Rock Content adquire WriterAccess nos EUA. Saiba mais ->

Ahrefs: 66,5% dos links para sites estão quebrados. Como podemos proteger nossas estratégias de Link Building?

Ter links inativos no seu site não é bom para o seu SEO porque eles levam seus visitantes para páginas quebradas e fazem o Google ver seu domínio com menos autoridade. Por isso, é necessário entender a importância de uma estratégia de link building e como evitar ter links inativos.

ahrefs estudo links quebrados

Você provavelmente passou pela experiência de checar um site ou um post de blog, clicar em um link para checar informações extras e acabar em uma página quebrada. É irritante, não é mesmo? Mais do que isso: links inativos são ruins para uma estratégia de SEO.

Alguns de nós podem pensar que os sites não têm muitos links quebrados. Se você concorda com isso, temos algumas (más) notícias para você. Segundo o Siteefy, existem cerca de 1,17 bilhão de sites no mundo e 83% deles estão inativos.

E então, você se lembra de todos os links que você inseriu nos posts do seu blog cerca de dois ou mais anos atrás? Como você pode ter certeza de que eles ainda estão lá? Se não estiverem, seus resultados orgânicos estão sendo afetados.

Recentemente, o Ahrefs lançou um estudo mostrando como 66,5% dos links para sites quebraram nos últimos nove anos e informando quais os principais motivos para isso acontecer. Vamos explicar isso para você neste artigo, além de ensinar como evitar ter links inativos em seu domínio para torná-lo mais forte.

O que está acontecendo com os links dos sites?

Ahrefs é um software muito popular entre as pessoas que trabalham com SEO. Algumas de suas ferramentas incluem auditoria de sites, link building, pesquisa de palavras-chave e análise de concorrentes, que são muito úteis para construir estratégias digitais e tomar melhores decisões.

Desde janeiro de 2013, o Ahrefs analisa o desempenho dos links das páginas da web e, segundo eles, 66,5% dos links que apontam para 2.062.173 sites quebraram. Além disso, 6,45% deles apresentam erros temporários.

Isso é muito ruim para a experiência dos usuários e também para o SEO, pois o Google reconhece isso como um problema que pode afetar a posição dos sites na SERP.

Por que esses links estão sendo perdidos?

Existem diferentes razões pelas quais um link pode ser perdido. O estudo da Ahrefs identificou as 7 mais comuns:

  • caiu (47,7%)
  • link removido (34,2%)
  • erro de rastreamento (6,45%)
  • redirecionamento (5,99%)
  • não encontrado (4,11%)
  • não canônico (0,82%)
  • não indexado (0,73%)

Uma página cai quando é removida porque não pode ser rastreada ou indexada. Isso acontece quando a página ou o próprio domínio não existe mais.

Por outro lado, um link removido é diferente porque a página ainda existe, mas não está mais vinculada a você. Normalmente, isso ocorre durante uma atualização de conteúdo ou apenas porque o responsável pelo site decidiu não vinculá-la mais a você.

Um erro de rastreamento ocorre quando um mecanismo de pesquisa (como o Google, por exemplo) tenta acessar uma página da web e falha. Se a página aparecer após um novo rastreamento, o problema foi resolvido. Mas, se isso não acontecer, a página pode cair.

O redirecionamento 301 é uma ação muito comum quando um site é migrado. No entanto, é necessário ter certeza de que o link está sendo direcionado para a URL correta, além de evitar muitos redirecionamentos. Quando o link não é redirecionado corretamente, seu status muda para perdido.

Quando um link não é encontrado, isso significa que a página foi excluída. Portanto, se um redirecionamento não for feito ou um novo conteúdo for publicado nesse link, o status não será alterado.

Uma página não canônica é algo com o qual você não precisa se preocupar. Quando você vê isso em um relatório de auditoria, significa que o link acabou de mudar de local, como o que acontece quando ele muda de HTTP para HTTPS.

Páginas marcadas como “noindex” são consideradas perdidas pelo Ahrefs porque, embora existam, não serão encontradas nos mecanismos de busca.

Por fim, devemos lembrar que a Ahrefs utilizou suas próprias ferramentas para desenvolver este estudo. Mas quando você audita seu próprio site, também existem outros bons softwares que você pode usar, como SEMRush ou Screaming Frog.

Por que uma estratégia de link building é importante para SEO?

Quando inserimos links em um site ou blog, damos aos visitantes a chance de conferi-los. Além disso, informamos ao Google que nossa página também está conectada a outras páginas internas e externas.

Então, da mesma forma que você nunca dará a um amigo uma recomendação ruim de alguma coisa, você não fará o mesmo com seu público e com o Google ao oferecer links para sites ruins, certo? Essa é a razão pela qual os links devem ser muito bons para que seu SEO funcione via ações on-page e off-page.

SEO on-page

Esse tipo de SEO envolve todos os links internos do seu site ou blog. No entanto, não se trata apenas de inserir os links, mas de fazê-lo com base em uma estratégia.

O topic cluster é o mais importante porque ele determina quais artigos são essenciais para sua estratégia de SEO,

Por exemplo: nosso post sobre conteúdo interativo é muito estratégico porque a Rock Content oferece esse tipo de solução por meio do Ion. Assim, todo post de blog sobre conteúdo interativo terá o primeiro link interno para o artigo principal, o que faz com que sua autoridade digital cresça.

SEO off-page

SEO off-page é uma estratégia dedicada a inserir links externos em seu site e ter outras páginas com links para você também.

Algumas pessoas podem pensar que é um risco incluir links externos em seu conteúdo porque os visitantes podem sair da sua página e nunca mais voltar. Mas ativar a opção de abrir links externos em uma nova aba pode resolver esse problema.

Além disso, é importante lembrar que esse tipo de link building oferece uma boa experiência aos seus leitores e faz o Google ver que sua página está conectada a bons domínios.

O mesmo acontece quando outras páginas têm links para você. Portanto, é necessário ter bons parceiros para troca de links e criar conteúdos realmente bons e compartilháveis. Quer um exemplo? Imagine como seria bom que no site do Ministério da Educação tivesse um link para o seu site.

Como evitar links inativos em seu site?

Agora que você sabe a importância de uma estratégia de criação de links, é hora de aprender como evitar que links inativos apareçam em seu site.

Auditoria de SEO

O primeiro passo é executar uma auditoria de SEO. Se você tem um site enorme, com uma grande quantidade de conteúdo, uma auditoria provavelmente levará algumas horas para ser concluída. Mas os resultados mostrarão tudo o que você precisa corrigir. A melhor maneira é fazer isso a cada trimestre, mas você também pode fazer a cada seis meses.

Substitua ou redirecione os links

Depois de identificar todos os links inativos que você possui, o próximo passo é substituí-los por novos conteúdos na mesma URL ou redirecioná-los para outras páginas semelhantes (isso é o que as pessoas mais fazem).

Lembre-se: todo link inativo é um problema e o Google não gosta disso. Portanto, corrija-os o mais rápido possível para melhorar o desempenho e o ranqueamento do seu site.

Transforme links inativos em oportunidades para troca de links

Links inativos são uma boa oportunidade para fazer novos parceiros de links. Uma prática comum entre os especialistas em SEO é substituir um link externo quebrado para a página de outra pessoa. Você pode usar uma ferramenta como Semrush para identificar esses links quebrados.

Em seguida, você pode entrar em contato com a pessoa responsável por tal página e dizer algo como:

“Olá! Encontrei este artigo escrito por você e o incluí em um post meu sobre o mesmo tópico. Você acha que é possível ter um link meu no seu blog também?”

Além disso, se você encontrar links inativos no domínio de alguém, pode usar uma abordagem diferente para incluir um link seu nele:

“Olá! Percebi que seu artigo tem um link quebrado para marketing digital e meu blog tem um ótimo conteúdo sobre isso! Por favor, sinta-se à vontade para substituí-lo pelo meu link.”

Algumas pessoas vão aceitar, outras não. Mas, depois de seguir essas três dicas, os problemas que você tem com links inativos serão resolvidos.

Espero que este artigo tenha sido útil para você e sua estratégia de link building. Agora, se você quiser ter certeza de que sua estratégia de SEO como um todo também é boa o suficiente, fique conosco e faça nossa avaliação gratuita para descobrir!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Posts Relacionados

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!