Por Matheus Clemente

Gerente de Produto no Rock Stage

Publicado em 2 de agosto de 2019. | Atualizado em 13 de julho de 2020


A mensagem de erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS é exibida pelo navegador quando não é possível estabelecer uma conexão entre uma página acessada pelo usuário e a próxima, em casos de redirecionamentos automáticos. Os motivos podem ser vários, desde cookies a plugins.

A mensagem de erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS no WordPress pode deixar o usuário confuso, mas é apenas um aviso do navegador por não conseguir acessar a página solicitada.

Se você encontrar a mensagem ERR_TOO_MANY_REDIRECTS ao tentar carregar seu site, significa que partes da página ou todo o conteúdo está inacessível, tanto para você quanto para o seu público.

Apesar de parecer grave, o erro é de fácil correção e isso deve ser feito quanto antes para impedir que os usuários do seu site tenham uma experiência negativa e desistam do acesso antes mesmo de conhecerem seu conteúdo.

Neste artigo, descreveremos os motivos que causam esse erro nas páginas em WordPress assim como as etapas para repará-lo. Confira o que você verá a seguir:

O que significa o erro “ERR_TOO_MANY_REDIRECTS”?

O erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS aparece quando o navegador não consegue estabelecer uma conexão entre a página anterior e a próxima ao serem solicitados redirecionamentos.

A tradução para a mensagem é, basicamente, a seguinte: “ERRO, vários redirecionamentos“.

Se você usou o Google Chrome, o aviso aparece da seguinte forma: “This page isn’t working. www.example.com redirected you too many times. Try clearing your cookies. ERR_TOO_MANY_REDIRECTS” ou “This webpage has a redirect loop ERR_TOO_MANY_REDIRECTS”.

Já no Mozilla Firefox aparecerá:

“The page isn’t redirecting properly. Firefox has detected that the server is redirecting the request for this address in a way that will never complete. This problem can sometimes be caused by disabling or refusing to accept cookies ERR_TOO_MANY_REDIRECTS.”

Em ambos fica claro que a “página não funciona”, “foi direcionada para um loop” ou houve um “excesso de redirecionamento”.

Por que esse erro aparece?

Redirecionamentos são arquitetados na web como uma estratégia eficiente de SEO (Search Engine Optimization) ou apenas para disponibilizar uma página por meio de uma URL diferente.

Suponhamos que você crie um site com grande relevância, mas, por algum motivo, em vez de atualizar o conteúdo, prefere encaminhar o usuário para uma nova página de destino, mais completa ou com outras funcionalidades.

Seria inconveniente solicitar ao usuário um clique, ou que ele escreva uma nova URL na barra de endereço.

Por meio do redirecionamento, é possível acessar essa nova página a partir do endereço antigo, mas de forma automática, para melhorar a experiência do usuário.

No entanto, há casos em que os redirecionamentos não são configurados corretamente e, em vez de a página antiga levar à nova página, pode direcionar para outras URLs ou a um caminho não reconhecido pelo navegador.

Quando o navegador não entende ou não sabe qual URL seguir, para não ser sobrecarregado, desiste de tentar buscar a página correta e retorna ao usuário com o erro “ERR_TOO_MANY_REDIRECTS”.

Em casos muito específicos, o navegador entra em um loop infinito de redirecionamentos.

A página antiga é redirecionada para a nova página, mas devido à configuração incorreta, a nova página também é redirecionada para a página antiga e isso acontece continuadamente até que o navegador desista de exibir a página e também exiba a mensagem ERR_TOO_MANY_REDIRECTS.

Como solucionar o erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS?

Se você não for o dono do site, basta limpar o cache e os cookies do navegador e recarregar a página. Caso a tentativa não seja bem-sucedida, você precisará entrar em contato com o proprietário e aguardar até que ele corrija o problema para retomar o seu acesso.

Agora, se você é o proprietário do site, terá que testar algumas mudanças. O erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS geralmente é resultado de uma má configuração no WordPress. Em alguns casos, porém, pode ser algo tão simples quanto limpar cookies ou o cache do navegador.

Por isso, apontaremos algumas dicas de correção bem rápidas, para que você não tenha mais esse problema e não deixe o seu público ter uma má experiência em seu site. Veja a seguir.

Faça a limpeza de cookies e de cache do navegador

O próprio navegador, Google Chrome ou Mozilla Firefox por exemplo, no contexto da mensagem, sugere que o problema pode estar relacionado aos cookies.

Portanto, assim como orientamos aos usuários de sites, esse também será o primeiro passo para buscarmos uma solução se você for o dono do site.

Mas como limpar o cache e os cookies? É fácil, a exclusão leva apenas alguns minutos, mas muda conforme o navegador. Veja instruções específicas a seguir.

No Google Chrome

  1. clique em “Menu” e selecione “Configurações”;
  2. nas Configurações, role para a parte inferior e clique em “Avançado”, serão disponibilizadas outras opções;
  3. na seção “Privacidade e segurança” role para encontrar “Limpar dados de navegação”;
  4. clique e, em seguida, selecione “cache e cookies”;
  5. selecione a frequência com que você deseja limpar o armazenamento e clique em “Limpar dados”.
Checklist de Auditoria de SitePowered by Rock Convert

No Mozilla Firefox

  1. clique no ícone de configuração, que contém um símbolo de engrenagem no canto superior direito do navegador;
  2. em seguida, selecione “Privacidade e segurança” e clique em “Limpar dados”;
  3. selecione a opção “cookies e cache” e clique em “Limpar”.

Tente recarregar novamente o seu site. Se essa limpeza do cache e cookies do navegador não resolver, você terá que continuar a partir do próximo passo.

Faça a limpeza do cache no WordPress

Se você usa um plugin de cache (super cache WP ou similar), a próxima tentativa deve ser a de limpar o cache no WordPress.

Powered by Rock Convert

Como cada plugin tem uma configuração específica e, por esse motivo, será preciso consultar as especificações daquele que estiver instalado em seu blog.

Faça uma pesquisa em motores de busca ou procure informações em fóruns e suporte especializado. Você receberá instruções sobre como limpar o cache no seu plugin especificadamente.

Feito isso, você precisará recarregar o site para verificar se o problema foi solucionado. Se ainda não é esse o seu caso, continue a leitura.

Verifique as configurações de URL

Verifique as configurações de URL, pois esses erros de redirecionamento muitas vezes são resultado de uma configuração incorreta: basta clicar na opção “Configurações” e na aba “Geral”.

Há duas configurações possíveis:

  • URL do WordPress (que especifica onde todos os arquivos de sites do WordPress estão localizados);
  • URL do site (página inicial que os usuários acessam).

Na maioria dos casos, esses dois endereços devem ser os mesmos. Verifique cuidadosamente essa questão, para que as diferenças na grafia das URLs não gerem erros. Nenhuma delas deve conter:

  • espaço no final;
  • www no início (http://www.example.com), o correto é http://example.com;

Se uma URL tiver www e a outra não, ajuste-as para que fiquem iguais: ambas devem ter www ou nenhuma delas deve começar assim. Você também pode tentar colocar o conteúdo PHP antes do código HTML.

Caso você não consiga acessar o painel de configurações para alterar a URL, é possível realizar essa alteração por meio da edição do arquivo wp-config:

  1. acesse o gerenciador de arquivos do site por meio do cliente FTP;
  2. quando conectado, abra a pasta que contém seus arquivos do WordPress;
  3. localize o arquivo wp-config.php;
  4. clique com o botão direito do mouse e em “Exibir / Editar URL”;
  5. adicione essas linhas de código ao arquivo (lembre-se de alterar a URL);
  6. redefina o endereço e lembre-se de mantê-los iguais tanto para home quanto para o WordPress (‘WP_HOME’ e ‘WP_SITEURL’);
  7. salve o arquivo;
  8. clique em “Sim” no prompt de comando para fazer upload do arquivo editado;
  9. recarregue o site e veja se o problema foi resolvido.

Também é possível fazer essa alteração por meio do banco de dados, bastar entrar no servidor a partir do MySQL. O phpMyAdmin é incluído nos painéis de hospedagem e pode ser usado para isso:

  1. localize a tabela wp_options (ou o outro prefixo definido durante a instalação);
  2. dê um clique duplo nos campos que serão alterados;
  3. modifique o endereço em option_value (nas duas primeiras linhas: endereço da home e do WordPress, assim como ensinamos na etapa anterior).
conheça o rock stagePowered by Rock Convert

Reconfigure o protocolo de segurança

Se você utiliza um protocolo de segurança (certificado SSL), altere-o para o protocolo normal (HTTP), recarregue a página e veja se o erro foi corrigido.

Caso o erro não apareça, isso significa que o seu certificado SSL precisa ser configurado corretamente antes que você volte a utilizá-lo (o endereço fica configurado como https).

Não se esqueça de buscar ajuda especializada ou em fóruns para retomar uma configuração que garanta a segurança no acesso para os seus usuários, isso também será importante para a confiabilidade do seu site.

Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
👉 Erro 500: o que é, quais as causas e como resolver
👉 O que é o Erro 403 e como resolver de forma fácil?
👉 O que é 504 gateway timeout e como resolvê-lo definitivamente!
👉 Erro 502 Bad Gateway: como corrigir no WordPress?

Redefina o arquivo .htaccess

O arquivo .htaccess sempre deve ser consultado nos casos de erros em WordPress. Ele está associado às configurações no servidor Apache e é utilizado para controlar, inclusive, as configurações de redirecionamento da página. Portanto, qualquer problema no arquivo .htaccess pode gerar erros nessa rotina.

Para verificar se esse é o problema, você precisará redefinir o arquivo .htaccess:

  1. acesse os arquivos do site usando o cliente ftp.;
  2. quando conectado, localize a pasta que contém os arquivos do WordPress;
  3. nessa pasta, localize o arquivo .htaccess;
  4. baixe o arquivo como um backup;
  5. clique com o botão direito do mouse e abra o arquivo para edição (nunca edite o backup e sim o arquivo contido no servidor);
  6. limpe o conteúdo do arquivo .htaccess e substitua-o por uma configuração padrão (ela pode ser facilmente obtida na Internet);
  7. salve e faça o upload desse arquivo padrão no seu servidor web;
  8. assim que terminar o carregamento, atualize o site.

Se o erro for corrigido, significa que você terá que rever as configurações do arquivo .htaccess; caso contrário, terá que retornar o backup, pois ele ainda não é a fonte do problema e consultar a próxima opção. 

Corrija problemas de plugin

O plugin do WordPress sempre pode ser a origem do problema. Se você tem algum plugin de redirecionamento instalado, comece desativando-os.

Se isso resolver, ótimo. Se não solucionar, será preciso desativar um a um os plugins instalados para verificar qual deles originou o erro.

Mas não se desespere, principalmente se você tiver uma grande lista para conferência! Existe uma forma bem prática de verificar se realmente o problema é esse: primeiro, desative todos os plugins de uma vez antes de recarregar a página (não se esqueça de fazer o backup do arquivo .htaccess do servidor como ensinado na etapa anterior).

Se o erro não for resolvido, ative todos os plugins novamente e vá para o próximo passo. Caso, ao recarregar o site, você verificar que o problema foi eliminado, aí sim terá que testar um a um.

Se o ERR_TOO_MANY_REDIRECTS impedir que você acesse o seu painel de configurações, será preciso desativar os plugins manualmente, por meio do FTP ou gerenciador de arquivos:

  • localize a pasta plugins do WordPress, que fica na pasta wp-content (local em que o WordPress foi instalado);
  • renomeie as pastas de cada plugin;
  • ou remova de uma vez todos os plugins (não se esqueça do backup).

ERR_TOO_MANY_REDIRECTS é um problema de fácil correção, que somente será levado ao suporte se nenhuma das opções disponibilizadas conteúdo resolver o erro.

Caso não funcione, você pode habilitar os relatórios de erros do PHP a fim de investigar mais a fundo o problema do site.

Esperamos que, com este guia, você tenha realmente encontrado uma solução rápida, mas se todas as etapas acima não forem suficientes para corrigir a mensagem de erro ERR_TOO_MANY_REDIRECTS, entre em contato com seu host.

Eles saberão resolver o problema de redirecionamento do site e até mesmo podem ter realizado alguma alteração que tenha acarretado essa mensagem.

Não deixe essa correção para depois. Procure uma solução para garantir que o seu usuário tenha uma experiência de uso única em seu site!

Gostou do artigo? Não deixe de conferir nosso guia para correção de outros erros no WordPress!

Avalie a performance do seu site

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *