A importância de estratégias de vídeos para vender produtos

vídeos para vender produtos

Você já pensou em produzir vídeos para vender produtos? Saiba que com a transformação que a internet trouxe para a vida das pessoas muitas oportunidades surgiram, principalmente no que diz respeito a atrair clientes por diferentes mídias. Os vídeos são uma delas.

Se antes as propagandas eram feitas somente nas rádios e na televisão, hoje são mais do que pertinentes na web e nas redes sociais. Nesse cenário, destacamos que quando se trata dos vídeos, a tendência é que as pessoas se concentrem mais e prestem mais atenção, visto que o estímulo visual é muito poderoso quando usado de forma correta.

Preparamos, então, este conteúdo para você entender um pouco sobre o quanto é importante investir em estratégias de vídeos para vender mais, independente do seu mercado de atuação. Continue acompanhando o texto conosco!

Quais são os melhores vídeos para vender produtos?

Para começar, criamos uma lista para destacar os tipos de vídeos que podem gerar um bom resultado ao divulgar um produto ou uma marca. Vamos falar sobre 3 opções que consideramos ideais para esse objetivo.

1. Vídeo institucional

Quando falamos de vídeos institucionais, naturalmente há uma pegada publicitária forte nesse formato, mas é possível criá-los com um toque da modernidade atual, trazendo algo simples e que transmita a uma mensagem de forma objetiva e que seja fácil de ser entendida e lembrada.

Utilizar esse tipo de vídeo pode ser uma boa alternativa para fixar a marca na cabeça do consumidor, obviamente que, utilizando o foco no produto. Esse tipo de ação combina muito bem com as redes sociais, principalmente para quem deseja investir em mídia paga.

2. Vídeo explicativo

Os vídeos explicativos podem ser muito bem utilizados para demonstrar como utilizar um produto, ou então para enfatizar como ele pode ajudar a resolver as dores e solucionar os problemas dos potenciais clientes. Obviamente que esse tipo e vídeo também deve ser simples, de forma que cative as pessoas e prenda a sua atenção do início ao fim.

Nas redes sociais eles podem ser uma ótima forma de apresentar o produto, sendo divulgado sempre que possível para despertar o interesse dos usuários que estão navegando e precisam de alguma solução que se encaixe no seu mercado de atuação.

3. Histórias de sucesso e cases

Outra estratégia muito boa é o que chamamos de produzir vídeos para contar as histórias de sucesso. Dessa forma, será possível mostrar que não é somente a empresa que vende o produto que é bem-sucedida, mas também os seus clientes.

Sabemos que nos dias de hoje, imparcialidade é tudo e produzir vídeos dessa maneira mostra o quanto um produto é bom na visão do consumidor e não de quem está vendendo. Com esse tipo de vídeo, é possível escalar também o processo de ajudar os consumidores indecisos que precisam de alguma indicação para fechar o negócio.

Esse é um tipo de vídeo muito bem aceito no meio digital, visto que serve tanto para quem está pensando se tornar um cliente quanto para quem já é um consumidor e precisa de segurança para saber se tomou a decisão certa.

Por que os vídeos ajudam a vender mais?

Agora que você já conheceu 3 dos mais importantes formatos de vídeos, vamos falar um pouco mais sobre os motivos que justificam a ideia do porquê eles ajudam a vender. Confira abaixo a lista que preparamos.

Tem foco no cliente

Sabemos que antes de comprar qualquer coisa, as pessoas realizam pesquisas na internet simplesmente para entender o que elas precisam ou então para saber qual é o melhor produto que vai ajudar a resolver o seu problema.

Sendo assim, é preciso que as empresas trabalhem para oferecer um conteúdo que tenha foco no cliente. Tendo em vista esse cenário, podemos apontar os vídeos como um dos formatos preferidos de todos, visto que ele por si só é muito mais interessante que um simples texto, por exemplo.

Facilidade para compartilhar

Outro motivo interessante, mas que às vezes não é percebido, está na facilidade em compartilhar vídeos, principalmente quando estes estão nas redes sociais. Pare por um momento e pense quantas vezes você compartilhou vídeos e quantos vezes fez isso com outros conteúdos. Podemos apostar que os vídeos foram bem mais!

Afinal, compartilhar vídeos é muito mais fácil e rápido, basta assistir, gostar e clicar em um botão. Pronto, já foi compartilhado com todos os seus amigos.

Ou seja, quando a empresa investe em vídeos, que sejam estratégicos para vender os produtos, as chances do seu conteúdo alcançar ainda mais consumidores é muito maior, pois o poder de alcance torna-se gigantesco por essa facilidade de viralização.

Grande apelo visual

Outro motivo importante está no apelo visual, que deixa a “linguagem” do vídeo muito mais atraente que outros conteúdos. Com os vídeos fica muito mais fácil dar um exemplo ou explicar algo para quem está assistindo, quando comparamos aos textos, por exemplo.

Isso acontece pois o conteúdo do vídeo geralmente possui imagens e narrativas, que é algo muito mais atraente para as pessoas. A leitura também tem o seu valor, mas exige uma concentração e um foco muito maior.

Alta adesão do Google

Por fim, trazemos aqui o fato de que o Google tende a favorecer os conteúdos em vídeos em suas pesquisas, pois a sua estrutura favorece a exibição desse tipo de conteúdo. Até porque o Youtube, principal rede de compartilhamento de vídeos, é uma de suas ferramentas.

Isso facilita muito as coisas, visto que é possível focar os vídeos em palavras-chave que sejam pertinentes para o produto, favorecendo a sua posição nos resultados dos mecanismos de busca.

Podemos concluir, que não tem como dar errado apostar nos vídeos quando se trata da internet, um ambiente totalmente favorável para pesquisas em que o consumidor está buscando informações a todo tempo.

Mais do que isso, entenda que utilizar vídeos para vender produtos ajuda a fortalecer qualquer marca, incrementando a sua reputação entre os consumidores, algo essencial para quem vende pela internet!

Deseja seguir o aprendizado? Conheça agora o nosso dossiê completo do audiovisual no Brasil!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

6 dicas de testes A/B para copywriters

alt Raphael Alves
out 11, 21 | Leitura: 7min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.