Por Larissa Lacerda

Editora do Blog da Rock Content.

Publicado em 26 de março de 2020. | Atualizado em 1 de outubro de 2020


Monitorar de perto o desempenho do site é muito importante para qualquer estratégia de Marketing Digital. Afinal, o site é a presença virtual da sua empresa e precisa estar sempre disponível, como um ponto físico, além de estar no topo dos sites de busca e oferecer uma ótima experiência ao usuário.

Neste post, falaremos sobre uma das métricas de Marketing que medem o desempenho do seu site: o tráfego de referência, sua importância, como é medido e como melhorar.

Nos acompanhe nos próximos minutos para aprender detalhadamente tudo relacionado a essa métrica importante.

O que é tráfego de referência?

Tráfego de referência, do inglês referral, resume basicamente o que um link faz ao levar uma pessoa de um site para outro.

É uma importante métrica do Marketing Digital. Ferramentas, como o Google Analytics, interpretam o tráfego de referência como a origem das pessoas ou do tráfego que chega ao seu site por outros meios que não os motores de busca, ou campanhas de mídia paga.

Em outras palavras, são os visitantes que acessam seu site por meio de outras páginas ou links, e não exatamente por uma pesquisa no Google de uma palavra-chave encontrada em seu site.

Por que o tráfego de referência é importante?

Essa métrica ajudará você a avaliar quão pouco ou muito relevante o conteúdo que você tem em seu site é para outras pessoas ou empresas. Isso porque ninguém deseja ter links em seus sites que não agregam valor ao visitante ou não trazem uma experiência positiva para o usuário.

Ao medi-los, você poderá identificar quanto impacto esses sites estão causando na origem do tráfego para o seu site, uma vez que ele também é medido por pesquisa orgânica ou campanhas de mídia paga.

Portanto, essa métrica é usada para verificar se o conteúdo que você tem no seu site é interessante e valioso, não apenas para quem o indica, mas para quem o visitará depois de clicar em um link de referência.

Como medir o tráfego de referência?

Dentro do Google Analytics você encontrará uma opção de origem ou fontes de tráfego.

Acessar tráfego Referral

Como mencionamos, também serão exibidos os dados relacionados à pesquisa orgânica, mídia paga ou mesmo se a origem foi um email que o visitante recebeu e pelo qual chegou ao seu site.

Canais do Google Analytics

Para medi-lo, basta identificar o total de visitantes e a origem deles. Ou seja, se você receber 100 visitantes em seu site na semana e desses 100, 10 vierem de links de referência de outros sites, sua taxa de referência para essa semana será de 10%.

Para realizar essa medição, é necessária uma ferramenta como o Google Analytics, em que você poderá identificar o número total de visitantes dentro de um período e as fontes desse tráfego.

Se você já tem ou pretende criar uma conta do Google Analytics, mostraremos rapidamente como visualizar essa métrica na ferramenta:

  • faça login na sua conta do Google Analytics;
  • no menu no lado esquerdo da tela, clique em “Relatórios” e, em seguida, em “Aquisição”;
  • na seção “Todo o tráfego”, clique nos “URLs de referência”;
  • Lá você verá as páginas pelas quais os visitantes estão acessando seu site.
CTA de download para o kit: Domine o GooglePowered by Rock Convert

Como otimizar essa métrica?

Depois de identificar o comportamento dessa métrica no Google Analytics, você pode começar a identificar os sites de onde as pessoas vieram e pensar em campanhas de “marketing cruzado”.

Ou seja, reconhecer como você pode oferecer um conteúdo cada vez melhor relacionado ao site pelo qual as pessoas chegam.

Para deixar mais claro, daremos um exemplo:

Imagine que você tem um e-commerce de instrumentos musicais e reconhece nos links de referência um site de uma empresa que você já ouviu falar: se trata de uma escola para aprender a tocar piano.

As pessoas estão acessando seu comércio eletrônico porque essa escola está fornecendo uma referência para comprar instrumentos musicais (nesse caso, pianos).

No entanto, o visitante desse site está acessando a página inicial e não exatamente a página que você possui pianos ou as ofertas dedicadas a esse instrumento.

O que é mais provável que aconteça? A pessoa realmente acessará seu site, mas, a menos que veja uma oferta relacionada aos pianos, sairá da página, o que resultará em uma alta taxa de rejeição.

Se estiver dentro de suas possibilidades, entre em contato com a empresa que possui o link de referência e solicite que o corrija. Em troca, ele pode solicitar que você faça também uma referência a esse link. Como dissemos, isso é marketing cruzado.

Assim, otimizar essa métrica dependerá da identificação não apenas de onde os usuários vêm, mas por que eles estão chegando e o que esperam encontrar quando chegam ao seu site.

O tráfego de referência é uma métrica que pode ajudar você a otimizar a experiência dos usuários do seu site que chegam por meio de outros sites.

É importante identificar o quanto esse índice está afetando o seu tráfego, além de saber por que as pessoas estão acessando seu site, assim você poderá oferecer a elas conteúdos valiosos.

Hoje, o Analytics é uma ferramenta muito útil em qualquer estratégia de Marketing Digital. Se você quiser saber mais sobre essa e outras métricas, faça o download deste incrível ebook que preparamos para você. Aproveite!

Guia Completo do Google AnalyticsPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *