Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 13 de fevereiro de 2019. | Atualizado em 12 de dezembro de 2019


Identidade de marca é o termo usado para identificar tudo que estiver relacionado à empresa. Logo, ela precisa ser única e preciosa para o público que você tanto quer conquistar. Por essa razão, dedicamos este artigo ao tema.

Todo dono de negócio precisa conhecer, mesmo que a nível básico, o que é marketing, e isso envolve conhecer bem a sua identidade de marca e o que deve ser feito nela para cativar ainda mais o seu público e trazer os resultados que você espera.

E, para que você saiba o que é identidade de marca, assim como a importância que ela tem no seu mercado e alguns exemplos de marca que tiveram sucesso ao mudá-la, continue a leitura deste post.

O que é identidade de marca

Identidade de marca refere-se a tudo que define missão e valores de uma empresa. Por isso, os logotipos, design dos produtos, estrutura dos serviços, e tanto outros pontos que dizem respeito à marca fazem parte de sua identidade.

Por isso, toda identidade deve ser única e o público-alvo precisa identificá-la imediatamente ao vê-la. Portanto, ela deve reunir todos os elementos visuais e físicos para transmitir aos clientes uma impressão positiva ao:

  • ser original;
  • mostrar aos clientes quem você é;
  • tornar suas soluções visíveis ao mercado;
  • fazer sua empresa proporcionar ao cliente a experiência certa.

Vamos a um exemplo para ficar claro? O que vem à sua cabeça quando ouve falar em Coca-Cola? Havaianas? Rock Content?

Todas as marcas têm identidades que precisam estar alinhadas com o estilo de vida das pessoas que as prestigiam. Afinal, isso faz a empresa ser reconhecida e os clientes se tornarem cada vez mais fiéis.

Quais são as dimensões da identidade da marca

Agora vejamos quais são as principais dimensões quando o assunto é identidade de marca.

Dimensão física

Esta primeira dimensão refere-se aos elementos que fazem a marca ser única, seja ela aplicada em produtos, seja em serviços.

Dimensão cultural

Este é um sistema de valores que podem ser escolhidos de acordo com as ofertas que a sua empresa tem.

Dimensão da intersubjetividade

Esta é a dimensão que humaniza a marca de modo a estabelecer conexões na cabeça do cliente que o façam tomar a decisão de comprar o seu produto.

Dimensão do significado

É usada para criar uma contextualização entre os seus produtos ou serviços e o comportamento dos consumidores que os usam.

Dimensão da mentalização

A última dimensão refere-se à forma como a sua marca passa a fazer parte da forma de pensar do cliente e de sua personalidade.

Você também pode se interessar por este conteúdo!
👉 Core Competence: o que é e vantagens de definir as do seu negócio

Como a identidade de marca valoriza o branding

Quando o assunto é vantagens que a identidade de marca pode trazer à sua empresa, essas que trazemos aqui são as principais que devem ser levadas em conta.

Fidelidade ao cliente

Existem razões que fazem um cliente comprar de uma determinada marca, é importante manter essas razões acesas para que eles voltem a comprar. Afinal, fidelizar um cliente é mais em conta do que prospectar novos clientes.

Segmentação de mercado

Ao criar uma identidade de marca, você pode segmentar o seu mercado de modo a tornar o seu negócio mais visível somente àqueles que realmente tem interesse no que você oferece.

Consistência de marca

Uma marca que é bem construída consegue tomar as melhores decisões para continuar atendendo bem o seu público. Para isso, seus produtos e serviços devem continuar sendo desenvolvidos de acordo com o que o mercado quer.

Valor da marca

Uma identidade de marca forte torna a empresa forte também. Dessa forma, seu branding consegue seguir convertendo clientes.

Com o passar do tempo, eles continuarão a se sentir conectados com a sua empresa a ponto, até mesmo, de se tornarem evangelizadores, ou seja, promotores verdadeiros da sua marca.

Como construir defensores para sua marcaPowered by Rock Convert

A importância da identidade de marca na segmentação de mercado

Antes de ter definida a sua marca, você deve realizar uma pesquisa para saber como sua empresa está, aonde você quer que ela chegue e como estão os seus concorrentes nessa mesma trajetória.

Em suma, você precisa fazer uma Análise SWOT que é composta por:

  • Strength (Força): são os pontos fortes da empresa, ou seja, tudo aquilo que ela faz de melhor em comparação à concorrência;
  • Weakness (Fraqueza): aqui é levantado tudo que você precisa melhorar e o que deixa em desvantagem no mercado;
  • Opportunities (Oportunidades): são os elementos do mercado que você pode usar a seu favor;
  • Threats (Ameaças): estas também pertencem ao mercado, mas, podem causar problemas ao objetivo do negócio.

Se você tiver dificuldades em reunir todos os pontos (bons e ruins) referentes a cada componente da SWOT, recomendamos reunir os membros de sua equipe (e até mesmo de outros departamentos se necessário) para defini-los. Afinal, é preciso conhecê-los bem para criar a identidade de marca. 

6 exemplos de identidade de marca

Agora, vejamos os principais exemplos de empresas que mudaram a sua identidade de marca.

1. Starbucks

A Starbucks é uma das marcas de café mais conhecidas do mundo. A franquia surgiu como a pioneira em oferecer não apenas um bom café, mas também um espaço agradável para os clientes apreciá-lo.

Porém, para que uma empresa se mantenha forte com o passar do tempo, ela precisa se transformar e com a Starbucks não foi diferente.

Em 2011 ela teve uma queda nas vendas e isso fez seus representantes adotarem mudanças para a marca que começou com a remoção da palavra coffee de seu logotipo até a oferta de outros produtos como camisas e canecas.

O resultado dessa mudança fez as vendas aumentarem, além de deixar o nome Starbucks mais forte.

starbucks

2. Havaianas

Na década de 90, as Havaianas eram sandálias voltadas para a classe C, e traziam poucas opções de cores e novidades no mercado. Porém, a inflação no país era muito alta e a vinda da concorrente Rider fez as vendas das sandálias caírem.

Logo, as Havaianas trataram de alterar o produto lançando novas cores, modelos e anunciando-o em diferentes veículos de modo a atrair públicos das classes AB, incluindo artistas nacionais e internacionais.

havaianas top

3. Natura

A Natura é uma empresa conhecida pelos seus produtos de tratamento para o rosto e corpo, como sabonetes, desodorantes e óleos.

Contudo, na década de 2000, eles viram a necessidade de dar a ela um conceito menos tradicional, atribuindo à marca um tom mais moderno e elegante que a tornou mais conhecida por seu público.

natura
Fonte: Case Studies

4. Melissa

Surgida no final dos anos 70, a Melissa entrou no mercado com foco no público infantil feminino, tal como era visto, por exemplo, nas propagandas da Melissinha, um dos produtos de maior sucesso de marca. 

Porém, anos depois, seus responsáveis tomaram a decisão de investir em outros modelos que pudessem conquistar outros públicos e, assim, reposicionar a marca. O sucesso foi tamanho que até mesmo homens passaram a usar os produtos da marca.

5. Pabst Blue Ribbon

Essa bebida não é tão conhecida no Brasil, mas nos Estados Unidos é conhecida por ser uma cerveja barata, consumida pelos trabalhadores no fim do dia.

Porém, ao ser lançada na China, a identidade de marca foi modificada, de modo que tanto a embalagem quanto a logomarca ficassem diferentes.

Afinal, a China é um dos maiores mercados de cerveja do mundo. Assim, reformular a marca Pabst Blue Ribbon a fez colocar entre as preferidas por chineses que buscam cervejas mais sofisticadas e caras.

Fonte: We Do Logos

6. Dove

Durante alguns anos, os anúncios da Dove eram conhecidos por trazerem modelos usando os seus produtos tal como podemos ver abaixo. Porém, com a finalidade de abranger a marca, ela adotou enfatizar a beleza de cada mulher.

Prova máxima disso se deu em propagandas estreladas por mulheres cujas belezas são bem variadas.

Portanto, conforme você pôde ver neste artigo, a identidade de marca deve ser trabalhada em todos os seus canais de marketing, incluindo as redes sociais.

E, para que você saiba como gerar resultados por meio delas, confira este post sobre como fazer um planejamento de redes sociais.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *