Por Otavio Andrade

Especialista em Inbound Marketing e Inside Sales na Rock Content.

Publicado em 28 de janeiro de 2020. | Atualizado em 23 de abril de 2020


SEO local são estratégias de otimização para destacar um negócio nas pesquisas locais. Com elas, a sua empresa pode se tornar uma referência na sua região e atrair novos clientes sem precisar investir dinheiro em mídia. Saiba agora como funciona o SEO local e como aproveitar no seu negócio!

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post!)

Já pensou quantas pessoas estão buscando pelo seu negócio na internet? E quantas delas poderiam entrar em contato, visitar a sua empresa e virar clientes?

Se você tem um negócio local e quer que isso aconteça, precisa saber o que é SEO local!

Estratégias de otimização para buscadores são essenciais no Marketing Digital. Cada vez mais o Google se torna um assistente para qualquer assunto, inclusive para ver o cardápio do restaurante da esquina ou o endereço da loja que você quer visitar hoje à tarde.

São essas buscas por informações sobre negócios locais, portanto, que estão na mira do SEO local.

Com essas estratégias de otimização, você consegue melhorar o posicionamento orgânico do seu negócio para usuários que estão pesquisando naquele momento por soluções na sua região.

Bem posicionado nos resultados, seu negócio ganha mais visibilidade e tem mais chances de conquistar clientes!

Neste artigo, vamos mostrar como funciona o SEO local e como posicionar o seu site nos resultados desse tipo de pesquisa. Você vai saber:

Acompanhe agora para saber tudo!

 

O que é SEO local?

SEO local é o conjunto de estratégias de otimização para buscadores que visa melhorar o posicionamento de uma marca quando usuários pesquisam por soluções na sua região de atuação.

Esse tipo de otimização é focado no site da empresa, mas também na sua página no Google Meu Negócio, que vamos conhecer melhor ainda neste artigo.

O SEO local é pensado para pesquisas que contêm um componente geográfico — e é isso que o diferencia do SEO geral.

A localização do usuário que busca por negócios locais e a inclusão de uma região nos termos de pesquisa (como “perto de mim” ou “em São Paulo”) acionam o algoritmo de busca local e modificam a forma como o Google apresenta os resultados.

Esse tipo de busca ganha um olhar especial do buscador. A intenção do Google é oferecer a melhor experiência de pesquisa aos usuários. Para isso, dedica todos os seus esforços para oferecer os melhores resultados com a maior agilidade possível.

Então, quando uma pessoa pesquisa por um restaurante ou teatro no Google, o buscador entende que é provável que ela esteja buscando opções próximas de onde ela está.

Então, a localização do usuário entra como um fator essencial para filtrar e classificar os resultados, de maneira que ele encontre mais rapidamente, nas primeiras posições, a resposta que deseja.

Com o aumento das buscas mobile, o componente geográfico se tornou mais importante para o Google.

Afinal, os smartphones acompanham as movimentações dos usuários e, por isso, exigem do buscador uma inteligência capaz de oferecer respostas relevantes conforme a sua localização em tempo real.

Dessa forma, quando você está de férias na Alemanha e pesquisa por “casas de câmbio”, por exemplo, o Google procura oferecer resultados na cidade ou bairro onde você está — não mais onde você mora. Não precisa nem especificar que você quer ver casas de câmbio em Berlim, pois o Google já sabe que você está lá.

Então, para otimizar o seu negócio para essas buscas, o SEO local deve evidenciar para o Google onde ele está localizado e quais regiões atende, além de mostrar ao buscador que é uma empresa de relevância na região.

Mais adiante, você vai entender o que o Google considera mais importante para fazer o rankeamento nesse tipo de busca.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert
 

Quais são os benefícios do SEO local?

O Google está cada vez mais ajudando os usuários a explorarem as cidades. Embora hoje o mundo seja digital, as pessoas não deixam de conhecer restaurantes quando viajam ou vão ao cinema onde moram.

Por isso, o buscador está preocupado em melhorar a experiência de busca dos usuários que querem encontrar soluções enquanto se movimentam por aí.

O SEO local, portanto, representa uma oportunidade de melhorar o posicionamento da sua empresa e aumentar a visibilidade nos resultados para essas pessoas.

Mas será que a otimização para buscas locais vale a pena para qualquer tipo de negócio?

Antes de conhecer os benefícios do SEO local, é importante entender que ele provavelmente não será útil para empresas que não têm um local físico para vender, como as lojas de e-commerce.

Por outro lado, esse tipo de otimização é valioso para empresas que recebem o público fisicamente.

Estamos falando de bares, restaurantes, cafeterias, teatros, cinemas, casas noturnas, lojas, centros comerciais, hotéis, pousadas, salões de beleza, barbearias, escolas, consultórios, hospitais, entre outros tipos de empresas.

É para essas empresas que valem as otimizações que vamos ver neste artigo.

A seguir, entenda melhor os principais benefícios que o SEO local pode proporcionar a elas!

Aumenta a visibilidade na região

Esse é o principal benefício de qualquer estratégia de SEO, independentemente do tipo de busca do usuário. No caso das pesquisas locais, a otimização ajuda a posicionar a empresa entre os concorrentes da sua região, o que aumenta a visibilidade do negócio na web.

Com mais visibilidade, a empresa tende a ser mais conhecida, receber mais visitas e contatos e, assim, ter mais resultados efetivos.

E tudo isso sem investir nem um real em mídia, já que o SEO local é uma estratégia orgânica.

Incentiva a tomada de ação

Na jornada do consumidor, as buscas locais representam uma etapa próxima da conversão.

Quem busca por uma casa noturna no Google, por exemplo, pode estar procurando opções para se divertir com os amigos no próximo fim de semana ou naquele momento mesmo.

Então, os resultados da busca embasam a tomada de decisão e incentivam a ação: a pessoa pode entrar em contato com o negócio, ler avalições de clientes, ver algumas fotos do local e saber como chegar até lá.

Se o seu negócio estiver otimizado com o SEO local, você ainda vai aparecer entre as primeiras posições e terá mais chances de ser a opção escolhida.

Uma pesquisa do Think With Google comprovou o que estamos falando. O estudo mostrou que 76% das pessoas que fazem uma busca local no smartphone visitam o negócio em até 24 horas e que 28% dessas buscas resultam em uma venda. Veja a importância do SEO local!

Aumenta a autoridade local

Para o consumidor que vê os resultados de uma pesquisa no Google, os links que aparecem nas primeiras posições parecem ter mais credibilidade.

Afinal, para aparecer no topo do ranking, aqueles negócios conquistaram a confiança do público e do buscador.

Quando se trata de buscas locais, eles demonstram sua autoridade no mercado daquela região, já que se destacam diante dos concorrentes.

Atrai novos públicos

As buscas locais também são uma forma de descobrir novos negócios nas cidades. Pessoas que talvez nunca tenham ouvido falar da sua pizzaria podem encontrá-la em uma busca por esse tipo de restaurante no bairro que estão visitando.

Portanto, SEO local faz com que você apareça para potenciais novos clientes, sem precisar investir em mídia.

 

Quais são os fatores de rankeamento do SEO local?

Para entender quais são os fatores de rankeamento do SEO local, é preciso entender primeiramente como o Google exibe os resultados das buscas com intenção local.

Quando um usuário pesquisa por “hospitais em Porto Alegre”, por exemplo, ele vê uma página assim:

busca local por hospital em porto alegre

Primeiramente, o Google apresenta uma lista de empresas e a sua localização, a partir do seu cadastro no Google Meu Negócio ou no Google Maps.

Esses três primeiros resultados são chamados de Local Pack (ou 3-Local Pack). Ao clicar em “Mais lugares”, o usuário é direcionado para o chamado Local Finder, com a lista completa de empresas que atendem à busca.

Logo abaixo, o Google mostra os links orgânicos, como em qualquer pesquisa no buscador.

Perceba que o Local Pack e os links orgânicos apresentam listagens diferentes. Isso acontece pois os algoritmos de busca são específicos para cada seção e consideram diferentes fatores e regras para organizar os rankings.

A Moz desenvolve um estudo anual para entender os principais fatores de rankeamento do SEO local, tanto para o Local Pack quanto para os resultados orgânicos.

Veja como a importância dos fatores muda para cada seção:

pesquisa da moz sobre local pack

As informações da empresa no Google Meu Negócio, por exemplo, são essenciais para o rankeamento no Local Pack. Porém, para a listagem orgânica, elas são secundárias — mais importante são os fatores de link building, SEO on page e comportamento do usuário.

Por esse motivo, alguns negócios que aparecem bem posicionados no Local Pack podem não aparecer nas primeiras posições dos resultados orgânicos.

Então, é preciso fazer uma otimização completa, no site e no Google Meu Negócio, para conquistar boas posições em ambas as seções.

Para o rankeamento dos negócios no Local Pack e no Local Finder, o Google informa os critérios que utiliza, agrupados em proximidade, destaque e relevância.

Vamos entender cada um deles.

Proximidade

O critério de proximidade diz respeito à distância do negócio em relação ao usuário ou ao termo de local que ele digita na busca. O Google entende que os resultados mais relevantes para ele são aqueles mais próximos. 

Se o usuário não especificar uma região nos termos de busca, o próprio Google calcula as distâncias por meio das informações de localização que possui sobre ele.

Se ele está usando um celular com GPS, por exemplo, o buscador consegue identificar por onde ele anda.

Destaque

Destaque é o nível de popularidade de um negócio na sua região. Para avaliar esse critério, o Google analisa não apenas a popularidade da marca na web, mas também no mundo offline.

A reputação da marca na internet é medida por critérios como os links e citações à marca. Eles mostram que ela é uma referência no mercado e, no caso das buscas locais, bastante conhecida na sua região.

As avaliações online também são bastante consideradas: segundo a pesquisa da Moz, são o terceiro fator mais importante para o Local Pack, com 15,44%.

Quanto mais avaliações e classificações positivas a empresa receber no Google Meu Negócio, mais chances ela tem de aparecer bem posicionada.

Se ela tiver um bom posicionamento nos resultados orgânicos da pesquisa do Google, também significa que ela tem destaque no mercado e deve receber boas posições no Local Pack. Entende-se, portanto, que as dicas de SEO tradicional que valem para a pesquisa geral valem também para melhorar a posição na pesquisa local.

Mas, como dissemos, o Google olha também para a popularidade no mundo físico. O buscador pode identificar, por exemplo, se uma loja recebe muitas visitas de clientes.

Nesse caso, o algoritmo entende que esse negócio é bastante conhecido e merece estar entre as primeiras opções do Local Pack.

Relevância

O critério de relevância considera a correspondência entre o negócio e o termo que o usuário pesquisou. Para isso, o Google analisa os dados da ficha da empresa no Google Meu Negócio.

O nome da empresa, a categoria em que ela se classifica e as palavras-chave que são inseridas na sua descrição são importantes fatores aqui.

Fatores de rankeamento dos links orgânicos locais

No caso do Local Pack e do Local Finder, os critérios de rankeamento focam principalmente nos dados de cadastro da empresa no Google Meu Negócio. Mas para a classificação dos resultados orgânicos, que vêm logo abaixo, o que é mais importante para o Google?

Nesse caso, os critérios são focados no site do negócio — e é nele que a otimização deve mirar.

Para classificar os resultados orgânicos, o Google considera os mesmos fatores de rankeamento das pesquisas em geral.

Sabemos que o buscador guarda esses fatores em segredo, mas já conhecemos as boas práticas que contam positivamente na classificação, como:

  • produção de conteúdo relevante;
  • velocidade de carregamento;
  • responsividade;
  • segurança do site;
  • otimizações on page;
  • backlinks de sites de qualidade;
  • autoridade do domínio e da página.

Esses fatores são combinados ainda com a personalização dos resultados conforme a localização (do usuário ou do termo local na busca) e a relevância do site para a palavra-chave pesquisada, como acontece também no Local Pack.

No entanto, os resultados orgânicos de uma busca local podem não incluir apenas sites de negócios locais.

Na busca por “hospital em Porto Alegre”, por exemplo, podem aparecer sites de empregos em hospitais da cidade ou notícias sobre esse tipo de estabelecimento.

Se a busca for simplesmente por “hospital”, sem um termo local na palavra-chave, o Google pode trazer resultados ainda mais amplos, como a definição da palavra no Wikipedia.

Então, para que o seu negócio apareça nos links orgânicos de uma busca local, ele precisa mostrar ao Google que é relevante para o público.

E, para isso, você deve fazer um trabalho consistente de otimização do site, tanto com SEO On Page quanto com SEO Off Page. Vale lembrar que esse trabalho também tem efeito na otimização para o Local Pack.

 

Como fazer SEO local?

A otimização com SEO local segue a lógica da otimização para qualquer pesquisa do Google.

Você precisa otimizar o site da sua empresa para os mesmos fatores que o Google utiliza em qualquer rankeamento, mas existem diferenças importantes.

Primeiramente, existe um fator determinante: o Google Meu Negócio. Essa ferramenta é um diferencial nos resultados das buscas locais, pois é dali que o buscador extrai a maioria das informações sobre os negócios.

Além disso, as otimizações devem considerar o componente geográfico que marca as buscas locais. É isso que se faz na busca por backlinks com empresas da região ou na produção de conteúdo sobre temas locais.

Agora, vamos entender melhor como fazer SEO local para o seu negócio.

Você pode se interessar por esses outros conteúdos

👉 Marketing Local: entenda como atrair o público para seu pequeno negócio

👉 Como e por que otimizar a página no Google Meu Negócio

👉 Marketing no Google Maps: guia para turbinar sua estratégia


Pense menos em tráfego e mais em resultados

Primeiramente, é preciso mudar um pouco o pensamento do SEO tradicional. Os profissionais de SEO se acostumaram a colocar a geração de tráfego orgânico para o site como objetivo central da otimização de sites. Porém, essa ideia pode mudar no SEO local.

Quando um usuário pesquisa por negócios locais no Google, muitas vezes ele só quer uma informação rápida, como o telefone, o endereço ou as orientações para chegar lá.

E o Google está cada vez mais dedicando esforços para entregar respostas prontas já na página de resultados.

É isso que acontece quando o buscador apresenta o Local Pack: o usuário clica em uma das empresas e lê todas as informações sobre ela que constam no Google Meu Negócio.

busca local por gráfica em porto alegre

Ele não precisa acessar o site para receber uma série de informações sobre o negócio. E a conversão que a empresa deseja pode acontecer sem levá-lo até o seu site — uma ligação ou uma visita, por exemplo.

Não estamos dizendo que gerar tráfego deixou de ser importante, ok? Os visitantes do seu site também podem se transformar em boas oportunidades de negócio.

Entenda que você também pode gerar conversões apenas com a otimização para a SERP das buscas locais.

Gerencie a sua empresa no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é o grande diferencial no rankeamento das buscas locais, especialmente para posicionar no Local Pack. Portanto, ele deve ser uma prioridade no SEO local.

Ao inserir a sua empresa no Google Meu Negócio, é essencial preencher todos os dados, como o nome da empresa, categoria, endereço, horário de funcionamento, telefone, site, internet, condições de acessibilidade, entre outros.

Também é possível publicar fotos e vídeos, que podem ser enviados pelo próprio estabelecimento ou pelos clientes.

Cada dado preenchido pode ser determinante para a tomada de decisão dos consumidores. Além disso, quanto mais completo o seu cadastro estiver, mais confiança do Google você conquista. Mas é essencial manter esses dados atualizados para informar o público corretamente.

O Google Meu Negócio ainda vai muito além dos dados básicos de cadastro. Para determinados tipos de negócio, há outros recursos.

Por exemplo: para hotéis, anúncios pagos permitem que o usuário verifique disponibilidade e preços de diárias ali mesmo na SERP, e restaurantes com telentrega informam aplicativos em que o cliente pode fazer seu pedido.

reservas seo local

A ferramenta também oferece o recurso de Perguntas e Respostas, que podem ser respondidas por outros clientes ou pelo próprio estabelecimento.

Essa é uma boa oportunidade para interagir com o público e tirar todas as suas dúvidas.

Outro recurso interessante são os Google Posts. Eles servem para publicar atualizações e novidades sobre a empresa.

Se você tem uma casa noturna, por exemplo, pode anunciar os eventos da semana. Se tem um hotel, pode divulgar pacotes de diárias para o próximo feriado.

Outros recursos ainda estão por vir, já que essa é uma ferramenta em que o Google vem investindo bastante. Em 2019, o buscador já anunciou outras novidades, como a possibilidade de criar ofertas exclusivas para novos seguidores.

Então, vale a pena acompanhar as atualizações do Google Meu Negócio e manter o cadastro da empresa ativo, atualizado e completa na ferramenta.

Incentive as avaliações de clientes

Avaliações online são importantes para a tomada de decisão dos consumidores. Elas mostram o que outros clientes pensam sobre o negócio — e não o que ela fala sobre si mesma, como acontece nos anúncios e no branded content. Isso traz muito mais confiança para a decisão, não é?

Para o rankeamento do Google, essas avaliações também são essenciais por este motivo: o buscador pode entender o que os usuários pensam sobre o negócio.

avaliações no google meu negócio

Por isso, os reviews que ele recebe no Google Meu Negócio contam bastante na classificação. Quanto mais avaliações e notas positivas ele receber, melhores posições tende a conquistar.

Além disso, o Google também está de olho nas avaliações de clientes em outros sites, como Yelp e TripAdvisor. O buscador analisa a nota, o conteúdo das avaliações e as palavras-chave utilizadas nesses reviews.

Portanto, incentive que os clientes deixem avaliações sobre o seu negócio nessas plataformas, principalmente no Google Meu Negócio.

A primeira ação é habilitar essa opção. Não permitir que os clientes relatem suas experiências e impressões pode fechar um caminho de diálogo com o público e transmitir uma imagem negativa para a sua empresa, além de contar pontos negativos com o Google.

Além disso, é importante responder as avaliações para mostrar que você se importa e incentivar que mais clientes interajam.

Elogios sempre merecem atenção e gratidão — procure não deixar esse tipo de comentário sem resposta, mesmo que pareça desnecessário respondê-los.

Já as críticas exigem um cuidado mais próximo da empresa para avaliar o que aconteceu e tentar solucionar o problema, quando possível.

Para incentivar as avaliações, você também pode adotar estratégias de marketing. Crie posts nas redes sociais e materiais impressos que peçam a participação dos clientes. O próprio Google oferece um Marketing Kit para a criação desse tipo de material.

Ganhe links e citações de marcas locais

Para que o negócio apareça bem posicionado no Local Pack e nos resultados orgânicos, é preciso mostrar que é uma referência para a comunidade.

Aos olhos do Google, construir autoridade na web significa conquistar backlinks e citações de outros sites de qualidade, confiança e autoridade.

No caso das buscas locais, além dessas características, é importante construir uma rede com empresas da região. Assim, o Google consegue entender melhor qual é o seu nível de destaque no estado, na cidade ou no bairro.

Você pode pensar em diferentes oportunidades de citações e links de negócios locais da sua região, como o site de fornecedores, de empresas vizinhas do bairro e portais de notícias locais.

Mais adiante, você vai saber como encontrar boas oportunidades de citações e link building na web.

Independentemente de onde aparecerem esses links e citações, é essencial que os dados da empresa estejam corretos. A prioridade são os dados de NAP (ou NET, em português):

  • Name (Nome);
  • Address (Endereço);
  • Phone number (Telefone).

Esses são os dados básicos de identificação e contato de uma empresa, tanto para o Google quanto para os consumidores. Segundo uma pesquisa da Inside, a inconsistência de dados NET é o principal problema para rankear as páginas localmente.

Por isso, toda citação ou link, inclusive no próprio site do estabelecimento, deve ter esses dados corretos e atualizados.

Tenha um site responsivo

Quando se fala em SEO local, ter um site responsivo é a base de toda a estratégia de otimização on page.

Como as buscas mobile aumentam a cada dia e as pesquisas locais são bastante usadas em movimento, é imprescindível que o usuário possa acessar o site de qualquer dispositivo.

O Google também sabe que as pesquisas nos dispositivos móveis estão aumentando e valoriza os sites que oferecem uma boa experiência mobile. Por isso, se você quer aparecer bem posicionado nos resultados orgânicos das buscas locais, precisa ter páginas responsivas.

Isso significa que o site deve oferecer uma boa navegação em qualquer tamanho de tela que o visitante esteja usando.

Adotar a responsividade também significa pensar em quais informações são mais importantes para quem acessa o site pelo celular.

O telefone de contato e as orientações de como chegar, por exemplo, provavelmente são mais importantes que a página “sobre nós” para quem está em mobilidade.

Faça Marketing de Conteúdo focado na região

Além de ter um site responsivo, outra dica de otimização essencial para posicionar seu site nos resultados orgânicos é adotar uma estratégia de Marketing de Conteúdo focada na região.

Isso inclui produzir conteúdos relacionados à sua região. Se você tem uma pousada em Florianópolis, por exemplo, pode publicar posts com dicas de praias, pontos turísticos e programações para um feriado na região.

Outra dica é fazer uma pesquisa de palavras-chave que atendam às buscas locais na sua região. No caso dessa pousada, ela pode otimizar os conteúdos para os termos “pousada em Florianópolis” ou “onde se hospedar em Florianópolis”, por exemplo.

A seguir, você vai saber como fazer uma pesquisa de palavras-chave para melhorar o posicionamento do seu site nesse tipo de busca.

 

Como fazer uma busca de palavras-chave para SEO local?

A pesquisa de palavras-chave é norteadora para as estratégias de Marketing de Conteúdo. Essa prática identifica boas oportunidades de rankeamento e ajuda a definir as pautas de produção de conteúdo.

Para isso, você pode começar pensando em variações de palavras-chave que podem corresponder ao seu negócio. Para um restaurante japonês, por exemplo:

  1. Diferentes palavras-chave da indústria. Ex.: restaurante japonês, comida japonesa, sushi.
  2. Modificadores de palavra-chave da indústria. Ex: melhor restaurante japonês, comida japonesa barata, japonês telentrega.
  3. Modificadores geográficos de palavras-chave. Ex: restaurante japonês perto de mim, comida japonesa no centro, japonês em Porto Alegre. Perceba que nem sempre o usuário vai incluir um termo local na busca, mas é importante otimizar para essas palavras-chave também.

Para ter mais ideias de palavras-chave, você pode utilizar ferramentas de SEO que ajudem a construir uma lista de palavras-chave, que posteriormente devem ser utilizadas nos conteúdos do site ou na ficha da empresa no Google Meu Negócio.

Utilize a busca do Yelp e do Google: as duas ferramentas dão sugestões de palavras-chave relacionadas ou semelhantes quando você digita um termo de busca.

Veja, por exemplo, como ficam as sugestões do Yelp:

busca no yelp

A ferramenta Keyword Tool também dá boas sugestões de palavras-chave complementares.

Ao inserir o termo “japonês em Porto Alegre”, por exemplo, a ferramenta sugere termos como “restaurante japonês Porto Alegre almoço” e “sushi Porto Alegre telentrega”.

Nos relatórios do Google Analytics do seu site, também há informações valiosas. Você pode identificar com quais palavras-chave os usuários costumam chegar até suas páginas.

Então, você pode otimizar seus conteúdos para que eles apareçam com mais destaque nessas buscas.

Todas essas sugestões podem ser termos que os consumidores utilizem para encontrar o seu negócio nas buscas locais. Assim, anote as palavras e construa a sua lista.

Outra ferramenta importante é o Google Keyword Planner (ou Planejador de Palavras-Chave). Você pode inserir as palavras-chave da sua lista e obter uma previsão de desempenho (cliques, impressões, custo e CTR) desses termos no Google Ads.

Para as buscas locais, o mais interessante é que essa previsão pode ser segmentada por local, o que dá uma ideia do desempenho da palavra-chave nas buscas locais na sua região.

google keyword planner
 

Quais tipos de conteúdo produzir para buscas locais?

Depois de fazer a lista de palavras-chave e saber quais teriam melhor desempenho nas buscas locais, você já pode fazer um planejamento da produção de conteúdo focado na sua região.

Ok, mas de quais tipos de conteúdo estamos falando?

As palavras-chave podem orientar você sobre assuntos para serem abordados no blog da empresa.

Neste canal, você pode produzir conteúdos aprofundados sobre temas relacionados à sua área de atuação e à sua região, como dicas de pontos turísticos para empresas de turismo ou dicas de alimentação regional para nutricionistas.

Um blog também pode abordar notícias e acontecimentos locais que tenham a ver com a sua área de atuação. Se há uma feira gastronômica acontecendo na cidade, um restaurante pode fazer a cobertura do evento e falar sobre as últimas tendências no seu blog.

Essas palavras-chave da pesquisa também podem ser orientadoras para a publicação de Google Posts. Esses conteúdos são considerados pelo buscador no rankeamento das buscas locais e, por isso, também pode fazer parte da sua estratégia de marketing de conteúdo.

Outro tipo de conteúdo para SEO local são as FAQs. Uma página completa com perguntas e respostas pode ajudar a posicionar seu negócio para termos de busca em forma de questão.

Uma veterinária, por exemplo, pode responder a pergunta “quais vacinas meu cachorro precisa tomar”. Se a resposta for relevante, ela ainda pode virar um featured snippet — aquela resposta pronta que o Google posiciona acima dos resultados orgânicos.

Entrevistas com especialistas e personalidades locais também ajudam a posicionar seu site como autoridade na região.

Você se torna uma referência para o público local, além de otimizar o site com palavras-chave estratégicas para as buscas locais.

 

Como encontrar oportunidades de citações e link building local?

Citações e links em sites de marcas locais também são importantes fatores de rankeamento para as buscas locais. Mas onde encontrar oportunidades para isso?

Elas podem estar em diferentes tipos de negócios, como:

  • parceiros (distribuidores, fornecedores etc.);
  • diretórios de negócios locais;
  • empresas vizinhas na sua rua;
  • portais de notícias regionais;
  • associações de empresas;
  • influenciadores locais.

Existem também ferramentas que ajudam a encontrar citações e links para a sua marca que já estão na internet.

Então, você pode conferir se as informações da sua empresa estão corretas, principalmente os dados NET. Se não estiverem, entre em contato com os administradores dos sites para corrigi-las.

Para encontrar essas oportunidades de citações, você pode utilizar o Google Alertas. Nessa ferramenta gratuita do Google, você pode configurar avisos para ser avisado sempre que alguém citar a sua marca na web.

Outras ferramentas recomendadas são a Whitespark (mas infelizmente a ferramenta não cobre buscas no Brasil) e a The Hoth, que faz uma auditoria das citações à marca.

Nesse caso, a ferramenta identifica citações com NET (Nome, Endereço, Telefone), que geralmente ocorrem em diretórios de empresas como o Yelp.

Também é possível fazer essa busca com os dados dos concorrentes e identificar em que sites eles já têm citações que você também pode aproveitar.

busca de seo local com dados de concorrentes

Além das citações, você também pode fazer uma auditoria de backlinks. Para isso, ferramentas como SEMrush, Ahrefs e Screaming Frog oferecem recursos específicos.

Ao identificar quais sites têm backlinks para as suas páginas, verifique se todos os dados do negócio estão corretos. Além disso, aproveite novamente para monitorar os concorrentes e identificar oportunidades de link building local que eles estão adotando e que você também pode aproveitar.

Outra maneira de conseguir backlinks e citações é participar de fóruns e discussões que envolvam a comunidade local.

No Facebook, no LinkedIn, no Twitter ou em fóruns específicos, você pode contribuir com o seu conhecimento nas conversas. Você também pode fazer isso em blogs de outros negócios locais quando a sua contribuição for relevante.

Não pense em fazer spam nesses espaços — aqui, você deve se mostrar disponível e ajudar os usuários a responderem as suas dúvidas.

Além disso, não se importe se os links forem nofollow. O que mais importa aqui é colocar o seu negócio na conversa!

SEO local, portanto, representa um olhar especial sobre as pesquisas dos usuários com uma intenção local. Diferentemente das buscas normais, esse tipo de pesquisa pretende encontrar respostas rápidas e localizadas, que ajudam o usuário a tomar decisões na sua jornada.

Então, se você quer que o seu negócio apareça entre as principais opções nessa tomada de decisão, comece a adotar as estratégias do SEO local.

Como você percebeu, algumas dicas de SEO tradicional valem também aqui, mas existem especificidades que podem ser o diferencial da sua otimização diante dos concorrentes.

Agora que você já conhece melhor a otimização para buscas locais e sabe como usá-la para gerar mais resultados, baixe o nosso guia gratuito sobre SEO local. Você vai se tornar um expert nas pesquisas locais!

SEO LocalPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *