Twitter anuncia tweets recomendados para todos. Como isso afeta as marcas?

Atualizado: 08/12/2022
twitter tweets recomendados

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Se você gosta de usar o Twitter e receber suas atualizações mais recentes, já deve saber que eles estão passando por algumas mudanças ultimamente; e o feed do algoritmo é um tópico recorrente. Não por acaso, o anúncio mais recente do Twitter nos mostra que o feed de algoritmo agora é uma realidade para todo mundo – eles estão expandindo os tweets recomendados para todos os usuários.

De acordo com uma declaração da plataforma, eles “querem garantir que todos no Twitter vejam o melhor conteúdo da plataforma”, portanto, no futuro, todos receberão tweets recomendados, incluindo aqueles que talvez não os tenham visto antes.

Como você pode imaginar, mais uma vez, a notícia não foi muito bem recebida pelos usuários. Se você der uma olhada nos comentários do anúncio do Twitter, as pessoas afirmam que querem apenas ver as postagens das pessoas que seguem e querem poder definir o que acham interessante sem a ajuda do Twitter.

Isso parece um grande déjà vu, não é mesmo? Bem, quando dissemos “mais uma vez”, é porque isso já aconteceu na rede do pássaro azul no ano passado. Em outubro de 2021, o Twitter tentou mudar o feed cronológico usual para o feed do algoritmo, a fim de forçar o algoritmo para todos os usuários. Obviamente, as pessoas odiaram e pudemos ver o mesmo tipo de comentário que estamos vendo agora.

Naquele momento, o Twitter deu um passo atrás e criou o “ícone de brilho”, para permitir que as pessoas escolhessem entre dois feeds – o “Últimos tweets”, o feed cronológico com tweets apenas das contas que você segue, e o “Home”, o feed do algoritmo com tweets recomendados com base em seus interesses e comportamento, misturados com os tweets de quem a pessoa realmente segue.

Para acalmar o coração dos usuários do Twitter, no final das contas, independentemente das mudanças, o Twitter ainda quer que você use a plataforma da forma que preferir, e essa opção de feed duplo ainda está disponível, apesar da declaração recente do Twitter. Isso significa que, mesmo expandindo os tweets recomendados para todos os usuários, os usuários ainda têm a opção de navegar entre os dois tipos de feeds, sendo um deles totalmente livre de algoritmos.

O que podemos esperar do feed algorítmico do Twitter?

Desde 2016, o Twitter tenta criar um feed algorítmico, e agora parece que ele veio para ficar.

Particularmente, acredito que esse é um movimento que faz muito sentido. Quando uma plataforma de rede social opta por recomendar conteúdo, é porque eles querem que você passe mais tempo interagindo com ela – com mais conteúdo à sua disposição, você terá cada vez mais para ver e, consequentemente, gastará cada vez mais tempo nisso.

E faz todo o sentido que o Twitter (com 450 usuários ativos mensais) siga por esse caminho, já que ele está disputando sua atenção com o Instagram (2 bilhões de usuários ativos mensais) e o TikTok (1 bilhão de usuários ativos mensais), dois gigantes que já possuem um feed algorítmico.

Então, como o feed algorítmico do Twitter veio para ficar, o que podemos esperar dele daqui para frente?

Dois feeds diferentes para que os usuários possam escolher

Como mencionamos, o Twitter tem duas opções de feed – o “Últimos tweets” e o “Home”, e eles reiteram que isso não vai mudar (pelo menos não por enquanto). Para facilitar a navegação entre os dois feeds e saber qual deles você está usando, o Twitter está testando novos designs com o objetivo de melhorar a experiência do usuário.

Altos padrões para recomendações de tweets

O principal desafio do feed algorítmico, como você pode imaginar, é recomendar conteúdo relevante, saudável e autêntico. Para fazer isso funcionar, a empresa está empenhada em trabalhar em estreita colaboração com suas equipes de Saúde, Confiança e Segurança e Ética de Machine Learning para garantir que eles recomendem conteúdo de alta qualidade.

Além disso, parece que eles pretendem ser muito transparentes sobre esse assunto – a vice-presidente de gerenciamento de produtos da empresa twittou sobre seu esforço mais recente para melhorar as recomendações.

Diferentes formatos de conteúdo

No caminho para obter mais engajamento na plataforma e ter ainda mais conteúdo para compartilhar, o Twitter também está testando diferentes formatos de conteúdo, com o objetivo de criar um ambiente de compartilhamento multimídia e proporcionar às marcas e criadores mais formas de contar suas histórias.

Recentemente, eles lançaram o recurso Multimídia, permitindo que criadores e marcas enviem até 4 imagens, GIFs e/ou vídeos no mesmo tweet. Provavelmente, teremos tweets multimídia sendo recomendados muito em breve.

Um canal aberto para feedback

OK, você já sabe que os usuários poderão optar por navegar no feed cronológico se preferirem. Mas, para quem optar por explorar o feed algorítmico, ainda será possível controlar as recomendações.

Os usuários terão o poder de marcar “não estou interessado neste tweet/tópico” para os tweets recomendados, mostrando ao algoritmo que tipo de conteúdo é bem-vindo ou não. Essa única ação pode fornecer um feed cada vez mais personalizado, útil e divertido, capaz de aprender com nosso feedback (ou pelo menos assim esperamos).

E como o feed algorítmico do Twitter impacta as marcas?

Se você chegou até aqui, sei que deve estar se perguntando o que essas mudanças significam para você e para sua marca, e a resposta é que depende do seu público. Se o seu público está no Twitter, provavelmente vale a pena continuar investindo nesse canal, apesar dessas mudanças.

Olhando mais de perto, nem todas as mudanças são ruins para as marcas. O recurso Multimídia, por exemplo, aumenta o leque de opções para contar a história da sua marca e permite criar vínculos com seu público de diversas formas e formatos. Já existe muito o que explorar nisso, certo?

Além disso, o feed algorítmico pode ser polêmico neste momento, quando as pessoas parecem estar um pouco irritadas com tudo o que está acontecendo na terra do pássaro azul, mas eu diria que isso pode ser uma boa oportunidade para as marcas.

Há alguns meses, as marcas só teriam a oportunidade de aparecer no feed de alguém que não as segue se pagassem para promover o tweet – ou seja, custo! Agora, estamos falando de conteúdo relevante. O feed algorítmico abre (ou reabre?) a conversa sobre a importância de falar a mesma língua do seu público.

Do que seu público está falando? Com quais tópicos eles estão engajados e interagindo? Se você começar a falar o mesmo idioma que eles, agora você tem a oportunidade de quebrar a bolha e aparecer no seu feed – ou seja, iniciar uma conversa com eles, organicamente.

Quer continuar atualizado com as melhores práticas de Marketing? Então se inscreva na The Beat, o boletim interativo da Rock Content. Lá, você encontrará todas as tendências que importam no cenário do Marketing Digital. Vejo você lá!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.