Por Ana Júlia Ramos

Redatora freelancer da Rock Content

Publicado em 12 de outubro de 2019. | Atualizado em 13 de julho de 2020


No universo do marketing, recursos como site ou blog são requisitos importantes para o sucesso de qualquer estratégia. Enquanto o site oferece informações básicas, porém fundamentais, o blog é aquele espaço para explorar diferentes conteúdos com o objetivo de expandir conhecimento a respeito dos seus serviços ou produtos.

A dúvida entre site ou blog é muito comum nos momentos que envolvem o planejamento de uma estratégia de marketing.

Ambos são importantes não apenas para a prospecção de clientes, mas contribuem também no processo de educação a respeito de uma marca

Tal educação, por sua vez, é responsável por gerar vendas acertadas que se transformam em satisfação e encantamento. 

Criar um site ou blog são dúvidas pertinentes, mas o mais importante é entender as particularidades de cada um deles e descobrir, no final, qual é a opção ideal para o momento em que o seu negócio se encontra.

Neste post, vamos explorar o assunto a partir dos seguintes tópicos:

 

Site

De acordo com o dicionário, site é um “local na Internet identificado por um nome de domínio, constituído por uma ou mais páginas de hipertexto, que podem conter textos, gráficos e informações em multimídia”.

site da rock content

Atualmente, em meio a todos os processos de transformação digital e aumento da presença de tecnologias no dia a dia das pessoas, o conceito de um site pode parecer muito óbvio. O que importa para nós são as principais especificidades dele em estratégias de marketing, então vamos ao que interessa.

Para uma empresa, criar um site é importante para reunir as principais informações sobre ela. Serviços, história, contato, localização e palavras institucionais como um todo. 

Hoje em dia é como se um site fosse a sede, escritórios ou lojas: quando alguém tem interesse no que você entrega, o impulso inicial — atualmente — é buscar no Google e encontrar o endereço oficial para tirar dúvidas e entender mais sobre a proposta da empresa.

O recurso, porém, não garante que as vendas serão feitas como um supetão, afinal sabemos o quanto um processo de decisão pode ser complexo. E é aí que entra o blog.

 

Blog

Para falar sobre o blog, volte a imaginar o ambiente de um site. A não ser que o usuário já esteja 100% decidido sobre a vontade de fechar negócio, é importante investir em recursos capazes de alimentar o conhecimento a respeito dos seus serviços

blog da rock content

Ele está dentro do ambiente de um site, é composto principalmente por postagens e a ordem cronológica costuma ser organizada dando destaque para os conteúdos mais novos.

Essa é justamente a ideia do blog: apresentar conteúdos de teor mais aprofundado sobre assuntos relacionados a uma empresa, priorizando a atualização constante e entrega de novidades. 

No caso dos blogs corporativos, imagine-os como base para sustentar o desejo de compra de uma pessoa. Ela pode ter ideia da necessidade de comprar um computador novo, mas vai ter certeza e fechar negócio depois de entender os principais motivos para fazê-lo. 

Isso é alcançado a partir de uma estratégia em Marketing de Conteúdo, que tem como um dos pilares o investimento em páginas do tipo. 

Outra vantagem dos blogs é a possibilidade de investir na sustentação e divulgação de outros conteúdos importantes na estratégia, como e-books e materiais ricos.

ebooks disponíveis no blog da rock
 

Principais diferenças entre site e blog

Conforme entendemos a partir do significado do dicionário da palavra “site”, entendemos que um blog é uma das páginas dentro dessa categoria maior.

A diferença, então, na verdade pode ser considerada da seguinte forma: um complementa o outro. O ambiente com maior abrangência é responsável por reunir aquelas informações que “envelhecem bem” — como história, grandes números, resumo sobre os serviços.

Powered by Rock Convert

No outro, o usuário é alimentado por um volume atualizado de conteúdos que não necessariamente vão falar sobre a sua empresa de forma direta.

Outra característica que difere ambos é a possibilidade de investir em estratégias como storytelling, escrita criativa ou outros recursos que prendem a atração do leitor.

Como o site é o ambiente em que as principais dúvidas devem ser solucionadas — preferencialmente de forma atemporal — não é legal criar obstáculos de comunicação.

Por isso, as informações costumam ser diretas e seguir um tom mais institucional, bem direto ao ponto. 

Postagens em blogs, por sua vez, contam com um mundo de possibilidades: quanto maior criatividade e investimento em estratégias capazes de captar a atenção, melhor

Nesse espaço é possível ser mais subjetivo, fugir dos assuntos diretamente relacionados aos produtos e alimentar o leitor a partir de uma gama gigantesca de conteúdos. 

Por fim, um outro ponto importante é que, como dissemos, o volume de informações dos blogs deve ser atualizado com frequência e contar com um calendário em constante movimento, pensando em pautas que façam sentido com os diversos perfis de público de forma particular.

Conteúdos pensados nas personas em fase de atração são diferentes daqueles pensados para quem vive a consideração, por exemplo.

No site, o público é imaginado de forma geral, permitindo que os textos sejam criados para expor a mensagem de forma efetiva para o maior número de pessoas possível. 

 

Site ou blog: a melhor opção para uma empresa

Escolher entre site ou blog é uma tarefa que não necessariamente precisa de respostas exatas. Sim, é isso mesmo!

Na verdade, o que consideramos como resposta é algo bem simples. Em uma boa estratégia de marketing, tanto um quanto o outro devem ser vistos de forma complementar, alimentando o usuário com informações pertinentes e inseridas de maneira estratégica, tudo dependendo do seu momento nos processos de análise e decisão antes de fazer uma compra.

O que pode ser feita é uma priorização entre um e outro. Ela pode ser feita quando a empresa não tem recursos suficientes para investir nas duas de uma vez só.

Neste caso, o ideal é começar com um site, já que ele é a base que no futuro será responsável por sustentar a criação do blog.

Resumimos o objetivo de cada um deles para que assim seja possível tornar o processo de decisão entre uma estratégia ou outra na realidade da sua equipe:

Sites são ambientes com maior teor institucional e são importantes para quem tem objetivo de expor as principais informações sobre a sua empresa, produto ou serviços, focados em entregar a mensagem para o público de forma geral.

Blogs funcionam como um espaço atualizado que reúne informações ricas não necessariamente sobre a empresa de forma direta, mas todo o universo que a rodeia, a partir de conteúdos atrativos e pensados estrategicamente nos diversos perfis de comprador.

Quando existe um bom embasamento na hora de tomar a decisão, tenha certeza que ambos os recursos podem ser usados de forma altamente eficaz.

Se você gostou de aprender sobre sites ou blogs e pretende continuar estudando para caprichar na estratégia, baixe agora nosso guia de blogs corporativos e entenda a sua importância em um bom plano de marketing

guia definitivo do blog corporativo

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *