Ninguém lê blogs no Brasil? Será que ainda vale a pena ter um em 2022? Descubra agora!

Se você está postando fielmente em seu blog, mas seus resultados não são o que costumavam ser, talvez você tenha começado a pensar que ninguém lê blogs no Brasil. Mas isso não é motivo para tomar qualquer decisão drástica!

ninguém lê blogs no brasil

O Marketing de Conteúdo parece crescer em complexidade e escopo a cada ano. Como os blogs já existem há muito tempo em alguns aspectos, isso leva muitos a se perguntarem: será que ninguém lê blogs no Brasil nesse momento? Nossa resposta é que o blog ainda é valioso, mas algumas coisas decisivas mudaram, e você precisa estar ciente disso.

Especialmente, se o seu blog caiu no esquecimento ou você não está obtendo os mesmos resultados que antes. Então, prepare-se, que vamos explorar, neste artigo, por que o blog ainda é importante em suas estratégias no Brasil e fora dele.

Apenas uma observação rápida: estamos escrevendo este texto sob a perspectiva de um blog de negócios, não de um blog pessoal ou de estilo de vida. Se você tem um blog de culinária ou relacionado a um hobby, ainda pode obter insights com o conteúdo a seguir, especialmente se estiver tentando gerar receita.

No entanto, entenda que estamos escrevendo, principalmente, para um público empresarial, que está usando blogs para fins de SEO, tráfego orgânico e geração de leads.

    Então, ninguém lê blogs no Brasil?

    Não é bem assim. Considere o seguinte: você está aqui, agora, em 2021 (ou além), lendo este blog. E você não é a única pessoa a fazer isso. Agora, dê um passo para trás e responda a essa pergunta: como você chegou a este post?

    Talvez você seja um grande fã do conteúdo da Rock. Você visita nosso site diariamente ou semanalmente, e consome todos os recursos que produzimos. Se sim, você é um verdadeiro rock star!

    Mas somos realistas. Sabemos que não é assim que o conteúdo do blog funciona na maioria das vezes. Provavelmente, você chegou aqui porque tinha uma pergunta. Muito provavelmente, esse questionamento era alguma variação de “ninguém lê blogs no Brasil?” ou “os blogs ainda são importantes?” — algo nesse sentido, certo?

    Você perguntou ao mecanismo de pesquisa de sua preferência e ele o trouxe aqui, para um blog que responderá de forma clara e confiável à sua intenção de busca. (Na verdade, se estivermos fazendo certo, éramos o principal resultado, ou mesmo, conquistamos espaço de um snippet!)

    Então, basicamente, os blogs não se tornaram irrelevantes, porque ainda fazem exatamente as duas coisas que deveriam fazer:

    • fornecer as informações que os usuários estão procurando;
    • levar os usuários para o seu site (e para a sua marca).

    Não importa o que você esteja fazendo, fabricando, vendendo ou oferecendo, você precisa aumentar o tráfego e os leads. O blog continua sendo uma maneira altamente eficaz de fazer isso — contanto que você o faça da maneira certa.

    Quais os benefícios de ter um blog?

    Fazer com que as pessoas acessem seu site é a coisa mais importante que os blogs podem fazer por sua marca, mas há muitos outros benefícios que você (ainda) pode obter por meio deles.

    O Google recompensa novos conteúdos (e seus leitores também)

    Em primeiro lugar, o blog é uma das maneiras mais simples de adicionar novos conteúdos regularmente ao seu site. Isso é importante, porque o Google recompensa os sites que têm conteúdo novo (assim como os outros mecanismos de pesquisa).

    Simplesmente adicionando novo conteúdo regularmente, o seu site sobe no ranking de busca. Como uma página de resultados de mecanismo de pesquisa, ou SERP, funciona é um tópico complexo, que abordamos em outro momento. Mas a versão resumida é essa: o Google quer entregar as melhores respostas aos usuários. Raramente ela está em um site que não é atualizado há quatro anos.

    Dito isso, agradar o Google é apenas uma parte da equação. Você também precisa satisfazer o seu público humano real. Essas pessoas, por acaso, também gostam de conteúdo novo.

    Pense nisso: você tem algum motivo para visitar um site que não adicionou nada de novo desde a semana passada? Nem todo site de negócios deseja ou precisa que os visitantes voltem regularmente. Mas se você está vendendo algo diretamente, certamente, tem essa necessidade.

    Publicar conteúdo em um blog (se você fizer isso bem) gera conteúdo regular, significativo e interessante para seus leitores, dando-lhes outro motivo para voltar.

    Transforma visitantes em potenciais clientes

    É comum falar que o objetivo principal dos blogs é aumentar as visualizações de páginas ou visitas ao site. Mas o que você realmente deseja são leads e clientes, não apenas visitas aleatórias.

    Quando você direciona os seus posts de forma eficaz, não apenas atrai visitantes aleatórios da Internet, mas pessoas que são fortes clientes em potencial, com a intenção de transformá-las em clientes.

    Aqui está um exemplo. Digamos que você seja uma empresa de jardinagem e quer aumentar o tráfego da web. Então, cria um blog de negócios. Você faz um brainstorming sobre os tipos de perguntas ou problemas que seu cliente ideal pode ter e, a partir daí, transforma alguns deles em posts de blog.

    Você não tem um blog sobre motos, política ou pizza. Você faz um blog sobre coisas intimamente ligadas ao seu setor, e se concentra em responder às perguntas que seu cliente ideal possa ter. Se isso é bem feito, o blog transforma os visitantes em clientes potenciais, leads e, até mesmo, consumidores.

    Oferece ótimas oportunidades de vendas fáceis

    Novamente, as empresas variam amplamente na forma como usam seus blogs. Mas a grande maioria dos blogs corporativos usa, pelo menos, alguns posts para vendas rápidas, e essa é uma tática muito inteligente.

    Muitos posts eficazes terminam com algum tipo de call to action. O melhor deles está intimamente ligado à intenção de pesquisa por trás da postagem no blog, e também está diretamente relacionado a algo que você vende, oferece ou faz.

    Vamos voltar ao seu hipotético negócio de jardinagem. Digamos que você crie um post de blog que responda à pergunta “por que meu jardim está ficando marrom?”. Considerando a sua área de atuação, provavelmente, você já conhece cinco ou seis motivos pelos quais isso possa acontecer. Coloque-os na postagem do blog como uma forma de agregar valor e estabelecer autoridade.

    Claro, alguns dos pontos deste blog serão coisas que os visitantes podem experimentar. Mas os demais devem ser serviços que sua empresa oferece.

    Então, para seu call to action, traga o leitor de volta para o seu negócio, posicionando sua empresa como a solução para o problema dele. Isso é uma venda fácil: você entregou um valor real para o visitante e está em uma posição de vender seus serviços como a solução definitiva.

    Todos os blogs são relevantes?

    Não. Os blogs ainda são altamente relevantes para as empresas, mas nem todos são igualmente eficazes. Algumas empresas veem os resultados de seus esforços com blogs (tráfego de pesquisa orgânica, geração de leads, melhorias em SERP e assim por diante). Mas outras não estão aproveitando esses benefícios.

    É claro que você quer estar na primeira categoria, não na segunda. E se você já sabe que não está obtendo resultados com seus esforços de blog, está na hora de fazer uma mudança. Felizmente, os motivos pelos quais o blog funciona para alguns, e não para outros, não são segredo.

    Você precisa entender os princípios básicos de SEO

    Em primeiro lugar, para que seu blog seja o mais eficaz possível, você precisa entender pelo menos os fundamentos de otimização para mecanismos de busca (SEO). Claro, quanto mais você souber, melhor. Mas, mesmo sabendo apenas alguns princípios fundamentais, pode levar seu blog de um desempenho decepcionante a bom.

    Nós criamos vários outros posts que exploram os conceitos básicos de SEO, tanto no geral quanto para o segmento B2B. Não vamos repetir todo o conteúdo aqui, mas vamos mostrar alguns exemplos.

    Primeiro, a intenção de pesquisa

    De certa forma, o Google não se preocupa com sua empresa. Ele se preocupa em solucionar, com precisão, a intenção de pesquisa.

    Se um usuário fizer aquela pergunta sobre manchas marrons em seu jardim, ele não quer um artigo sobre tomates cereja ou monociclos. Ele também não quer um artigo que mencione casualmente manchas marrons em um jardim e, em seguida, siga em uma direção não relacionada.

    Ele, definitivamente, não quer um artigo sobre manchas marrons na pele, manchas marrons em bananas, raças de cães com pelo com manchas marrons ou qualquer outra coisa relacionada a manchas marrons, que não tenha a ver com seu jardim. Ele deseja um artigo que explique com clareza e autoridade por que pode estar lidando com manchas marrons em seu jardim.

    Em segundo lugar, palavras-chave

    Sua redação precisa ser estratégica sobre quais palavras-chave usar, incluindo frases semanticamente relacionadas. No artigo de nosso exemplo, o termo “manchas marrons”, certamente, seria a palavra-chave mais importante.

    Frases semanticamente relacionadas podem incluir a frase de cauda longa “por que meu quintal tem manchas marrons” ou “como resolver manchas marrons em meu jardim” — é assim que o Google diferencia as pessoas que procuram conteúdo para cães e conteúdo de jardinagem.

    Outras palavras-chave importantes podem incluir quaisquer que sejam as três ou quatro principais causas de manchas marrons (olha, somos pessoas de conteúdo, não especialistas em jardinagem). Honestamente, isso pode ficar muito complexo, mas você não precisa, necessariamente, mergulhar tanto assim.

    Se você escrever um artigo que seja genuinamente de alta qualidade e que permaneça focado em sua palavra-chave primária, você vai, naturalmente, aprender o suficiente das palavras e frases semanticamente relacionadas na maioria das vezes.

    Você precisa mensurar os resultados do seu blog

    Para saber se o seu blog está fazendo a diferença, você precisa mensurar os resultados dele:

    • Você obtém tráfego orgânico?
    • Qual é a sua taxa de cliques para CTAs em suas postagens?
    • Qual é sua classificação para as palavras-chave mais importantes?

    Essas análises podem revelar muito sobre o que está funcionando e o que não está. Esse também pode ser um ótimo ponto de partida para uma conversa com uma agência ou parceiro externo.

    Como você pode atualizar seu blog?

    Se os esforços do seu blog estão instáveis ou, simplesmente, não entregam os resultados que você deseja, talvez esteja na hora de fazer algumas atualizações. Portanto, experimente estas cinco estratégias para renovar o seu blog!

    Aumente a autoridade por meio do tamanho

    O Google favorece cada vez mais as páginas com autoridade. Isso pode significar muitas coisas, algumas das quais são difíceis de controlar como um redator ou estrategista de conteúdo.

    Mas você pode controlar duas coisas: tamanho e qualidade. Vamos começar com o primeiro. O Google, sem dúvida, favorece o conteúdo de formato mais longo. O tamanho exato depende do tópico e do que a concorrência está fazendo. Mas, na maioria dos setores, as postagens de blog de 500 palavras, simplesmente, não estão servindo mais.

    Aumente a autoridade por meio da qualidade

    A qualidade é o outro componente de autoridade que você pode controlar diretamente. Os algoritmos do Google são avançados o suficiente, agora, para diferenciar um post bem escrito de outro mal escrito. Certifique-se de escrever com uma gramática impecável e varie seu vocabulário e o tamanho das frases.

    Escreva para snippets

    Alcançar uma boa posição no Google pode ser altamente complicado, mas não se você conquistar um espaço de snippet. A versão atual dos resultados de pesquisa do Google, muitas vezes, traz à tona um snippet, uma caixa diretamente nos resultados da pesquisa que traz uma definição, uma lista de instruções ou alguma outra resposta direcionada à pesquisa.

    Experimente fazer algumas pesquisas para ver o que queremos dizer. É comum que os snippets tragam uma definição direta ou uma lista com marcadores ou numerada. Pense em como, provavelmente, seria o snippet de sua palavra-chave e, em seguida, escreva o melhor em razão disso. Se você conquistar um espaço de snippet, você vai disparar para o topo dos resultados da pesquisa.

    Recursos visuais e de vídeo

    O que é melhor: uma ótima postagem de blog apenas com texto ou a mesma publicação aprimorada com recursos visuais e vídeo? Você sabe a resposta, e os mecanismos de pesquisa também. Então, inclua visuais estratégicos e, até mesmo, vídeos em seus posts de blog, o quanto seu orçamento permitir.

    Use um sistema de gerenciamento de marketing para manter tudo certo

    Quanto mais você investe em seu blog, mais difícil se torna manter todo o seu conteúdo organizado. Você atribuirá peças a vários recursos, criará uma agenda de conteúdo e muito mais. Você precisa da ferramenta certa para manter tudo isso funcionando.

    O Studio, por exemplo, é uma solução de gerenciamento de marketing que combina o melhor em gestão de projetos e colaboração, em uma ferramenta focada em conteúdo. Se você ainda não tem uma solução, confira o que o Rock Studio pode fazer por você.

    Nossa conclusão: blogs estão longe de morrer! Aliás, os blogs nem mesmo mostram qualquer sinal de desaceleração. Continuam a ser uma estratégia vital para empresas de todos os tamanhos, em todos os mercados, pelos muitos motivos que discutimos aqui.

    Quer saber mais sobre a criação de blogs com o sistema de gerenciamento de conteúdo mais usado no mundo? Então, vá mais fundo nesse assunto, baixando o nosso Guia WordPress para Blogs Corporativos!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!