Localização de sites: como conquistar o mundo com o seu domínio

A transformação digital elevou os padrões de qualidade dos sites da web. Com ferramentas cada vez mais especializadas, é possível criar e disponibilizar conteúdos relevantes em vários pontos de contato com a audiência, adicionar elementos interativos e potencializar a usabilidade das páginas. A localização de sites é um desses recursos, pois possibilita adaptar a linguagem para o mercado global.

localização de sites

    Quando falamos em localização de sites, não tratamos somente sobre a tradução do conteúdo, pois essa é apenas uma parte do processo. É preciso falar a mesma linguagem e usar o tom de voz com que os usuários estão familiarizados — e isso requer conhecimento profundo de normas culturais, não apenas do idioma.

    Além disso, é preciso saber as características da persona do negócio. Dessa forma, você compreende melhor as necessidades, as dores e os anseios que motivaram o contato dos prospects com a sua marca e consegue direcionar os esforços de marketing e vendas para suprir essa demanda.

    Manter um perfil de fala condizente com as características e valores da empresa é requisito mínimo para despertar a empatia do público. Por isso, se o seu objetivo é expandir a abrangência do seu conteúdo e conquistar o mundo com o seu domínio, confira agora neste artigo:

      O que é a localização de sites?

      Se você já conhece o Marketing de Conteúdo, sabe que a relevância das informações trazidas para os usuários em pontos de contato da marca é essencial para cativar a audiência, manter o engajamento e altas taxas de visibilidade e conversões.

      Entretanto, ao disponibilizar esse conteúdo para outras línguas e culturas, também é preciso prezar pela qualidade da experiência, assim como é feito quando ele é criado na língua materna.

      Para que o mercado global se torne local, você precisa fornecer a localização de sites. Assim, os usuários que acessarem o seu site terão uma experiência melhor e mais familiar.

      A diferença entre tradução e localização é sentida neste ponto. Para traduzir o conteúdo, você precisa de equivalência semântica no idioma de destino. Isso significa considerar tanto a gramática quanto o vocabulário, pois muitas palavras, quando são trazidas para outra língua, perdem o significado ou simplesmente mudam a sua inteligibilidade.

      Logo, a localização de sites operacionaliza a equivalência idiomática e mitiga as dificuldades em traduzir frases, palavras e expressões coloquiais de um determinado idioma. Depois de realizar a tradução estrutural e de significado, é hora de adaptar o conteúdo aos objetivos iniciais de publicação. Por exemplo, no marketing, é necessário considerar as diferenças culturais, como funciona o mercado local e os sentimentos das personas naquele país.

      Além disso, faz parte do processo prezar pela qualidade da experiência no que diz respeito aos conteúdos visuais, quantidade de direcionamentos, segurança, usabilidade da página e velocidade de carregamento, principalmente para manter o site adequado para os buscadores e, consequentemente, elevar a sua relevância nas SERPs.

      Como localizar o seu site para qualquer país no mundo?

      Veja algumas dicas e boas práticas para que você consiga localizar o seu site e garantir uma boa experiência de navegação em qualquer país do mundo!

      Pesquise o mercado local, defina objetivos e estabeleça KPIs

      A pesquisa é parte crucial de um planejamento bem-sucedido. Para isso, é preciso compreender elementos culturais e sociais do mercado-alvo, comportamentos de consumo e costumes que embasam as decisões de compra das pessoas naquele local.

      Além disso, é preciso saber os canais de pesquisa de preços e reviews, os principais pontos de interação e de resolução de problemas.

      Após uma análise abrangente do mercado em que você está prestes a entrar, você deve estabelecer objetivos e metas relevantes, tangíveis, mensuráveis e temporizáveis para começar a agir e saber, em um determinado período, se as estratégias implementadas foram bem-sucedidas. Soma-se a esse processo a eleição de KPIs que apoiam esse monitoramento.

      Avalie os recursos visuais

      Cada país e cultura tem sua própria linguagem, usada para comunicar informações ou estabelecer relações entre processos. Essa linguagem é falada, mas também é visual: logo, o conteúdo visual presente em suas páginas também deve ser traduzido. Tenha um cuidado especial ao usar imagens inter-raciais ou falar sobre costumes e crenças locais.

      Jamais copie e cole as imagens de um site para o outro: você deve selecionar cuidadosamente as imagens que melhor se adaptam ao contexto, mas também que transmitam a mensagem corretamente e sejam condizentes com os valores da sua marca e do seu público.

      Busque ferramentas capazes de suportar o processo

      Existem vários recursos e tecnologias de linguagem e tradução que suportam o processo adequadamente, embora elas não sejam suficientes para garantir a adequação necessária e exigida para a qualidade da experiência — quando o assunto é a adaptação dos costumes, falas e expressões coloquiais, por exemplo.

      Escolha as ferramentas que serão usadas com critério e cuidado, mas não negligencie a importância de uma equipe experiente, com o qual você poderá trabalhar e contar em diversas demandas diferentes, relacionadas desde a linguagem à infraestrutura do site.

      Alinhe a sua estratégia de SEO

      Qual o mecanismo de pesquisa mais usado nesse mercado? Existem inúmeras opções ao Google, alguns especializados em um determinado nicho de mercado, outros geolocalizados. O Baidu, por exemplo, é largamente usado na China.

      Com isso, se você pretende manter a relevância do seu conteúdo para esses e outros buscadores como o Bing e o Yahoo, terá que estudar profundamente os requisitos de qualificação das páginas de cada um.

      Embora algumas características determinantes para esse processo sejam unânimes, como a velocidade de carregamento, a segurança e a usabilidade das páginas, alguns elementos devem ser mais valorizados que outros de um search engine para o outro. Esse processo de adaptação do SEO (Search Engine Optimization) é conhecido como SEO multilíngue (mSEO). Veja algumas mudanças necessárias nele a seguir.

      Palavras-chave

      Reavalie a tradução das palavras-chave do idioma original para o idioma do mercado-alvo: fazer a otimização de mecanismos de pesquisa na língua materna é sempre mais fácil, principalmente se considerarmos as boas práticas de SEO local. Mas a relevância das palavras-chave muda conforme o costume de pesquisa e as tendências do lugar. Então esse deve ser o primeiro ponto de atenção.

      Meta tags

      Assim como é necessário avaliar mudanças nas terminologias e significados das palavras para escolher palavras-chave adequadas, também é preciso considerar elementos mais específicos para as classificações, como as meta tags — title tags e metadescriptions, por exemplo.

      A tag hreflang comunica aos algoritmos que a landing page foi traduzida para um idioma específico e, portanto, deve ser priorizada. Por exemplo, se você criou um site para os EUA e outro para o Reino Unido, essa tag permite marcar as páginas com o atributo de idioma apropriado, o que aumenta as classificações nos search engines específicos do país e ainda evita as penalidades relacionadas à duplicação de conteúdo, mesmo que elas sejam acessadas em diferentes regiões e idiomas.

      Localização do site

      Muitas empresas usam o Google Search Console para ajudar a monitorar o desempenho de suas páginas. A ferramenta também é útil para efetivar um SEO multilíngue. Com ele é possível segmentar os sites por localização, ou seja, escolher um local de destino para o seu site, informando aos search engines que aquela página é destinada a uma determinada região.

      Essa mudança ajuda o Google a priorizar o site para o país de destino — os algoritmos reconhecerão e classificarão os gTLDs (generic top-level domain ou domínio de nível superior).

      Tenha uma estrutura de domínio e URL capaz de direcionar o tráfego

      Como é difícil determinar a localização geográfica de destino para cada página que integra um site, você também pode usar uma estrutura de URL para facilitar essa segmentação.

      Um domínio ccTLD, por exemplo, é um sufixo que associa um site a uma área geográfica, como .br ou .uk. Em uma estratégia de localização de sites robusta, a empresa compraria um domínio para cada país em que deseja estabelecer conexões com o público ou iniciar as suas operações. Essa é a maneira mais fácil de garantir que os buscadores classificarão a sua página para o mercado e as pessoas certas.

      Entretanto, os search engines estão aperfeiçoando a sua capacidade de análise de relevância a cada dia, o que se estende para a compreensão do nível de segurança e outras características de uma URL. Alguns domínios gTLD permitem a segmentação geográfica e, consequentemente, a tradução multilíngue e adaptação de requisitos geográficos do site. Eles também são fáceis de configurar, selecionam sites e o servidor mais adequado.

      Já os subdiretórios com gTDLs (site.com/br/, por exemplo) são fáceis de configurar e atualizar. Entretanto, podem ser classificados como suspeitos pelos algoritmos, o que não seria viável para a sua estratégia de SEO.

      Considere a qualidade da hospedagem e a localização do servidor

      A localização geográfica e a capacidade do servidor influenciam diretamente na velocidade de carregamento das páginas e, consequentemente, na experiência de navegação e na classificação dos motores de pesquisa.

      Por isso, você precisará avaliar a otimização pelo lado do servidor — por exemplo, hospedando o seu site em um serviço gerenciado, como o Stage, e usando uma CDN (Content Delivery Network) localizada próximo ao seu mercado-alvo estrangeiro.

      Como a localização do site pode ajudar o seu negócio?

      Veja, a seguir, como a localização de sites pode ajudar o seu negócio a crescer no mercado internacional.

      Aumenta o tráfego

      É óbvio que, ao melhorar a sua estratégia de SEO para aparecer em posições mais elevadas nas SERPs você consegue aumentar automaticamente o volume de tráfego do seu site. As pessoas tendem a permanecer na página por mais tempo quando geram uma identificação instantânea com o conteúdo, produtos ou serviços oferecidos na página.

      Parte desse processo está condicionado à inteligibilidade das informações, ou seja, a capacidade de compreender o que está sendo dito adequadamente.

      Poder ler o conteúdo em seu idioma é essencial para esse reconhecimento, logo, a localização de sites é importante para a usabilidade da página e favorece a estratégia tanto para os buscadores quanto para os usuários.

      Imagine quanto você poderia potencializar o número de visitantes se o seu site fosse traduzido para todos (ou a maioria) dos idiomas e ainda bem classificado nos principais motores de pesquisa para resultados locais em todos esses países?

      Aumenta a percepção de valor pela sua marca

      As pessoas tendem a confiar mais em sites com recursos visuais mais bonitos e atraentes, mas essa confiabilidade também pode ser conquistada por páginas que facilitam a experiência personalizada e adequada aos seus visitantes, conforme os valores e costumes locais e no idioma nativo do país. Isso aumenta a percepção de valor pela marca, o que pode aumentar as vendas e minimizar as taxas de abandono e rejeição.

      Os visitantes, então, ficarão mais tempo no site e farão a navegação entre as suas páginas de forma a aumentar métricas consideradas pelos search engine para as classificações das SERPs, como a taxa de permanência do usuário no site. O resultado? Seus esforços de SEO serão recompensados com a melhoria no ranking de pesquisa.

      Não é de se admirar que a localização de sites, além de aumentar o tráfego de visitantes e, consequentemente a quantidade de leads possíveis para qualificação, também pode influenciar subconscientemente a decisão de compra desses usuários, pois eles estarão mais confiantes e satisfeitos.

      Internacionaliza o negócio

      Transformar um negócio local em um global é o desejo de muitos empreendedores, tanto pela sua potencial lucratividade quanto pela chance de se tornar referência em seu segmento de atuação. De fato, escalar uma empresa internacionalmente é uma grande oportunidade, que talvez não seria possível se não houvesse uma infraestrutura digital que apoiasse a visibilidade da marca e suportasse a capacidade de vendas do negócio.

      Imagine o quanto seria oneroso estruturar uma unidade operacional ou ponto de venda físico em cada país integrante da sua estratégia? Com a internet, essa possibilidade é mais tangível e uma adaptação simples, como localização de sites, pode ser o grande diferencial para você ser bem-sucedido ou não, mesmo que seja apenas em âmbito digital.

      Agora que você conhece a potencial abrangência de uma simples localização de sites, que tal aprender como adaptar o seu negócio para o SEO local? Veja as dicas que selecionamos para melhorar a sua capacidade de atuação no mercado!

      Compartilhe
      facebook
      linkedin
      twitter
      mail

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!