Por Kellison Ferreira

Publicado em 13 de outubro de 2019. | Atualizado em 13 de fevereiro de 2020


A Bluehost é um serviço de hospedagem para sites em WordPress voltado para projetos de médio porte. Com boas opções de funcionalidades e com a chancela da própria WordPress, os serviços da empresa têm se destacado no mercado, especialmente pelo bom custo-benefício.

Encontrar uma boa hospedagem é sempre uma tarefa que vem acompanhada de pesquisas, comparações e a busca por muitas informações.

Se você se aprofundou no assunto ultimamente, deve ter lido ou ouvido falar sobre a Bluehost; uma alternativa que já figura entre as mais sólidas no mercado, aliando vantagens, funcionalidade e um custo-benefício atrativo.

Quem usa o WordPress, sabe o quanto é necessário ter uma hospedagem capaz de tornar o trabalho mais fácil no cotidiano. As alterações da configuração do site e o fluxo de postagens precisam estar associados a comandos simples e que exijam conhecimento básico.

A Bluehost está em alta e, nest post, você entenderá:

Continue a leitura e confira!

 

O que é Bluehost?

A Bluehost é um serviço de hospedagem de sites que tem ganhado grande visibilidade no mercado nos últimos anos, especialmente por sua avaliação positiva por conta de sites especializados.

É difícil encontrar algum portal ou post de blogs do segmento que avaliem mal o serviço. A razão para isso é simples: ele realmente é muito completo.

O primeiro ponto de destaque da Bluehost é o fato de ser uma hospedagem voltada para sites em WordPress. Portanto, se você trabalha com essa plataforma CMS, vale a pena considerar a oferta da empresa nos seus projetos.

O que ajuda a reforçar a Bluehost como uma ótima opção é o fato de que o próprio WordPress recomenda o serviço!

hospedagem bluehost

A Bluehost é como qualquer outra hospedagem de sites, mas para o WordPress.

O usuário precisa escolher seu domínio e depois acessar a Bluehost por meio de seu dashboard do WordPress.

O serviço garante que a infraestrutura do site ou blog esteja em um local online, ou seja, em um servidor, e então funcione plenamente.

Base no Brasil garante atendimento otimizado

Em meio a todo seu crescimento e uma base de usuários gigante, a Bluehost avançou com sua expansão de negócios e tem um escritório no Brasil.

Isso confere mais agilidade e dedicação no atendimento, serviço que é extremamente importante para usuários de qualquer nível.

Data center in-house

Um dos principais diferenciais da Bluehost é o seu data center em formato in-house. Isso significa que toda a infraestrutura tecnológica da empresa é integrada à sede.

Assim, da gestão à operação, todas as áreas importantes estão no mesmo local, o que dinamiza muito o trabalho.

Na prática, nessa construção in-house, a equipe de suporte está no data center, ou seja, qualquer problema de instabilidade com o site de um usuário pode ser rapidamente resolvido.

Nessa situação, considerando a operação da empresa, há menos ordens de ações e mais interferência direta, já que os servidores estão no mesmo local da equipe de suporte.

 

Quais os serviços ofertados pela Bluehost?

Com a proposta de ser um serviço de hospedagem para projetos de pequeno e médio porte, como sites institucionais, blogs e e-commerce com menor volume de acessos, a Bluehost é capaz de garantir uma ótima seleção de serviços.

Dos mais básicos aos que se destacam, veja a seguir os principais que separamos para você conferir!

Domínio gratuito

Para começar bem, a Bluehost oferece o domínio gratuito para o site do usuário. Como a contratação de um novo serviço requer investimentos, principalmente se for o início de um novo projeto, ter um domínio sem custos é muito positivo.

O serviço não cobra nada para registrar o site no primeiro ano, requirindo o valor apenas após os 12 primeiros meses de contrato.

Suporte 24/7

A Bluehost também garante que seus usuários tenham total apoio se precisarem sanar dúvidas ou, até mesmo, enfrentar problemas técnicos.

O suporte da empresa funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana, e o acesso é muito simples, por meio de um chat.

A organização de tickets é simplificada, o que garante que cada demanda seja solucionada com muita rapidez.

Caixa de email

O email é fundamental para qualquer site, especialmente, porque é um canal ainda muito básico e procurado pela maioria das pessoas que usam a web.

Com o plano mais básico da Bluehost, você começa com cinco contas de email disponíveis para usar. O endereço, naturalmente, leva o domínio que você registrou, deixando a apresentação mais profissional e com maior credibilidade.

SSL grátis

Segurança é um ponto de extrema importância e que é encarado exatamente dessa forma pela Bluehost. Por isso, o serviço de hospedagem tem incluído, gratuitamente, o certificado SSL, o que pode ser ainda mais atrativo se o uso em questão for para lojas virtuais.

Usuários tendem a se sentir mais seguros quando visualizam o ícone do cadeado na barra de endereços!

Ampla customização de páginas

Além de ser um serviço de hospedagem, a Bluehost também oferece ferramentas para a construção de sites, todas bem acessíveis e simples.

Esse criador funciona de maneira intuitiva, o que ajuda até mesmo iniciantes a construir sites completos, usando modelos oferecidos já prontos e tornando a experiência dinâmica.

 

Quais as vantagens e desvantagens de utilizar a Bluehost?

Bem, você pode ter chegado até essa parte do post ainda com dúvidas se a Bulehost vale a pena. Então, vamos tentar deixar sua compreensão ainda mais fácil.

A seguir, confira uma lista com as principais vantagens e algumas desvantagens que o serviço apresenta!

Vantagens

Os pontos mais positivos dos serviços da Bluehost que precisam ser destacados são:

  • o tempo médio de atividade da conexão dos sites é de 99,99%;
  • a Bluehost está entre os cinco melhores tempos de carregamento de página (398ms);
  • os preços estão entre os melhores do mercado (o plano mais básico começa em US$2,75/mês);
  • as opções de integração com apps e plataformas de e-commerce são extensas;
  • a Bluehost é a recomendação número um da própria WordPress.

Desvantagens

Mesmo com tantos pontos positivos, vale a pena prestar atenção a desvantagens, como:

  • os preços de renovação de planos aumentam;
  • nenhum plano conta com migração gratuita e ela custa US$149,90;
  • apesar da boa média de tempo de atividade da conexão, não há garantia em contrato.
 

Como criar um site na Bluehost?

Sites, blogs e e-commerces de médio porte são os melhores projetos que podem ser hospedados pela Bluehost.

O serviço garante a qualidade de navegação, a estabilidade e a experiência de uso quando a exigência é nesse nível.

Se você se interessou pelos serviços da Bluehost e quer criar seu site agora mesmo, veja, a seguir, um passo a passo descomplicado!

Escolha um plano

Primeiramente, vá até a página da Bluehost para assinar um plano. Você precisa encontrar um modelo de contratação que atenda bem ao que você necessita para cuidar do seu site.

Por lá, você encontrará três opções: basic, plus, choice puls e pro.

planos da bluehost

Naturalmente, cada uma delas tem uma oferta de serviços, o que vai definir qual será o preço pago mensalmente. Não deixe de checar detalhadamente o que os diferentes planos oferecem. Assim, você fará uma escolha que atenda a todas as suas necessidades.

Defina seu domínio

Com o plano definido, é hora de escolher o seu domínio. Geralmente, o nome da empresa ou, até mesmo, do blog serão escolhidos para estar no endereço da sua página na web.

No entanto, não se esqueça de que é fundamental que esse nome esteja disponível, ou seja, não tenha sido usado por ninguém ainda.

Além da escolha do nome do seu site, o domínio também precisa ser definido entre “.com” ou “.net”, outra decisão que compete a você.

Nesse momento, é possível testar os nomes que você preferir, checando a disponibilidade de cada um antes de decidir o seu domínio final.

Cadastro e login

Agora, é a hora em que você começa a informar seus dados para a Bluehost, concretizando sua escolha de plano e domínio. Serão solicitadas algumas informações básicas, a fim de cadastro, como:

  • nome;
  • endereço;
  • nome da empresa;
  • dados de contato (telefone e email).

Esses serão seus dados de registro de conta na Bluehost. Você pode trocar alguns deles a qualquer momento, como o endereço. De início, é fundamental preencher todas essas informações com exatidão, até para fins de cobrança.

Customize seu pacote

Por mais que você tenha escolhido um plano que tenha serviços definidos e que formam o preço de cobrança, ainda é possível inserir algumas funcionalidades adicionais.

Naturalmente, muitas delas têm um valor de cobrança extra, com tudo devidamente indicado na hora de customizar seu pacote.

Você verá uma lista de caixas para serem marcadas e, em cada uma delas, há o nome do serviço que você pode escolher, a discriminação do que ele agregará e o valor de cada adicional.

Entre as opções de seleção você verá:

  • duração do plano (12, 24 ou 36 meses);
  • proteção de privacidade de domínio;
  • backup pro;
  • otimização em SEO:
  • apps do Google.

Registre o pagamento

Tudo definido? Então, é hora de inserir seus dados de cobrança. Nesse caso, trata-se das suas informações de cartão de crédito, as básicas necessárias para que a Bluehost emita mensalmente, de forma automática, a cobrança pelos serviços.

Instale o dashboard do WordPress

Com o serviço contratado, é hora de instalar o dashboard do WordPress. Para isso, basta logar na página da Bluehost, selecionar “hosting login”e inserir suas informações, como domínio e senha.

Logo acessado, você estará no painel principal da Bluehost. Então, precisará localizar a opção “cPanel” e, após clicar sobre ela, visualizará o logo do WordPress, que deve ser selecionado.

Após isso, basta clicar em “start” na janela que aparecerá e seguir os próximos passos de instalação do dashboard do WordPress, incluindo suas informações de domínio, que serão solicitadas. As etapas são bem intuitivas e você não encontrará dúvidas mais complexas para concluir o processo.

Agora que você já entende as funcionalidades da Bluehost, assim como as vantagens e desvantagens, avalie o que seu site, blog ou e-commerce precisa e tome a decisão em relação a essa hospedagem.

E, se você ainda quer avaliar outras opções, não deixe de ler nosso conteúdo com 6 boas opções de hospedagem gratuita!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *