CTA-fale-com-um-vendedor

Como usar emoções para turbinar sua estratégia de conteúdo

Como usar emoções para turbinar sua estratégia de conteúdo

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Assustado, receoso, ansioso, animado, inspirado: as emoções fazem parte do nosso dia a dia. E, se o seu trabalho é produzir conteúdo, você precisa entender essas emoções e torná-las suas matérias-primas.

Estamos sempre tentando entender por que algum conteúdo se torna viral e outros fracassam. Na maioria das vezes, nos concentramos no conteúdo em si, otimizando-o para SEO e esperando que ele receba a atenção que merece.

Mas e as necessidades emocionais dos seus leitores, estão recebendo a atenção que merecem? Existem maneiras de explorar essas emoções e elas devem fazer parte das estratégias de marketing de conteúdo.

Defina os objetivos

Você tem cerca de 2 segundos para chamar a atenção das pessoas, isso é feito com suas primeiras frases. Depois, o resto do trabalho é engajar, continuar alimentando suas emoções e guiá-las de duas maneiras.

Se a intenção do conteúdo é aumentar o reconhecimento da marca, a construção de um relacionamento e o compartilhamento de informações valiosas, você deve estimular e engajar as emoções dos leitores na medida em que eles desejam receber e compartilhar informações.

Se o objetivo for levar o visitante para a próxima etapa em direção à compra, você deve investir na psicologia de vendas e na neurociência, que estimulam as respostas emocionais necessárias para realizar determinadas ações — resolver seu problema, sua dor, ao comprar o produto ou serviço.

Crie engajamento

Depois de ganhar a atenção de um visitante em seu site, o próximo passo é engajá-lo com o conteúdo que você oferece.

Neste ponto, o potencial cliente ainda está em um estágio emocional, por isso, continuar estimulando suas emoções atingirá esse engajamento.

Você pode usar o humor, a diversão, a excitação da curiosidade, abordar a dor, o medo e a ansiedade sobre o problema, utilizando técnicas de storytelling.

Quando as pessoas se sentem entretidas com o que leem, é muito mais provável que compartilhem o conteúdo. Alguns dos sentimentos que você pode explorar aqui são:

  • esperança: todos nós queremos uma dose extra nos dias de hoje. Em geral, informações com muitas palavras inspiradoras têm grandes chances de serem compartilhadas e se tornarem virais;
  • raiva, medo e ansiedade: há algo na natureza humana que deseja compartilhar estes sentimentos. Isso, por sua vez, estimula mais comentários e compartilhamentos.
  • choque e pavor: fatos ou dados que chocam as pessoas são mais propensos a serem compartilhados, veja o exemplo das fake news.

Os vlogs nos dão o exemplo de como pessoas sem nada em especial, aparentemente, mas com um grande desejo de compartilhar conteúdo, se tornam rapidamente populares com seus vídeos.

Os canais de comédia são os preferidos dos brasileiros no YouTube. A segunda maior categoria, em número de inscritos, é a de entretenimento, seguida por jogos e música.

As pessoas apreciam uma experiência íntima e a autenticidade dos vloggers, o senso de humor e a falta de filtro.

Assim, um especialista em marketing de conteúdo pode tirar boas ideias de como criar engajamento e tornar um conteúdo viral.

Enciclopédia do Marketing de Conteúdo

Trabalhe o aspecto prático do conteúdo

No momento em que o leitor tiver experimentado a emoção inicial e a lógica estiver “dando certo”, é hora de apresentar os aspectos úteis e práticos do seu conteúdo.

Você pode resolver a dor ou problema que sua persona tem e demonstrar que você, como uma autoridade, tem uma solução para esse problema. Se o seu conteúdo for claro e na linguagem adequada, o leitor perceberá o valor e entrará na fase de compra.

Se sua meta para esse conteúdo não for vender, mas sim aumentar a autoridade e o reconhecimento da marca, a intenção é que o leitor compartilhe o conteúdo.

Novamente, se o conteúdo for apropriado ao público, o leitor perceberá valor e compartilhará. Para ajudar nisso, certas emoções desencadeiam uma vontade maior de compartilhamento. Mas, como fazer isso?

Você não poderá atingir emoções específicas de seu público-alvo sem ter a certeza de quais são elas.

Como profissional de marketing de conteúdo, essa é uma grande responsabilidade sua e, para conseguir isso, você precisa conhecê-los muito bem.

Crie um grupo demográfico de sua base de clientes atual

Use esse grupo demográfico para desenvolver um perfil. Utilize ferramentas de análise para determinar os sites e as mídias sociais onde seu cliente ideal se encontra.

Se você quiser se tornar ainda mais preciso com seu perfil, pesquise e entreviste seus atuais clientes.

Desenvolva um perfil psicológico

Por exemplo, que tipo de humor eles apreciam? Qual é a linguagem apropriada para se comunicar com eles? O que os frustra, irrita, agrada e quais são seus problemas?

Os psicólogos, ao traçarem um perfil, avaliam coisas como controle, superioridade, valores familiares, diversão, autorrealização, caridade e assim por diante.

Se, por exemplo, você descobrir que seus leitores são muito ligados aos valores da família, compartilhar histórias sobre sua equipe com as famílias será perfeito.

Crie um relacionamento

Se esse público for identificado corretamente, você poderá abordar seus problemas e dores e como o seu produto ou serviço os resolve.

Uma vez que eles aceitam que você é um especialista no assunto e sentem um relacionamento com você, você pode passar para a próxima fase, o processo de conversão (oferta de materiais ricos ou assinatura de newsletter).

Se as emoções de confiança e segurança forem desenvolvidas, você terá sucesso. Mesmo que o leitor ainda não esteja pronto para comprar, quando ele precisar do seu produto ou serviço, lembrará de você.

Use um pouco de humor

A maioria das pessoas gosta de se divertir e usar o humor. No marketing de conteúdo essa técnica é extremamente eficaz, já que:

  • prende a atenção. Isso resulta em uma rápida resposta emocional, não apenas positiva, mas uma conexão do leitor com a marca;
  • aproxima. Isso mostra que você é “um deles”;
  • você é facilmente lembrado.

Guia para criação de personas

Conecte-se às emoções do seu público

Muitas vezes, os profissionais de marketing de conteúdo ficam presos a técnicas, mas esquecem que atrair e engajar leitores é, em média, 85% emocional e apenas 15% lógica. Sendo assim, tenha esse equilíbrio em mente.

Realize sua própria pesquisa interna, pois motivadores emocionais variam de empresa para empresa. Além disso, o que você acha que sabe sobre as emoções dos seus clientes nem sempre é verdade.

Empresas que se conectam com as emoções dos clientes, e potenciais clientes, podem ter um retorno muito compensador. Lembre-se que a intenção do seu conteúdo é muito mais que vender um produto ou serviço, é criar um relacionamento duradouro.

Gostou de saber como as emoções podem ajudar na sua estratégia de marketing de conteúdo? Se tiver alguma sugestão, dúvida ou história sobre o assunto para compartilhar, deixe um comentário.

Mariângela Guerra

Mariângela Guerra é psicóloga há mais de 35 anos, especializada pela USP no tratamento de ansiedade por meio de Terapia Cognitivo Comportamental. Seu objetivo é ajudar pessoas a lidarem melhor com alta pressão e ansiedade para aumentarem seu desempenho profissional e qualidade de vida.

Ebook Marketing de Conteúdo e Dados

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.