Inteligência Rock Content: como saímos de 0 a 58 mil sessões e crescemos o time em 7 meses

case do inteligência

    Estando há quase 3 anos na Rock Content, já sei bem como cada ano se torna mais desafiador que o anterior.

    Para termos resultados cada vez melhores, é essencial desenvolver novos projetos, ampliar outros e buscar inovar constantemente. Por isso, quando chegamos no quarter final do ano — outubro, novembro e dezembro — essas tarefas se tornam boa parte do nosso foco.

    Pois bem: no fim de 2016, já havíamos produzido, na história da empresa, um total de 11 pesquisas. Mas eu e o Diego Gomes ainda sentíamos falta de ir além. Queríamos que a Rock Content fosse referência em dados, e que os profissionais de marketing tivessem um portal ao qual recorrer quando precisassem de informações e estatísticas de mercado.

    Mas como unir essas duas ideias em uma? Foi aí que surgiu a ideia do que seria, na época, o “embrião” deste blog. E é a história da criação e do crescimento dele e do time de Inteligência da Rock Content que eu vim contar hoje a vocês.

    Entenda como desenvolvemos tudo isso até chegar em mais de 58 mil visitas no blog, em 9 pesquisas internas no ano e na primeira pesquisa produzida para nosso cliente.

    Como tudo começou

    Como disse, sempre começarmos a pensar em projetos para o ano seguinte no fim do ano anterior.

    Sabendo dos dois gargalos que tínhamos — o de querer tornar a Rock Content uma referência em dados e o de querer que os profissionais de marketing tivessem aonde recorrer quando quisessem encontrar essas informações — comecei a buscar benchmarks de outras empresas de fora, que também produzem pesquisas.

    Unindo referências daqui, outras dali, surgiu a ideia: por que não criar um portal, um novo canal da Rock Content que teria como foco a divulgação de estatísticas e dados?

    E assim começamos a esboçar o nosso novo site — que ainda nem tinha o nome de Inteligência.

    Nessa época, a ideia era um hotsite mesmo, não necessariamente um blog. Ainda não era certo que teríamos uma produção de conteúdo independente dos demais blogs, o portal seria focado exclusivamente na divulgação de pesquisas e dados.

    E o email abaixo mostra bem isso:

    A partir daí, começamos a desenvolver a estrutura básica do futuro site e a pensar em possíveis nomes. Os principais eram:

    • Pesquisas Rock Content (pesquisas.rockcontent.com)
    • Rock Content Research (research.rockcontent.com)
    • Inteligência Rock Content (rockcontent.com)

    Quando o Diego deu essas 3 ideias, eu de cara já gostei de Inteligência. Não queria um nome que limitasse o site apenas à divulgação apenas de pesquisas.

    E esse é um ponto muito importante: queria que fôssemos sim uma fonte de dados, estatísticas e lançamentos de pesquisas, mas também um site que divulgasse novidades de mercado, tendências em marketing digital, inovação e benchmarks de boas práticas — com entrevistas e cases de sucesso.

    Por isso a escolha do nome e por isso a decisão de torná-lo um blog.

    E assim surgiu o Inteligência Rock Content!

    Crescendo o time de Inteligência (parte 1)

    Com um sitemap estruturado, no início de 2017, demos início à construção de fato do hotsite, juntamente com a Mais Code. Aos poucos o portal foi tomando forma e entendemos que a melhor opção seria ele ser sim um blog à parte dos demais.

    Mas, para alimentá-lo, tínhamos um gargalo: o time na época era formado apenas por mim e pela Letícia Fonseca, ambas mais focadas na realização de pesquisas para a Rock.

    Assim, precisávamos com urgência de alguém para nos ajudar com a produção de conteúdo para o Inteligência. Com o lançamento programado para abril de 2017, aceleramos o processo de contratação e, em Março, trouxemos a Agnes Rabelo.

    Com a chegada dela, conseguimos produzir um bom volume para rechear o site antes mesmo do lançamento e, posteriormente, manter uma boa frequência inicial de postagem.

    Evoluindo o Inteligência Rock Content

    O primeiro mês

    Como destaquei, antes do lançamento conseguimos encher o blog com conteúdos, gráficos e relatórios, além de uma página dedicada a estatísticas. E esse foi o resultado do primeiro mês:

    O lançamento foi feito no dia 18 de abril (indicado pela seta) e, até o fim do mês, tivemos 3.284 sessões. Um resultado muito bom para os 13 dias iniciais de um blog recém-criado!

    O primeiro e o segundo quarters

    Agora o próximo passo era consolidar o Inteligência como mais um canal e uma marca da Rock Content.

    É bem fácil de imaginar que, nessa época, o nosso tráfego orgânico ainda não era forte, então dependíamos principalmente da divulgação em redes sociais.

    Como utilizamos os canais da própria Rock, que já são antigos e têm um bom alcance, isso nos ajudou a criar uma audiência e crescer a autoridade do domínio. E esse foi o resultado do primeiro quarter (abril, maio e junho):

    Como é possível ver, crescemos aos poucos o número de sessões e o número de “returning visitors”. Mas, por ser um blog novo, o orgânico havia aumentado pouco:

    Já os meses de julho, agosto e setembro representaram uma grande virada para o blog. Com conteúdos cada vez mais focados na nossa persona e em palavras-chave relevantes, além de melhorias em link building, começamos a ver um crescimento ainda mais acentuado em sessões totais e no tráfego orgânico.

    Em números absolutos, continuamos aumentando nossa audiência, com um maior número de usuários e de new e returning visitors.

    De um quarter para o outro, quase duplicamos nosso tráfego e tivemos crescimentos de:

    • Mais de 86% nas sessões do blog;
    • Mais de 85% nas sessões vindas de redes sociais;
    • Mais de 340% no tráfego orgânico — como representado no gráfico abaixo.

    Para entender em mais detalhes a estratégia que nos levou a esse crescimento, leia também o post escrito pela Agnes. Nele, ela contou o passo a passo de como duplicamos o tráfego em 3 meses!

    Consolidando o blog Inteligência

    O quarter final de 2017

    Sim, como vimos, tivemos um resultado incrível nos 6 primeiros meses do blog. Um crescimento de mais de 340% no tráfego orgânico é excelente, mas ainda dependíamos bastante de social.

    A maior parte do tráfego continuava vindo, principalmente, do Facebook. Isso significava que, em uma semana em que o engajamento na rede social caía por algum motivo, o impacto no Inteligência era enorme.

    Para crescer ainda mais o tráfego geral, além de ampliar e consolidar o tráfego orgânico, pensamos principalmente em 4 estratégias:

    • Focar bastante em guest posts, para conseguirmos links de domínios fortes, e em atualização de conteúdos que já estavam rankeando bem;
    • Focar em palavras-chave cada vez mais estratégicas para a Rock e para atrair nossa persona;
    • Investir com mais frequência em Facebook Ads para ampliar o alcance dos posts;
    • Promover uma competição interna (entre colaboradores da empresa), que funcionaria assim:
      • As pessoas poderiam produzir posts para os blogs Inteligência e Saia do Lugar e deveriam divulgá-los com seus próprios meios e estratégias. Os donos dos posts com mais acessos em cada um dos blogs ganhariam premiações em dinheiro e, caso uma única pessoa vencesse em ambos, o prêmio seria ainda maior.

    As duas primeiras estratégias foram essenciais para crescermos ainda mais o nosso tráfego orgânico. Com isso, conseguimos inverter a nossa maior fonte de aquisição de tráfego, que deixou de ser social e se tornou orgânico.

    Como mostram os gráficos abaixo, no período de 1º de julho a 30 de setembro, 44,3% do nosso tráfego vinha de redes sociais e 31,1% de buscas orgânicas.

    Já de outubro/17 ao dia 12 de dezembro, o orgânico subiu para 41,7%.

    Mas isso não significa que não crescemos em social, pelo contrário! Só que o orgânico aumentou em uma proporção maior.

    E isso fica bem claro se o analisarmos separadamente: mesmo sem termos chegado ao fim do quarter, que termina em dezembro/17, o crescimento até o momento já é de 85%

    O resultado alcançado desde o lançamento

    Com todas essas estratégias, de abril deste ano até dezembro, saímos de 0 a mais de 58 mil sessões no blog.

    O tráfego orgânico, por sua vez, vem apresentando uma ótima tendência de crescimento, e que vamos buscar ampliar ainda mais em 2018.

    Crescendo o time de Inteligência (parte 2)

    O time de Inteligência da Rock Content tinha, até agosto deste ano, duas frentes principais: o blog e as pesquisas que fazíamos para a própria empresa, visando gerar leads e MQLs.

    Mas, ao longo do ano, vimos que o mercado também está apresentando a necessidade de produzir pesquisas próprias, como a nossa.

    E aí pensamos: por que não produzirmos pesquisas para fora também, além das nossas?

    Entretanto, isso significaria aumentar o volume e, para isso, precisaríamos de mais um analista de pesquisas. Assim, em agosto deste ano trouxemos a Iara Vianna para o nosso time.

    A partir da chegada dela, conseguimos manter nosso ritmo de lançamento de pesquisas internas e fechar uma parceria com o 99Corp para a produção de um relatório sobre Mobilidade Corporativa no Brasil, que será divulgado ainda este ano.

    E a primeira pesquisa externa foi um grande sucesso, com mais de 10.500 participantes de todo o Brasil! Fique de olho aqui no blog para ver os resultados em primeira mão.

    Com isso, ao longo do ano, o apoio em pesquisas de outras empresas, além da realização de 9 pesquisas internas e da parceria com o 99Corp nos trouxeram:

    • A participação de mais de 23 mil respondentes de todo o Brasil;
    • Estatísticas, argumentos e materiais de sales enablement para ajudar o time de vendas;
    • Mais de 20 mil leads e oportunidades;

    Conclusão

    2017 foi um ano de muitas mudanças: o surgimento de um time dedicado a pesquisas, de um novo blog e de um novo serviço da Rock Content.

    Assim como disse na introdução deste post, não tenho dúvidas de que 2018 teremos ainda mais desafios, sendo o primeiro deles a oficialização das pesquisas como mais uma forma de parceria com a Rock Content.

    E você, já pensou em desenvolver pesquisas para sua empresa?

    Sabendo de todos esses resultados que elas nos trazem anualmente, que tal desenvolver uma? Entre em contato conosco e saiba como começar!

    Tenha uma pesquisa personalizada para a sua empresa!

    Quer receber um orçamento?

    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!