Entenda o que é o Blogger e como criar um blog gratuito no Google

Entenda o que é o Blogger e como criar um blog gratuito no Google

O Blogger é uma plataforma para criação de blogs. Sua praticidade pode ajudar pequenas empresas que nunca fizeram marketing de conteúdo a iniciarem essa estratégia.

Muitos donos de negócio ouvem dizer que fazer Marketing Digital é importante, mas isso requer uma série de ações e de investimentos que podem não se encaixar no orçamento e tempo disponíveis.

Por isso, é comum que pequenos empreendedores optem pelo Marketing de Conteúdo, pois é uma estratégia econômica baseada na criação de artigos em um blog que pode ser criado em plataformas como o Blogger.

E por que ter um blog no Blogger é mais simples e rápido? Como criar uma conta nele e tirar proveito máximo para ter resultados?

Fique conosco até o final deste post para saber as respostas!

O que é o Blogger?

O Blogger é uma plataforma que permite criar blogs e é uma das opções mais usadas pelos iniciantes em produção de conteúdo para web.

Geralmente, os blogs criados no Blogger são hospedados pelo próprio Google, em um subdomínio blogspot.com. Cada conta do Google permite a criação de até 100 blogs.

No início, todos os blogs podiam ser publicados em vários outros serviços de hospedagem, mas acabaram sendo transferidos para os próprios servidores do Google, dando a possibilidade dos blogueiros usarem tanto a extensão blogspot como um domínio próprio que eles mesmos criaram.

Assim, por meio do Blogger, você pode criar blogs gratuitos de propriedade do Google, sobre qualquer assunto que quiser.

Ou seja, você pode criar desde um blog pessoal, em que você fala sobre assuntos variados, até um blog corporativo que traz artigos que falam sobre o nicho em que a sua empresa está inserida.

O Blogger tem aumentado cada vez mais a sua popularidade. E, para isso ficar mais claro, que tal entender como ocorreu a origem dele?

Quando o Blogger surgiu?

Em 23 de agosto de 1999, o Blogger foi lançado pela Pyra Labs e ficou conhecido como uma das primeiras ferramentas de blogs, o que ajudou a popularizar o formato e dar origem à maioria dos CMSs do mercado atual.

Em fevereiro de 2003, o Blogger foi adquirido pelo Google. A aquisição permitiu lançar recursos que eram cobrados pelo Pyra — por exemplo, a criação de blogs gratuitos. Em outubro de 2004, o co-fundador da Pyra Labs, Evan Williams, deixou o Google.

No mesmo ano, por sinal, o Google comprou o Picasa e todo seu utilitário de compartilhamento de fotos, permitindo que os usuários postassem fotos em seus blogs e suas respectivas postagens.

Logo, muitas pessoas interessadas em criar um blog pessoal ou profissional migraram para o Blogger que apresentava cada vez mais novos recursos.

Em maio de 2007, o Blogger mudou completamente para os servidores operados pelo Google e ficou na posição 16 da lista dos 50 principais domínios em termos de número de visitantes únicos em 2007.

Quais são as principais vantagens do Blogger?

Levantamos aqui os quatro benefícios de maior destaque ao criar um blog no Blogger.

Você pode criar um blog em poucos minutos

Para criar um blog no Blogger, basta ter uma conta no Google ou no Gmail. A partir disso, em apenas alguns cliques, você pode escolher o nome, a URL, o template e o blog está pronto.

Apesar do recomendável ser a criação blogs profissionais em WordPress, é necessário ter domínio e servidor próprios, além de ter alguns conhecimentos de webdesign para criar um bom blog na plataforma. Isso leva tempo e investimento, enquanto o Blogger é rápido e gratuito.

Servidor e domínio incluídos

Para criar um blog, além de ter servidor e domínio, é necessário fazer com que um se comunique com o outro.

Ou seja, quem compra ambos separadamente precisa configurar o DNS para que todo o conteúdo do blog seja exibido por meio do domínio.

No caso do Blogger, ambos estão incluídos. O domínio blogspot.com é fornecido por ele e o servidor é do próprio Google.

Claro que, para isso, existem termos de uso que você precisa seguir ao publicar conteúdos num blog da plataforma. 

Conexão com o Adsense

O Google Adsense fornece a você a oportunidade de monetizar o seu blog a partir de anúncios do Google que podem ser inseridos em diversos espaços: header, footer, barra lateral ou até mesmo dentro do conteúdo.

Enquanto outros CMSs requerem que você mesmo faça essa inserção a partir do código HTML, o Blogger faz isso automaticamente.

Gestão de comentários

O Blogger também traz a opção de gerir os comentários de modo que você possa moderá-los, além de limitar as pessoas que podem comentar — caso você prefira.

Como criar um blog por meio do Blogger?

Vamos ao passo a passo de como criar um blog no Blogger.

1. Acesse blogger.com e clique em “criar seu blog” para fazer login no Blogger a partir de sua conta no Google ou Gmail.

como criar um blog no Blogger

2. Escolha o seu nome de perfil, em seguida clique em “continuar para Blogger”.

como criar um blog no Blogger

3. Leia os termos de uso e clique em “criar novo blog”.

como criar um blog

4. Escolha o nome do blog, a URL, o tema (o único dos três que pode ser modificado depois) e clique em “criar um blog”.

como criar um blog no Blogger

5. Caso você queira comprar um domínio próprio, o Google Domains oferece essa opção. Do contrário, basta clicar em “não, obrigado”.

6. Pronto! O blog está criado e basta clicar em “nova postagem” para publicar o primeiro conteúdo.

como criar um blog

Como tirar proveito máximo de um blog feito no Blogger?

Agora que você sabe como criar um blog no Blogger, trazemos aqui algumas dicas a fim de tirar o melhor aproveitamento dessa ferramenta para que o seu blog tenha sucesso.

Faça conteúdos de qualidade

Quando falamos em marketing de conteúdo, é muito comum ouvir que a construção de conteúdos de qualidade é importante. Mas, afinal, o que seria um conteúdo de qualidade?

Além do texto ser bem escrito, é necessário que ele seja estratégico, isto é, que ele esteja ligado ao objetivo do seu negócio.

Afinal, a ideia de fazer marketing digital é justamente trazer mais resultados para a sua empresa, certo?

Portanto, o primeiro passo para a criação de conteúdo é definir quem é a sua persona, ou seja, o personagem semi-fictício que representa o seu cliente ideal.

Uma vez que você a tenha criado, torna-se mais fácil saber sobre quais assuntos falar nos posts e qual linguagem usar para atrair o seu público ao blog.

Se você não sabe como criar uma persona, esta ferramenta da Rock Content pode ajudar.

Guia para criação de personasPowered by Rock Convert

Divulgue os conteúdos do blog nas redes sociais

Você não quer escrever posts para que somente seus familiares e amigos leiam, pois o interesse é que potenciais novos clientes leiam os seus conteúdos, certo?

Bom, para levá-los à sua audiência, é essencial divulgá-los nas redes sociais.

Assim, cada vez que você criar um novo blog post, divulgue-o nas redes sociais em que o seu público está inserido.

Facebook, Twitter e LinkedIn permitem a publicação dos links de cada artigo de modo a levar seus fãs e seguidores a clicarem e lerem o conteúdo. No caso do Instagram, você pode inserir o link do seu blog ou de algum post específico na bio e convidar os seguidores a conferirem.

Além das redes sociais levarem mais pessoas ao seu blog, o aumento do número de visitas também faz crescer a autoridade do seu domínio e, consequentemente, o seu posicionamento no Google.

Escolha um bom template

Por mais que o seu conteúdo seja incrível e relevante para a sua audiência, um bom template é essencial. Afinal, da mesma forma que algumas pessoas não entram em lojas cuja fachada e interior não são bonitos, o mesmo vale para o seu blog.

O Blogger conta com uma série de templates que você pode escolher no momento da criação do blog.

E, se você quiser mudá-lo em algum momento, isso também é possível, sem interferir nas estruturas básicas do blog, tais como: ordem dos posts, seção de comentários e as chamadas de ação — também chamadas de CTAs.

Insira links em cada post

Para transformar textos em clientes, é preciso manter os visitantes o maior tempo possível no seu blog.

Isso não apenas faz diminuir a sua taxa de rejeição, como também faz o seu público ver você como como uma autoridade na sua área por conta dos seus conteúdos.

E, para fazer os visitantes transitarem entre diversos posts do seu blog, você deve inserir links em cada um. Contudo, essa inserção deve seguir algumas boas práticas, por exemplo:

  • inserir o link mais importante do seu blog no primeiro parágrafo do texto;
  • fazer uso tanto de links internos (que levem a outros posts do seu blog) quanto externos (que levam a outros blogs ou sites relevantes, desde que não pertençam à concorrência);
  • fazer com que as CTAs do último parágrafo de alguns posts sejam links para outras postagens de modo que os leitores continuem lendo artigos do blog.

Otimize os seus conteúdos para SEO

SEO é a sigla de Search Engine Optimization, ou seja, é uma forma de otimizar os conteúdos do seu blog para que apareçam nos resultados de buscas de sites como o Google.

Embora o próprio Google leve em conta mais de 200 fatores para ranquear um site ou blog nas primeiras posições, algumas ações essenciais de SEO não podem deixar de ser aplicadas em cada artigo que você postar.

A primeira delas é a escolha de uma palavra-chave principal para o post. Essas palavras podem ser classificadas em dois tipos: head-tail e long-tail.

Enquanto a primeira se refere às palavras com maior volume de buscas na web, a segunda trata das palavras de menor volume, porém, de buscas mais específicas.

Por isso, é recomendável que blogs iniciantes foquem nos conteúdos que sejam baseados em palavras long-tail, pois isso faz com que o seu blog tenha mais chances de rankear entre as primeiras posições para os termos buscados pelo seu público.

Lembre-se também de inserir as palavras-chave nas imagens para que elas possam ser encontradas nas buscas por imagens do Google. Essa técnica é chamada de alt text.

Por mais que o Blogger sugira a inserção de meta keywords nos seus conteúdos, é importante lembrar que elas não influenciam no rankeamento orgânico do seu blog.

Por isso, uma dica para otimizar o seu tempo: em vez de buscar meta keywords que de nada servem, construa uma boa meta description.

Apesar de ela tampouco contribuir para o rankeamento, poderá gerar mais cliques toda vez que alguém encontrar o seu conteúdo em buscas do Google.

Cada conteúdo pode gerar oportunidades de negócio, mas, para isso, é preciso que os blog posts rankeiem, encantem e convertam. E, para aprender a fazer isso no seu Blogger, confira o post que escrevemos a respeito.

Guia do SEO 2.0Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo