Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 25 de setembro de 2020. | Atualizado em 25 de setembro de 2020


Após realizar uma pesquisa interno, o Google concluiu que a maioria dos seus funcionários não quer mais trabalhar integralmente no escritório físico. Com o intuito de propor mais flexibilidade para os seus times, a empresa pretende oferecer um formato híbrido de trabalho.

O trabalho home office já era uma prática conhecida entre as companhias de tecnologia, visto que elas costumam oferecer um ambiente mais flexível aos seus funcionários. Devido ao distanciamento social imposto pela pandemia do coronavírus, essa modalidade de trabalho foi adotada pela maioria das empresas de todos os segmentos. De olho nas tendências do mercado, a liderança do Google considera seguir um formato híbrido após o isolamento.

No final do mês de julho deste ano, a empresa determinou a permanência do home-office para os seus 200 mil colaboradores ao redor do mundo até julho de 2021. A iniciativa leva em conta a situação dos empregados que precisam ficar em casa para auxiliar os seus filhos durante as aulas remotas.

A maioria dos funcionários do Google não quer retornar para os escritórios integralmente

Desde o mês de março com as portas dos seus escritórios fechadas, o Google cogitou a retomada as atividades presenciais no dia 06 de julho. Porém, antes de bater o martelo, a empresa optou por ouvir os seus funcionários por meio de uma pesquisa interna.

 Sundar Pichai, CEO da Google, disse em entrevista à revista Time que a maioria dos seus colaboradores não quer voltar a trabalhar em tempo integral no escritório físico. De acordo com o levantamento, 62% dos empregados da multinacional de tecnologia almejam voltar para o escritório em algum momento, mas não querem mais trabalhar presencialmente todos os dias.

Cerca de 53% disseram que queriam trabalhar em locais alternados, 15% gostariam de comparecer ao escritório somente em eventos particulares e apenas 8% demonstraram vontade de voltar a trabalhar integralmente nos escritórios. Nesse último caso, os motivos para esta escolha incluem melhores oportunidade para colaborar com a empresa e tempo para conversar e trocar ideias com os colegas de trabalho.

Trabalho híbrido é o futuro

Após o resultado da sua pesquisa, o Google decidiu estender o trabalho home office voluntário, em todos os escritórios do mundo, até o dia 30 de julho de 2021, para aquelas atividades que não requerem a presença do funcionário no escritório. Com isso, os profissionais poderão planejar com antecedência como seguirão após o isolamento social.

Também na entrevista, Pichai disse ao observar os funcionários que moram no Vale do Silício, longe de suas famílias, viajando por horas para reencontrar os seus filhos e amigos, percebeu que eles não conseguem fazer planos. Assim, sente que a empresa deveria melhorar esta situação.

O CEO acredita que estar junto presencialmente e ter um senso de comunidade entre as equipes e colaboradores é necessário para criar coisas novas e solucionais problemas considerados difíceis, logo o trabalho presencial continua sendo importante. Todavia, o executivo também crê os tempos atuais requerem mais flexibilidade e modelos híbridos.

Uma das principais características do trabalho na modalidade híbrida é a autonomia, que permite que os colaboradores definam como, onde e quando executaram as suas tarefas. A partir desse modelo, os funcionários podem optar por trabalhar na sede da empresa ou em casa, por exemplo.

No cenário atual, em que as configurações de trabalho estão passando por mudanças, é fundamental que as pessoas trabalhem em locais em que se sintam felizes, produtivas e criativas. Nesse sentido, a combinação do trabalho home office com a modalidade presencial desponta como uma alternativa para proporcionar a flexibilidade que os profissionais necessitam. Por sinal, confira neste artigo as melhores práticas para trabalhar em casa!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *