Afinal, como funciona o modelo B2B SaaS? Aprenda agora mesmo!

O acesso à infraestrutura virtualizada do modelo B2B SaaS acontece tanto por meio de uma interface da web quanto por meio de aplicativos móveis e desktop, o que viabiliza alta disponibilidade, escalabilidade e confiabilidade às informações e processos realizados pelos usuários no software.

B2B SaaS

    O modelo B2B SaaS — Software as a Service for Business to Business — baseia-se no oferecimento de funcionalidades e recursos para automação de tarefas, digitalização de processos, gestão de informação e outras rotinas que rodam na nuvem — cloud. Logo, empresas criam infraestruturas SaaS para vender a capacidade de acesso e todos os recursos disponíveis no software a outras empresas.

    A contratação dos serviços no modelo SaaS B2B pode ser feita on-demand, ou seja, conforme a necessidade da empresa. Já o seu o pagamento acontece de forma recorrente, geralmente em uma frequência mensal ou anual. Suas vantagens abrangem maior flexibilidade, facilidade de atualização e suporte, acessibilidade, baixo custo (se compararmos com infraestruturas legadas). Neste artigo, você confere um pouco mais sobre o modelo B2B SaaS. Veja a seguir:

      Como funciona o SaaS B2B?

      SaaS é um software oferecido e gerenciado remotamente por um ou mais de seus fornecedores, que detêm servidores, banco de dados e infraestruturas que permitem acesso aos recursos da solução por meio de uma conexão com a internet.

      Logo, os usuários também podem acessar e usar o software de quase todos os dispositivos, desde que ele seja integrado a uma infraestrutura principal. As funcionalidades de um Software as a Service destinado ao mercado corporativo variam conforme a necessidade, mas é possível usá-lo como:

      • Customer Relationship Management (CRM): permite o gerenciamento das informações dos clientes e o acompanhamento das vendas;
      • Enterprise Resource Planning (ERP): efetiva a gestão de processos do negócio;
      • gerenciador financeiro e fiscal;
      • gerenciador de projetos;
      • sistema de Recursos Humanos: possibilita o acompanhamento de rotinas relacionadas à gestão de pessoas nas empresas;
      • repositório de dados: suporta processos em todas as fases do ciclo de vida da informação.

      Por que esse modelo vale a pena?

      A adoção de um modelo de negócios SaaS, em vez de instalações legadas, é benéfica tanto para o provedor quanto para o usuário final. Veja algumas vantagens a seguir.

      Facilidade de uso

      O modelo B2B SaaS é mais simples, funcional e não demanda recursos legados de sistema — quando o software é instalado em um dispositivo ou hardware, está sujeito a interações prejudiciais com outras aplicações, é mais vulnerável a invasões e a erros de sistema operacional. Já o SaaS dispensa completamente qualquer demanda de instalação para acesso aos recursos do produto.

      Custos mais baixos

      O SaaS é mais barato do que o software tradicional, principalmente pela execução em uma única infraestrutura. Além disso, como as plataformas SaaS são distribuídas por assinatura, as taxas de licenciamento demandadas no formato legado podem ser dispensadas, o que também reduz os custos do modelo.

      Previsibilidade de receita

      Modelos por assinatura favorecem o pagamento em recorrência, o que aumenta a previsibilidade de receita e a facilidade na gestão de custos das empresas que oferecem o serviço. Para as empresas contratantes, o SaaS permite maior controle de custos, uma vez que a atualização e manutenção da infraestrutura é responsabilidade do provedor. Além disso, ele permite que os clientes aumentem ou diminuam os custos conforme o uso.

      Flexibilidade e escalabilidade

      O SaaS também é mais flexível, tanto em relação aos custos (que aumentam conforme o uso e não tem taxa de adesão) quanto em razão de suas funcionalidades, já que a infraestrutura virtualizada oferece possibilidades de personalização dos recursos disponíveis.

      Essa capacidade de atualização e a flexibilidade do sistema também favorecem a escalabilidade, ou seja, pode ser dimensionada conforme uma demanda específica ou em função do crescimento da empresa contratante.

      Adaptabilidade

      Geralmente, o uso do SaaS é liberado logo após uma rápida inscrição do usuário. Alguns softwares têm mais camadas de segurança, como autenticação multifatorial disponibilizada por e-mail ou SMS. De qualquer forma, a adaptabilidade é um requisito provido pela alta disponibilidade de rede e a possibilidade de acessar a infraestrutura e usufrui de seus recursos em qualquer horário e de qualquer dispositivo.

      Facilidade de atualização e suporte

      Muitas empresas oferecem o modelo SaaS B2B sem comprometer o tempo de atividade do sistema durante as atualizações do produto. Além disso, o suporte é mais fácil, imediato e irrestrito (24 horas, 7 dias por semana) e ainda suporta avaliação gratuita, o que pode aumentar o nível de satisfação dos usuários.

      Opções de pagamento flexíveis

      Clientes de SaaS podem se inscrever para usufruir os serviços por um período específico, geralmente quinzenal, mensal, semestral ou anual e, conforme falamos, isso permite controlar melhor as despesas operacionais. Além disso, os usuários podem interromper a assinatura a qualquer momento, sem comprometer a capacidade da infraestrutura.

      Quais empresas são referência no B2B SaaS?

      O modelo SaaS B2B para o fornecimento de serviços às empresas é mais tradicional do que imaginamos. Algumas empresas são renomadas, como você pode conferir a seguir.

      Google

      O maior nome de SaaS é, sem dúvida, o Google, com inúmeros produtos focados em pesquisas, colaboração, produtividade, criação de documentos, análise digital, videoconferência, entre outros. Podemos citar como exemplo o Google Drive, o Google Forms, o Google Docs, o Google Analytics e o Google Hangouts Meet.

      Microsoft

      A Microsoft tem uma infraestrutura 95% focada no mercado B2B. O Microsoft Cloud Solution Provider (CSP), por exemplo, foi criado em 2014 e permite a revenda de serviços como o Office 365 e o Azure.

      DocuSign

      A DocuSign é uma empresa de assinatura eletrônica em ascensão constante, com um impressionante histórico de vendas diretas, mas também com um programa de revenda que garantiu escala para o negócio. A empresa automatizou o programa de parceiros e permitiu a distribuição do DocuSign por meio de um catálogo de rede que alcançou o mercado global.

      Salesforce

      Lançado em 1999, a empresa Salesforce também se tornou referência no modelo B2B e potencializou a sua capacidade de atendimento no mercado por meio do AppExchange, um grande ecossistema com 3.400 aplicativos e componentes da marca com capacidade para crescer seis vezes mais que a própria empresa.

      Dropbox

      Lançada em 2007, a Dropbox, empresa de armazenamento em nuvem, é um negócio de sucesso que abrange usuários finais e pequenos negócios. Com uma oferta de participação de 500 MB de armazenamento gratuito, a empresa cresceu rapidamente com milhões de registros em poucos meses e alta capacidade de atendimento da demanda.

      Marketing no Linkedin

      Slack

      O Slack foi fundado em 2012 e, desde então, está em constante crescimento. A empresa, cujo modelo de serviço é baseado na comunicação digital e na gestão de projetos para equipes de trabalho, aumentou ainda mais o seu faturamento com a pandemia causada pela Covid-19. Sua base de usuários recorrentes garante uma receita anual de cerca de US$ 100 mil. Isso porque a empresa tem uma taxa de conversão altíssima de clientes gratuitos para clientes pagantes, mas oferece um modelo freemium que agrega valor desde o cadastro inicial.

      Adobe

      A Adobe é famosa por seu portfólio de produtos e serviços em mídia digital, Marketing Digital, impressão e software de edições. A empresa conta com mais de 50 produtos de referência no mercado (Adobe Photoshop, Adobe Illustrator, Adobe InDesign, Adobe Dreamweaver, Adobe Photoshop Lightroom, por exemplo). A Adobe também tem uma alta taxa de satisfação e presença de mercado.

      MailChimp

      Fundada em 2001, a Mailchimp é uma plataforma de marketing líder para pequenas empresas. A empresa possibilita que os seus usuários configurem o envio automático de emails e a segmentação da sua base de contatos por meio de soluções de Email Marketing, email transacional, automação de marketing, entre outros (Mailchimp, Mandrill, Mailchimp All-in-One Marketing Platform, TinyLetter, por exemplo).

      SurveyMonkey

      Usar feedbacks e dados precisos para operar mudanças em uma estrutura de negócios é a melhor forma garantir mais eficiência. A SurveyMonkey é um provedor de pesquisas baseado na web que atende empresas de todos os tamanhos e ajuda gestores diariamente em suas tomadas de decisão. As categorias de formulário online variam conforme a demanda do usuário, mas pode abranger pesquisas individuais tradicionais e pesquisas de mercado.

      HubSpot

      A HubSpot alcançou status global na gestão de relacionamento com clientes por meio da sua plataforma de CRM. A solução SaaS B2B favorece processos como atração, nutrição e análise de leads e clientes que integram as bases de contatos das empresas.

      Por isso, a empresa também atua com foco em automação de marketing, CRM, gestão de desempenho de vendas, help desk e ainda oferece inúmeros cursos de certificação digital. Por meio de ferramentas como HubSpot, HubSpot CRM, HubSpot Sales, HubSpot Service Hub, HubSpot Academy, a empresa tem ganhado dimensão e importância no mercado.

      Como você pode ver, o modelo SaaS B2B pode ser destinado a inúmeros segmentos e projetos, favorecendo rotinas de trabalho e processos desde o gerenciamento do relacionamento com o cliente e a gestão de projetos até o controle de produtividade e a autenticação de assinaturas digitais.

      Agora que você sabe o que é o B2B SaaS, conhece algumas empresas famosas que atuam com esse modelo de negócios e sabe a importância desse tipo de ferramenta para o mercado, veja como criar estratégias de marketing para SaaS e potencialize a capacidade do seu projeto!

      Compartilhe
      facebook
      linkedin
      twitter
      mail

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!