Confira as 8 dicas de como vender mais na Black Friday

dicas para vender mais na black friday para e-commerce

O evento de Black Friday acontece no dia 26 de novembro, data que inaugura a temporada de compras natalinas e aconteceu pela primeira vez no Brasil no ano de 2010. O evento se tornou tão popular que, atualmente, é responsável por movimentar milhões de reais apenas no nosso país.

O crescimento da Black Friday

De acordo com uma pesquisa realizada pela Neotrust/Compre&Confie, organização referência no mercado focada em e-commerce, em parceria com a empresa Elo, mostra que a Black Friday e a Cyber Monday movimentaram cerca de R$ 7,72 bilhões de quinta-feira (26/11) até segunda-feira (30/11). 

O valor simboliza o crescimento de 27,66% em relação ao mesmo período do ano passado.

O aumento está ligado ao maior volume de compras feitas durante este ano. Segundo a pesquisa, 13,01 milhões de pedidos foram realizados na Black Friday e Cyber Monday, número que representa um aumento de 21,9% em comparação ao mesmo período de 2019.

O tíquete médio sofreu um leve aumento em relação ao ano passado. Em média, os compradores gastaram R $592,85 nas compras, o valor é 4,7% maior do que o registrado no ano passado.

Analisando esses números fica claro de que sua loja precisa estar preparada para atender melhor e vender mais durante esse período.

Black Friday e o E-commerce

É muito comum ver lojistas se frustrarem durante o evento de Black Friday por usarem estratégias erradas ou não se planejarem da forma correta.

Portanto, se planeje e não deixe tudo para última hora!

Não ofereça como oferta apenas produtos encalhados, talvez o motivo de estarem encalhados não seja apenas o preço e o consumidor pode deduzir que se suas principais ofertas são ruins e que não vale a pena comprar com você na Black Friday.

Ao invés disso, tenha ofertas sedutoras mesmo que com volume limitado para demonstrar uma real oportunidade. 

Pense em quais produtos colocará em promoção: não coloque todos! Escolha os produtos de forma estratégica: seja aquele mais desejado, o com maior margem, o mais encalhado, é essencial que o lojista faça uma análise antes de sair dando desconto.

Caso já tenha participado das edições anteriores do evento, possivelmente algumas informações sobre seu e-commerce foram armazenadas.

Reúna todos os dados referentes às vendas concretizadas, conversões e comportamento do consumidor e os analise. A análise vai ajudar a entender o que funcionou bem e o que precisa ser revisto nesta edição, guiando suas ações na Black Friday deste ano!

Dicas de como vender mais na Black Friday!

Você que quer vender mais, precisa preparar sua loja para a data que se tornou um dos maiores eventos de vendas do ano. Para te ajudar, nós separamos 8 dicas de como vender mais na Black Friday. Vamos lá!

1. Diversifique suas formas de pagamento e prepare seu checkout 

Um checkout apropriado e a variedade dos métodos de pagamento ajudam a evitar o abandono de carrinhos, mantêm suas taxas de conversão altas e ajudam a oferecer a melhor jornada de compra possível. 

Portanto, é fundamental oferecer diversas opções para o cliente pagar como achar mais conveniente. 

Além disso, essa etapa deve oferecer uma experiência fluida e intuitiva, disponibilizando todas as informações necessárias para preenchimento correto dos dados e instruções claras para finalização segura da compra, sem gerar nenhuma desconfiança ou dúvida no cliente.

Segundo uma pesquisa feita pela Méliuz, 71% dos brasileiros pretendem fazer compras durante a Black Friday de 2021.

Relacionado aos meios de pagamentos, o Pix é o terceiro na intenção de uso. 74% das pessoas entrevistadas devem dividir suas compras no cartão, 27,3% pagarão no crédito de crédito à vista e 11,5% relatam que vão usar o Pix.

Outra pesquisa, dessa vez do Reclame Aqui, 59,5% dos brasileiros disseram já ter usado a nova modalidade de pagamento para compras online e no e-commerce. 

2. Prefira o atendimento simplificado e use vários canais de comunicação

Canais de comunicação como, por exemplo, as redes sociais, são indispensáveis para a divulgação de campanhas durante a Black Friday.

Além das redes sociais, é fundamental investir em outras tecnologias, principalmente as que são focadas no atendimento de clientes como os chatbots, E-mail Marketing e outras formas de divulgar e captar leads por meio da automação. 

Sabendo disso, é fundamental que você invista em sua equipe de atendimento, garantindo que todas as mensagens recebidas nas redes sociais, e-mail e marketplaces sejam respondidas com a maior atenção possível.

O cuidado com a gramática e o tom de voz ameno sem dúvidas são diferenciais, também vale a pena ficar atento ao tempo de resposta e buscar sempre manter a maior agilidade possível.

3. Crie gatilhos mentais

Gatilhos mentais servem de estímulo para que o cliente feche a compra com você, em uma loja virtual o gatilho mental pode estar ligado à escassez e à urgência.

Sabe aquela ideia de que a oferta irá acabar em pouco tempo e restam poucas unidades do produto que o consumidor está escolhendo? 

É exatamente esse recurso que você pode usar, você pode fazer isso nas publicações, em redes sociais e principalmente em sua loja virtual. 

Essa estratégia já é utilizada durante o ano todo, durante o evento de Black Friday ela tem um poder de conversão ainda maior.

4. Mantenha seu estoque atualizado e organizado

Outra dica muito importante para o período de Black Friday é organizar o estoque para receber a data o mais preparado possível.

Por isso, lembre-se de negociar bem com os seus fornecedores para antecipar as compras e os prazos de recebimento dos itens, evitando que esses preparativos fiquem para a última hora.

Para facilitar a sua operação durante o evento, arrume o estoque de forma prática, colocando os produtos que mais saem em uma área de fácil acesso. Assim, você pode encontrar e preparar esses itens para entrega com mais rapidez.

5. Reforce sua publicidade paga

Para que a sua loja se destaque da concorrência e saia na frente durante a Black Friday, planeje investir na sua publicidade. 

Dessa forma, seus produtos ganham uma exposição ainda maior e mais assertiva, estimulando os clientes certos, na hora certa, e consequentemente melhorando as conversões da sua loja virtual.

Como analisamos anteriormente, as visitas nos sites já começam a aumentar nas semanas que antecedem a data da Black Friday. Sendo assim, o ideal é aproveitar essa ansiedade do público para posicionar a sua marca e se fazer presente nas buscas dos consumidores.

Atualmente não existem mais desculpas, surgiram diversas formas rápidas e econômicas de alcançar novas pessoas, só considerando o Google Ads e o Facebook Ads, você consegue alcançar pessoas no Facebook, no Instagram, no Google, no YouTube e também no Google Shopping.

6. Descubra quais são os produtos mais procurados pelos seus clientes

Você como lojista precisa se atentar, pois, as buscas por produtos começam bem antes da Black Friday e isso acontece porque, durante a data, as compras são feitas de forma mais planejada.

A Neotrust realizou uma pesquisa sobre a edição do evento em 2021 com o consumidor brasileiro e cerca de 59% das pessoas falaram que pretendem comprar algum produto online durante o evento deste ano.

Relacionado aos produtos que os consumidores pretendem comprar, os eletrônicos se destacam dos demais com 49% de intenção, seguidos por eletrodomésticos (31%), moda e acessórios (27%), eletroportáteis (25%) e informática (25%).

Portanto, dê atenção aos produtos que as pessoas mais procuram durante a data.

Se você trabalha com um destes produtos, aproveite o momento para se destacar dos seus concorrentes e ganhar a atenção e a confiança do público.

7. Faça um aquecimento para a data

Os esquentas para a Black Friday são populares no nosso país desde que o evento ganhou forças aqui. Eles consistem em começar as ofertas antes do dia do evento, seja com antecipação de um mês, uma semana ou de poucos dias.

É bom se lembrar de guardar as melhores promoções para a sexta-feira, entretanto oferecer produtos com descontos antes da data do evento também é uma ótima ideia para vender por mais tempo.

Só não se esqueça de garantir que seu estoque está preparado para conseguir atender a demanda do aquecimento e da Black Friday. Dessa forma você garante o lucro da sua empresa durante todo esse período. 

8. Verifique a disponibilidade e escalabilidade do seu negócio online

Escalabilidade e disponibilidade se referem a capacidade do seu negócio em manter seus serviços disponíveis e com um nível de qualidade satisfatório, mesmo recebendo um número bem maior do que o normal de acessos e de utilização.

Com isso, diante do maior evento de promoções do ano e uma das maiores oportunidades da sua marca multiplicar o número de conversões, sua infraestrutura não pode ser um impeditivo para o triunfo da sua loja virtual.

É necessário que os empresários que buscam aproveitar ao máximo esse evento tão especial, não economizem em investimentos para garantir a eficiência total da sua loja virtual.

Não existe nada pior do que uma loja virtual fora do ar justamente durante a Black Friday, isso pode causar um prejuízo enorme para o lojista, além de atrapalhar a credibilidade da loja.

A Black Friday é um evento que já se tornou tradicional para os brasileiros, portanto, a data trouxe consigo uma grande oportunidade para o comércio aumentar as vendas. Nesse artigo nos vimos algumas dicas valiosas sobre como vender mais durante a Black Friday, espero que o conteúdo tenha sido útil para você.

O conteúdo foi escrito por Luan Freitas, da iSet, uma plataforma para a criação de lojas virtuais completas.

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Posts Relacionados

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!