Conheça as funcionalidades do calendário editorial e como aplicar no marketing digital

O calendário editorial deve fazer parte da rotina de toda agência, já que auxilia a organizar o fluxo de postagens dos projetos de clientes. Para criá-lo é necessário ter em vista objetivos, a persona e seguir os passos que elencamos neste conteúdo.

computador com um calendário editorial
    o que é calendário editorial e como aplicar na agência

    Bons resultados no negócio precisam de foco e organização. Talvez você já tenha ouvido falar nisso várias vezes na vida. Porém, além de saber, é preciso colocar esse conhecimento em ação. Um calendário editorial é uma prática que colabora, nesse sentido, ao estruturar todo o planejamento de marketing de uma agência.

    Ele também garante o alinhamento entre todos os processos e as pessoas responsáveis pela criação e postagem dos conteúdos, pois segmenta ações, organiza datas, define conteúdos e estabelece práticas. Isso tudo com a finalidade de agregar valor aos clientes e, consequentemente, à própria marca.

    Entenda melhor sua definição e como criá-lo nas linhas a seguir!

    O que é calendário editorial?

    Um calendário editorial é um planejamento de todos os conteúdos que serão postados e divulgados pela empresa. É uma espécie de cronograma, que define detalhes importantes das criações, como temas, palavras-chave, persona, etapa do funil, data das publicações.

    Essa prática garante mais controle das condutas da empresa em relação ao marketing digital.

    Qual sua importância para o marketing digital?

    Toda essa estruturação e organização na publicação dos conteúdos de uma empresa traz grandes benefícios, como os seguintes. 

    Melhorar a frequência das postagens

    Com um calendário editorial, a agência consegue melhorar o fluxo de postagens dos projetos de clientes ao definir a melhor periodicidade dentro de sua realidade. Isso aumenta, inclusive, a produtividade na definição dos temas e na criação dos conteúdos. Também é possível identificar quais assuntos podem ser divulgados em mais de um canal, que pode envolver blog, vídeos e redes sociais.

    Ter mais controle da estratégia de conteúdo

    A partir do momento em que se tem uma logística mais otimizada, é possível planejar estratégias com antecedência, perceber falhas antes que aconteçam, equilibrar as práticas de acordo com personas e etapas do funil.

    Com isso, as equipes ficam mais alinhadas, tem-se mais controle das palavras-chave já utilizadas e é possível identificar quais têm dado melhor rankeamento. Essa visão ajuda a programar futuros conteúdos mais otimizados. 

    Otimizar a presença digital

    Ter presença digital é fundamental para se destacar no meio de tanta concorrência. É ela que dá sustentabilidade à marca. Para conseguir isso, é preciso fazer publicações constantes. Aparecer apenas de vez em quando não é estratégico para quem deseja ser lembrado.

    Como criar um calendário editorial?

    Como vimos até aqui, não basta publicar conteúdos sem organização e objetivos. É necessário seguir um planejamento, que consiste nos seguintes passos.

    1. Escolha uma boa ferramenta

    Existem diversas ferramentas com a finalidade de nos ajudar a construir um calendário editorial. As planilhas no Google Drive, por exemplo, podem ser úteis nesse sentido. No entanto, em empresas que lidam com um ritmo acelerado de produção e decisões, como agências, o ideal é contar com soluções digitais que automatizam e facilitam o processo.

    O Studio, por exemplo, é um software de gestão que já vem com essa funcionalidade, podendo ser integrado a diversas plataformas de empresas. Por ele, é possível que toda a equipe veja quais conteúdos, redes sociais e datas estão programados para as publicações. Outras ações de otimização também são possíveis, como fazer alterações no fluxo, consultar prévias de layout, além de ter uma visão geral do prazo de entrega de projetos.

    2. Defina as categorias do blog

    Definir as categorias dos conteúdos faz parte das estratégias de marketing. Com a finalidade de atrair bons prospects, é importante diversificar temas e etapas do funil de vendas com o intuito de levá-los à conversão nas aquisições. 

    Para isso, é necessário ter um conhecimento profundo da persona, além de ter bem estabelecidos os objetivos da empresa. As categorias precisam ser atrativas, variadas e equilibradas em uma proporção decrescente no funil, sendo a maior parte dos conteúdos pertencentes ao topo.   

    3. Faça uma pesquisa de palavras-chave

    Outro passo essencial é determinar as keywords mais estratégicas para cada tipo de conteúdo. Ter isso organizado no calendário editorial faz com que os resultados de cada publicação sejam ainda mais efetivos. 

    Isso porque, como ressaltamos em uma das vantagens, o maior controle dá uma melhor visão das palavras-chave mais utilizadas e bem posicionadas na SERP, aumentando os insights para otimizar conteúdos já postados e criar outros relacionados.

    Para ações de SEO mais estratégicas, o ideal é utilizar tanto palavras-chave head tail quanto long tail. Ferramentas como o Keyword Planner do Google, SEMRush e Ubersuggest são boas opções.

    4. Determine o objetivo de cada postagem

    Também é recomendado definir o objetivo de cada postagem, que terá influência das etapas do funil. Tais finalidades podem ser ações, como: apresentar um novo produto, explicar como fazer um processo, dar dicas de uso de determinada mercadoria, esclarecer conceitos ou levar a persona a tomar uma decisão. A definição do CTA de cada publicação também deve ser programada nessa etapa.

    5. Organize um cronograma

    De acordo com o tipo de público, especificidades do mercado e objetivos de cada empresa, é preciso definir uma frequência de publicação. É importante que essa escolha esteja dentro da realidade de cada negócio, para que as ações sejam constantes e tenham qualidade

    Por exemplo, não adianta em um determinado mês postar todos os dias, mas no seguinte publicar quinzenalmente. Assim, é mais interessante manter uma atividade a cada 4 dias, por exemplo, mas conseguir segui-la por todo o tempo.

    Além disso, também é necessário definir os locais de divulgação, que podem ser blog, e-mail e redes sociais. Ter esse comportamento faz com que a audiência já saiba o que e quando esperar algo da marca, criando expectativas para as próximas postagens. 

    Por fim, reavalie, de vez em quando, o cronograma e as estratégias, para ver o que precisa ser otimizado. Nesse sentido, é fundamental, ainda, medir os resultados, que mostrarão, por meio de KPIs, os avanços alcançados ao longo do tempo.

    Concluindo, um calendário editorial é primordial para aperfeiçoar o planejamento na empresa e, com isso, conseguir mais monitoramento das conversões e melhoria das estratégias. A escolha da ferramenta a ser utilizada impacta os resultados finais, sendo que softwares automatizados propiciam mais produtividade nas ações.

    O Studio é um software completo para agências de comunicação, e uma das suas funcionalidades é o calendário editorial. Que tal conhecer a plataforma e descobrir o quanto ela consegue otimizar a rotina da sua agência? Clique no link e comece a usar o Studio gratuitamente!

    Nova call to action
    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!