O que é uma linguagem de programação e quais os tipos existem?

Uma linguagem de programação é um conjunto de símbolos e códigos usados para orientar a programação de estruturas no desenvolvimento da web.

Linguagem de programação

    Saber como funciona uma linguagem de programação e como os relacionamos com ela por meio de softwares nos permite melhorar nossa produtividade e conquistar vantagens competitivas frente a concorrência.

    Ao longo dos anos, as linguagens de programação aumentaram seu poder e flexibilidade para executar tarefas complexas exigidas pela inovação e pelas novas tecnologias da informação e comunicação (TIC).

    Todas as máquinas e dispositivos requerem uma linguagem de programação para cumprir suas funções. Ao conhecê-la você consegue alcançar seus objetivos em menos tempo. Deseja saber mais? Continue lendo para aprender sobre este tema tão interessante quanto necessário.

    Neste artigo você vai ver:

    O que é uma linguagem de programação?

    É uma linguagem formal que, através de uma série de instruções, permite que um programador escreva um conjunto de ordens, ações consecutivas, dados e algoritmos para criar programas que controlam o comportamento físico e lógico de uma máquina.

    Programador e máquina se comunicam por meio dessa linguagem, permitindo especificar, com precisão, aspectos como:

    • quais dados um software deve operar;
    • como esses dados devem ser armazenados ou transmitidos;
    • quais ações o software deve executar, de acordo com cada circunstância variável.

    Para explicar melhor (e com menos palavras), a linguagem de programação é um sistema de comunicação estruturado, composto por conjuntos de símbolos, palavras-chave, regras semânticas e sintáticas que permitem o entendimento entre um programador e uma máquina.

    É importante enfatizar que é um erro comum usar a linguagem de programação e a linguagem de computação como sinônimos. Mas por que não devemos confundi-las?

    Bem, é porque a linguagem de programação obedece a um conjunto de regras que permitem expressar as instruções que serão interpretadas pelo programador. Já a linguagem de computação inclui outras linguagens que formatam um texto, mas não podemos considerá-la uma programação em si mesma.

    Portanto, nem todas as linguagens computacionais são de programação, mas todas as linguagens de programação são computacionais.

    Que tipos de linguagem de programação existem?

    A linguagem de programação é a base para a construção de todos os aplicativos digitais usados ​​no dia a dia e são classificados em dois tipos principais: linguagem de baixo e alto nível. Continue lendo para aprender tudo sobre eles!

    Linguagem de programação de baixo nível

    São linguagens totalmente orientadas à máquina. Esse idioma serve como uma interface e cria um link inseparável entre hardware e software.

    Além disso, exerce controle direto sobre o equipamento e sua estrutura física. Para aplicá-la adequadamente, é necessário que o programador conheça muito bem o hardware. Essa categoria pode ser subdividido em dois tipos. Confira a seguir.

    Linguagem de máquina

    É o mais primitivo dos idiomas e é uma coleção de dígitos ou bits binários (0 e 1) que o computador lê e interpreta e é o único idioma que os computadores entendem.

    Exemplo: 10110000 01100001

    Não dá para entender muito bem o que ele diz, certo? Portanto, a linguagem Assembly nos permite entender melhor a que se refere esse código.

    Linguagem Assembly

    A linguagem Assembly é a primeira tentativa de substituir a linguagem de máquina por uma mais próxima da usada por seres humanos.

    Um programa escrito nessa linguagem é armazenado como texto (como nos programas de alto nível) e consiste em uma série de instruções que correspondem ao fluxo de pedidos executáveis ​​por um microprocessador.

    No entanto, essas máquinas não entendem a linguagem Assembly. Portanto, devem ser convertidas em linguagem de máquina por meio de um programa chamado Assembler.

    Ele gera códigos compactos, rápidos e eficientes criados pelo programador que tem controle total da máquina.

    Exemplo: MOV AL, 61h (atribui o valor hexadecimal 61 ao registro “AL”)

    Linguagem de programação de alto nível

    Elas visam facilitar o trabalho do programador, pois usam instruções que são mais fáceis de serem entendidas.

    Além disso, a linguagem de alto nível permite que você escreva códigos usando os idiomas que conhece (português, espanhol, inglês etc.) traduzindo-os em seguida para o idioma da máquina por tradutores ou compiladores.

    Tradutor

    Eles traduzem programas escritos em uma linguagem de programação para a linguagem de máquina do computador e são executados à medida que são traduzidos.

    Compilador

    Ele permite que você traduza um programa inteiro de uma só vez, tornando-o mais rápido e pode ser armazenado para uso posterior sem a necessidade de uma nova tradução.

    Para que servem as linguagens de programação?

    Em geral, uma linguagem de programação é usada para programar. No entanto, cada um tem um escopo e forma de comunicação diferente.

    Em resumo, o idioma de baixo nível permite a comunicação interna da máquina e cada instrução tem seu código de operação exclusivo.

    A linguagem de alto nível facilita a aquisição das instruções que o programador fornece à máquina. Enquanto o profissional insere dados no idioma conhecido, a máquina os absorve na linguagem de máquina através de tradutores ou compiladores, permitindo:

    • reduzir o tempo de programação;
    • entender mais facilmente a tarefa a ser executada;
    • permitir que o programador se desconecte da operação interna da máquina, entre outros.

    Em outras palavras, a linguagem de baixo nível está próxima das linguagens de máquina, enquanto a linguagem de alto nível está mais próxima da compreensão e da linguagem humana.

    Quais softwares de programação existem?

    Por software de programação entendemos o conjunto de todas as ferramentas que permitem ao programador criar, escrever códigos, depurar, manter e empacotar projetos.

    Conheça a seguir alguns dos diferentes programas pelos quais o projeto deve passar para ser administrado.

    Editores de código ou texto

    Ao escrever os códigos, eles se completam marcando os erros sintáticos e a refatoração.

    Compiladores

    Como mencionado acima, eles convertem o código digitado à linguagem de máquina, gerando um código binário executável.

    Scrubbers

    Eles servem para otimizar o tempo de desenvolvimento e ajudam a corrigir erros por meio do monitoramento da execução de um programa, dos valores de determinadas variáveis e da referência a objetos na memória.

    Linkers

    Este programa pega objetos gerados nas primeiras etapas do processo de compilação e os recursos necessários da biblioteca, remove os processos e dados de que não precisa e vincula o código à referida biblioteca para aumentar seu tamanho e extensão.

    Intérpretes ou tradutores

    Conforme você lê este artigo, o tradutor (ou intérprete) carrega o código digitado e converte as instruções para que o programa possa ser executado.

    IDE

    O IDE (Integrated Development Environment) ou Entorno de Desenvolvimento Integrado, é um aplicativo de computador que fornece uma série de serviços que facilitam a programação de software, como:

    • funções de preenchimento automático;
    • um editor de código fonte;
    • gerenciamento de conexão com banco de dados;
    • integração com sistemas de controle de versão;
    • simuladores de dispositivos;
    • um depurador para acelerar o processo de desenvolvimento de software, entre outros.

    Sem a linguagem de programação, a programação seria impossível porque não haveria regras (semânticas e sintáticas), expressões (como a estrutura e o significado de todos os elementos que as compõem) ou uma maneira estabelecida de como programador e máquina deveriam “falar” entre si.

    Além disso, algumas das funções que permitem ao programador criar essa linguagem são: criar um site e fazê-lo funcionar, desenvolver aplicativos para sistemas operacionais e muitos outros.

    Atualmente, o conhecimento e o uso do mundo digital e computacional são duas das principais armas de qualquer empresa.

    Por isso e muito mais, é extremamente importante que você esteja na vanguarda e tenha fome de conhecimento. Se quiser aprender mais leia nosso artigo sobre como usar NGINX !

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!