Além do marketing: em 2022, os resultados das mídias sociais serão transmitidos a outros departamentos

Neste terceiro artigo da série de posts da Rock Content em parceria com a Hootsuite, falamos com Konstantin Prodanovic, redator sênior da Hootsuite.

veja como as redes sociais vão se expandir para além do marketing em 2022

Durante a pandemia, mesmo as empresas menos preparadas foram obrigadas a confiar mais nas redes sociais como canais centrais para suas estratégias de marketing, vendas, atendimento ao cliente e muito mais.

Neste sentido, o relatório Social Trends 2022 de Hootsuite indica que 83% dos profissionais de marketing que participaram da pesquisa ​​relataram ter algum nível de confiança na quantificação do retorno sobre o investimento (ROI) de seus esforços em redes sociais, em comparação com 68% no ano passado.

Entre aqueles que se sentiram mais confiantes, 55% disseram que sua estratégia de publicidade em redes sociais estava totalmente integrada com outras atividades de marketing. Por outro lado, 48% manifestaram que usavam as mídias sociais para saber mais sobre seus clientes para, dessa forma, oferecer exatamente o que eles desejam e precisam.

O fato é que o impacto das redes sociais no marketing fez com que as organizações percebessem os benefícios que elas também podem ter em outros setores: aproveitar o valor das redes sociais para ajudar outros departamentos a se destacarem.

Por isso é uma boa ideia que em 2022 a sua marca se concentre no desenvolvimento de uma estratégia de mídias sociais que não apenas considere seus esforços de marketing, mas também tenha um impacto em outras áreas da empresa.

A pergunta é: como você pode fazer isso?

Respostas direto da fonte: uma entrevista com o redator sênior da Hootsuite, Konstantin Prodanovic

Hoje, trazemos para você o terceiro artigo da série Rock Content em parceria com a Hootsuite (se você perdeu os dois primeiros, pode lê-los aqui). Neste material você verá a nossa conversa com Konstantin Prodanovic, redator que liderou o relatório Social Media Trends 2022 da Hootsuite.

Aproveite a entrevista!

A lição mais importante para os profissionais de marketing é não tratar o tráfego orgânico e o pago como centros de produção separados na hora de implementar sua estratégia de marketing em redes sociais.

Rock Content: A pandemia de COVID-19 significou que muitas empresas tiveram que recorrer às mídias sociais para se adaptar à situação de crise sanitária. Você acha que isso também influenciou as empresas em como quantificam o ROI de seus esforços de marketing em redes sociais?

Konstantin Prodanovic: Com certeza. Muitos líderes empresariais se viram em uma posição em que tiveram que usar as mídias sociais para muitas coisas às quais não estavam acostumados. 

Elas se tornaram suas ferramentas centrais de marketing, vendas e atendimento ao cliente. Isso modificou sua percepção da utilidade comercial das mídias sociais.

RC: Este ano, testemunhamos muitas mudanças nas redes sociais. Novas redes como Tik Tok estão crescendo rapidamente e alguns profissionais de marketing comentam que o Facebook está morto. Você pensa que essas mudanças e rumores têm uma grande repercussão para os profissionais de marketing que gerenciam redes sociais?

KP: Essa é uma ótima pergunta (risos). A resposta curta: sim. A resposta longa: acho que o domínio do TikTok tem um impacto absoluto nas estratégias de marketing em redes sociais, especialmente quando se trata de segmentação e direcionamento de clientes.

O Tik Tok destruiu a ideia predeterminada de que a verdadeira utilidade da mídia social vem de seu uso como ferramenta de marketing de massa. 

Acho que estamos vendo os profissionais de marketing entenderem que há um valor crescente em usar as redes como recursos de construção de comunidades e têm como alvo os grupos de interesse mais nichados e especializados que prosperam em redes como Tik Tok.

No entanto, eu não descartaria o Facebook, pois ainda é a maior rede social do mundo. 2,7 bilhões de pessoas estão na plataforma (o TikTok ultrapassou recentemente 1 bilhão, em comparação). Ainda há muito a ganhar com um bom marketing estratégico no Facebook.

RC: Na pesquisa Hootsuite Social Trends, 65% daqueles que relataram estar “muito confiantes” em medir o ROI das mídias sociais também integraram totalmente suas estratégias pagas e orgânicas, afirmando que as duas são mais poderosas quando trabalham juntas. Podemos aplicar esse pensamento a estratégias de co-criação de conteúdo e estratégias de e-commerce?

KP: Essa pergunta é muito complicada para que minha resposta seja concisa (risos). Acredito que a maior lição para os profissionais de marketing é não tratar as ações orgânicas e pagas de sua estratégia de redes sociais como centros de produção separados. Sua estratégia de publicidade paga deve reforçar seu conteúdo orgânico e vice-versa. Portanto, quando falamos em co-criação e s-commerce (social commerce), podemos aplicar a mesma lição: mantenha suas mensagens coesas para que seus clientes tenham uma experiência coerente com sua marca.

RC: Como os KPIs de marketing (e os de outros departamentos) podem ser aprimorados por meio de métricas de redes sociais? O que podemos aprender aplicando esses dados a toda a empresa?

KP: Ótima pergunta. Acredito que o mais importante aqui é que os líderes empresariais devem pensar nas mídias sociais como mais do que apenas uma ferramenta de marketing.

Por mais de uma década, os profissionais de marketing têm se concentrado no uso das mídias sociais para aumentar o reconhecimento da marca — um pilar importante, senão o pilar central do marketing. No entanto, estamos vendo as mídias sociais se tornarem cada vez mais importantes no atendimento ao cliente, vendas e recrutamento.

RC: E como os líderes de marketing podem demonstrar valor das redes sociais para o resto de sua organização?

KP: Acho que os líderes de marketing têm um papel a cumprir para dissipar qualquer ideia equivocada que seus colegas possam ter sobre o valor da mídia social.

Parte disso significa deixar de focar em métricas de engajamento e alcance e focar mais nas redes sociais como ferramentas para coletar dados e insights: 

  • sobre o que os leads estão falando na Internet? 
  • Que tipos de solicitações de serviço você vê com mais frequência? 
  • Como os concorrentes se posicionam?

No momento em que os profissionais de marketing começarem a ajudar seus colegas a responder essas perguntas, as pessoas começarão a ver o valor das mídias sociais em outros departamentos da empresa.

RC: Como as empresas de gerenciamento de mídias sociais B2B, como a Hootsuite, podem ajudar a acelerar o crescimento de outras empresas?

KP: Em menos de uma década, as mídias sociais remodelaram completamente a forma como vivemos, trabalhamos e nos comunicamos. São os primeiros lugares que as pessoas visitam quando procuram descobrir, aprender e comprar, portanto são essenciais para construir uma marca, revelando profundos insights estratégicos e aproximando as marcas dos clientes.

De inteligência de redes sociais, impulsionando a capacidade de resposta e engajamento, até s-commerce e atendimento ao cliente baseado em IA, a Hootsuite oferece uma plataforma escalável, conhecimento profundo, parcerias sólidas no setor e uma visão ousada. Tudo isso para ajudar sua organização a fornecer experiências digitais de alto nível para seus clientes em todas as fases de sua jornada, hoje e amanhã.

RC: Esta é a primeira vez que a Hootsuite apresenta os resultados de sua pesquisa anual de tendências no formato de conteúdo interativo. Por que você decidiu seguir esse caminho?

KP: Insights são um poder. Fizemos o nosso melhor para resumir os dados da nossa pesquisa sobre cinco tendências principais com insights práticos ​​para líderes de negócios. Porém, as mídias sociais são tão grandes e estão crescendo tão rápido que é difícil cobrir todas, mesmo em um material completo como o nosso.

Há muitos insights valiosos nos dados da nossa pesquisa para qualquer pessoa que use as redes sociais como ferramenta de negócios. 

Quer você seja um planejador de mídia, estrategista de marca, proprietário de uma pequena empresa ou CMO, nosso conjunto abrangente de dados de pesquisa está lá para te ajudar a tomar decisões informadas e ter sucesso.

RC: Que outras percepções você pode destacar da pesquisa de tendências da Hootsuite?

KP: Acho que fizemos um bom trabalho extraindo os dados mais importantes da pesquisa, mas também convido as pessoas para conferir nosso blog. 

Nele, nos aprofundamos nas conversas que tivemos com especialistas de agências de criação, consultorias e redes como Twitter e YouTube para nos ajudar a agregar valor e qualidade ao relatório. 

Também podem visitar nossa conta no Twitter, onde falamos diretamente com gerentes de redes sociais e profissionais de marketing em todo o mundo sobre as nossas tendências.

Qual é o próximo passo?

Se a sua meta é ter uma marca mais forte e ousada em 2022, sugiro que você olhe para as plataformas sociais de uma forma diferente. 

É necessário inovar e para isso não faltam opções. A primeira é tornar o seu conteúdo mais criativo e estabelecer uma conversa real com seu público. Outra é buscar melhores taxas de conversão e medir o ROI de seus esforços nas redes sociais, levando esse enfoque para todos os setores da empresa.

Quer saber mais sobre o futuro das redes sociais? Leia o relatório Social Trends 2022 da Hootsuite e fique ligado para mais artigos especiais aqui no blog Rock Content.

Na próxima semana, à medida que continuamos nossa série de blog posts em parceria com a Hootsuite, discutiremos como as marcas podem atrair e reter novos compradores através de estratégias poderosas de social commerce. Até lá!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Posts Relacionados

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!