Por Rodrigo P. Curi

Especialista em Inbound Marketing

Publicado em 5 de fevereiro de 2020. | Atualizado em 5 de agosto de 2020


Entenda qual a importância da experiência ao vivo no momento atual e aprenda como aplicar essa estratégia na sua campanha de marketing!

Já se foi o tempo em que, para ficarmos por dentro de algum evento, tínhamos que ligar a TV ou sintonizar uma estação de rádio. Hoje, basta uma rápida pesquisa na internet para encontrar alguém postando ao vivo sobre qualquer situação, seja nas redes sociais, seja em outros canais.

Esse fenômeno tem um impacto profundo no comportamento do usuário da internet, que valoriza mais o conteúdo transmitido em tempo real.

Dessa forma, vários setores, incluindo empresas e agências de notícias, já estão se movendo para criar estruturas que permitam o desenvolvimento de experiências ao vivo, permitindo um maior engajamento do público.

Deseja saber do que você precisa para se beneficiar de uma estratégia de experiência ao vivo? Neste artigo, abordaremos:

Continue lendo!

O que é uma experiência ao vivo?

A produção de conteúdo na internet não para. Marcas, jornalistas, artistas e outros brigam pela atenção de um público cada vez mais distraído e mais exigente do que nunca. Para atrair e reter o interesse dessas pessoas, é necessário oferecer experiências de qualidade.

As experiências ao vivo são excelentes nesse sentido. Já que acontecem em tempo real, geram sentimentos de exclusividade e urgência no público. Ao contrário dos vídeos publicados nas redes sociais, por exemplo, o conteúdo ao vivo está disponível por tempo limitado.

Uma experiência ao vivo pode ter vários formatos, como palestras, webinars ou live blogging. O importante é que você saiba qual tipo de conteúdo é mais adequado para a sua buyer persona, considerando as suas características e a fase atual do funil de marketing.

Além de ser atrativas para o usuário, as experiências ao vivo também motivam interações. Desde que você crie em plataformas de qualidade, seu conteúdo poderá incluir recursos como quizzes e enquetes, que são excelentes para envolver o público e coletar dados.

No próximo tópico, falaremos mais sobre essas vantagens.

Quais são os benefícios de uma estratégia de experiência ao vivo?

Você já deve saber que o engajamento é a chave para o sucesso no marketing digital. Não faz sentido ter inúmeros seguidores nas mídias sociais, por exemplo, se eles não interagirem com o seu conteúdo. Para um relacionamento lucrativo, seus leads precisam estar ativos.

Não há nada melhor para envolvê-los do que oferecer experiências ao vivo. Você sabe por quê? É que esse tipo de conteúdo permite algo vital: personalização. Ao permitir que seu público-alvo interaja em tempo real com o conteúdo, você pode estruturá-lo da melhor maneira para atender às demandas da sua persona.

O consumidor 4.0, o perfil dominante no mercado moderno, também valoriza muito as marcas que permitem a eles participar ativamente da experiência. Eventos em tempo real são excelentes oportunidades para que o usuário interfira com opiniões e sugestões, orientando o desenvolvimento do conteúdo.

Ao interagir, as pessoas não apenas melhoram a experiência em si, mas também, geram dados valiosos para a empresa. Esse tipo de ação é essencial para a sua marca entender melhor o comportamento do público, incluindo suas motivações, necessidades e desejos.

Lembra-se de quando falamos sobre a possível inclusão de quizzes? Esses testes representam uma maneira lúdica e eficaz de coletar dados sobre o público.

Com base nas respostas, é possível determinar, por exemplo, o nível de conhecimento sobre um assunto. Isso torna mais fácil descobrir em que estágio do funil o lead está.

Uma estratégia de experiência ao vivo também contribui para o processo de educação da buyer persona. Em uma pesquisa do Ion, feita em parceria com a Demand Metrics, 90% dos profissionais afirmaram que a interatividade do conteúdo é uma parte importante do processo de criação.

Em resumo, as experiências ao vivo podem atrair, envolver, reter, educar e converter clientes. Portanto, é uma abordagem com impactos positivos para o desenvolvimento de toda a sua estratégia de negócios.

Tudo sobre conteúdo interativoPowered by Rock Convert

Quem pode se beneficiar da experiência ao vivo?

Diferentes setores podem investir em experiências ao vivo. Quando falamos de leads e personas, estamos usando uma linguagem muito comum aos departamentos de marketing.

No entanto, as marcas não são as únicas que podem se beneficiar dessa estratégia. As agências de notícias, comprometidas em fornecer conteúdo relevante e informativo ao público, têm usado as experiências ao vivo com mais frequência.

Grandes conglomerados de imprensa, como CNN e NBC, têm perfis no Twitter para enviar atualizações e notícias ao vivo.

CNN twitter page

No setor de notícias, as transmissões ao vivo têm um papel importante no aumento do alcance das informações. Anteriormente, as pessoas tinham que esperar que as reportagens ao vivo fossem exibidas nos telejornais. Hoje, qualquer jornalista com um smartphone pode transmitir as notícias.

Além das agências de notícias, os organizadores de eventos também podem tirar vantagens de experiências ao vivo. Esse tipo de prática se tornou comum durante o período de isolamento social causado pela pandemia de covid-19.

Logo no início da crise, vários artistas se reuniram para o evento Together at Home, transmitido pela internet para o mundo inteiro. Dá para imaginar o alcance dessa iniciativa?

É exatamente por causa desse alcance que as empresas também usam experiências ao vivo. Produzir um webinar ao vivo pode ser a melhor maneira de alcançar muitos clientes em potencial e gerar conhecimento sobre as soluções que a marca oferece.

De volta aos eventos, transmiti-los ao vivo pela internet é uma maneira de aumentar o número de participantes sem a necessidade de expandir o investimento ou o espaço físico. Um bom exemplo seria a estratégia da UEFA Champions League.

A maior competição de futebol do mundo entre os clubes seleciona algumas de suas principais partidas e as transmite ao vivo no Facebook. Ao mesmo tempo, um perfil no Twitter publica atualizações e estatísticas ao vivo.

O sucesso chamou a atenção de outras ligas, como a Copa Libertadores, disputada por times sul-americanos. Atualmente, uma partida da primeira rodada mantém o recorde de público da plataforma de 2,1 milhões de espectadores simultâneos.

Como criar uma estratégia de experiência ao vivo?

Se você se encaixa entre aqueles que podem se beneficiar de uma estratégia de experiência ao vivo, precisa garantir as condições certas para executá-la. Faça um estudo para determinar se sua empresa já tem a estrutura necessária ou precisa fazer mais investimentos.

Para definir isso, considere o tamanho do público-alvo que você deseja atingir, o volume do seu orçamento e, especialmente, os seus objetivos principais. A seguir, oferecemos um passo a passo sobre como desenvolver sua estratégia!

Conheça o seu público

A única maneira de produzir boas experiências ao vivo é conhecer o seu público. Não estamos falando apenas de suas características gerais, mas também, de suas dores, motivações e necessidades. É por isso que qualquer empresa de sucesso conta com uma buyer persona.

É um personagem semi-fictício que imita o consumidor ideal da marca. Com base nisso, você pode definir os temas, datas e detalhes de suas transmissões ao vivo. Lembre-se: quanto mais personalizada a experiência, maior é a taxa de satisfação do público.

Guia para criação de personasPowered by Rock Convert

Defina os seus objetivos

Você pode usar experiências ao vivo para alcançar muitos objetivos diferentes. Como mostramos, muitas marcas usam esse tipo de estratégia para engajar a buyer persona e permitir a conversão.

Da mesma forma, as agências de notícias se concentram no compartilhamento de informações relevantes em tempo real. Nos dois casos, o foco principal da abordagem é educar o público de alguma maneira.

No entanto, nem todo conteúdo ao vivo tem objetivos educacionais. Durante o período de isolamento social causado pela covid-19, várias empresas deram exemplos de como usar experiências ao vivo para gerar receita e engajamento. Veja o exemplo abaixo.

youtube live with qr codes

A imagem mostra membros de um famoso grupo brasileiro realizando um show ao vivo no YouTube. Na tela, você pode observar dois códigos QR, um azul e um verde. O primeiro direcionou os usuários para um canal de doação dedicado às vítimas de covid-19, enquanto o segundo foi um atalho para a página de download de um aplicativo.

Nesse caso, o objetivo das marcas participantes não era educar o público, mas gerar downloads e doações. Cabe a você definir as metas que orientarão suas experiências ao vivo.

Escolha boas ferramentas

Baseando-se nos seus objetivos definidos, você pode começar a tomar decisões importantes. Uma delas diz respeito à escolha das ferramentas que sua empresa usará.

Imagine que seu objetivo é chamar a atenção do público para o lançamento de um produto. Em um caso como esse, uma transmissão ao vivo no Instagram pode ser suficiente para você, que precisaria apenas de um smartphone e boa conexão à Internet.

Por outro lado, imagine que seu objetivo é fornecer atualizações de um evento em tempo real, combinando informações provenientes de fontes em diferentes locais. Obviamente, você precisará de uma estrutura superior para essa finalidade. Portanto, procure uma plataforma especializada.

É importante prestar atenção especial em recursos como capacidade máxima, possibilidades de monetização, ferramentas de interatividade, integrações etc. Mais adiante, mostraremos algumas das melhores opções.

Incentive o engajamento

A experiência ao vivo tem um enorme potencial de engajamento, mas ainda vale a pena adotar algumas medidas para incentivar o público a interagir. Portanto, caso você precise de uma plataforma de transmissão ao vivo, é importante escolher uma que ofereça recursos focados em envolvimento.

Quais seriam esses recursos? Exemplos comuns são os quizzes já mencionados, mas muitas ferramentas permitem que o usuário se envolva em conversas bidirecionais, desde que autorizadas pelo mediador.

Como as marcas estão usando a experiência ao vivo?

Agora que você já sabe o que ter em mente ao desenvolver sua estratégia, confira, a seguir, dois exemplos de marcas que usam experiências ao vivo.

Ultimate Fighting Championship

UFC live experience

Responsável por gerenciar um dos esportes que mais crescem nos Estados Unidos, o UFC estabeleceu uma meta muito clara: estava na hora de expandir o seu alcance para outras regiões, como Europa, Oriente Médio e África. A solução foi melhorar a experiência ao vivo do público.

Dessa forma, além do conteúdo transmitido pelos canais de televisão, o público teve acesso a um portal dedicado ao evento, atualizado por 8 horas com vídeos, informações, áudios e imagens relacionados às lutas e aos concorrentes.

Foi um sucesso. Acostumado a atrair cerca de 2.500 visitantes únicos por evento, o site do UFC registrou um aumento de 10 vezes. Além disso, o tempo médio gasto na página excedeu 15 minutos por visitante, o que é bastante positivo.

Reuters

Reuters live experience

Não é segredo que, na era da informação, as agências de notícias lutam para competir na internet. O consumidor moderno está acostumado a experiências rápidas e contínuas, ficando desinteressado pelos formatos tradicionais de notícias.

Por isso, a Reuters observou que, para permanecer relevante no setor, precisava oferecer uma cobertura em tempo real convincente de eventos e notícias. No entanto, isso é mais complexo do que parece. Afinal, a Reuters é uma agência respeitada e precisa estar ciente das fontes dispersas.

A solução foi adotar uma plataforma com recursos de live blogging. Isso permite à Reuters manter tudo em um só lugar, mesmo quando os repórteres enviam notícias de diferentes partes do mundo.

Por ser colaborativa, a plataforma também permite que diferentes membros da equipe trabalhem juntos. Assim, enquanto um jornalista envia o texto a ser publicado, outros membros da equipe podem cuidar das imagens e de outros aspectos.

Quais são as melhores ferramentas de experiência ao vivo?

24LiveBlog

24liveblog platform

O 24LiveBlog é uma plataforma muito eficiente para envolver o público. Ele permite que você use métodos diferentes para se comunicar com a audiência e incentivar o engajamento dela.

Um chat moderado em tempo real permite que os usuários interajam, tornando sua experiência mais completa. Além disso, oferece suporte ao AdSense, o que significa que é possível desenvolver uma abordagem orientada à monetização.

Se o objetivo é gerar leads, isso também é possível. O 24LiveBlog tem uma função de pop-up que pode coletar informações de contato do público. Você pode usar a plataforma gratuitamente, mas, se quiser acessar todos os seus recursos, precisa se inscrever em um dos planos pagos, que custam a partir de US$49,00 ao mês.

Live

Engage platform

Eventos ao vivo e engajamento social. Esses são os principais focos do Live, uma ferramenta que permite a criação de várias experiências ao vivo. A plataforma permite que você publique atualizações e notícias de última hora em seus portais, onde quer que você esteja, pelo computador ou smartphone.

Para aumentar o alcance da sua marca, você pode integrar o Live às redes sociais. Além disso, a ferramenta facilita as campanhas de monetização, permitindo atrair anunciantes in-stream.

Os tipos de conteúdo que você pode produzir para envolver seu público-alvo variam. Testes e enquetes ao vivo oferecem experiências divertidas e positivas para as pessoas, que você pode segmentar de acordo com o nível de fidelidade.

A maioria dos usuários da internet adora participar de uma experiência ao vivo. Você pode usar isso a seu favor e aumentar seu alcance digital, não importa qual seja o seu objetivo. É uma prática que pode atrair e envolver várias pessoas, ampliando a sua base de leads e otimizando os esforços de comunicação pública.

Já que estamos falando de experiência ao vivo, que tal contar com o material certo para começar a trabalhar com uma delas?

Baixe o nosso checklist para webinar e não se esqueça de nenhum detalhe ao produzir o seu.

Checklist para webinarsPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *