Por Kellison Ferreira

Publicado em 15 de maio de 2020. | Atualizado em 14 de julho de 2020


A consistência de marca é a capacidade que uma organização tem de manter suas ações e comunicação alinhadas aos valores e identidade da empresa. A longo prazo, ela ajuda a construir marcas sólidas, com alto reconhecimento no mercado e com a autoridade que toda empresa busca.

Um bom trabalho de Marketing é essencial para que as empresas consigam alcançar um importante objetivo ao explorar sua imagem no mercado: a consistência de marca.

Posicionamentos alinhados com valores e identidade são essenciais para que, cada vez mais, o público dessa marca possa reconhecer as características dela em cada campanha ou ação.

Por mais que pareça coerente manter essa consistência, é inegável o quanto esse trabalho pode ser desafiador. Ele exige esforços contínuos, sempre respeitando uma ideia principal de conceito que cada empresa deseja cultivar.

A partir disso, com algumas práticas e entendimentos principais, é possível construir e manter uma imagem consistente a longo prazo no mercado.

Os benefícios dessa solidez no posicionamento das marcas podem proporcionar diferenciais significativos para mercados competitivos, gerando autoridade no segmento e fidelização.

Neste post, você entenderá:

Continue a leitura e confira!

O que significa ter consistência de marca?

A consistência de marca é a capacidade que uma empresa tem de manter uma comunicação e um posicionamento alinhados com seus valores e com os elementos que compõem sua identidade.

No trabalho de branding, organizações estão sempre em busca de exercitar sua imagem por meio de ações que exploram elementos integrantes da marca, e é essencial que haja consistência nisso.

O que constrói a solidez que as organizações buscam para suas marcas é justamente a recorrência no uso de elementos como:

  • tom de voz da marca;
  • elementos gráficos que compõem a identidade;
  • uso de slogans;
  • aplicação dos valores da empresa nessas ações e campanhas.

Quanto mais houver um padrão na comunicação e no uso desses elementos, mais consistente a marca se tornará.

Além de uma questão de coerência, trata-se de um trabalho que garante um reconhecimento natural por parte do público dessa marca. A construção de uma imagem facilmente reconhecida depende dessa consistência, e esse é o ponto-chave da questão.

Imagine uma empresa que se posiciona de forma diferente a cada ação de Marketing. Em um momento, ela adota um tom de voz mais animado e divertido, mas do dia para a noite opta por uma abordagem séria, mesmo que o tema não o exija.

Se essa variação acontece constantemente, haverá ruídos naturais na mensagem, impedindo uma compreensão mais clara de como aquela marca realmente é.

O mesmo problema pode acontecer se não houver consistência em questões mais simples, como as cores utilizadas em peças gráficas. Trata-se, nesse caso, de um detalhe crucial, relacionado à identidade visual daquela marca.

O que essa consistência pode proporcionar?

Um bom trabalho de branding baseado na consistência de marca pode trazer incríveis resultados para as empresas a longo prazo, especialmente em termos competitivos e de relacionamento com o público.

A seguir, entenda quais são as vantagens principais da consistência e a importância de sua obtenção para as marcas.

Diferenciar o negócio no mercado

Há mercados em que a competitividade é alta, com muitas empresas relevantes buscando atrair público e fidelizá-lo. Por isso, é essencial que as marcas tenham uma identidade sólida e mantenham uma regularidade na forma como se comunicam com sua audiência.

Quando uma marca é capaz de manter a consistência, a tendência é que ela cresça por meio do reconhecimento e da identificação por parte do público.

Impulsionar a autoridade

A autoridade é uma importante conquista que as marcas podem obter se fizerem um bom trabalho ao explorar sua imagem com consistência. Algumas empresas desenvolveram tão bem sua imagem que a autoridade fez com que o nome da sua marca ficasse atrelado a um produto.

Quer um exemplo concreto? A Bombril! Na verdade, esse é o nome da marca de esponjas de lã de aço, mas é muito comum o consumidor se referir ao produto chamando-o de Bombril, mesmo que exista uma série de outras marcas que vendam a esponja.

A Bombril é um case de sucesso quando o assunto é autoridade de marca

Isso é autoridade de marca em seu mais alto nível: ao pensar em determinado produto, o consumidor faz uma associação direta a determinada mercadoria de marcas específicas.

Em alguns casos, ocorre até mesmo essa generalização que mostramos.

Criar lealdade com os clientes

Clientes se sentem mais atraídos por marcas que são mais fáceis de serem identificadas a longo prazo, o que só é possível com uma estratégia baseada em consistência.

O consumidor quer garantia de qualidade e, quando ele encontra isso em uma marca, precisa ter a segurança de que a encontrará sempre.

Nesse sentido, um branding focado em consistência é capaz de permitir esse reconhecimento a longo prazo, trazendo mais segurança ao consumidor. Os resultados principais são a fidelização e, em alguns casos, a autoridade potencializada.

Como construir a consistência de marca?

O trabalho para construir essa consistência de marca é baseado em esforços estratégicos que ajudam a dar destaque às organizações. Isso é feito por meio do alinhamento de ideias com campanhas e ações de Marketing.

Veja quais são as bases essenciais para chegar ao resultado pretendido!

Entender o significado da marca

É preciso, primeiramente, entender qual é a proposta de sua marca e os valores que ela traz desde sua criação.

Esse deve ser o ponto de partida, garantindo, assim, que sejam respeitadas as bases que ajudaram a marca a construir um público e a se estabilizar no mercado em questão. Só com esse entendimento é possível saber como trabalhar um branding realmente consistente.

Definir diretrizes

As diretrizes são fundamentais para garantir que a marca trilhe sempre um caminho principal em suas estratégias de comunicação. São regras que nunca devem ser flexibilizadas, já que a consistência está relacionada à padronização.

Assim, com determinações sólidas, a tendência é que o branding esteja sempre alinhado com os elementos que constroem essa marca.

Usar mensagens consistentes

Mensagens consistentes são aquelas que transmitem sempre uma ideia principal sobre a marca. A mesma abordagem, uma linguagem específica, o tom de voz tradicional e recursos como slogans são essenciais para dar consistência às mensagens.

A forma como as marcas se comunicam cotidianamente com a sua audiência é um dos pontos cruciais na manutenção da consistência.

Atender às expectativas do público

O público tem expectativas com a forma como a marca realiza seu branding, e isso está associado à maneira como essa empresa construiu sua imagem ao longo dos anos.

Por exemplo, pode ser estranho se a Netflix, do dia para a noite, abandonar sua abordagem bem-humorada, mais próxima do seu público. Isso pode gerar falta de identificação e prejudicar o engajamento.

Criar uma imagem positiva

A consistência de marca também é algo que depende de uma abordagem positiva sobre temas, um posicionamento coerente e também uma imagem impecável.

O público espera que as empresas estejam sempre fazendo um bom trabalho, mas, além disso, que estejam longe de escândalos ou de acontecimentos que gerem avaliações negativas. Manter-se longe disso também é parte do trabalho!

Como isso funciona na prática?

É sempre importante, após conceituar uma ideia, mostrar exemplos concretos de cases de sucesso. No caso do tema abordado neste conteúdo, há algumas empresas que têm sido bem-sucedidas ao trabalhar na consistência de suas marcas.

Conheça algumas a seguir!

Netflix e sua comunicação

Exemplo já citado neste post, a Netflix é um case de sucesso quando o assunto é consistência de marca.

A empresa tem se mantido por anos como uma companhia engajada em causas sociais importantes, que tem uma linguagem bem-humorada, que interage bastante com seu público nas redes sociais e, principalmente, que usa trechos de filmes e séries para gerar conteúdo divertido.

Comunicação da Netflix
Exemplo de tweet da Netflix
Comunicação da Netflix

Itaú e o bom uso da identidade visual

O Itaú é outro bom exemplo de consistência de marca. A linguagem é um destaque importante, já que a empresa tem uma comunicação bastante próxima do público.

No entanto, o que mais merece destaque é sua padronização visual. Respeitando as cores da sua marca (o azul e, mais predominantemente, o laranja), a empresa utiliza bem sua identidade nas campanhas, gerando boa consistência.

Comunicação do Banco Itaú
Comunicação do Itaú
Exemplo de campanha do Itaú

Heineken e sua ligação com estilos de vida

A Heineken também se destaca pelas suas campanhas sempre muito bem produzidas, além de suas ativações de marca em eventos.

A empresa prega um estilo de vida movimentado e jovem, sempre mantendo uma comunicação sofisticada e precisa. Sua imagem está comumente ligada a áreas como esportes e música.

Assim, a empresa usa bastante essa abordagem descolada para ligar sua marca a esses segmentos, explorando a parte gráfica das campanhas e reforçando sua identidade visual.

Campanha Heineken
Comunicação Heineken
Exemplo de comunicação da Heineken

Investir em consistência de marca é garantir que uma companhia esteja sempre chamando a atenção do consumidor, mantendo suas ideias, seus valores e sua identidade em destaque.

Isso é essencial para gerar identificação e reconhecimento, elementos fundamentais para construir marcas sólidas e altamente capazes de fidelizar seu público.

Para desenvolver essa consistência, o trabalho de branding é fundamental. Saiba mais sobre ele!

Ebook BrandingPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *