Entenda de uma vez o que é Github e a importância dele num negócio

Você sabe o que é GitHub? É uma plataforma que facilita, e muito, o desenvolvimento de um projeto em equipe. Descubra como essa ferramenta pode ajudar na sua empresa neste post!

    Trabalhar em equipe é uma habilidade muito valorada hoje em dia no mercado de trabalho. Para os desenvolvedores de software ou de plataformas como WordPress, por exemplo, a tarefa se complica quando várias pessoas mexem, ao mesmo tempo, em um projeto. Por isso, a importância do GitHub.

    Afinal, corre-se o risco de perder informações, seja por um erro humano ou simplesmente ao sobrescrever num código. No entanto, esse é um problema que se solucionou 15 anos atrás, quando foi criado o Git, que deu origem ao GitHub. Mas o que é GitHub e como ele soluciona essa questão?

    Se quiser entender melhor esses termos, acompanhe este artigo. Nele você verá:

    • O que é Git?
    • O que é Hub?
    • O que é GitHub?
    • Qual é a importância do GitHub em uma empresa?
    • Como utilizar o GitHub?
    • Como usar o GitHub em WordPress?

    Tudo pronto para começar? Vamos lá!

    O que é Git?

    O Git é um software para gerar projetos onde vários desenvolvedores podem trabalhar ao mesmo tempo. Desenvolvido em 2005 por Linus Torvalds precisamente para a criação do Kernel do Linux, hoje ele é utilizado para elaborar qualquer site, software ou código de forma rápida e inteligente.

    Mas o recurso que faz essa ferramenta ser tão útil e prática é o sistema de controle de alterações. Isso quer dizer que cada vez que alguém muda o código é gerada uma nova versão para o projeto. Assim, não se corre o risco de perder nenhuma informação.

    No Git, também não há problema com códigos sobrescritos e perda de informações, já que as versões são salvas no repositório — diretório onde são armazenados todos os arquivos do seu projeto. É possível guardar esse repositório no seu computador ou, se você utilizar uma plataforma online como GitHub, também pode ser armazenado lá.

    Embora a maior vantagem do Git ser o trabalho em equipe em um mesmo código, muitos programadores utilizam-no para projetos individuais devido à quantidade de recursos que ele oferece.

    Agora que você já sabe o que é o Git, vamos ao próximo passo.

    O que é Hub?

    Hub é um aparelho utilizado na área de informática que permite a conexão de computadores a uma rede para compartilhar informação.

    O Hub, também conhecido como concentrador, foi um dos primeiros equipamentos utilizados para trocar informações entre computadores de uma rede local.

    Bom, agora que você já sabe o que é o Git e o que é o Hub ficará muito mais fácil de entender o que é o GitHub.

    O que é GitHub?

    O GitHub é uma rede social de desenvolvedores. A primeira parte do nome, “Git”, é por causa da utilização do sistema de controle de versão e a segunda parte, “Hub”, tem a ver com a conexão entre profissionais de programação de qualquer lugar do mundo.

    Inclusive, o GitHub é uma das maiores plataformas online de trabalho colaborativo do mundo. Aqui os usuários compartilham seus projetos, e pessoas de qualquer lugar do mundo podem trabalhar paralelamente neles.

    O trabalho predominante na plataforma são softwares em geral, porém o GitHub está se diversificando e atraindo também outras equipes que querem se beneficiar com o sistema de controle de versão.

    LEIA TAMBÉM
    Saiba o que é UI (User Interface) e a importância dele para os seus clientes
     Saiba como resolver o problema no certificado de segurança do seu site
     Crie um blog para o seu negócio usando o Stage

    Qual é a importância do GitHub em uma empresa?

    O GitHub é uma excelente ferramenta para o trabalho em equipe. Quando se trata de um software ou um site que precisa ser criado em conjunto, por exemplo, a plataforma online facilita, sem dúvidas, a gestão do projeto.

    E essa ferramenta também está disponível para empresas: é conhecida como GitHub Enterprise. Lá, você encontra uma forma inteligente de gerenciar o trabalho de uma equipe.

    Além disso, a segurança é levada muito a sério, algo fundamental quando se trata de projetos digitais. Porém, o que chama realmente a atenção é o fato de a equipe poder trabalhar ao mesmo tempo, de diversos lugares, não só da mesma cidade, mas também do mundo.

    Hoje em dia, para qualquer negócio, a automatização dos fluxos de trabalho é fundamental e o GitHub faz isso possível. Os recursos encontrados na plataforma auxiliam no desenvolvimento dos projetos, facilitando o crescimento da companhia como um todo.

    Como utilizar o GitHub?

    Para utilizar o GitHub é necessário criar uma conta pessoal ou uma conta de equipe. Existem aquelas gratuitas, para usuários individuais, e aquelas destinadas a equipes que utilizam código aberto. Se você quiser algumas vantagens, como ter repositórios privados, pode adquirir alguma das opções pagas.

    Para criar a sua conta, entre no GitHub e preencha os dados solicitados — nome, e-mail e senha. Em alguns minutos, você vai receber um e-mail de confirmação para começar a utilizar a plataforma.

    O primeiro passo, depois que você confirma seu e-mail, é conhecer o novo ambiente. Para isso você pode utilizar o Hello World Guide que o orientará como criar o seu primeiro repositório, fazer um branch ou abrir um pull request.

    Você já sabe o que é repositório, certo? Mas ainda não faz a mínima ideia do que é um branch ou um pull request? Não se preocupe, agora explicamos.

    Branch

    Um branch é uma cópia de um repositório. Você pode utilizá-lo para desenvolver o seu projeto individualmente, sem alterar o diretório original. Assim, só depois de finalizado, será combinado novamente com o repositório original.

    Essa função é útil, por exemplo, se você tem mais de uma opção para a finalização de um projeto. Você pode testar as opções separadamente e incluir o código definitivo só quando você decidir qual alternativa é a melhor.

    Pull request

    Um Pull Request é quando você informa aos outros membros da sua equipe que vai incorporar seu branch ao repositório original. Os colaboradores da equipe podem aceitar ou não a Pull Request.

    Ao abrir essa opção é possível discutir e argumentar o seu trabalho com os cocriadores do projeto.

    Como usar o GitHub em WordPress?

    Se você já utiliza WordPress deve saber como é bom contar com os plugins da plataforma. Se ainda não, leia este artigo e depois volte para continuar deste ponto.

    Contudo, fora do WordPress, também existe uma grande quantidade de plugins que podem ser utilizados na plataforma. Um desses é o GitHub, que disponibiliza uma variedade de códigos que são verdadeiras joias para quem utiliza WordPress.

    Para acessá-los, há duas formas: instalando um plugin a partir da plataforma do GitHub ou utilizando um plugin do próprio WordPress para facilitar a tarefa. Vamos saber passo a passo como fazer cada uma delas?

    Instalando um plugin da plataforma do GitHub

    Para instalar um plugin da plataforma do GitHub, primeiro, você deve baixá-lo. Comece digitando o nome do plugin que você precisa.

    Suponhamos que você quer um plugin de câmbio, você faz a busca em inglês e escolhe uma das alternativas.

    github

    Após escolher, a imagem que vai aparecer será esta, com as pastas do repositório. Para baixá-lo, é só clicar no botão verde “Clone or download”.

    github

    Uma vez que você tenha o arquivo, deverá subi-lo no diretório /wp-content/plugins, pode ser por FTP ou cPanel.

    E pronto: seu plugin já estará disponível para utilização!

    Instalar um plugin no próprio WordPress

    Antes de utilizar o GitHub na sua plataforma WordPress, primeiro você deverá instalar outro plugin que permita incorporar os repositórios diretamente no WP.

    Um plugin recomendado é o Github Embed. Esse plugin recebe atualizações constantes é funciona muito bem. Com ele, você poderá incorporar diretórios do GitHub copiando o URL.

    A partir daqui, é só instalar o plugin seguindo as instruções do WordPress.

    O WordPress é uma excelente plataforma que permite o uso de plugins para personalizar um blog, sem a necessidade de ser um especialista em programação. E mesmo para os mais experientes é um sistema de gestão de conteúdo com muitos recursos que podem potencializar um domínio na Internet.

    E, claro, os recursos do WordPress se multiplicam se acessarmos a grande coleção de repositórios que há no GitHub. É possível encontrar diversos plugins capazes de satisfazer diferentes necessidades.

    O material encontrado no GitHub é bastante amplo. Apesar da maioria dos diretórios serem de códigos e softwares, a facilidade da plataforma tem atraído diversos usuários, bem como desenvolvedores.

    Um grupo que também está crescendo é o de redatores. É possível encontrar na plataforma equipes que criam artigos em conjunto para diversos blogs, uma forma diferente de trabalho que chega com a transformação digital.

    O WordPress e o GitHub cada vez têm mais coisas em comum. Aproveitar os recursos do GitHub e a variedade de open source que é possível utilizar em um blog de WordPress, é uma oportunidade que vale a pena considerar.

    Se você ainda não tem um site ou blog em WordPress, o que você está esperando? Você pode criá-lo agora mesmo com o Stage. Faça seu registro e em poucos passos você terá o seu blog. Aproveite essa oportunidade e comece a marcar presença no mundo digital!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!