Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 10 de julho de 2020. | Atualizado em 16 de setembro de 2020


O cálculo de turnover é um indicador que aponta quanto custa para o negócio a saída de um funcionário, sendo uma informação relevante para a competitividade no mercado de trabalho. Assim, esses indicadores de RH trazem informações importantes para a gestão de uma empresa. Quando a troca de colaboradores é uma necessidade constante dentro da […]

O cálculo de turnover é um indicador que aponta quanto custa para o negócio a saída de um funcionário, sendo uma informação relevante para a competitividade no mercado de trabalho. Assim, esses indicadores de RH trazem informações importantes para a gestão de uma empresa.

Quando a troca de colaboradores é uma necessidade constante dentro da agência, é preciso prestar atenção no que está acontecendo e identificar os motivos do alto número de saídas. Com essa verificação, a gestão consegue manter seus talentos por mais tempo e qualificar o serviço, colhendo bons resultados.

Neste artigo, vamos conhecer mais detalhes sobre o turnover e entender por que esse indicador é importante para o seu negócio. Passaremos pelos seguintes tópicos:

  • O que é turnover?
  • Como fazer o cálculo de turnover?
  • O que provoca o aumento do índice de turnover na agência?
  • Como evitar a saída de talentos?

Continue a leitura!

O que é turnover?

O turnover é o indicador que representa a alta rotatividade de colaboradores em determinada empresa. Ele faz uma análise das demissões e contratações de profissionais, sendo um dos indicadores de desempenho (KPI) mais importantes para uma organização.

O acompanhamento desse indicador é fundamental para o negócio pois, quando o número é alto, demonstra que algo não está correto. Dessa maneira, ele aponta que existem problemas na gestão ou nas condições de trabalho dos colaboradores, o que gera custos desnecessários para a agência.

Esse número tende a ser alto em uma agência de comunicação, pois a área de publicidade e marketing é muito concorrida e traz constantemente novas oportunidades para os profissionais.

É interessante lembrar que o turnover afeta diretamente os resultados do negócio e impede o crescimento adequado da empresa. A saída de profissionais e a contratação de novos talentos requer gastos e um período de adaptação, pois o fluxo de trabalho é prejudicado e precisa ser repensado para atingir o padrão anterior.

Como fazer o cálculo de turnover?

Como esse é um índice muito importante, é preciso aprender a fazer corretamente o cálculo de turnover. Para tanto, considere o número de colaboradores contratados e demitidos e o total de profissionais que permanecem na empresa.

Com esses números em mãos, basta somar as entradas e saídas e dividir por dois. Depois, esse resultado deve ser dividido pelo número total de profissionais e multiplicado por 100, chegando a uma porcentagem representativa. A fórmula para o cálculo é:

Turnover = {[(Funcionários contratados + funcionários demitidos) / 2] / Total de funcionários} x 100

Os custos das saídas e admissões costumam ser altos. Quando um colaborador é demitido, a empresa precisa arcar com compromissos trabalhistas, gerando gastos e obrigações. Do mesmo modo, o processo de contratação também requer investimento, pois é necessário divulgar as vagas e, na maioria dos casos, treinar os colaboradores para o novo trabalho.

O que provoca o aumento do índice de turnover na agência?

Um alto índice de turnover pode ser explicado de diversas maneiras. Vamos conhecer algumas das causas mais comuns para esse fenômeno!

Clima organizacional ruim

Nenhum profissional gosta de estar em um ambiente que não é confortável e agradável. O clima organizacional ruim é um dos principais aspectos que levam um colaborador a procurar novas oportunidades de emprego.

O relacionamento extremamente competitivo com os colegas, a pressão dos gestores e a falta de reconhecimento são fatores que contribuem para que o clima organizacional seja ruim.

Falta de oportunidades de crescimento

Crescer na carreira e alcançar novas oportunidades é um desejo comum para qualquer profissional. Quando a empresa não oferece a possibilidade de crescimento interno, é normal que o colaborador fique desmotivado e acabe aumentando seu interesse por deixar o negócio.

A falta de espaço para crescer é algo que prejudica a produtividade e o engajamento, pois o colaborador não verá como seu esforço pode ser recompensado. Portanto, vale a pena considerar um plano de carreira e possibilitar o crescimento interno dos funcionários.

Salário defasado

Um salário abaixo da média também contribui para que os colaboradores procurem novas oportunidades. Os profissionais costumam ter contato com colegas que ocupam os mesmos cargos e funções em outras agências, então, têm uma ideia sobre como anda a remuneração no mercado.

Quando essa diferença é significativa, é normal que o profissional perca a motivação, pois ele entende que não está recebendo um valor compatível com sua formação e capacidade.

Como evitar a saída de talentos?

Ao notar a rotatividade dos colaboradores, a empresa deve adotar algumas estratégias para melhorar a retenção de talentos. Confira nossas sugestões!

Criar um plano de carreira

Uma das melhores maneiras de manter os talentos engajados na agência é criar um plano de carreira. Os colaboradores precisam ser desafiados para não ficarem presos a uma função que não oferece evolução, por isso, estão sempre em busca de desenvolvimento e crescimento.

É possível definir metas de performance relacionadas com o tempo na empresa para desafiar e motivar os funcionários no cotidiano. Dessa maneira, a tendência é que eles não tenham tanto interesse em sair e permaneçam engajados em seu trabalho.

Investir em treinamento

Quando a empresa investe no treinamento dos profissionais, ela demonstra que se preocupa com o crescimento individual de cada profissional. Do mesmo modo, os colaboradores entendem que novas oportunidades estão sendo oferecidas.

A agência é beneficiada duplamente, pois será mais valorizada pelos colaboradores e ainda contará com profissionais mais qualificados.

Promover a autonomia dos colaboradores

A autonomia no trabalho é uma forma de motivar os profissionais e dar espaço para que eles desenvolvam suas funções de maneira flexível. Essa liberdade demonstra que a gestão confia no potencial de cada colaborador, trazendo mais responsabilidade e a sensação de reconhecimento.

Essa também é uma forma de melhorar o clima organizacional, fazendo uma gestão mais colaborativa e menos agressiva. Isso beneficia o relacionamento entre gestores e liderados, um aspecto relevante para a retenção dos talentos.

Neste artigo, vimos como fazer o cálculo de turnover e a importância desse indicador para o sucesso da agência. Ao prestar atenção nesse aspecto, a empresa tem uma visão mais ampla sobre seus colaboradores e o nível de satisfação deles. Dessa maneira, é possível estabelecer estratégias para a retenção dos profissionais e melhorar a produtividade e a competitividade do negócio.

Gostou de aprender mais sobre esse tema? Então, aproveite para receber outras dicas sobre como diminuir a rotatividade de funcionários na agência!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *