5 regras sobre conteúdo para web que você não pode quebrar!

5 regras não escritas sobre conteúdo para web!

Ser redator não é uma tarefa fácil, concorda? Nem sempre temos o tempo que gostaríamos de investir na produção de conteúdo para web. Às vezes, temos disponibilidade para escrever, mas não encontramos as palavras suficientes para desenvolver aquele texto. Em outras situações, pode ser que tenhamos tempo e palavras, mas não conseguimos apresentar aquilo que o cliente esperava.

Mas existem algumas regras não escritas sobre conteúdos para web que podem facilitar a nossa relação com nossos próprios textos. Conheça algumas delas nesse post:

Inspiração é um fator que não podemos nos dar ao luxo

Para ser escritor de conteúdo para a web, temos que abraçar o fato de sermos especialistas em tudo. Existem vários clientes e várias demandas, sendo que cada uma delas tem a sua especificidade. Se, para cada artigo, dependermos do fator inspiração, vamos acabar limitando muito o processo criativo, o que pode nos prejudicar.

Assim, é fundamental que os redatores se baseiem em muita pesquisa e em textos de referência, para sempre apresentarem um material bem fundamentado. Estar preparado para escrever sobre qualquer assunto é um grande diferencial para os redatores.

Na internet, nada se perde e nada se cria, tudo se transforma!

Ninguém escreve exatamente da mesma maneira que outra pessoa. Cada um possui experiências diferentes, conta suas histórias de uma forma distinta e gosta de expor seus pensamentos de uma forma única.

Então, usar textos de referência para criar seus próprios textos é uma ótima forma de criar conteúdo. Porém, tome cuidado com plágios e tenha sempre em mente que você deve dar o seu toque ao texto, adicionando suas opiniões e suas particularidades ao material. Criar conteúdo 100% original é o que diferenciará você dos demais redatores. Vale lembrar que a internet está repleta de textos duplicados e isso não é algo que chame a atenção dos leitores. Seja único e diferenciado.

A prática não leva à perfeição, mas te ajuda muito na desenvoltura

Você pode ter certeza de que ninguém nasce dominando a arte da escrita. Algumas pessoas têm mais facilidade que outras, mas escrever é uma habilidade que pode – e deve – ser treinada.

Quanto mais textos você escrever, mas facilidade terá para organizar suas ideias e para arranjar as palavras da melhor maneira possível. Por isso, para se tornar um redator, é preciso praticar muito e tentar avaliar os textos antigos, detectando erros e acertos, para traçar um linha de evolução.

Mantenha uma boa relação com os seus revisores

Essa regra pode não parecer muito séria, mas acredite, ela pode influenciar bastante no momento da avaliação dos seus textos. A maneira com a qual você lida com os feedbacks, comentários e correções pode influenciar nas próximas revisões, então, tente manter uma relação sempre profissional e tranquila.

Tenha sempre em mente que os revisores são os filtros entre você e o seu cliente. Portanto, eles são membros muito importantes do processo criativo. Manter uma relação saudável com os revisores é uma dica que pode ser simples para alguns, mas que pode ajudar a constituir um de seus diferenciais no mercado.

Atente-se aos erros de gramática!

Ok, eu admito: essa regra não é uma das “regras não escritas”, mas ela deve ser destacada sempre que possível. Erros de gramática minam a sua autoridade como autor. Os leitores que identificam erros começam a se preocupar mais com a correção do texto do que com o seu conteúdo.

Por isso, sempre que terminar de escrever, pare por cerca de 15 minutos, volte ao texto e faça uma revisão criteriosa, pois você terá maiores chances de identificar os seus erros. Utilizar editores de texto que têm corretores gramaticais também é interessante para facilitar o processo de identificação dos erros.

E ai, gostou de conhecer estas dicas? Se você souber de mais alguma “regra não escrita” sobre a vida de um redator, compartilhe com a gente!

ebook-para-redator-freelancer

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Entenda como fazer um pitch de pauta completo!

alt Natália Martins
mar 12, 18 | Leitura: 15min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.