Saiba agora como descobrir vulnerabilidade em sites

Um dos trabalhos mais importantes para qualquer negócio é garantir que as suas páginas estejam seguras. Por conta disso, é fundamental entender como descobrir vulnerabilidades em sites. O monitoramento constante é essencial para proporcionar uma experiência satisfatória — e segura — para qualquer visitante e proteger a reputação da sua marca.

segurança para sites

    Ao criar um site, é muito comum a preocupação com a experiência que vai ser proporcionada ao usuário, certo? Sendo assim, é natural arrumar detalhes como o layout, navegação e outras informações que aparecem para o visitante. Ao mesmo tempo, é preciso garantir que tudo o que acontece na sua página seja seguro, o que exige um trabalho constante de tentar descobrir vulnerabilidade em sites.

    Mas essa não é uma tarefa tão simples de ser executada, já que exige um conhecimento técnico para identificar possíveis falhas. A boa notícia é que existem algumas ferramentas que podem otimizar esse trabalho. Afinal, a busca por vulnerabilidades em um site deve ser constante, garantindo que a experiência de qualquer visitante seja positiva e, é claro, segura.

    Pensando nisso, preparamos um artigo completo sobre o assunto. A seguir, vamos abordar os seguintes tópicos:

    Quer saber como descobrir vulnerabilidades em sites? Continue a leitura deste artigo para tirar todas as suas dúvidas. Confira!

    O que são vulnerabilidades em sites?

    A transformação digital está modificando a forma como as empresas precisam atuar em busca de sucesso. Ao mesmo tempo em que oferece inúmeros benefícios, é um universo novo para muitas pessoas, o que também resulta em alguns riscos. Não à toa, o Brasil é um dos países mais afetados por ataques digitais, o que exige um maior cuidado com as páginas que você administra.

    Parte desse trabalho consiste em descobrir vulnerabilidades em sites. Ou seja, monitorar o back-end das suas páginas e garantir que nenhuma falha esteja colocando os seus endereços em risco. Em resumo, vulnerabilidades são erros na construção de um site que podem resultar em problemas, como a exposição de informações confidenciais, a queda de desempenho e uma série de outras situações.

    Sendo assim, qualquer falha deve ser identificada e corrigida rapidamente. A ideia é reverter a lógica tradicional em um ataque digital e fornecer uma resposta antes mesmo de o problema aparecer. Para isso, porém, é preciso realizar um trabalho regular em busca de mais informações sobre o que está sendo feito errado nos seus domínios.

    Qual a importância de descobri-las?

    Imagine investir tempo e recursos na construção de um e-commerce, adotar uma série de estratégias de Marketing Digital e, após muito trabalho, conseguir gerar um tráfego elevado para a sua loja virtual. Já pensou perder tudo isso por conta de um simples erro? É isso o que pode acontecer caso não seja feito um trabalho adequado de monitoramento de falhas e vulnerabilidades.

    Ao descobrir esses riscos, os benefícios são os mais diversos para o seu negócio. O primeiro é a segurança das informações sigilosas internas e externas, que podem ser perdidas em um ataque digital. Isso pode representar um impacto na reputação do seu negócio. Afinal, quem vai fornecer os dados do cartão de crédito para um site hackeado regularmente?

    Com a entrada em vigor da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), é ainda mais importante adotar essa mentalidade na sua companhia. Quanto melhor for o trabalho de identificação de vulnerabilidades em seus sites, maior vai ser a eficiência das suas páginas, independentemente do objetivo inicial. A experiência do usuário melhora e a sua reputação é protegida.

    Quais as principais vulnerabilidades?

    Mas quais são os riscos que um site corre e quais podem ser os impactos nas páginas? Descubra as principais vulnerabilidades que devem ser evitadas!

    Ataques de Injeção

    Os Ataques de Injeção são os métodos mais populares que os hackers utilizam internet afora. Como qualquer página precisa de informações de outro lugar para funcionar, essa alternativa costuma ser uma verdadeira dor de cabeça para quem quer se proteger.

    A partir da injeção de dados mal intencionados, é possível realizar comandos ou acessar informações sigilosas. Entre os Ataques de Injeção, o SQL Injection é um dos mais comuns.

    Autenticação falha

    As autenticações são mecanismos importantes para impedir o acesso de pessoas não autorizadas a um site ou página específica. O problema é que nem todos os sistemas utilizados são, de fato, eficientes. Assim, hackers podem identificar essas falhas na hora da autenticação — como login e senhas previsíveis — e acessar contas, senhas e informações sigilosas sem muito trabalho.

    Cross-site scripting (XSS)

    Esse é um método tão popular de Ataque de Injeção que merece um tópico próprio. Até 2007, era uma das formas mais comuns de ataque. A partir de scripts inseridos no front-end de uma página, o hacker consegue acessar informações como cookies e, até mesmo, mensagens privadas do usuário. Normalmente, é resultado de um processo simples ou falho de validação.

    Configuração Incorreta de Segurança

    A maior parte dos ataques digitais pode ser resultado de falhas na hora da construção de um site. Trata-se, simplesmente, da configuração mal feita, como a não utilização de todos os controles de segurança ou a implementação errada dos mecanismos de proteção. Esse erro também pode ser fatal, resultando em riscos graves para a sua página, a sua reputação e, é claro, para os usuários.

    Exposição de Dados Sensíveis

    Quando um consumidor decide fornecer os dados do seu cartão de crédito para um e-commerce, por exemplo, ele está confiando na capacidade da empresa de armazenar aquelas informações, certo? Uma das causas para vazamento de dados, porém, é a falta de proteção adequada para informações como essas, resultando na exposição de dados sensíveis.

    Redirecionamento inválido

    Dentro de um site que você julga ser confiável, é natural clicar em links e endereços exibidos, não é mesmo? A partir desse entendimento, muitos hackers fazem um redirecionamento inválido, ou seja, levando o usuário para outra página contendo um malware, por exemplo. Dentro desse novo site, o usuário está exposto e pode sofrer diferentes tipos de golpes ou ataques.

    Como descobrir a vulnerabilidade em sites?

    Agora que você já sabe quais são as principais vulnerabilidades e como elas podem prejudicar as suas páginas, que tal descobrir como identificá-las? Confira!

    Identifique todos os seus ativos

    O primeiro passo para descobrir vulnerabilidades em sites é identificar quais são os ativos utilizados pela sua empresa para manter o site. Servidor, links externos, enfim, tudo o que compõe o seu aparato de TI. Assim, fica mais fácil entender quais são os possíveis riscos e os cuidados que devem ser tomados para assegurar a proteção de todas as informações e dados.

    Realize uma varredura em suas páginas

    Em seguida, é importante realizar uma varredura de vulnerabilidades em suas páginas. Mas fique tranquilo: não é preciso analisar, manualmente, cada um dos seus endereços. A partir do uso de ferramentas como o OpenVAS e Tripwire IP360, é possível fazer esse monitoramento de forma automatizada, identificando os riscos em potencial de todos os seus sites.

    Classifique e avalie cada uma delas

    Após realizar a varredura, é normal que uma série de vulnerabilidades sejam identificadas. O mais importante, porém, é entender que existem diferentes níveis de riscos que cada situação oferece.

    Sendo assim, faça uma lista e os classifique de acordo com os possíveis problemas que eles podem causar para a sua página. A ideia é agir o mais rapidamente possível para conter os problemas mais sérios.

    Corrija os problemas

    Depois da identificação das falhas, é importante agir e começar a corrigir os problemas. Reúna a sua equipe de TI e comece a corrigir aquelas situações mais graves, atuando de forma precisa e se certificando de que tudo foi, de fato, solucionado.

    Faça testes de invasão

    Outra prática importante para descobrir vulnerabilidades em sites é realizar testes de invasão nas suas páginas. A ideia é simular ataques digitais realizados por hackers e descobrir, na prática, quais são os riscos a que o seu site está exposto.

    Monitore regularmente e adote políticas mais rígidas

    Após a identificação e a correção das vulnerabilidades, é importante não relaxar e seguir realizando varreduras na busca por outras falhas. Afinal, o ambiente digital é bastante dinâmico e novos problemas podem aparecer em outro momento. Além disso, é preciso adotar políticas mais rígidas que garantam a criação de páginas cada vez mais seguras.

    Descobrir vulnerabilidades em sites se torna, portanto, uma tarefa cada vez mais necessária para garantir a segurança das informações, fortalecer a reputação e a confiança dos usuários na sua marca e, é claro, proporcionar uma experiência segura aos visitantes. A melhor alternativa é monitorar constantemente as operações do seu negócio, evitando que qualquer risco se torne um problema.

    A busca por erros que se tornem em problemas mais sérios deve ser regular, certo? Que tal, então, conferir 17 dicas de segurança no WordPress e garantir que a sua equipe precise se preocupar apenas em como otimizar a experiência no front-end?

    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

    Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

    Ir para site em Português ->