Veja quais são as 8 coisas que sua empresa não deve fazer no Instagram

Mostramos para você as 8 coisas que sua empresa não deve fazer no Instagram, de forma alguma! Fique atento e não cometa esses erros!

    As redes sociais revolucionaram a forma de fazer marketing. Um dos marcos mais importantes que vieram com essa tecnologia é a possibilidade de, agora, termos uma comunicação mais bilateral.

    Esqueça aquela história de que a empresa fala com o cliente, e ele não tem voz ou possibilidade de resposta efetiva: na nova era, o cliente fala tanto quanto a empresa — seu discurso tem, inclusive, mais poder, e é um dos geradores de conteúdo mais interessantes para as empresas.

    Dentre todas as plataformas, temos vários formatos. O Facebook, com diversas possibilidades de postagem e interações; o Twitter, com seu formato compacto; o Youtube, que veio para inovar no formato de vídeo; o Instagram, com foco em fotos e pequenos vídeos para divulgar campanhas e ações das empresas.

    Sabemos que o apelo visual tem sido muito mais propício a dar resultados do que apenas campanhas de texto. No entanto, para trabalhar com imagens é preciso ter uma estratégia muito bem traçada, e evitar algumas gafes nas redes sociais.

    Por isso, separamos uma lista de erros comuns no Instagram que sua empresa precisa evitar! Vamos lá!

    1. Misturar a conta pessoal com a conta da empresa

    Um dos erros mais comuns, principalmente para empresas de pequeno porte, é misturar as postagens de contas pessoais e profissionais.

    Apesar de ter aquele pensamento comum de colocar coisas da empresa dentro do próprio Instagram, é fundamental que a empresa tenha uma página separada para atrair apenas clientes.

    Tudo bem compartilhar alguns posts na sua conta pessoal (para isso, recomendamos a utilização da ferramenta Repost), mas é imprescindível que o negócio tenha uma página focada apenas nele.

    2. Utilizar imagens de outros perfis sem dar os devidos créditos

    Nada de “roubar” imagens de outros perfis e postar na sua página.

    Caso encontre uma imagem interessante e que condiz com a sua empresa e com os interesses do seu público, lembre-se sempre de dar os devidos créditos ao autor. Não queremos que o seu perfil seja inundado de comentários negativos a respeito de práticas indevidas de copyright, né?!

    O ideal é que todas as imagens sejam próprias. Mas sabemos que vez ou outra aparecerão algumas interessantes em páginas de parceiros, por exemplo.

    A ferramenta Repost, citada acima, pode ser uma forma correta de se fazer essa publicação: ela permite que você compartilhe imagens de outros perfis no seu, dando o devido crédito através de uma observação na própria imagem sobre a fonte daquela postagem. É bem interessante de ser utilizada nesses casos.

    Não deixe de conferir nosso ebook completo (e gratuito) sobre o Instagram!

    3. Utilizar imagens de baixíssima qualidade

    A imagem é o principal recurso do Instagram. Por isso, não faz o menor sentido que as fotos postadas sejam de baixíssima qualidade.

    É preciso que a empresa tenha cuidado na hora de selecionar o material que será usado nas campanhas de marketing digital, principalmente se o foco for redes sociais que têm imagem e vídeos como principal mídia.

    Fique atento às normas das redes, como tamanho ideal de imagem, qualidade da imagem, etc. Tudo isso fará diferença na hora de medir a interação do seu público com a sua empresa.

    4. Uso excessivo de hashtags

    As hashtags são muito importantes no Instagram: elas ajudam a facilitar a encontrabilidade de algumas postagens de temas específicos — mas não podem ser utilizadas em excesso.

    O uso excessivo de hashtags tende a diminuir a quantidade de pessoas que interage com a marca, uma vez que a publicação começa a ficar muito poluída, gerando uma certa “repulsa” por parte do público com a marca.

    5. Postagens em excesso ou escassas  

    Os dois extremos são completamente proibidos no Instagram. A sua empresa só será lembrada e terá relevância no Instagram se ela for vista, por isso, é fundamental ter postagens recorrentes na rede social.

    Por outro lado, é preciso ter cuidado: o excesso de posts pode se tornar um incômodo para os seguidores, afastando os admiradores da marca e fazendo com que ela se torne chata.

    Temos que aprender a dosar a mão nesse momento. Uma postagem diária pode ser o interessante. Caso haja uma campanha diferente ou se o seu produto permitir, talvez duas imagens sejam o suficiente. Não poste toda hora, ou poste com espaço de tempo muito curto entre eles.

    É preciso dar um tempo de respiro para os seus seguidores.

    6. Não investir em campanhas interessantes ou concursos para atrair os seguidores

    O Instagram permite que as empresas façam alguns concursos e promoções interessantes entre os seguidores. Por que não investir nesse tipo de campanha?

    É uma possibilidade dada pela plataforma que, realmente, tem dado retorno interessante para as empresas que estão investindo.

    Veja as possibilidades dentro do seu negócio e elabore algum concurso ou sorteio na rede social.

    7. Postar apenas imagens quadradonas e institucionais

    Ninguém seguirá a página da sua empresa para ficar vendo a imagem do logotipo o tempo todo! É preciso sair da ideia de imagens extremamente institucionais e investir em conteúdos que realmente chamam a atenção do público.

    Invista em conteúdos relevantes para o seu público — e em imagens realmente atrativas.

    Não poste nas redes sociais apenas por postar: esse é um dos erros mais comuns e não deve ser cometido! Se não tiver um conteúdo relevante para o seu público, é melhor deixar de postar naquele dia do que realmente investir em algo que, além de não ser relevante, pode dispersar o interesse do seu seguidor.

    8. Tentar vender através do Instagram

    O erro padrão de toda rede social: tentar vender! A rede social é uma ferramenta de relacionamento com o público.

    Claro que pode gerar venda — e vai gerar —, mas não é o foco principal da plataforma. Nunca faça campanhas apenas voltadas para venda de produtos.

    É interessante divulgar as soluções que a sua empresa comercializa, mas lembre-se que o foco nas redes não é você: é o seu cliente, as necessidades e problemas que eles enfrentam!

    Quer aprender mais sobre marketing para o Instagram? Confira o nosso artigo O que todo profissional de marketing deve saber sobre o Instagram e inove na campanha da sua empresa!

    marketing no instagram ebook
    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!