10 passos de como usar um criador de minisite na sua estratégia

Um criador de minisite ajuda a desenvolver sites de poucas páginas rapidamente e, muitas vezes, de forma gratuita. Esse tipo de site geralmente tem um objetivo específico dentro do marketing digital, como criar um portfólio ou uma página de links. Entenda agora como você pode usar um criador de minisite.

criador de minisite

    O site é o centro da presença online de uma marca. Esse canal serve para concentrar as informações e conteúdos da marca, engajar a audiência, gerar leads e, se tiver um e-commerce, efetuar as vendas. Por isso, criar um site é uma etapa essencial do marketing digital.

    Mas você já pensou em também criar minisites para a sua estratégia digital? Esse tipo de site é mais simples e traz informações mais rápidas aos visitantes. É direcionado para um objetivo específico, como divulgar um produto ou reunir os links da marca, e pode ser desenvolvido rapidamente com um criador de minisite.

    A seguir, você vai entender melhor o que é um minisite, como ele pode ser usado no marketing digital e quais os passos para usar um criador de minisite. Acompanhe:

      O que é um minisite?

      Minisite é um site de apenas uma ou poucas páginas, que oferece informações e conteúdos rápidos aos visitantes, em torno de um único assunto. Geralmente é usado de forma complementar ao site principal da marca para cumprir um objetivo específico dentro da estratégia de marketing digital.

      A principal característica dos minisites é a simplicidade. A intenção não é criar páginas longas ou oferecer conteúdos aprofundados, e sim transmitir informações aos usuários de forma mais objetiva.

      Por esse motivo, o desenvolvimento de um minisite também costuma ser mais simples e rápido, sem necessidade de conhecimento em programação ou design. Além disso, muitos criadores de minisites são gratuitos ou de baixo custo, o que torna sua criação mais acessível para todo tipo de profissional ou negócio.

      Diferenças entre site, minisite, hotsite e landing page 

      O minisite cumpre um papel diferente do site na estratégia de marketing. O site principal de uma marca é completo, traz todas as informações que os consumidores precisam saber e concentra os conteúdos de marketing.

      É também uma ferramenta de geração de leads e vendas online, especialmente se for integrado a um e-commerce. Deve ser facilmente encontrado pelo Google para ganhar tráfego, construir autoridade e ter mais resultados.

      Já um minisite serve para alguma ação específica do marketing digital (a seguir você vai ver algumas ideias de usos). Portanto, é possível ter vários minisites além do site principal e ainda direcionar tráfego para ele.

      Talvez você pense também que um minisite se parece com um hotsite ou uma landing page. Porém, existem algumas diferenças.

      O hotsite costuma ser criado em períodos promocionais, para promover alguma campanha e têm prazo para sair do ar. Geralmente tem mais apelo visual que o site e o minisite, a fim de encantar e conquistar o engajamento dos visitantes.

      Uma landing page, por sua vez, é formada por apenas uma página, que é totalmente focada na conversão. A intenção é converter os visitantes em leads por meio de formulários e chamadas persuasivas. Minisites também podem cumprir esse objetivo, mas geralmente têm mais páginas e menos apelo comercial.

      Como usar minisites no marketing digital?

      Minisites podem ser usados na sua estratégia de marketing digital de diferentes formas. Vamos ver agora algumas ideias:

      Link na bio

      O famigerado “link na bio” pode ser um minisite, sabia? Esse recurso é usado no Instagram para direcionar os usuários a uma página externa, já que, para a maioria dos perfis, a rede social não permite incluir links nos posts e stories.

      Por isso, os perfis costumam criar uma página que reúne os links que desejam divulgar. Se for um minisite, você pode incluir links, imagens, informações e conteúdos sobre o seu negócio ou algum assunto que mereça destaque.

      Site de afiliado

      O marketing de afiliados costuma usar bastante os minisites. Como os afiliados divulgam uma série de infoprodutos, eles podem criar minisites para inserir os links de divulgação que rendem comissões a eles.

      Os minisites podem incluir a lista de links com que os afiliados trabalham ou oferecer informações sobre algum produto específico. Nesse caso, o uso de copywriting é essencial, a fim de persuadir os visitantes a clicar no link e comprar.

      Pequenos negócios

      Pequenos negócios, que vendem poucos produtos e que ainda estão iniciando no mercado, também podem aproveitar os minisites na sua divulgação. É possível incluir uma breve descrição da empresa e dos seus produtos e as formas de contato.

      Profissionais freelancers, por exemplo, podem usar os minisites para criar um portfólio dos seus trabalhos já desenvolvidos. Restaurantes podem incluir as informações do cardápio. Um chaveiro pode descrever os seus serviços. E por aí vai.

      A grande vantagem para os pequenos negócios é que os minisites são fáceis e baratos de criar, o que pode ser uma boa oportunidade para entrar no marketing digital com um espaço próprio na web.

      Testes

      Minisites também podem ser usados para fazer testes. Você pode criar páginas sobre algum produto que pretende lançar ou um conteúdo que quer aprofundar, em um minisite com domínio próprio, sem comprometer seu site principal ou a imagem da marca.

      Ao receber visitantes, você pode entender melhor a aceitação e o engajamento do público e, então, agregar à sua estratégia de marketing.

      Conteúdo interativo

      Você também pode usar minisites para oferecer conteúdos interativos aos usuários. Esse tipo de conteúdo inclui, por exemplo, quizzes, questionários, calculadoras, entre outros.

      Você pode incluir conteúdos interativos no seu próprio site, claro. Porém, em um minisite, eles tendem a ganhar mais destaque e engajamento do público.

      Assuntos específicos

      Por fim, minisites podem ser usados para publicar qualquer assunto que você quiser abordar. Digamos, por exemplo, que você queira publicar um manifesto sobre alguma causa, uma mensagem da empresa em momentos de crise de imagem ou uma explicação detalhada sobre formas de uso do seu produto.

      Tudo isso pode ser publicado em minisites com um domínio próprio para facilitar a divulgação nos canais que você quiser usar.

      Principais criadores de minisites da web

      A seguir, vamos apresentar algumas opções de criadores de minisites que vão facilitar o seu trabalho. Eles trazem recursos simples e fáceis de usar para criar sites de poucas páginas, com apenas alguns links e conteúdos.

      Algumas dessas ferramentas são plugins e temas de WordPress, que é um dos principais sistemas para criação de sites do mundo. Para ter mais autonomia e versatilidade na criação de sites e minisites, é interessante utilizar o WordPress nos seus projetos.

      Confira agora quais os principais criadores de minisites que você pode usar:

      Google Sites

      Google Sites é uma ferramenta gratuita do Google para criar sites. Oferece recursos básicos para montar minisites simples, além de templates para facilitar a criação. Na galeria de modelos, você pode encontrar modelos para Portfólio, Evento, Central de Ajuda, Restaurante, Salão, entre outros.

      É possível customizar todo o minisite com a sua identidade visual, usar um domínio personalizado e integrar com o Google Analytics para avaliar métricas de acessos.

      criador de minisite

      Linktree

      Linktree é uma das ferramentas de criação de páginas mais usadas para o “link na bio”. Permite facilmente criar uma página com os links da empresa, em um layout simplificado e responsivo.

      No plano gratuito, oferece recursos básicos, apenas com customização de cores. Nos planos pagos, a partir de R$ 16 por mês, é possível usar customizações avançadas e temas premium, além de outros recursos especiais.

      criador de minisite

      Supermenu

      Supermenu é uma ferramenta para criação de apps e sites de delivery de lojas e restaurantes. Ao identificar a demanda dos clientes por um minisite que incluísse suas informações e links, lançou o criador de minisite Superme.nu, especialmente para colocar na bio do Instagram.

      É uma ferramenta gratuita, em que você pode inserir links, mas também fotos, vídeos e playlists para enriquecer a experiência do visitante. Também oferece relatórios para monitorar as métricas de acessos.

      Nicepage

      Nicepage é um construtor de sites com inúmeros templates para criar páginas eficientes e responsivas com facilidade. Você pode usar o recurso arrasta-e-solta para construir o seu minisite, sem precisar codificar nada.

      Na versão gratuita, oferece a possibilidade de criar 1 site com até 5 páginas, ou seja, um minisite. Se quiser mais recursos, é preciso adquirir um dos planos pagos, a partir de U$ 4,95 por mês no plano anual.

      criador de minisite

      Passo a passo para criar um minisite

      Agora, vamos ver os principais passos que você deve tomar para criar um minisite de sucesso, que cumpra seus objetivos de marketing. Acompanhe:

      1. Defina o objetivo do minisite

      Todo minisite deve ser criado com um objetivo. Lembre-se de manter o foco e definir apenas um objetivo específico, como:

      • Divulgar links da marca;
      • Criar um portfólio;
      • Promover as vendas de um produto;
      • Gerar leads para o marketing;
      • Testar o interesse em um novo produto.

      2. Defina uma estrutura básica

      Mesmo que você não seja um designer ou arquiteto da informação, é interessante construir uma estrutura básica do minisite. Procure organizar a hierarquia dos conteúdos, a interligação entre as páginas (se houver mais de uma) e o posicionamento dos elementos nas páginas.

      Um termo técnico para essa etapa de criação de sites é o wireframe. Funciona como um “esqueleto” do seu minisite, que dá uma ideia inicial do seu visual e estrutura.

      3. Compre um domínio

      Algumas ferramentas oferecem domínios gratuitos, mas geralmente não podem ser personalizados (como “sites.google.com/exemplo”).

      Portanto, se você deseja ter um domínio personalizado, é necessário comprar um. Confira a disponibilidade do domínio que você quer registrar em Registro.br. Depois de adquirir o seu domínio, você pode configurar o uso no criador de minisite que escolher.

      Dependendo do objetivo do minisite, você pode definir um domínio com o nome da sua marca, do seu produto ou do nicho em que deseja atuar (ex.: www.sapatosveganos.com.br). Mas procure escolher um domínio fácil de lembrar.

      4. Contrate um servidor de hospedagem

      Hospedar um site é como se você estivesse alugando um imóvel para instalar o seu negócio. A diferença é que isso acontece na web.

      Dependendo do criador de minisite que você escolher, não é necessário contratar uma hospedagem, porque a plataforma já inclui, como o Google Sites ou o Linktree. Mas, se você criar um minisite no WordPress, precisa contratar uma hospedagem.

      5. Configure o criador de minisite

      Na plataforma de criação do minisite, faça todas as configurações necessárias no painel de administração. Defina as informações básicas do site, as configurações de leitura, a identidade visual, a personalização do domínio, a integração com o Google Analytics, entre outras.

      Se você criar o minisite no WordPress, também pode explorar diversos plugins para otimizar o desenvolvimento das páginas.

      6. Ative o tema apropriado para o minisite

      Os criadores de minisites geralmente oferecem modelos de páginas para usos comuns, como portfólio, página de vendas ou apresentação da empresa. Então, escolha um modelo que atenda ao objetivo de marketing que você definiu para o minisite.

      É claro que você também pode criar um minisite do zero, com a estrutura que você bem entender. Mas os modelos podem agilizar a criação, especialmente para quem não entende de web design.

      7. Customize a aparência do site

      A aparência do site é essencial para encantar os visitantes e fortalecer o branding. Por isso, customize o layout, as cores, as fontes e outros elementos visuais para criar um minisite atrativo e único, diretamente identificado com a sua marca.

      8. Insira informações e conteúdos

      Planeje as informações que devem estar no minisite e crie os conteúdos necessários. Lembre-se de que o minisite tem um caráter objetivo, então o ideal é ser sucinto para transmitir sua mensagem.

      Além disso, o tom dos conteúdos pode variar conforme o objetivo do minisite. Se a intenção é vender um produto ou gerar leads, o conteúdo deve ser persuasivo. Se você quer apresentar um portfólio de design, foque na qualidade das imagens.

      9. Use as técnicas de SEO

      Para ter mais chances de aparecer nas buscas do Google, é importante otimizar o minisite com técnicas de SEO. Vale a pena usar palavras-chave, configurar os títulos e intertítulos (H1, H2, H3…), otimizar as imagens com descrições, entre outras técnicas.

      No WordPress, um dos plugins mais recomendados para isso é o Yoast, que traz uma série de indicações de SEO para melhorar sua posição no Google.

      10. Divulgue o minisite

      Não deixe o seu minisite esquecido na web! Para atrair mais visitantes e interessados, divulgue o minisite em seus canais de marketing. Publique nas redes sociais, no email marketing, até mesmo nos materiais impressos. Dessa maneira, você consegue potencializar os resultados.

      Por fim, saiba que ter um bom parceiro para criar um minisite aumenta as suas chances de sucesso. O Stage oferece uma hospedagem rápida, segura e eficiente, integrações com plataformas de marketing, suporte especializado e ferramentas de conversão para fortalecer o seu minisite. Conheça agora as soluções do Stage!

      Compartilhe
      facebook
      linkedin
      twitter
      mail

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!