Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 18 de março de 2020. | Atualizado em 21 de agosto de 2020


Qual a importância do link earning? Ninguém pode ignorar que o tráfego resultante de buscas orgânicas é relevante. Os acessos de usuários únicos demonstram ao algoritmo de SEO do Google que o site tem audiência e conteúdo de valor para os usuários da Internet.

Visibilidade na Internet é o principal objetivo de quem aplica táticas de SEO em sites. Isso torna o link earning uma das boas práticas que garantem melhores resultados em motores de pesquisa.

Os links são um dos fatores de classificação em mecanismos de busca. Isso porque a quantidade de links externos é considerada um indicador para mensurar a relevância do conteúdo disponibilizado em sites na Web.

O fluxo de pessoas que acessa os sites a partir de motores de pesquisa é grande: segundo o Search Engine Journal, corresponde a 93% das experiências online. Por isso, criar uma boa estratégia de SEO inclui usar o link earning.

Neste artigo, explicamos sobre essa prática, as diferenças entre link earning e link building, entre outras questões:

O que é link earning?

Link earning é uma forma orgânica de adicionar links ao site para atender às boas práticas de SEO e, consequentemente, conquistar mais visibilidade em motores de pesquisa.

Ele também favorece outras estratégias: o proprietário do site consegue, por exemplo, reter bons conteúdos em sua página ou reduzir os esforços para a criação de conteúdo próprio o tempo todo.

Usar o link earning também permite avaliar os resultados do Marketing de Conteúdo, pois quando o material disponibilizado realmente agrega valor à experiência do usuário, ele ganha os links e ainda pode monetizar.

Por outro lado, se o seu conteúdo não ganha backlinks, significa que há problemas na estratégia de Inbound Marketing: falta de qualidade ou baixo engajamento dos leads, por exemplo.

Qual a diferença entre link earning e link building?

Quando você disponibiliza um conteúdo compartilhável, que melhora a experiência do público e adiciona valor às expectativas criadas durante o acesso, o Google entende sua preocupação e recompensa você por isso: com mais visibilidade para o seu site.

Por isso, uma maneira eficaz de fornecer conteúdo útil para a sua audiência e melhorar a classificação de motores de pesquisa é por meio de blogs. As páginas têm botões de compartilhamento social e seções de comentários, que melhoram o engajamento dos usuários e otimizam a qualificação de leads.

Você faz postagens de blog, com tópicos e palavras-chave mais relevantes para o estágio do funil da sua audiência, adiciona backlinks, links externos e outros elementos para melhorar a experiência de acesso. Assim, além de construir uma audiência, você pode melhorar o desempenho do seu site.

Muitos blogueiros e profissionais de marketing acham impossível conquistar links de qualidade sem a disponibilização massiva de conteúdo. É nessa hora que entra em ação o link earning.

Enquanto o link building não é orgânico por natureza, uma vez que proprietário do site controla todos os links que apontam para o site, o link earning consiste em ganhar os links a partir da disponibilização de um conteúdo de valor.

Portanto, em teoria, sites com links orgânicos (conquistados por link earning), são considerados altamente relevantes. Afinal, essa vinculação somente é possível depois de os usuários atestarem o valor genuíno do que foi disponibilizado.

Qual a importância do link earning?

Link building sempre foi a melhor forma de conquistar boas classificações em motores de pesquisa. Por muito tempo, vários proprietários de sites usaram essa estratégia para ranquear: adicionavam uma infinidade de links em toda a página. Entretanto, eles não estavam atentos à qualidade do conteúdo.

Em detrimento dessa qualidade, links pagos eram usados para direcionar mais tráfego. A aparência do site e a usabilidade ficaram cada vez mais comprometidas e, consequentemente, a experiência do usuário também.

Com a evolução dos requisitos para a usabilidade da Internet, houve mudanças no perfil do usuário — que ficou cada vez mais exigente —, e aperfeiçoamento do processo de classificação de motores de pesquisa, que adicionam cada vez mais elementos para melhorar a posição de sites na página de resultados. Assim, um novo cenário se configurou.

Como o Marketing de Conteúdo surge nesse contexto?

O Marketing de Conteúdo emergiu para se tornar referência como estratégia de Marketing Digital: usa táticas inteligentes de SEO. Apesar de gerar resultados em longo prazo, é o método mais consistente de conquistar audiência, uma vez que disponibiliza conteúdo valioso para os leitores.

Enquanto as táticas tradicionais de SEO criaram conteúdo útil para os mecanismos de pesquisa, o Marketing de Conteúdo se concentrou naquele adequado para pessoas reais.

Aos poucos, esse valor foi reconhecido pelos buscadores, que também passaram a orientar seus processos de classificação com base na qualidade da experiência na página.

Quando o Google definiu os critérios “Panda” de avaliação, objetivou a diminuição da classificação de sites de baixa qualidade. Consequentemente, permitiu o ranqueamento de páginas com conteúdo de valor.

Em seguida, critérios chamados “Penguin”, penalizaram ainda mais os profissionais de marketing que usavam táticas mal planejadas de SEO — aquelas que consistiam apenas em direcionar o tráfego, por meio da manipulação de índices de mecanismo de pesquisa.

Mas por que contar toda essa história?

Para explicar que os links ainda são importantes para o SEO — mas são os links que apontam para o seu site quando você disponibiliza conteúdo de valor que melhoram a classificação em motores de pesquisa.

Esse é o link earning. É como se você merecesse o ranqueamento porque garantiu um dos fatores importantes para o Google e seus algoritmos.

Como ganhar mais links para o site? Veja 9 estratégias

Para conquistar mais links orgânicos para o seu site, basta colocar em prática as estratégias certas, como descrevemos, a seguir.

1. Compartilhe infográficos de valor para a sua estratégia

Infográficos são peças de conteúdo autopromocionais, pois atraem cliques, são facilmente compartilháveis e dificilmente são rejeitados pelo público. Ao criar e incorporar infográficos ao seu site, é possível disponibilizar uma peça de conteúdo atrativa com informações valiosas.

a jornada do clientePowered by Rock Convert

Caso você queira procurar outros exemplos de infográficos, digite o termo pelo qual deseja, juntamente com “infográfico”, no próprio Google. Se puder, informe o autor sobre o uso da peça e sempre adicione crédito para a fonte correta.

Procurar infográficos no Google

2. Disponibilize um conteúdo antigo em outros formatos

Se você não tem tempo ou recursos para terceirizar a criação de conteúdo do seu site, pode reaproveitar o material que já foi criado.

Para alavancar um conteúdo antigo e conseguir backlinks, considere mudar o formato para aumentar o engajamento e alcançar outra audiência, que priorize vídeos, imagens, podcasts e games, por exemplo, durante o acesso à Internet.

Conteúdos rápidos são excelentes ferramentas de compartilhamento, pois são mais fáceis de consumir e as pessoas sempre priorizam a comodidade em sua experiência na Web.

Que tal transformar um blog post em uma apresentação no YouTube? Mude o título e Google não considerará a duplicação do conteúdo.

3. Porcione blog post

Que tal fragmentar um conteúdo maior em pequenas peças para reaproveitá-lo de outra forma?

Além de dar um novo propósito à peça, você também poupa tempo de produção, otimiza o processo de consumo e pode criar CTAs de um artigo para o outro, a fim de aumentar a permanência do usuário no seu site!

4. Republique conteúdos

Poste novamente artigos para aumentar a popularidade da página, o engajamento dos usuários no site e, principalmente, as conversões.

Basta revitalizar o blog post ao adicionar informações ou elementos novos, como uma introdução mais atraente, um bigode ou CTA.

5. Atualize um conteúdo

Atualize posts com informações mais pertinentes para o momento, mas sem alterar todo o conteúdo. Você também pode criar um novo formato e incorporar o link ao artigo original.

6. Promova o engajamento do conteúdo

Existem várias formas de aumentar o engajamento do público, veja alguns exemplos:

  • publicar os posts em comunidades;
  • fazer conteúdos interativos;
  • fixar o post no topo do blog;
  • encorajar os leitores a escrever comentários ou fazer perguntas;
  • solicitar o compartilhamento;
  • compartilhar o conteúdo em redes sociais.

7. Use o Broken Link Builder

O Broken Link Builder é uma ferramenta de verificação de backlinks que busca links quebrados em sites. Depois desse processo, é possível rastreá-los individualmente:

  1. escolha conteúdos que você pode recriar ou páginas que tratam de assuntos pertinentes a sua persona;
  2. entre em contato com o proprietário do site e questione sobre a troca de um link quebrado por outro link com conteúdo de valor que direcione para a sua página.

8. Faça guest posts

Guest posts ou artigos de convidados são peças de conteúdo criadas por parceiros e autoridades no assunto que você publica em seu site. Em troca, eles oferecem a possibilidade de você também publicar artigos em um site que não é o seu.

Além de gerar links orgânicos para a sua página você também pode atingir um público maior e alcançar audiências diferentes para o seu site. Veja como efetivar essa estratégia:

  • use um prospectador de links para encontrar oportunidades de links para guest posts;
  • entre em contato com o proprietário do site;
  • escolha o assunto pelo qual você quer tratar;
  • envie o conteúdo para o parceiro publicar com links que direcionam o usuário para outros conteúdos da sua página.

9. Escreva um post roundup

Esse tipo de conteúdo reúne vários posts de especialistas que abordam um mesmo assunto e tem o intuito de destacar análises e visões diferentes acerca de um ponto específico.

Isso funciona como estratégia de link earning porque as chances de conseguir links desses especialistas é grande, mas é preciso contar com a reciprocidade deles.

Entregue para a sua audiência experiências altamente personalizadas, independentemente do canal escolhido: seja por email, seja pelo blog, é preciso disponibilizar conteúdo de valor e priorizar um relacionamento mais duradouro para aumentar as conversões do seu site.

Mas antes de colocar em prática estratégias de CRO, você precisa otimizar suas táticas para classificação em motores de pesquisa. Que tal baixar nosso guia completo sobre SEO e melhorar a visibilidade e a performance do seu site?

Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *