Walter White e a fórmula para se fazer um post perfeito

Walter White e a fórmula para se fazer um post perfeito

É difícil imaginar alguém que testemunhou a evolução da personagem Walter White em um dos melhores seriados já feitos, e não sinta falta de acompanhar a sua história, sua luta contra o câncer, e seu processo enquanto se tornava mal (Breaking Bad).

Walter é um dos personagens mais complexos e bem escritos da televisão e mesmo se mostrando uma pessoa ruim conseguiu conquistar até o mais íntegro e gentil telespectador. Mesmo cometendo algumas atrocidades como assistir à namorada do seu parceiro morrer ou envenenar uma criança, ele conseguia arrancar os nossos aplausos e nossa torcida.

Walter nos ensinou muitas coisas durante esses 5 anos que viveu entre nós (ou uma semana, dependendo de quando você começou a assistir a série), e elas transcendem as mais obvias como: passar por cima de tudo e de todos para conquistar os seus objetivos, questionar se realmente escolhemos a carreira correta para nós, mentir para quem amamos, não saber a hora de parar, entre outras.

Essas lições me fazer questionar um pouco o porquê eu admiro tanto a personagem (e espero que a você também), mas Walter me deu uma lição a mais, algo que não tinha identificado até hoje, ele nos deu a fórmula para um post 99.1% puro. E agora, eu compartilho com vocês, sem meia medida:

gifbreakingbed01

Planeje tudo antes de executar

Muitas vezes temos a mania de ler sobre o tema, sentar e, simplesmente, começar a escrever. Mas Walter, no ápice da sua maldade no final da quarta temporada, mostra que ter tudo planejado faz toda a diferença.

Pense no que você escreverá, qual será o desfecho, como seu post será estruturado, quais serão seus intertítulos, e depois comece a escrever. Já pensou se Walter não tivesse planejado cada detalhe do seu plano?

Enquanto “tio” tocava sua agoniante campainha todos ficamos apreensivos pensando que a bomba poderia falhar. E realmente, se falhasse, tudo estaria perdido.

Se o plano de Walter fosse um post planejado antes de execução, ele provavelmente já teria determinado o título “X passos para acabar com o Império de Gus Fring” e já saberia os seus intertítulos: “conheça o inimigo”, “envenene uma criança”, “manipule o seu parceiro”, “exploda um cadeirante”, e por fim usaria o CTA “está pronto para assumir o império? Compartilhe suas dúvidas”.

Tudo planejado, evitando qualquer falha, qualquer brecha. Não espere você chegar no CTA para perceber que esqueceu informações importantes para o seu post.

gifbreakingbed02

Crie sua própria fórmula

Resumindo essa lição: seja você. Ninguém conseguia fazer um produto tão puro quanto o dele, muitos tentaram imitar, mas a fórmula do Walter (Walter’s formula) só era produzida por ele.

Desenvolva o seu estilo, crie uma característica única para os seus posts que as pessoas baterão o olho e saberão: “esse texto é do fulano”. Crie a sua marca registrada, assim como a fórmula do Walter era a única azul, os seus textos podem ter características próprias.

Por exemplo, o redator que vos fala encontrou seu estilo para o blog criando metáforas entre escrita para web e seus redatores com super-heróis ou vilões, no caso de hoje alguém que consegue ser ambos. Portanto estabeleça o seu território e não invada o dos outros. Não queira ser mais um refrigerante de cola genérico. Seja uma legítima Coca!

gifbreakingbed03

Não escreva enquanto houver uma contaminação

No excelente episódio “Fly”, Walter nos ensina uma valiosa lição. Apesar de ser um aprendizado advindo de um provável surto psicótico causado pela metástase do seu já avançado câncer, ainda sim é muito valioso.

Walter se recusa a cozinhar sua metanfetamina enquanto a contaminação que aplacava o seu laboratório não fosse contida. Embora fosse apenas uma mosca, ela poderia comprometer todo o trabalho (ou não, mas pelo menos é o que ele nos faz acreditar).

Adicione isso à sua fórmula ao escrever. Não escreva com nenhuma contaminação no seu laboratório, nada que possa comprometer a sua concentração ou afetar a sua produtividade. Pode ser um facebook aberto, uma mãe que não entende que você trabalha de casa (ah a vida de freela), uma obra insuportável, ou até mesmo, uma mosca (se for suficiente para atrapalhar o seu ambiente de trabalho).

Cada um é cada um, e as contaminações podem variar bastante, mas o certo é, se você quiser produzir um post 99.1% puro, contenha a contaminação.

gifbreakingbed04

Faça um produto puro

Quando Walter conhece Jesse, o jovem já cozinhava metanfetamina, porém com uma receita peculiar onde adicionava pó de pimenta. Mr. White chega e corta isso logo de cara, afinal, queria produzir um produto quimicamente puro.

Muitas coisas podem tirar a pureza do seu texto e deixá-lo com ar de amador. Erros de português, achismos e estatísticas e informações sem referência nenhuma, por exemplo, podem manchar o seu texto. Não tenha medo de pesquisar para garantir a veracidade da sua escrita, você pode se surpreender! (“yeah Science”).

breakingbad

Seja quem bate à porta

Um cara pesquisa alguma coisa no Google e logo clica no primeiro link que aparece na página. Você acha que esse cara sou eu? Eu sou o link clicado! Portanto, Walter nos ensina a fazer um produto tão bom, a ser alguém tão importante que será o primeiro na busca orgânica do Google. E, se o seu post é uma legítima Coca, você conseguirá.

Para isso, você precisa ser como ele, saiba usar muito bem as suas palavras-chave. Mr. White faz isso como ninguém e garante os primeiros resultados para diversas palavras como: “I am the danger”, “I am the one who knocks”, “blue meth” e, claro, “pizza no telhado”.

Além de escolher muito bem as palavras, Walter sempre produzia um ótimo conteúdo. E, se conteúdo é rei, bem-vindo ao “Empire Business” (opa, outra palavra que ele está em primeiro. Sim, eu conferi), e queira sempre estar no topo.

gifbreakingbed05

“Say my name”

Heisenberg. Walter soube escolher muito bem o seu codinome, um título marcante e que era reconhecido onde quer que ele passava. No episódio “Say my name” isso fica bem claro, o temor e o respeito do distribuidor, ao assimilar Walter ao seu codinome. O post perfeito exige isso, um bom título, que imponha respeito e que as pessoas escutem e logo assimilem a um ótimo conteúdo.

gifbreakingbed06

Acaba quando você diz que acaba

É assim que Walter mostra ao seu advogado criminal que está no controle. E é assim também no seu post, você tem que saber a hora certa de acabá-lo, e isso acontece na hora que você quiser. Portanto, faça um bom CTA, afinal um post perfeito exige isso. Gere o desejo no leitor de continuar interagindo com seu post, ele precisa se viciar no seu conteúdo e continuar consumindo o seu produto.

gifbreakingbed07

Pronto para criar a sua própria fórmula para posts perfeitos? O que mais você acha que Mr. White adicionaria à essa fórmula?

[su_button url=”#comments” background=”#FA9A41″ size=”7″ center=”yes” icon=”icon: comment-o”]Participe da discussão![/su_button]

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail
André Mousinho
Autor

André Mousinho

Especialista em Marketing de Conteúdo e SEO na Rock Content

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Aprenda a fazer testes em chamadas de redes sociais

alt Redator Rock Content
set 22, 18 | Leitura: 5min

Respondemos 10 dúvidas frequentes do uso do Objeto Direto

alt Samanta Jovana
fev 9, 18 | Leitura: 10min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.