CTA-fale-com-um-vendedor

53 estatísticas de Marketing de Conteúdo para você se convencer a investir nessa estratégia agora mesmo

Em um cenário hiperconectado, são inúmeras as estatísticas de Marketing de Conteúdo capazes de te convencer do quão essencial é essa estratégia para o sucesso dos negócios. Dados do Brasil e do mundo revelam que a internet é cada vez mais presente na vida das pessoas, e as empresas que aprendem a explorar esse ambiente estão se destacando.

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Basta realizar algumas buscas na internet para perceber o impacto do Marketing de Conteúdo na atualidade.

Milhares de empresas de todos os tipos e tamanhos já entenderam a importância de atrair, educar e criar um relacionamento a partir de conteúdos de valor.

O consumidor moderno não tem paciência para anúncios — ele quer investigar, aprender e se envolver com as suas marcas favoritas.

Para comprar esses argumentos, trazemos 53 estatísticas sobre essa estratégia organizadas em seis fatos inegáveis:


    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Ainda não entende por que deve investir em Marketing de Conteúdo? Este post é para você!

    O Marketing tradicional está enfraquecendo

    À medida que as práticas tradicionais perdem relevância, mais empresas percebem os benefícios de investir em Marketing de Conteúdo.

    A migração da audiência das mídias clássicas para as digitais é um fenômeno inserido na chamada Transformação Digital.

    Esse movimento enfatiza as recentes mudanças observadas nos negócios e no comportamento do consumidor. Abrimos este artigo com alguns dados que confirmam essa transição. Veja!

    1. A audiência da TV aberta está decrescendo

    O público da TV aberta está decrescendo e pode indicar uma mudança de rumo para os próximos anos. Segundo dados da Kantar Media, a maioria das redes perderam público em 2022 em comparação a 2023.

    Já as que ganharam audiência, casos da Globo e Bandeirantes, o crescimento foi ínfimo. A última passou de 2,7% de televisões ligadas entre 18h e 0h para 3,2%, enquanto a líder do mercado saiu de 32,4% para 33,7%.

    Apesar do crescimento das duas emissoras, todas as outras viram sua audiência cair e a preocupação com o futuro aumentar.

    2. A TV paga perdeu 20% do público em 2022

    As atualizações de resultados da Kantar Media também trouxeram péssimas notícias para a TV paga, apontando redução do desempenho médio no ano de 2022. Segundo a pesquisa, houve perda de 20% do público que consumia esse tipo de mídia.

    Essas estatísticas de Marketing de Conteúdo são colocadas na conta do crescimento das redes de streaming no país e também por causa da pirataria. Além disso, a publicidade em canais por assinatura envolve muitos desafios.

    3. 1,45 milhões de telefones foram cadastrados na plataforma Não Me Perturbe em 2022

    Visando se proteger das ligações de telemarketing, os usuários de todo o Brasil estão aderindo à plataforma Não Me Perturbe. Já são ao menos 11 milhões de pessoas cadastradas no sistema.

    Além disso, segundo esses dados, houve o crescimento de cadastramento de mais de 1,45 milhão de pessoas durante o ano de 2022 com relação a 2021.

    4. Com mais de 350 milhões de downloads, o AdBlock é uma das extensões mais populares do Google Chrome

    Se há um serviço que fez (e continua fazendo) as empresas repensarem a divulgação de produtos e marcas na internet é o AdBlock, o bloqueador de anúncios mais utilizado do mundo.

    Apenas no Google Chrome, ele já bateu a marca dos 350 milhões de downloads.

    O mundo está cada vez mais conectado

    A expansão do acesso à internet é notável, assim como as implicações desse crescimento. As mais longínquas regiões do mundo estão começando a ter acesso ao universo de informação disponível na web.

    O maior destaque, porém, está nas conexões mobile, que já se consagraram como a principal forma de acesso à rede em todo o planeta.

    Confira esse e vários outros dados, a seguir.

    5. O mundo tem cerca de 1,1 bilhão de sites

    Em março de 2023, o número de sites, registrado pela Netcraft, foi de 1.116.018.952. Dez anos antes, o número total era de 185 milhões. Esse dado está entre as estatísticas de marketing digital mais importantes.

    6. Mais de 60% da população mundial já têm acesso à internet

    Segundo a Global Overview Report, o número de pessoas que acessam a internet de maneira regular no mundo é de mais de 5 bilhões, significando que mais de 60% da população mundial tem acesso à internet.

    7. As pessoas passam aproximadamente 100 dias por ano conectadas

    Segundo o relatório Digital 2023: Global Digital Overview, a média global de tempo de uso da internet por usuário é de 6 horas e 37 minutos por dia.

    Tempo gasto por dia na internet

    8. O mobile responde por metade do tempo de uso da internet

    Ainda conforme o relatório Digital 2020, ao nível global, as pessoas passam praticamente metade (50,1%) do seu tempo conectadas aos dispositivos móveis.

    Tempo de conexão na internet em dispositivos mobile

    9. Os smartphones representam 58,43% do tráfego global

    Segundo essa pesquisa, os smartphones são a principal forma de acesso à internet no mundo, antes mesmo de computadores e outros consoles.

    Para efeitos de comparação, em 2015, esse número era de aproximadamente 30%. Esses dados mostram a importância de investir em experiência móvel para melhorar a experiência dos usuários.

    A internet faz mais em um minuto do que qualquer outro canal

    Todos os anos, a consultoria estadunidense de negócios Visual Capitalist apresenta um relatório com os números registrados pela internet em apenas um minuto.

    10. 6,3 milhões de buscas são realizadas no Google a cada minuto

    Segundo pesquisas realizadas em 2023, o número de buscas por minuto no Google é de mais de 6 milhões. Além disso, mais de 75% das pesquisas feitas na internet ao redor do mundo são realizadas por meio desse mecanismo, destacando a importância desse canal para o marketing das empresas

    11. 4,5 milhões de vídeos são vistos no YouTube a cada minuto

    A mídia social do Google se mantém firme no segundo lugar na ranking dos tops sites da internet. O YouTube já registra 4,5 milhões de visualizações por minuto.

    12. 390 milhões de aplicativos são baixados na Google Play e na Apple Store a cada minuto

    Os aplicativos se tornaram uma das soluções mais queridas dos consumidores nos últimos anos. A variedade de serviços oferecidos por empresas de todos os tamanhos espalhadas pelo mundo é quase infinita.

    13. 87 mil pessoas tuitam a cada minuto

    O Twitter nunca conseguiu reproduzir a sua notável popularidade nos Estados Unidos nas terras brasileiras, mas seu uso ainda é notável entre personalidades de destaque.

    14. 695 mil horas de vídeo são assistidas na Netflix a cada minuto

    Os serviços de streaming são um dos propulsores da brusca mudança de comportamento dos usuários em relação às mídias.

    A Netflix, por sua vez, segue como protagonista nesse processo, com quase 700 mil horas de conteúdo entregues a cada minuto.

    15. 1 milhão de logins são realizados no Facebook a cada minuto

    Entre críticas e polêmicas, o Facebook se mantém como uma rede social sólida no mercado, embora venha perdendo espaço para suas recentes aquisições, como o Instagram e o WhatsApp.

    16. 347 mil scrolls (movimento de baixar a tela) são feitos no Instagram a cada minuto

    O Instagram é, definitivamente, a rede social do momento, principalmente entre o público jovem. O número de interações na plataforma mais que dobrou entre 2018 e 2019.

    17. 41,6 milhões de mensagens são enviadas pelo Messenger e pelo WhatsApp a cada minuto

    O impacto mundial do WhatsApp nos serviços de telecomunicação em todo o planeta foi notável. Hoje, o aplicativo se consagra como uma das soluções mais populares nos smartphones.

    Junto ao app de mensagens do Facebook — o Messenger —, são mais de 40 milhões de mensagens enviadas a cada minuto.

    Os brasileiros estão oficialmente inseridos na internet

    Contra todas as expectativas, o Brasil vem se destacando na expansão do acesso à internet. O crescimento do número de usuários é, em grande parte, alavancado pelos dispositivos móveis, que também já são os preferidos por aqui.

    Veja as estatísticas mais recentes sobre o assunto no país.

    18. 70% da população brasileira estão conectados

    De acordo com a última pesquisa TIC Domicílios, mais de 126 milhões de brasileiros têm acesso à internet. A proporção de usuários conectados subiu de 67% (2017) para 70% (2018) e os números não param de crescer.

    Usuários de internet no Brasil

    19. Nas regiões urbanas, a proporção de usuários é um pouco maior: 74%

    A mesma pesquisa também destaca que o crescimento da disponibilidade do acesso à internet parte das capitais e regiões metropolitanas para o interior.

    20. 49% da zona rural brasileira também estão conectados

    Entretanto, o que realmente chama a atenção é o desempenho da zona rural. Praticamente metade da população localizada em distritos e municípios no campo já tem acesso à internet.

    21. 48% da população das classes D e E têm acesso à internet

    As camadas mais pobres do Brasil também estão cada vez mais conectadas. Em 2017, 42% das classes D e E declararem ter acesso à web. Em 2018, esse índice subiu para 48%.

    22. No Brasil, a internet móvel ainda é predominante na zona rural e nas classes mais pobres

    Os smartphones são um dos principais responsáveis pela expansão do acesso à internet no Brasil:

    • na zona rural, 77% dos acessos são realizados a partir de smartphones;
    • entre a população com renda familiar de até um salário mínimo, o uso exclusivo do celular é relatado por 78% das pessoas;
    • nas famílias com renda entre um e dois salários mínimos, a proporção dos computadores aumenta para 31%;
    • já para as famílias com renda acima de dez salários mínimos, 80% declaram utilizar ambos os dispositivos.

    23. Os smartphones são o meio de acesso à internet mais popular no país

    Embora os aspectos sociais afetem os dados significativamente, os números gerais apontam o crescimento da popularidade dos smartphones.

    Dispositivos usados para acessar a internet no Brasil

    24. 30% da população já têm acesso à internet por meio de Smart TVs

    Outro dispositivo que começou a se pronunciar nas últimas pesquisas são as Smart TVs. A popularização dos serviços de streaming é dos principais argumentos para o maior uso das TVs inteligentes.

    Dispositivo de acesso à internet

    25. Aplicativos de mobilidade urbana (táxis e carros por app) são o serviço móvel mais utilizado no Brasil

    Entre os principais serviços online disponibilizados no país, os apps de transporte são a solução mais usada pelos usuários brasileiros:

    • 32% afirmaram usar serviços de mobilidade urbana;
    • 28% declararam usar serviços de streaming;
    • 12% disseram que usam o celular para pedir comida.

    26. O Brasil já tem mais celulares que habitantes

    Segundo o último levantamento da FGV-SP, o Brasil tem hoje 230 milhões de smartphones ativos, entre mais 420 milhões de dispositivos digitais registrados.

    27. 53% dos usuários brasileiros passam mais de seis horas por dia conectados

    De acordo com uma pesquisa publicada pela empresa de segurança online ESET, mais da metade dos usuários brasileiros passam mais de seis horas por dia online.

    28. O tempo médio dos usuários na web, porém, é de 9 horas e 14 minutos por dia.

    O Brasil perde apenas para Tailândia e para Filipinas no tempo médio de uso da internet.

    De acordo com o Comitê Gestor da Internet no Brasil, a popularização das redes sociais e o crescimento do trabalho online estão diretamente relacionados a esse número.

    O Marketing de Conteúdo está transformando o mercado global

    Quem está investindo em Marketing de Conteúdo já percebeu que ele mudou a percepção das marcas, o comportamento de busca, a tomada de decisão de compra e muito mais.

    As pessoas estão imersas em um mar de informações e, por isso, tendem a valorizar personalidades e empresas que entregam conteúdos relevantes.

    Confira algumas tendências e constatações sobre o Marketing de Conteúdo pelo mundo.

    29. O Google permanece sendo o site mais visitado no mundo

    O imbatível buscador continua crescendo. É o site mais visitado da internet, de acordo com o ranking mundial da Alexa, e a principal referência para usuários, empresas e produtores de conteúdo.

    Sites mais visitados do mundo (Alexa)

    30. 82% do tráfego na internet serão compostos por vídeos até 2021

    De acordo com uma projeção da Cisco, os conteúdos em audiovisual serão o formato mais consumido pelos usuários nos próximos anos.

    31. 54% dos consumidores desejam ver mais conteúdos de uma marca ou empresa que apreciam

    Mais da metade dos respondentes de uma pesquisa realizada pela HubSpot declararam estar interessados em novos conteúdos produzidos por negócios que valorizam.

    32. Nos últimos dez anos, conteúdos multimídia e interativos cresceram, em detrimento dos textos

    Os textos e hipertextos ainda dominam a internet, mas os conteúdos que entregam imagens, vídeos e experiências interativas estão se tornando mais populares com o avanço das conexões. Essas estatísticas de Marketing de Conteúdo são da Internacional Communications Union.

    33. As pessoas passam, em média, 2 horas e 24 minutos por dia em mídias sociais

    De acordo com dados da GlobalWebIndex (listados no Digital 2020), os usuários do mundo inteiro passam cerca de 2 horas e 24 minutos nas mídias sociais, mas os números variam bastante entre os países.

    O Brasil, mais uma vez, figura entre os três com maior tempo de uso.

    Tempo diário gasto em redes sociais

    34. O Facebook ainda é a plataforma social mais utilizada no mundo

    Deixando para trás o YouTube, o WhatsApp e até seu app de mensagens, o Messenger, o Facebook continua sendo a plataforma social mais forte do mundo.

    Redes sociais mais usadas do mundo

    35. Pesquisas e comandos por voz cresceram 9% no último ano

    A GlobalWebIndex também revelou o crescimento das buscas e serviços realizados por comandos de voz. Os habitantes com idades entre 16 e 64 anos na China são os que mais fazem uso da tecnologia.

    Uso de busca por voz no mundo

    36. 90% dos usuários não se decidiram sobre uma marca antes de fazer uma pesquisa

    De acordo com dados divulgados pela HubSpot, a quase totalidade dos usuários utiliza a internet para investigar e comparar produtos e serviços.

    37. As pesquisas locais saltaram de 15%, em 2016, para 39%, em 2019

    O Google se oficializou como um legítimo catálogo inteligente nos últimos anos. Buscar serviços locais na plataforma é cada vez mais usual para indivíduos do mundo inteiro.

    38. 51% dos usuários de smartphones descobriram uma nova empresa ou produto enquanto realizavam uma pesquisa

    As buscas na internet também estão se tornando o caminho mais fácil para se encontrar novos produtos, serviços e marcas.

    39. 63% dos profissionais de Marketing investem ativamente em SEO

    As técnicas e práticas de otimização para motores de busca são essenciais para tornar os conteúdos relevantes na internet. A tendência, portanto, é que o SEO seja cada vez mais requisitado pelas empresas.

    Investimento em otimização para buscadores
    Fonte: Hubspot.

    40. Cerca de 80% dos usuários focam apenas os resultados orgânicos das buscas

    A HubSpot também revela que os anúncios patrocinados estão perdendo relevância nas pesquisas, o que pode fazer com que os resultados orgânicos das SERPs sejam ainda mais disputados no futuro.

    41. Os resultados orgânicos tiveram um desempenho 5,66 vezes melhor do que anúncios

    A possibilidade de conquistar uma posição sólida nas buscas é um dos principais motivos que levam uma empresa a investir em Marketing de Conteúdo.

    O Google Ads continua sendo um serviço valioso para os negócios, mas a promoção orgânica de conteúdos relevantes tem apresentado resultados mais consistentes.

    42. 80% dos profissionais de Marketing nos EUA querem trabalhar com microinfluenciadores

    Segundo pesquisa realizada pela empresa estadunidense Linqia, 80% dos profissionais de Marketing que atuam nos Estados Unidos desejam trabalhar com os chamados microinfluenciadores (que têm entre 5 e 100 mil seguidores).

    O Marketing de Conteúdo está transformando mercado do Brasil

    Na quinta edição da Content Trends, a maior pesquisa sobre Marketing de Conteúdo do país, foi revelado o cenário da estratégia no Brasil na visão de profissionais, de empresários e do público em geral.

    Além de apontar os resultados obtidos por quem já adota o Marketing de Conteúdo nos negócios, também foi possível observar o comportamento de consumo de conteúdo. Confira os principais dados encontrados, a seguir.

    43. 97,3% dos respondentes consomem conteúdo online

    Conteúdos online disponíveis em sites, blogs, plataformas e redes sociais são utilizados por praticamente todos os participantes da pesquisa.

    44. 67,3% das empresas adotam o Marketing de Conteúdo

    Entre os 4,7 mil respondentes, 67,3% afirmaram que sua empresa ou a empresa na qual trabalham investe em Marketing de Conteúdo.

    Estatística sobre adoção do Marketing de Conteúdo

    45. 85,8% das empresas que ainda não adotam o Marketing de Conteúdo pretendem aplicá-lo

    A maioria das organizações que não investem em estratégias de conteúdo manifestou interesse em utilizar esse tipo de divulgação no futuro.

    46. 54,9% dos participantes preveem aumentos no investimento destinado ao Marketing de Conteúdo

    Mais da metade dos respondentes acreditam que orçamento para estratégias de conteúdo apresentará aumentos nos meses seguintes. Entre esses, a maioria prevê crescimento de até 10%.

    Aumento do investimento em Marketing de Conteúdo

    47. A geração de leads é o principal objetivo dos profissionais e empresas que trabalham com Marketing de Conteúdo

    Atrás apenas do brand awareness (reconhecimento de marca), a geração de leads é o objetivo mais almejado nas estratégias de conteúdo.

    Principais objetivos do Marketing de Conteúdo

    48. Negócios que usam o Marketing de Conteúdo apresentam 1,3 vez mais visitas

    Sites e blogs que apresentam conteúdos planejados e estruturados por estratégias de Marketing de Conteúdo, como o Inbound Marketing, geram mais tráfego.

    49. Negócios que adotam o Marketing de Conteúdo geram 1,4 vez mais leads

    A taxa de conversão também é maior nos sites e blogs amparados por estratégias de conteúdo em relação aos demais.

    50. 59,1% das empresas se consideram bem-sucedidas no Marketing de Conteúdo

    Mais da metade das empresas se revelaram moderadamente ou muito bem-sucedidas em relação a sua estratégia de conteúdo.

    51. 95,3% das agências prestam serviço de Marketing Digital

    Empresas de comunicação, em geral, estão apostando todas as suas fichas na divulgação online, em especial as agências. Esse dado é do Panorama das Agências Digitais do Brasil de 2019, que também trouxe outras informações interessantes.

    52. As agências que adotam Marketing de Conteúdo para si mesmas conquistam até 13,6 vezes mais leads

    Uma forte presença digital afeta diretamente a geração de leads. No entanto, é a geração de tráfego qualificado, por meio da divulgação de conteúdos estrategicamente planejados, que mais favorece esses resultados.


    53. 48,5% das agências acreditam que o Marketing Digital facilita a mensuração de resultados

    Por fim, não poderíamos deixar de destacar uma das características mais valiosas das estratégias de Marketing Digital: o monitoramento e a mensuração de resultados.

    Por meio de softwares, plugins e pixels, empresas têm a oportunidade de conduzir suas práticas com uma precisão quase cirúrgica.

    Independentemente de todos esses dados, porém, fica cada vez mais clara a influência dessa prática no cotiano das pessoas. Seja em buscas rotineiras na internet, seja na procura por produtos ou serviços, todos nos deparamos com peças de conteúdo profissionais praticamente todos os dias.

    Observe, no entanto, que essa estratégia não é limitada à publicação de posts, imagens ou vídeos em blogs e redes sociais. As possibilidades de conteúdo, engajamento e interação na internet são enormes e as novas tecnologias prometem aprimorar ainda mais a experiência dos usuários.

    Agora que você já conheceu as principais estatísticas de Marketing de Conteúdo, temos um material gratuito com os melhores argumentos para ajudar a convencer toda a sua equipe sobre a importância dessa estratégia para a sua empresa. Confira, agora, o nosso ebook Como Convencer o seu Time a usar Marketing de Conteúdo!

    Se você e sua empresa precisam de produção de conteúdo sem burocracia e prefere contratar freelancers, terceirizando a produção de conteúdo, não deixe de checar tudo sobre o WriterAccess! Tenha acesso de 14 dias para testar a ferramenta gratuitamente!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.