando a imagem de produtos. Essa é uma ideia comumente difundida, porém, as opções são muito mais amplas do que se imagina.

Do texto ao vídeo, há uma amplitude de possibilidades ao desenvolver um anúncio para a Rede de Display. Conheça as categorias e saiba como funcionam!

Anúncios de texto

Os anúncios de texto são um dos mais interessantes, uma vez que eles são uma integração entre as campanhas da Rede de Pesquisa. Trata-se de pequenas caixas de texto compostas por um título e 2 linhas de descrição desse anúncio.

Geralmente, eles ficam posicionados na lateral das páginas, mais comumente do lado direito. A visualização é interessante, ainda que não haja imagens.

Basicamente, são os mesmos anúncios veiculados na Rede de Pesquisa, porém, adaptados para aparecer adequadamente em Display. São formas simples de atrair visibilidade e, dependendo da estratégia e do orçamento disponível, os textos podem ter uma ótima funcionalidade.

Anúncios de imagem

Os anúncios de imagem são os mais conhecidos e são a verdadeira “cara” da Rede de Display do Google. Naturalmente, imagens têm maior capacidade de engajar e converter, por isso elas se destacam mais. Outro diferencial positivo é a possibilidade de desenvolver layouts de todos os tipos para disponibilizar os banners. Eles são amplamente utilizados em diferentes formatos e designs.

Não há muitas restrições ao desenvolver um layout para uma campanha de Display. Basta que as proporções estejam dentro das recomendações definidas pelo AdWords. Assim, com um recurso que chama atenção, você terá a publicidade da sua campanha posicionada em pontos estratégicos de sites variados.

Anúncios de vídeo

O YouTube também é uma das possibilidades da Rede de Display. Com mais de 1,9 bilhão de usuários ativos por mês, não é difícil imaginar a capacidade de alcance dos anúncios na plataforma de vídeos. As campanhas não são tão diferentes: são banners veiculados na barra lateral dos vídeos, ou até mesmo no rodapé deles, enquanto estão sendo assistidos.

A home do YouTube também recebe algumas campanhas maiores de Rede de Display, o que você pode ver logo ao acessar a página principal do site.

Anúncios de mídia rica

Os anúncios de mídia rica também são muito interessantes, especialmente porque trazem uma abordagem mais inovadora e, em alguns casos, interativa. São formatos de todos os tipos, de animações a carrosséis de produtos, em que o usuário pode selecionar a visualização que deseja. Por si só, essa possibilidade traz maior engajamento com aquela publicidade.

Quais são os direcionamentos de audiência possíveis?

A Rede de Display do Google permite diferentes direcionamentos para sua campanha. Isso é o que determina qual será a proposta dos seus anúncios e para qual tipo de público eles se apresentarão. Há possibilidades distintas de segmentação, para que o usuário certo seja alcançado.

Além disso, a exibição de produtos na rede pode estar associada a uma visita anterior a eles. Saiba mais sobre esses direcionamentos!

Campanhas de remarketing

Alguns usuários se assustam quando percebem que o produto que visitaram — mas não compraram — passa a aparecer na publicidade de todo site que frequentam. O Google não está espionando ninguém: trata-se apenas de remarketing, uma estratégia muito forte.

O foco é na conversão! Quando o usuário realiza essa visita, mas não compra, ele é marcado como um possível comprador em potencial. Dessa forma, os anúncios da Rede de Display passam a ser focados na obtenção dessa conversão. Por estar propício àquela compra, esse usuário vai ver o produto uma série de vezes novamente.

Segmentação de público

A segmentação é um dos pilares das estratégias de Marketing Digital. Na internet, campanhas pagas têm orçamentos específicos, e a segmentação ajuda a respeitá-los. Além disso, há a sua proposta principal: divulgar os anúncios para quem tem maiores chances de se interessar.

Segmentar é criar filtros no disparo dessas campanhas. Dessa forma, seu banner, texto, mídia rica ou anúncio em vídeo vai aparecer para o seu público-alvo. Essas configurações de segmentação podem ser feitas no AdWords, com níveis detalhados de alcance a usuários de grupos específicos.

Direcionamento para sites relacionados

O direcionamento para sites relacionados é uma importante opção de configuração dos seus anúncios na Rede de Display. Ele é uma forma de segmentar, ainda que mais amplamente, quem verá sua publicidade. Os anúncios são veiculados apenas em sites relacionados com o seu.

Seguindo o exemplo anterior, se você vende tênis de corrida, sua publicidade aparece apenas em páginas com conteúdos relacionados. Blogs de esportes, sites de conteúdo esportivo e outros tipos de canais com relação direta passam a ser a sua Rede de Display específica.

Foco em anúncios gráficos

O foco maior em anúncios gráficos também é um direcionamento estratégico para campanhas. Apesar de simples, é uma possibilidade que mostra muita eficiência, uma vez que usuários têm maior atenção a gráficos e layouts desse tipo.

Esse é o tipo de estratégia mais voltada a produtos ou campanhas em que a imagem é mais suscetível a atrair os usuários. Isso pode acontecer com diferentes itens, além de ser uma alternativa muito interessante para campanhas que se baseiam em vídeos.

Separamos mais alguns conteúdo sobre Google Ads para você!
👉 Reduzir custos no Adwords: veja as 9 melhores estratégias
👉 Google Academy for Ads: conheça o curso gratuito do Google!
👉 Marketing de Conteúdo X Ads: o que usar em sua estratégia?
👉 Facebook ADS ou Google Adwords: qual é o melhor para seu negócio?

Como criar uma campanha de Rede de Display?

Pode ser difícil para alguns usuários se deparar pela primeira vez com a criação de campanhas na Rede de Display utilizando o Google AdWords. Por isso, veja um passo a passo rápido e objetivo de como conseguir veicular sua primeira campanha!

Objetivos de marketing

Ao começar a criação de sua campanha, o AdWords vai solicitar que você selecione qual é a proposta dela, ou seja, quais objetivos devem ser alcançados. Entre as opções, você pode selecionar objetivos como:

  • vendas (sales): foco em conseguir mais conversões, ou seja, mais vendas;
  • leads: captar usuários ainda em processo de decisão de compra — posteriormente, a estratégia de marketing deve focar em direcioná-los até a conversão;
  • tráfego (website traffic): foco na atração de mais usuários para o seu site ou e-commerce;
  • consideração de marca e produto (product and brand consideration): o objetivo é divulgar sua campanha para usuários que já consideram a compra, mas ainda escolhem o produto e a marca ideal;
  • alcance (brand awareness and reach): o foco é fazer a marca ser mais conhecida, alcançando mais usuários.

Direcionamento de audiência

A audiência consiste em quem vai visualizar seus anúncios, ou seja, para quem a campanha será direcionada. Nessa etapa, é possível selecionar opções como:

  • remarketing;
  • sites relacionados;
  • targeting por palavra-chave;
  • assuntos;
  • segmentação por interesses.

Criação de anúncio

Na hora de criar o anúncio, a escolha é simples, considerando os tipos que você já viu: banners, textos, vídeos ou conteúdos ricos. No AdWords, você verá as informações sobre as restrições dos anúncios e as limitações dos formatos, especialmente para banners. O ideal é escolher uma formatação que se adeque bem ao seu site. Entre as possibilidades existem os seguintes formatos, com dimensões específicas:

Quadrado e retângulo

  • 200 x 200;
  • 240 x 400;
  • 250 x 250;
  • 250 x 360;
  • 300 x 250;
  • 336 x 280;
  • 580 x 400.

Skyscapper

  • 120 x 600;
  • 160 x 600;
  • 300 x 600;
  • 300 x 1050.

Leaderboard

  • 468 x 60;
  • 728 x 90;
  • 930 x 180;
  • 970 x 90;
  • 970 x 250;
  • 980 x 120.

Mobile

  • 300 x 50;
  • 320 x 50;
  • 320 x 100.

Acompanhamento de conversões

O acompanhamento das métricas da sua campanha é fundamental! É ele que ajuda a entender, por meio de dados, se os objetivos foram atingidos.

É importante se manter atualizado sobre as conversões que a sua campanha está alcançando. Para isso, há um código de acompanhamento relacionado ao seu site. Ao acessá-lo, você tem acesso a essas métricas.

Otimização da visualização dos anúncios

A otimização permite que o usuário restrinja ainda mais os tipos de sites que veicularão as campanhas. Isso garante uma audiência mais qualificada, ou seja, que pessoas que realmente têm interesse vejam seus anúncios. Nessas opções, você pode excluir sites com conteúdo oposto ao que você pretende associar à sua marca, por exemplo.

O que é fundamental para ter sucesso em uma campanha na Rede de Display?

Algumas boas práticas podem ser a chave do sucesso na hora de anunciar na Rede de Display do Google. A seguir, veja dicas objetivas e práticas para ter um impacto imediato e muito positivo na sua campanha!

Invista pesado no remarketing

Se o cliente já acessou aquele produto, as chances de que ele compre são muito mais altas em relação a quem ainda não o conhece ou não mostrou interesse.

O remarketing é uma das melhores formas de direcionar a sua audiência, visto que alcança usuários já na fase final da decisão, precisando só de um incentivo a mais.

Seja criterioso na segmentação das campanhas

Ao selecionar a segmentação, quanto mais restrita ela for, maiores serão as possibilidades de obter bons resultados. Na Rede de Display, o foco é oferecer algo para quem está propenso a ter interesse. Por isso, seja criterioso e utilize o máximo de filtros possível para chegar ao seu público-alvo.

Repense direcionar seus anúncios em games mobile

A Rede de Display também direciona seus anúncios para os games mobile, aqueles para smartphones e tablets. No entanto, muitas crianças jogam e acabam clicando sem querer nos seus banners. Quando isso acontece, automaticamente há a cobrança, ou seja, seu orçamento pode ser consumido sem muitas possibilidades de retorno.

Separe um orçamento para testes

Os testes são muito necessários nas campanhas das Redes de Display. Antes de veicular campanhas para valer, separe um pequeno orçamento para verificar os resultados em diversas configurações. Assim, você entende o que performa melhor, sem que seu orçamento final seja gasto.

Para quem quer posicionar uma empresa na era digital, as campanhas no Google são fundamentais! A Rede de Display é uma das melhores alternativas para veicular seus anúncios e atingir as pessoas certas.

Este post ajudou você? Então, aproveite e confira o nosso material completo sobre Google Ads!

Guia do Google AdsPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo